InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Compartilhe | 
 

 Tokyo : The Epidemic - Crossover + Vocaloid (+16)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Mimio-chan~

avatar

Mensagens : 73
Pontos : 139
Data de inscrição : 17/01/2012
Idade : 18
Localização : Provavelmente, atrás de um casal yaoi ou revendo meu DVD de the GazettE *o* Aoi, rebola pra mim, piranha u-u

MensagemAssunto: Tokyo : The Epidemic - Crossover + Vocaloid (+16)   Qui Fev 02, 2012 1:33 pm

Escrita por - Ushio e Mad Sora

Sinopse: Kagamine Rin era um garota com um passado bem obscuro.Ela perdeu os pais quando era bebê e foi adotada pelo chefe de pesquisar da Tokyo " Kasa " Corporation, Kiyoteru Hiyama, assim virando cobaia de várias experiências marcantes e macabras.Até que um dia ouve um acidente no laboratório e o vírus escapou.Todos os cientistas foram mortos mas o problema foi que eles voltaram algum tempo depois, e com uma fome insaciável por carne humana.Agora, como uma das únicas sobreviventes do apocalipse zumbi, Rin com a ajuda de sua equipe de sobreviventes, terá que lutar por sua sobrevivência em uma cidade dominada por mortos vivos... Mas e se a salvação não estivesse tão perto deles assim? O que ela poderia fazer ?

Classificação: +16
Categorias: Resident Evil, Vocaloid
Gêneros: Ação, Amizade, Aventura, Darkfic, Death Fic, Drama, Ficção Científica, Horror, Mistério, Romance, Shoujo-ai, Shounen-ai, Songfic, Suspense, Terror, Tragédia
Avisos: Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Self Inserction, Spoilers, Tortura, Violência

Capítulos: 9 (6534 palavras) | Terminada: Não

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Prólogo

Notas iniciais do capítulo
Já que eu to com pressa, esse vai ser um capítulo mini.O próximo é o Sora que posta.

Uma noite escura.Um orfanato.Uma recém nascida inocente.A garotinha loira de olhinhos azuis mordia um ursinho de pelúcia.Enquanto isso, um homem passava por lá.Ele tinha os cabelos repicados e bem pretos e os olhos castanhos beem escuros.Ele usava um terno preto com o símbolo de um guarda-chuva branco e vermelho e óculos pretos.Ele bateu os olhos na garotinha.

– Com licença... - Ele perguntou para uma enfermeira - Quantos meses essa aqui tem?

– Hãn? Ela tem 6 meses - Disse a enfermeira - Ela é a Kagamine Rin.O pai morreu antes dela nascer e a mãe durante o parto.Ela não tem nenhum parente próximo.

– Hum... Qual é o tipo sanguíneo dela?

– É " A " positivo.

– Ela é perfeita.Vou ficar com essa.

– Ok.Venha assinar os formulários...

O homem pegou a bebê no colo com bastante cuidado.A garota o encarava com seus olhos azuis brilhantes.

– Calma... Rinny - Ele disse - Você é perfeita.Vai servir para meus testes...

– Seu nome? - A enfermeira perguntou

– Hãn? Ah! Kiyoteru Hiyama.

– Obrigada, senhor...

" Sangue A positivo, hein " ele pensou " Ele combina com o T-Virus... Perfeito! "



Notas finais do capítulo
Mini mini mini miiini capítulo.Rs.
Kissus Ushioi-chan ***
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cherrie-bonbon.blogspot.com
Mimio-chan~

avatar

Mensagens : 73
Pontos : 139
Data de inscrição : 17/01/2012
Idade : 18
Localização : Provavelmente, atrás de um casal yaoi ou revendo meu DVD de the GazettE *o* Aoi, rebola pra mim, piranha u-u

MensagemAssunto: Re: Tokyo : The Epidemic - Crossover + Vocaloid (+16)   Qui Fev 02, 2012 1:40 pm

Cap. 1 - Quando o Pesadelo Começa , A Delegacia

Notas iniciais do capítulo
Bom fiquei muito feliz com os revie´s
agora aqui um novinho vamos fazer um trato ? , seu eu tiver 3 review´s de 3 pessoas diferentes em cada capitulo a fic naum vai ser excluida !


Ele era o chefe de pesquisas e criador da Tóquyo Corp. logo percebi que fui adotada por um único proposito para salvar a vida humana de doenças isso era o que pelo menos o meu papai dizia .. , passei por varias experiências traumatizantes , passei por uma experiência que consistia em drenar 3/5,6 de meu sangue com o proposito de fazer estudos ate que um dia meu pesadelo começou ..

Eram 03h:04m da manhã ouso uma explosão do lado norte do laboratório pego uma bota curta e causo , ponho uma calça jeans e uma blusa preta e vou me direcionando para o lado em que ocorreu o barulho me deparo com sangue pelas paredes e gemidos abafados

Me aproximo é dou de cara com um dos vários cobaias devorando o copo de Ashi uma das cientistas ao me ver ele se levanta erguendo os braços em minha direção

– Oi , tudo bem ? , desculpe pelo incomodo so não se aproxime mais Ok ? – digo dando meia volta quando me viro dou de cara com Seije um dos cobaias que participou das mesmas experiências comigo poderia dizer que ele é a única pessoa que confio , Seije apontava uma arma em minha direção ele gritou :


– Se abaixe ! – gritou ele rapidamente abaixei e ele disparou três vezes e o corpo do homem foi ao chão

– Esta tudo bem ? – perguntou ele dando a mão para a mim

–Sim , mas oque esta acontecendo ? – perguntei

– Eu não sei ouvi uma explosão lutei com um dessas coisas e ele tinha uma arma simplesmente peguei e vim ver se você estava bem ..

Isso tudo já estava premeditado nos planos do meu pai mais se isso acontecesse eu iria querer salva o mundo então a única cura se encontra em N.Y o nome dela e Devil e a única que pode salvar o mundo mas infelizmente so pode curar os que acabam de ser infectados não os que já estavam transformados ..


Passamos pela sala do meu pai ela estava vazia apenas tinha uma caixa em cima da mesa era uma caixa de porcelana onde ele me deu meu presente de aniversario desse ano abri a caixa de porcelana cuidadosamente e tinha um revolver e um lazer e uma seringa com um liquido verde com um bilhete amarrado na ponta escrito : Use se for infectada empunhei o revolver em mãos

– Onde você vai ? – perguntei ao ver Seije saindo pela porta

– Bom estou dando fora de inferno literalmente .. , Você vem ? – perguntou ele

– Sim – respondi

Conseguimos fugir do laboratório pensávamos que tudo aquilo era somente na colmeia ou seja o laboratório , fomos de elevador para a superfície de Tóquio nos deparamos com um senário apocalíptico carros pegando fogo sangue para todo lado e algumas pessoas iguais a do laboratório ..

Fomos andando cuidadosamente pelas ruas pegando fogo , continuei avançando e logo cheguei a uma rua a frente de uma loja de armas

– Rin , acho que aqui e um lugar seguro – disse Seije olhando para mim

– Vamos passar a noite aqui e também afinal e uma loja de armas – disse entrnado cuidadosamente lá dentro Seije logo dormiu sentado na parede escondido atrás do balcão fui para perto dele e me aconcheguei em baixo do seu braço logo dormindo ..

No dia seguinte acordamos , ele estava olhando para o lado de fora , tinha vários zumbis cercando a loja de armas ..

– Meu Deus ! , Para onde vamos ? – perguntei apontando para um zumbi com minha arma que estava do lado de fora

– Aqui ! – gritou Seije tentando abrir uma porta de madeira que nem ele sabia o que tinha por trás dela

Logo os vários zumbis que estavam do lado de fora quebraram os muros de vidro penetrando dentro da loja

– Rápido ! – gritei atirando nos zumbis que se aproximavam

Ele chutou a porta e ela foi ao chão paramos em um corredor muito estreito Seije levantou a porta que estava ao chão e deixou atravessada no buraco da porta

– Não temos muito tempo ! , vamos para a delegacia de policia japonesa – gritou Seije me puxando pelo corredor nos subimos uma escada de prédio e fomos correndo dos vários infectados que vinham atrás ..

– Droga , sem saída – disse Seije olhando para baixo

apontei para baixo olhando para a escada fomos descendo rapidamente , fomos correndo por uma rua cheia de zumbis desviando de vários nesse ritmo minhas balas acabariam rápido achamos um carro de policia com gasolina é a chave na ignição ..

– Vamos ! – gritou Seije entrando no banco do motorista ele rapidamente acelerou e fomos indo em direção a delegacia ..

– O que esta acontecendo ? – perguntou Seije

– Eu não sei .. – disse mentindo

– Pode olhar no porta luvas ? – disse ele olhando atenciosamente para a rua

– Sim – respondi abrindo ele

– Aqui tem uma arma – disse puxando ela

– Fique com ela vai precisar – disse ele

Já estávamos perto da delegacia quando um infectado pulou do banco de trás fazendo nosso carro rodopiar

– Cuidado ! , não deixe ele te morder – gritei atirando no zumbi ao batermos contra um poste ..

– Arrh – suspirei

– Vamos ter que ir andando – disse ele o lhando para o retrovisor do carro de policia

– Cuidado corra ! – gritou ele tirei meu sinto rapidamente e corri para fora do carro numa fração de segundos um caminhão nos atravessou nos separando ..

– Seije ? , Seije ? – gritei perguntando

– Estou bem Rin , vamos ! nós encontramos na delegacia boa sorte – disse ele indo embora

Ouvi um dois , três tiros e logo o barulho desapareceu , olhei paras as ruas escuras queria chegar o mais rápido possível na delegacia e queria evitar o máximo possível becos escuros em hipóteses nenhuma queria ficar encurralada pelos zumbis em algum lugar estreito .. e queria economizar o mais rápido possível minhas balas ..




Notas finais do capítulo
O que acham ?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cherrie-bonbon.blogspot.com
Mimio-chan~

avatar

Mensagens : 73
Pontos : 139
Data de inscrição : 17/01/2012
Idade : 18
Localização : Provavelmente, atrás de um casal yaoi ou revendo meu DVD de the GazettE *o* Aoi, rebola pra mim, piranha u-u

MensagemAssunto: Re: Tokyo : The Epidemic - Crossover + Vocaloid (+16)   Qui Fev 02, 2012 1:43 pm

Cap. 2 - Problemas em Dobro

Notas iniciais do capítulo
Yoo!! Aqui é a Ushio-chan postando novamente!!!
Bom, pra adiantar um pouco, vão aparecer duas personagens aqui : IA e Miku!! Curtam ^^


Já estava claro quando abri meus olhos.Tudo estava destruído.Seiji estava dormindo em um sofá.Depois da explosão do dia anterior, nos encontramos na delegacia e acabamos caíndo de sono.Já que ele estava dormindo feito uma pedra, mexi em uma gaveta da mesa aonde estava deitada procurar um espelho.Todo santo dia eu sinto uma necessidade de me olhar no espelho.Achei um espelhinho mínimo e o abri.Levei um susto tão grande com o que vi que joguei o espelho no chão." OLHOS VERMELHOS? " pensei " Merda! Outra experiência! Onde tem uma gaze? ".Comecei a mexer em tudo a procura de alguma coisa.Achei uma bolsa feminina em um canto e comecei a mexer nela." Uma faixa? " pensei " Serve ".Amarrei a faixa no meu olho direito.Ele estava vermelho cor de sangue.Era resultado de alguma experiência daquele vírus estranho em mim.

– Rin? - Ouvi Seiji falando atrás de mim - Você já está acord... O que é isso na sua cara?

– Ah... É que... Eu me cortei - Dei uma desculpa qualquer.Não queria que ninguém visse meu olho.

– Então deixe-me ver...

– NÃO! P-problema resolvido! Vamos logo!

Cheguei a suar nessa hora.Achei que ele ia tirar a faixa, mas ainda bem que ele deixou assim mesmo.Mesmo com a cidade deserta, sentia que ainda tinham sobreviventes em Tóquio.Ou melhor, tinha certeza disso.

– Mas... Rin! - Seiji argumentou - Não tem ninguém! Estamos sozinhos!

– Não.Eu sei.Tem mais gente.Antes de irmos atrás da cura, eu exijo que formemos uma equipe com os sobreviventes.Eu sei que tem gente viva aqui.Vamos!

– Tem algo de errado com você, Rin... Acho que esses testes do Dr. Hiyama fizeram em você te deixaram sensível a seres humanos...

– Hãn?!

– Acho que você consegue sentir quem está vivo e quem está morto.

– Sério? Como eu posso testar isso?

– Aquele pombo - Seiji apontou para um pombo deitado no chão - Está vivo ou morto?

– Eu... - Algo estranho aconteceu.Alguma coisa dentro de mim me dizia que ele estava vivo, para me afastar.Peguei uma arma do bolso de Seiji - Afaste-se

– Mas o q... - O pombo se levantou aos poucos.Seus olhos estavam vermelhos e ele foi andando na minha direção, meio cambaleante.Atirei quatro vezes na cabeça dele.Por precaução, atirei mais duas.A coisa disse que agora o pombo estava morto.

– Eu... De alguma forma... Eu sabia que o pombo estava vivo... - Falei - Eu...

– Isso é simples.Você tem uma capacidade por causa de testes de DNA. - Uma voz disse, do outro lado da rua.Quando me virei, vi duas garotas muito parecidas.Uma tinha os cabelos azul-turquesa presos em marias chiquinhas, com os olhos azuis também.A outra tinha os cabelos tão claros que eram quase brancos e os olhos cor-de-rosa.A de cabelo azul segurava uma metralhadora e a outra estava pulando várias vezes.

– O q... - Seiji olhou para mim.

– Calma - Falei - Elas estão vivas

– Isso mesmo.Vivas - Disse a de cabelo azul, abaixando a metralhadora - É bom saber que tem mais sobreviventes por aqui.Meu nome é Hatsune Miku e essa é a minha irmã IA

– IA? - Perguntei - Que nome simples! Eu sou Kagamine Rin e ele é o Seiji Sakai.

– Prazer.

– Como vieram parar aqui?

– Minha casa explodiu ontem e nossa família toda morreu.Eu só pude salvar a minha irmã... Fora isso mais nada... IA?

– Cuidado! - IA gritou - Nee-chan! Arma!

– ABAIXEM-SE - Miku gritou.Nós obedecemos e Miku atirou em alguém.Era um zumbi atrás de nós.

– Obrigada - Falei

– Venham.IA, vamos voltar para o esconderijo

IA acompanhou a irmã, pulando e repetindo a palavra " esconderijo ".Coitada.Tão inocente em um lugar como esse... Miku nos levou para um apartamento de quinta categoria arrombado.Ela e a irmã tinham se instalado lá.Depois, Miku nos contou que a irmã já serviu para testes de DNA, por isso ela tem a mesma sensibilidade que eu.Miku apenas tem treino, pois ela já trabalhou como policial.Juntas elas formam a equipe perfeita.

– Nee-chan... - IA disse, olhando pela janela - Nee-chan...

Fiquei olhando para IA.Pelo menos, agora eu não estava me sentindo tão sozinha quanto estava antes." Será que... Tem mais gente assim no mundo? " pensei, olhando para meus joelhos.



Notas finais do capítulo
Reviews de presentinho pra mim? O que acharam da IA inocente e explodindo de kawaiieza, hein?
Kissus by Ushioi-chan***
Nota : Vou postar os capítulos já postados no Nyah por causa de certos SORAS que estão boiando aqui
Kissus <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cherrie-bonbon.blogspot.com
Mimio-chan~

avatar

Mensagens : 73
Pontos : 139
Data de inscrição : 17/01/2012
Idade : 18
Localização : Provavelmente, atrás de um casal yaoi ou revendo meu DVD de the GazettE *o* Aoi, rebola pra mim, piranha u-u

MensagemAssunto: Re: Tokyo : The Epidemic - Crossover + Vocaloid (+16)   Qui Fev 02, 2012 1:45 pm

Cap. 3 - Escola dos Mortos , Faixa Caída ..

Notas iniciais do capítulo
Espero que gostem !

Rin estava muito pensativa a respeito de alguma coisa logo ela foi dormi

– Seije .. , já vou dormi – disse ela

– Ok .. - respondi

Fiquei dormindo no sofá amanhã nosso dia seria longo íamos a uma estação de trem para vermos se conseguíamos ajuda é provavelmente a estação de metro estaria cheia de zumbis por ficar perto de um condomínio ...

( Rin POV )

Acordei cedo fui a frente de um espelho lentamente tirei a ficha de meu olho ele ainda estava vermelho botei outra vez a faixa é sai pelos corredores do hotel ..

Estava armada iria acorda Seije .. invadi o quarto dele ele estava acordado ele estava mexendo em alguns papeis ..

– O que e isso ? – perguntei me aproximando

– Nada ! – disse ele escondendo em seu bolso

Não discuti com ele e fomos para a portaria , onde iriamos para o estação de metro , fomos correndo pela cidade quando vimos 4 helicópteros da Tokyo Corporation

Fomos correndo pois eles provavelmente estavam atrás de sobreviventes não para resgates um grupo de zumbis no cercaram tivemos que invadir uma escola , Seije atirou na fechadura abrindo tudo , tinha uns 12 zumbis na recepção ele botou IA atrás dele apontando a arma para ele , ele abriu fogo contra ele derrubando todos mais alguma coisa fez barulho na tubulação revelando um enorme lagarto ..

Que assustou IA

(IA POV)

Aquele monstro provavelmente mataria todos corri para um armário de Janitor botei um armário de ferro na frente da porta fiz um montinho com caixas de madeira e subi em cima delas e fui correndo pela tubulação de ar ..

(Seije Pov)

AI tinha corrido para um armário na dispensa corremos da enorme criatura que vinha atrás entramos na sala de física e botamos varias coisas contra a porta :

– Temos que achar ela ! – disse Miku

– Ela entrou no armário do Janitor provavelmente ela já deve estar dentro do estacionamento, quebramos uma das janelas e saímos para entrar pela frente outra vez , fomos correndo outra vez pelos corredores que davam no estacionamento , atiramos nos zumbis que ali estavam , parei para recarregar minha arma e vi 3 cachorros infectados correndo em linha reta ouvi três disparos sendo feito vou correndo olhar o que era

– Cuidado ! – gritou Rin disparando no zumbi atrás da garota ela tinha cabelos meio que brancos pra rosa ela usava uma tiara de Neko e usava uma vestido preto escrito FUCK U

– Quem é você ? – perguntei

– SeeU , disse ela recolhendo alguma coisa do chão

Ela veio com agente para uma porta de ferro que estava aberta fomos correndo pelo corredor e nos deparamos com um garoto segurando ela com a arma na cabeça dela ..

– Quem é você ? – perguntou Miku puxando sua arma

– Len .. – respondeu ele ainda segurando a garota e apontando a arma para nos , Miku partiu para cima dele o tacando com socos um deles acertou o rosto dele mas ele contra-atacou com outro fazendo ela bater contra a parede SeeU sem saber o que fazer disparou contra ele mais de algum modo nenhuma das balas que pareciam que iam derrubar o garoto nem chegaram perto dele apenas foram na direção de SeeU empurrei ela que caiu em cima do corpo de um infectado Rin avançou na direção dele praticamente se jogando em cima dele ela ficou a poucos metro dele é tacou ele com socos e ele levantou os braços dela chegando perto do ouvido dela e fala serio ele mordeu a orelha dela !! , aquilo me deixou furioso puxei meu revolver e atirei quatro vezes um todos tiros acertou ele , quando ele percebeu que estava em desvantagem apenas jogou uma granada de gás no chão senti falta de ar e tudo ficou escuro ..

Fui o primeiro acorda todos estavam no chão levantei SeeU depois Miku e logo levantei Rin que ainda estava com orelha vermelha com a marca dos dentes do garoto naquele momento a faixa dela caiu ...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cherrie-bonbon.blogspot.com
Mimio-chan~

avatar

Mensagens : 73
Pontos : 139
Data de inscrição : 17/01/2012
Idade : 18
Localização : Provavelmente, atrás de um casal yaoi ou revendo meu DVD de the GazettE *o* Aoi, rebola pra mim, piranha u-u

MensagemAssunto: Re: Tokyo : The Epidemic - Crossover + Vocaloid (+16)   Qui Fev 02, 2012 1:49 pm

Cap. 4 - Garotos...?

Notas iniciais do capítulo
Hello! Ushio-chan is back!
Eu, como sou a shoujo-fan aqui, vou me responsabilizar pela parte romântica em geral.Hora de colocar dois garotos novos aquii!! Mas um deles o Sora e eu criamos para não deixarmos a pobre da IA forever alone, o Kishimoto-kun.Espero que gostem ^^
Ah! E eu quero reviews, hein?!

(Rin POV)

– Len... - Minha orelha estava sangrando.Mas, eu não sentia dor, não sentia nada.Eu estava muito... Relaxada.Apenas via a cara do Len.Estava me sentindo estranha." Que sensação é essa? " pensei " Tudo está embaçado... Eu... Len... ".Ouvia a voz abafada do Seiji gritando meu nome.Percebi que estava em cima do Len após alguns segundos.Ele colocou o braço em volta do meu pescoço.A sensação foi boa.Estava quentinho... Olhei para ele novamente e acabei voltando ao normal." Rin? Rin? " pensei " Ele... É do mal ".Len ficou olhando para mim com uma cara estranha.Sentia meu coração batendo bem forte.Depois de algum tempo, ele arregalou os olhos e se levantou.Len parecia bem assustado.

– Le... n...? - Falei.Olhei para trás e vi Seiji apontando uma arma para ele.Em vez de atirar, Len saiu correndo.Levei um susto com a reação dele.Me virei e vi Seiji correndo na minha direção.

– Rin-chan! Rin-chan! Você está bem?! - Ele parecia bem preocupado.Ainda estava me sentindo muito tonta.

– Eu... - No meio do nada, tudo ficou escuro.Meus membros ficaram moles e eu perdi a consiência.

(Seiji POV)

– Rin! Rin! - De repente, ela estava caída em meus braços.Rin tinha perdido a consiência só para me deixar mais preocupado ainda.

– Calma, Seiji–kun– SeeU colocou a mão no meu ombro - Ela vai ficar bem... Só desmaiou por causa da pressão.

– Nee-chan? - IA disse, atrás de mim.Tinha esquecido totalmente que ela estava lá.Miku estava do lado dela.

– Vamos logo - Miku disse - É melhor que ela acorde no apartamento do que aqui...

Lá fomos nós.Miku, SeeU, IA e eu carregando a Rin para o apartamento de Miku.Alguns zumbis apareceram no nosso caminho, mas Miku atirou em todos com a metralhadora.Percebi que a Rin ainda estava sem a faixa." Depois eu vejo uma outra para ela... " pensei.Foi uma grande sorte não demorarmos para chegar.Quando subimos as escadas começou a chover.

– Mas o q... - Miku abriu a porta - Lembro de tê-la trancado... MERDA!

(SeeU POV)

Ótimo! O apartamento tinha sido invadido! Estava tudo bagunçado.Tudo mesmo.Seiji tinha dito que Miku tinha trancado a porta e dado uma arrumadinha no apartamento...

(Miku POV)

– Bosta! - Gritei - Quem foi o filho da puta que invadiu o apartamento?!

– Calma ae, ô estressadinha - Uma voz masculina veio da cozinha.Dois garotos apareceram na nossa frente.Olhei para IA.Ela estava olhando fixamente para um deles...

(IA POV)

Aqueles garotos... Eles eram lindos! Um tinha o cabelo bem comprido e roxo, preso em um rabo de cavalo e olhos lilás e o outro tinha os cabelos pretos e um pouco compridos e os olhos azuis.Fiquei encantada com o de olhos azuis.

– O QUE VOCÊS FAZEM AQUI?! - Miku deu um ataque.

– Calma! Estamos desesperados! Mas a ideia de invadir foi toda dele... - O de cabelo roxo apontou para o de cabelo preto.

– Hey! Estamos em uma situação de emergência, tá?! - O de cabelo preto se defendeu.

– Desculpe-nos nossa indecência - O de cabelo roxo disse novamente - Somos sobreviventes do ataque zumbi.Eu sou Gakupo Kamui e esse é o Riku Kishimoto...

– Riku... - Ri um pouco - Parece o nome da minha irmã...

– Hum... - Riku foi até mim - E você é a...?

– IA - Falei - Essa é a minha irmã Miku e os nossos amigos Seiji, SeeU e Rin...

– IA... Que nome bonito...

Cheguei a ficar um pouco vermelha.Percebi que a Miku tinha ficado mais calma um pouco.

– Bom... - SeeU falou - Pelo visto vocês vão ter que ficar por aqui mesmo.Está chovendo muito e os outros quartos estão com um pouco do vírus...

– Obrigado - Disse Gakupo - Ela está desacordada?

– Rin? - Seiji disse - Sim.Ela desmaiou por causa da pressão

– Eu sou formado em medicina - Ele disse - Permitam-me que eu...

– Ok... Pode ser - Seiji puxou um colchão de um canto do apartamento e deixou Rin lá.Me sentei no chão e fiquei olhando para Riku." Um sentimento novo... " pensei " Eu... Nunca me senti assim... "



Notas finais do capítulo
Reviews???
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cherrie-bonbon.blogspot.com
Mimio-chan~

avatar

Mensagens : 73
Pontos : 139
Data de inscrição : 17/01/2012
Idade : 18
Localização : Provavelmente, atrás de um casal yaoi ou revendo meu DVD de the GazettE *o* Aoi, rebola pra mim, piranha u-u

MensagemAssunto: Re: Tokyo : The Epidemic - Crossover + Vocaloid (+16)   Qui Fev 02, 2012 1:52 pm

Cap. 5 - A Ilha Recordações Macabras , A Prisão ..


Notas iniciais do capítulo
bom todas as imagens desse capitulo não me pertencem mais sim a Serei de Livros , Jogos e Filmes RESIDENT EVIL ESPERO QUE CURTAM O CAPITULO

Rin tinha reagido aos diversos medicamentos aplicados todos estávamos dormindo na sala , de qualquer modo Rin devia ter despertado seus poderes frutos dos experimentos da Tokyo corp.

De modo nenhum podíamos treinar seus poderes em Tokyo chamaria muita atenção fora a destruição que ela causaria , logo amanheceu Rin estava se sentido mal tínhamos duas opções , remover o vírus de dentro dela ou ensinar ela a controlar .. tínhamos que treinar em uma ilha de segurança máxima onde os experimentos da Tokyo eram mantidos mas com esse caos devia estar um caos.

Falamos com Miku sobre a viagem ate a ilha ela não entendia o motivo sobre isso mas deixou nos irmos com uma de suas armas ao sair do hotel vários zumbis tinham no caminho fomos derrubando de um por um , ate chegarmos ao porto de carga roubamos uma lancha e fomos em disparada em direção a ilha que ficava 3 horas de Tokyo

( 3 Horas DEPOIS )

Chegamos a ilha Rin foi para um lado e eu para o outro ouvi um grande estrondo e para meu azar Rin tinha deixado sua arma comigo, corri em direção do estrondo dissparado cheguei vi uma caminhão tombado e Rin estava observando os zumbis que saiam dele ela se virou para corre em minha direção corri em direção a ela disparando contra os zumbis ela ficou olhando meio que paralizada

– Abaixe-se – gritei atirando na testa de um que continuo andando em direção a ela pegand fogo ela o carregou em sua costa rolo e o jogou no chão ficou ajoelhada no chão com um joelho e cm outro pé se apoiando

– Mexa-se – gritou ela tirando seu canivete do coldre em sua jaqueta preta e lançou em minha direção fiquei de lado pode ver a faca passar em minha frente apenas seguir com meus olhos vi a faca pegando no pescoço do zumbi o derrubando

– Onde aprendeu isso ? – perguntei

– Aprendi o necessário para sobreviver – disse ela tendo um Flash Back

( Flash Back ON )

– Por favor me deixem sair – gritava batendo contra uma porta de ferro

Os zumbis se levantavam e uma criatura que mais parecia um sapo gigante também :

( http://projectumbrella.net/files/imagecache/preview/images/HunterUC_0.jpg )

Meu vestido vermelho e longo era um grande incomodo via os olhares frio dos cientistas era como um teste de sobrevivência para mim peguei uma barra de ferro com ponta de uma maca com sangue me joguei contra a parede vendo os 30 zumbis que me acompanhavam me seguir ate ela dei uma cambalhota no ar caindo atrás deles enfiei o bastão na cabeça de um deles .

Continuei golpeando eles com chutes e jogos puxei o meu canivete que estava no coldre de minha jaqueta em cima da maca e lancei na direção de um deles que derrubou 3 junto com eles .

Logo tinha eliminado quase todos os zumbis , estava com minha roupa suja de sangue e co um olhar maldoso acho que estava mostrando meu lado sádico e maldoso tinha sangue por toda minha roupa o enorme sapo gigante mais conhecido como Hunter veio em minha direção segurei seus enorme braços e botei um de meus pés contra seus peitos e me virei no chão lançando ele contra janela onde os cientistas estavam quebrando a janela fazendo eles caírem em cima deles e logo começou a devorar e decapitar os cientistas . puxei a arma de um dele e mirei em direção do Hunter

– Morre desgraçado – disse disparando contra ele

( Flash Back OFF )

Fomos avançando a uma das bases de treinamento entramos em uma sala revestida com um metal muito resistente agüenta ate uma explosão nuclear ..

Eu e Seiji começamos a treinar ouvir uma barulho vindo dos corredores

– Seiji , ouviu isso – perguntei sacando meu revolver

– Sim .. , deve ser mais um infectado .. – disse ele sacando sua arma vimos um ser gigante vindo em nossa direção ele , era enorme e aparentava ser muito forte :

( http://www.videogamesblogger.com/wp-content/uploads/2009/07/mr-x-tyrant-00-resident-evil-darkside-chronicles-boss-screenshot.jpg )

Seiji se meteu em um golpe que seria em minha direção ele foi lançado em direção a parede de metal que se abriu com a força do monstro se minha memória não falha aquilo seria um Proto Tyrant

Ficaria em desvantagem e teria que aprender a controlar meus poderes rápido mais bem rápido !

( Seiji POV)

Ele me acertou um soco e fui voando em direção a parede que agüentava uma explosão nuclear um buraco nela foi aberto e fui , cai dentro de um buraco muito mas muito fundo todos meus sentidos se paralisaram quando a enorme parede em que bati despencou em cima do buraco bloqueando a saída .

(... )

Bati contra o chão de madeira olhei para o lado e vi grades mais a cima uma garota de cabelos longos e negros apontando uma katana para mim.Ela tinha uma franja lisa e prendeu o cabelo em um rabo de cavalo do lado direito de sua cabeça.Ela tinha olhos verde claros, usava uma faixa no pescoço, parecida com a que Rin usa no rosto, um casaco comprido e branco e um vestido preto.Ela olhava para mim bem séria.

– Droga se quer matar alguém de susto use uma arma ou uma Katana não um barulho – gritou ela

Apenas me recolhi e tentei volta por onde entrei ate dispensar outra vez

– Quem é você?! - Perguntei

– Eu pergunto, você responde - Ela disse - O que diabos você está fazendo na minha cela?




Notas finais do capítulo
Bom o que acharam ?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cherrie-bonbon.blogspot.com
Mimio-chan~

avatar

Mensagens : 73
Pontos : 139
Data de inscrição : 17/01/2012
Idade : 18
Localização : Provavelmente, atrás de um casal yaoi ou revendo meu DVD de the GazettE *o* Aoi, rebola pra mim, piranha u-u

MensagemAssunto: Re: Tokyo : The Epidemic - Crossover + Vocaloid (+16)   Qui Fev 02, 2012 1:55 pm

Cap. 6 - Corredor da Morte

Notas iniciais do capítulo
Olha a Kori aí, gente!!!
Uhu!
Antes de me esquartejarem, teve uma confusão nesse capítulo.Eu tava bolando a muito tempo e esqueci de avisar pro Sora que eles iam ficar juntos, aí ficou meio fora do contexto.Sorry.E eu esqueci de ler o último capítulo também XD.Kissus <3


(Seiji POV)

– S-sua cela? - Perguntei

– Isso mesmo.Minha cela - Disse a garota - Quem é você e o que faz aqui?

– E-eu... - Comecei a ficar sob pressão." Droga! " pensei " Essa garota vai me matar! Onde eles estão? ".

(Rin POV)

– Merda, Seiji! - Gritei - Gente, vamos lá dentro!

– Rin–chan... - Riku disse - O Gakupo sabe o caminho para a cela

– Sabe? - Me virei para Gakupo.

– Sei sim - Ele disse - Já fui preso por acharem que eu tinha o vírus.Sei em que andar e em que cela o Seiji foi parar.Me sigam...

Fomos todos atrás do Gakupo. Ele nos arrastou para uns cinco andares acima.Quando chegamos, vi Seiji sentado no chão de uma cela, com uma garota de cabelos lisos e pretos com franja apontando a ponta de uma katana para o pescoço dele.

– O que... - Gakupo disse.A garota se virou e fixou Gakupo com seus olhos verdes brilhantes.

– Você... - Ela tirou a katana de perto do Seiji.

– Errr... Você continua aqui? - Gakupo perguntou

A garota olhou para o outro lado, deu um pequeno sorriso e ficou vermelha.

– V-você conhece ela? - Seiji se levantou.

– Conheço... - Gakupo disse.A garota guardou sua espada e abriu a porta da cela para que Seiji saísse.Ele foi até mim e agarrou meus ombros.

– Você está bem? - Ele me perguntou.

– Sim... - Falei.

– Eu sou Kori - A garota se sentou na cama dura da cela - Kori Aisaka.Estou presa aqui desde antes do ataque zumbi começar...

– O que você está fazendo aqui, Kori–chan? - Gakupo disse.

– Ainda estou no corredor da morte, Gakupo-kun - Ela olhou para a janela - Se Deus quiser, vou ser executada hoje...*

– Venha com a gente - Seiji disse, se aproximando das grades - Você vai ser bem útil para nós... Kori...

– Ei! - Ela se levantou e apontou a espada para as grades - É Aisaka–san pra você!

Seiji ficou olhando para ela como se disesse " O que foi que eu fiz?! ".Fui até a grade e coloquei minha mão direita sobre a espada.Kori olhou para mim.Mexi na minha franja e mostrei meu olho.

– Venha... - Sorri.Kori olhou séria para mim e abriu a porta da prisão.

– Ok... - Ela continuou séria - Só por que ela tem a sensibilidade.

Gakupo agarrou o braço de Kori.

– CORRAM! - Ele gritou - TEM ZUMBIS VINDO!

Todos nós saímos correndo.Vi que Kori estava vermelha.Super nervosa na frente do Gakupo.Dei um sorrisinho." Mais uma para se juntar ao grupo... " pensei.



Notas finais do capítulo
Reviews??
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cherrie-bonbon.blogspot.com
Mimio-chan~

avatar

Mensagens : 73
Pontos : 139
Data de inscrição : 17/01/2012
Idade : 18
Localização : Provavelmente, atrás de um casal yaoi ou revendo meu DVD de the GazettE *o* Aoi, rebola pra mim, piranha u-u

MensagemAssunto: Re: Tokyo : The Epidemic - Crossover + Vocaloid (+16)   Qui Fev 02, 2012 1:59 pm

Cap. 7 - G-Vírus ,´´ Papai ? ``

Notas iniciais do capítulo
Bom espero que gostem !!

( Rin POV )

Fomos correndo pelos corredores da prisão quando chegamos na porta ,chutei a porta quebrando a fechadura corremos pelas escadas , logo nos vimos fora do buraco ..

– Por que vocês nos seguiram ? – perguntaram Rin e Seiji

– Isso e muito perigoso vocês podiam ter morrido sabia ? – disse Seiji gritando

–Nos seguimos por que tem uma experiência de proteção que habita a ilha – respondeu Riku

Nesse mesmo segundo ouvimos passos bem pesados ate que chegou perto de nos

Ele lançou um soco em minha direção mais Seiji me salvo mas ele nem me ajudou a levantar me deixou no chão é começou a atirar na enorme criatura

( Seiji POV)

Em quanto me distanciava da criatura notava que Rin estava me observando

– Seiji ! – gritou ela lançando sua faca de sobrevivência

Empunhei e lancei no ombro do inimigo ele apenas pegou é lançou contra mim

Kori avançou com sua Katana mutilando o corpo do monstro que parecia não senti os golpes ele subiu em cima da cabeça do monstro que era gigante e cravou a espada na cabeça dele e logo pulo de cima

– Essas criaturas do podem ser destruídas quando o chip de seus cérebros são desativados .. – disse atirando contra a criatura

Fomos correndo pelos corredores da base central

– Temos que nos separar ! – gritou Rin

– Korin vem comigo e com a Rin – disse

Os demais foram para um lado do corredor e nos fomos para outro achamos um pequeno armário onde os cientistas guardavam suas coisas pessoais , nos abaixamos no chão para que o Tyrant não nos vissem ele passou direto pelo corredor

Abrimos as portas do armário e achamos algumas roupas que serviriam

– Pegue Kori – disse Rin jogando para ela uma blusa azul com alguns coldres para espadas é uma calça jeans

Kori foi em direção ao banheiro e começou a se vestir

Rin pegou um jaqueta rosa com um anjo atrás um jaqueta sem mangas e um short jeans com um coldre amarrado a ele e um bota de cowboy ela foi em direção ao banheiro e vestiu eu peguei um colete verde e vesti uma blusa preta e uma calça jeans e um coldre.

Sairmos da sala nos escorramos em um muro de ferro , Rin esticou um pouco a cabeça , para ver o que estava acontecendo.

( Rin POV)

Estiquei a cabeça para ver o que esta acontecendo ouvi gritos de uma mulher

– Fique longe ! – gritava a mulher

Ouvimos um barulho estranho

– Mãe ? – gritou Seiji sacando a arma e correndo em direção a voz que tinha falado ele correu em nossa frente sem ao menos nem ver o que tinha pela frente entramos na cela tinha um corpo estripado no chão tinha cortes por todo corpo

– Mãe ? – disse Seiji derramando lagrimas ao ver aquela cena

Cheguei perto dele ele chorava

– Seiji vamos .. – disse

–Vão me deixem em paz – disse ele

Olhamos para a parede que estava escrito :

Meu Nome é Aska Sakai se você e um sobrevivente leia isto : Tudo começou no acidente na mansão Spencer .. um vírus escapou todos morreram mais o problema foi que eles não ficaram mortos por muito tem esse foi o início de um verdadeiro apocalipse ouve um explosão na colmeia ,de Tokyo pensávamos que a única cidade protegida do vírus era ela mas com o passar de minutos foi provado o contrario ... , a estimado que o único lugar seguro na terra seja uma cidade chamada Arcádia localizada em nevada no Alasca mas a cura se localiza em uma cidade no Canadá seu nome de Devil a única desvantagem e que ela so e capaz de curar os que acabam de ser infectado e destruindo os que já estão zumbificados espero que sobrevivam ...

– Aska Sakai

As informações principais tinha anotado em um pequeno caderno , Seiji se levantou ele tinha deixado alguma coisa no corpo de sua mãe entramos em uma pequena porta que tinha no corredor abrimos ela olhamos para o lado não vimos ninguém quando olhamos outra vez um monstro estava ali posto com uma barra de metal

(http://media.giantbomb.com/uploads/0/149/368605-re2_g1_super.jpg )

Ele lançou um ataque com a barra de metal pulamos para o lado ele bateu com a barra de metal em algumas caixas de ferro que caíram para fora da ponte de metal corremos para o outro lado pegamos uma ShotGun em cima de algumas caixas ..

– O que é isso ? – perguntou Rin Atirando na criatura

– Rin ele parece seu pai ... – disse Seiji pulando de cima do suporte do motor da ponte

– Venham – Gritou Kori derrubando as caixas de vidro no chão

– Mais o que causo isso em meu pai se realmente ele é meu pai ? – perguntou Rin correndo

– Eu não sei – disse Kori atirando o monstro de aproximou de mais de Karin a bateu com o bastão de ferro em sua cabeça ela bateu contra a parede e desmaiou escorada na parede ..

– Rin essa ponte vai desabar ! , Vem logo pra cá – gritou Seiji

E monstro estava muito perto de Rin ele levantou a barra de metal pronto para bater em Rin

(Narrado POV)

Ele levantou o bastão estava perto demais no rosto de Rin

– Papai , se você esta ai dentro ... , não me mate – disse ela escorada contra a parede

O monstro surpreendeu a todos quando baixou o bastão mas Seiji não viu isso e avançou em cima do pai de Rin ele cravou a espada em cima da cabeça do pai dela o monstro de desesperou e saiu fora de controle , e bateu com a barra de ferro em Seiji o jogando para fora da ponte ...

( Rin POV)

Seiji tinha conseguido matar meu pai ele foi ao chão poucos minutos depois de Seiji crava-la em sua cabeça ..

– Seiji ! – gritou Rin olhando para baixo o buraco a baixo da ponte era fundo demais provavelmente Seiji tinha morrido logofui socorrer Kori que estava inconsciente ..

(1 Hora Depois )

Kori e eu fomos caminhando pelos corredores cheio de limo vimos alguns gemidos e logo Seiji se rastejando pelas parede cheia de limo ..

– Seiji o que aconteceu com seu braço ?- perguntei tocando no ferimento

– A SeeU esta aqui em baixo .. – respondeu ele

( Flash Back On )

Me choquei contra o agua dos esgotos do laboratório acho que isso foi a única razão de eu ter sobrevivido , fui avançando com minha arma pelos corredores , cheguei e vi uma garota em outro lado do corredor que observava sua inimiga com um espelho .. , notei sua arma meio ao corredor e logo avistei ser SeeU ela estaria pronta para pular para pegar sua arma mais como consequência levaria um tiro de uma mulher loiro vestida com um jaleco de laboratório ..

– SeeU , Não – gritei pulei agarrando ela por sua cintura e levei para o outro lado corredor mas levei um tiro como consequência

– Seiji ... – disse ela surpresa

Notei logo que realmente era SeeU pela camisa escrita Fuck U

Não tive tempo de ver mais nada apenas sentir seu doce perfume e logo tudo ficou escuro

( Flash Back OFF )

Temos que sair desse lugar – gritou Seiji

– Mas a SeeU ? – Perguntei

– Se ela sabe como vir para esse lugar sabe como sair – Disse Seiji

Apoiei Seiji Sobre meu ombro iriamos voltar pelo caminho que vim , e íamos pegar um helicóptero para voltar para Tokyo mais antes tinha que encontra Riku e os outros ..



Notas finais do capítulo
O que acharam ?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cherrie-bonbon.blogspot.com
Mimio-chan~

avatar

Mensagens : 73
Pontos : 139
Data de inscrição : 17/01/2012
Idade : 18
Localização : Provavelmente, atrás de um casal yaoi ou revendo meu DVD de the GazettE *o* Aoi, rebola pra mim, piranha u-u

MensagemAssunto: Re: Tokyo : The Epidemic - Crossover + Vocaloid (+16)   Qui Fev 02, 2012 2:01 pm

Cap. 8 - Infectados ou Não?


(SeeU POV)

- Merda, Seiji - Murmurei, enquanto me afastava aos poucos - Merda...
Eu estava cheia de feridas nos braços e nas pernas.Estava com vontade de me jogar no chão e chorar, mas não podia.De repente, me lembrei de meu irmão.Eu me lembrei de tudo...
- Usee... - Murmurei outra vez - Naquele dia... Aquele dia que eu te perdi... Eu prometi ser forte... E eu... Eu não...
Meu rosto estava pegando fogo.
- Eu não... Não vou esquecer essa promessa...
Uma lágrima escorreu devagar pelo meu rosto.Eu não podia esquecer nem a minha promessa, nem a minha missão." Onii-chan " pensei " Onii-chan... "

(Rin POV)

Pela cara de Seiji, ele estava sentindo uma dor enorme.Óbvio! Ele tinha acabado de levar um tiro! Eu me espantei mesmo com a reação de SeeU.Ela estava muito nervosa... Será que ela estava afim do Seiji?
- Nee-chan! Nee-chan! - IA começou a gritar - NEE-CHAN!
- IA? O que houve? - Riki foi até ela - IA?
- Ela tem um dom - Miku disse, preparando a metralhadora - Ela sente zumbis.Que nem a Rin.
De repente, eu comecei a sentir uma presença.Uma presença muito estranha... Era como se, alguém estivesse em cima de mim.Fiquei toda arrepiada.Olhei para Kori.
- A katana - Falei - Kori, a katana!
Kori se virou.Tinham três zumbis atrás dela.
- Para trás - Kori disse, olhando para nós.Ela correu um pouco para trás para dar impulso e deu um salto, cortando os cérebros dos zumbis de uma vez só.Todos eles caíram para trás.Kori olhou para Gakupo e deu uma piscadinha.
- Como você fez isso? - Miku perguntou.
- Se-gre-di-nho - Kori disse, guardando a katana.
Meu olho começou a doer... E muito.De repente, comecei a ouvir uma voz familiar, vindo debaixo do chão.
- Onii-chan! - Ela dizia - Onii-chan!
- Eu... - Murmurei - Conheço essa voz...
- Que voz? - Seiji perguntou.
- É a... SeeU!

* * * *

(Luna POV)


Acordei agitada.
Estava chovendo e trovejando muito.Tinha acabado de ter um pesadelo com Kiyoteru, meu marido... Morto.Ele era dono de uma corporação em Tóquio, que testava um vírus estranho.Ele morreu, junto com toda a equipe e eu tive ir para o Canadá, junto com meus filhos.
- Nome? - Um soldado me perguntou, assim que cheguei na base militar de Death.
- Luna Hiyama - Falei, séria.
- E esses quatro?
- Piko, Yuki, Miki e Aoki Hiyama
- Hiyama? São a família do Kiyoteru?
- Sim
- Bem-vindos a Death.Próximos!
Acabei indo para uma casa nem um pouco improvisada no centro da cidade.Era a antiga mansão de Kiyoteru.Naquela noite, acordei com meu filho mais velho, Piko, me chamando no andar de baixo.
- Mãe! Mãe! - Ouvi ele gritando.
- Mãe - Miki foi até mim - O Piko achou uma garota lá fora
Vesti meu roupão o mais rápido possível e desci, na esperança de ser Rin, minha filha adotiva.Quando cheguei, Piko estava sentado no chão, com a cabeça de uma garota desacordada em seu colo.Os cabelos dela eram curtos e verdes, bem bagunçados e suas roupas estavam manchadas de sangue e rasgadas.Assim que cheguei, minha filha mais nova, Yuki, foi até mim, arrastando seu coelhinho de pelúcia.
- Mamãe? - Ela perguntou - O que está acontecendo
- Volte para o quarto, querida - Falei, passando a mão de leve nos cabelos dela - Aonde você a achou, Piko?
- Ela estava desacordada na porta - Ele disse - Ela está ferida
- Foi mordida?
- Não
- Eu vou ligar para o...
- Não, mãe.Eu cuido dela
- Tem certeza?
- Sim.
Piko segurou a garota nos braços e a levou para o quarto de visitas.Aoki e Miki foram atrás dele.Eu não tinha a menor ideia de quem ela era ou o que fazia aqui.Fiquei muito preocupada.Será que era mesmo uma boa ideia... Deixar eles cuidarem de uma garota tão machucada assim?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cherrie-bonbon.blogspot.com
 
Tokyo : The Epidemic - Crossover + Vocaloid (+16)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [FIXO] Itazura na Kiss ~ Love in Tokyo
» Galeria do Ryou Shirogane
» Tokyo Ghoul
» Personagens favoritos

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
FanFuck :: Fanfictions :: Fanfucks-
Ir para: