InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Compartilhe | 
 

 [Yaoi Warning] Tsukihana +18

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Mimio-chan~

avatar

Mensagens : 73
Pontos : 139
Data de inscrição : 17/01/2012
Idade : 18
Localização : Provavelmente, atrás de um casal yaoi ou revendo meu DVD de the GazettE *o* Aoi, rebola pra mim, piranha u-u

MensagemAssunto: [Yaoi Warning] Tsukihana +18   Seg Jul 09, 2012 2:01 pm

Tsukihana

Sinopse : " Desde pequeno, eu sempre soube que não era normal - Okumura R. "
Essa frase é a que mais reflete em Kurakano Shiki, de 16 anos. Antissocial e excluído de tudo e todos, o garoto ainda sofre com o padrasto em casa. Como resultado, Shiki corta os pulsos desde os 13 anos de idade. Cansado de sua vida comum, ele sempre fica desejando que algo diferente aconteça em sua vida, algo que o desse algum motivo para viver.
Até que, um dia, ele tem um sonho um tanto estranho, que dizia algo sobre a lua e sobre uma pessoa. Ao acordar desse sonho, Shiki se vê em um mundo pós apocalíptico, e dominado por seres denominados Tsukis . Ele é surpreendido pela visita de Shiro Otsuka, um garoto de sua idade, que se diz líder de um grupo de sobrevivência e eliminação de tsukis, o SET, que tem o objetivo de chegar na Rainha Tsuki, a conhecida como Tsukihana. Ao descobrir que ela mantém a única pessoa que foi realmente boa para ele, a sua irmã, como refém, Shiki fica sem opção e entra para o SET, apenas querendo resgatar sua irmã.
Mas, as coisas podem acabar mudando se nascer um certo sentimento nele...

Disclaimer :
Todos os personagens da fic e blá blá blá me pertencem e.e
100% propriedade de Riiko, Yokai e Saki (Nyah).
Nyah...


Classificação: +18
Categorias: Originais
Gêneros: Ação, Amizade, Aventura, Comédia, Darkfic, Deathfic, Drama, Ecchi, Hentai, Lemon, Mistério, Romance, Shounen-ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-Dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Transsexualidade, Violência


Última edição por Ushio em Qua Ago 08, 2012 11:53 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cherrie-bonbon.blogspot.com
Mimio-chan~

avatar

Mensagens : 73
Pontos : 139
Data de inscrição : 17/01/2012
Idade : 18
Localização : Provavelmente, atrás de um casal yaoi ou revendo meu DVD de the GazettE *o* Aoi, rebola pra mim, piranha u-u

MensagemAssunto: 01 - Rose-Hip Bullet   Ter Jul 10, 2012 8:13 am

Notas : Esse capítulo foi escrito pela Yokai e.e
Quem aqui conhece Togainu no Chi? * barulho de grilos * ... Bom, essa é a fodástica música de abertura que vai virar a principal da fic (combina pra cacete com as ideias que a gente tá tendo). Tanto faz, eu deixo o link do mesmo jeito. Here.
Enfim... Enjoy ^^


01 - ROSE-HIP BULLET ( Yokai )

Aquela era mais uma das manhãs geladas no Japão.
O céu estava acinzentado, com algumas nuvens escuras e outras mais claras. Parecia até uma pintura.
Em uma casa comum de uma rua vazia, longe do centro comercial de Tóquio, um garoto admirava esse céu. Ele tinha cabelos pretos um pouco cacheados meio bagunçados e olhos pretos bem puxados. Como o quarto estava bem escuro, as feições finas do garoto estavam bem iluminadas, como seu rosto com a pele pálida. Perto de seus olhos, estava um band-aid branco bem fino, que estava um pouco manchado de sangue. Uma gota de chuva caiu no vidro da janela, descendo bem devagar. Ele levou a sua mão até o vidro, como se quisesse encostar na gota. Dali a dois minutos, uma garota entra no quarto. Ela também tinha cabelos pretos com alguns cachos na metade do pescoço. Seus olhos eram pretos e bem redondinhos. Ela foi até o garoto e se sentou ao seu lado. Ele agiu como se ela não estivesse lá.
- Hey... O que você está fazendo? - Ele olhou para a garota por um minuto. Em seguida, ele começou a desenhar alguns ideogramas com o dedo na janela - Ah... Esqueci que você não fala... Ou melhor, quase não fala...
Ele continuou olhando para a janela. A garota se levantou.
- A gente tem que ir... Tem aula hoje, lembra?
- Sawa onee-chan...
A garota se assustou um pouco. A voz do irmão já era um pouco grossa e definida, mas dessa vez estava mais rouca.
- Ei, Shiki - Ela chamou - Você está bem?
- S-Sim... Eu...
- Se não quiser ir pra aula, está tudo bem...
- Não... Não é nada demais...
- Tem certeza?
Shiki balançou a cabeça positivamente. Em seguida, Sawa saiu do quarto. Ele suspirou por um minuto antes de se levantar e ir em direção ao armário, procurar seu uniforme. Dez minutos mais tarde, Shiki estava descendo as escadas de sua casa com a sua irmã, passando silenciosamente por um homem que dormia no sofá. Ele era bem gordo e tinha poucos cabelos, além de estar cercado por garrafas de cerveja. Ao pegarem seus sapatos e fecharem a porta, eles começaram a dar algumas risadinhas.
- Ele nem nos percebeu! Que sorte... - Sawa riu.
- É... - Shiki tentou sorrir, mas simplesmente não conseguia. Sawa se inclinou um pouco e olhou para o rosto do irmão.
- Não é assim que se faz... - Ela voltou ao normal. Shiki parecia meio confuso. Sawa segurou as bochechas de Shiki com delicadeza e as puxou um pouco - É assiim...
- Nee-chan! - Sawa deu uma risada. Shiki sorriu um pouco. Sawa é e sempre foi uma fofa com Shiki. Sempre o apoiou e nunca o contrariou. Ela começou a dar mais atenção para o irmão quando sua mãe morreu. Eles nunca conheceram o pai, então sempre moraram com a mãe e com o padrasto, que apareceu quando eles tinham 6 anos. Aquele homem sempre olhava para os irmãos com desprezo, como se eles fossem aberrações. Sete anos depois, a mãe deles morre. O padrasto fica com a guarda pelos avós paternos serem desconhecidos e os maternos estarem doentes, além da mãe ser filha única. O padrasto tratou de transformar a vida de Sawa e Shiki num inferno. Ele batia nos dois não só com a mão, mas usava objetos como cintos e chinelos e chegou até a usar vidro. Por isso o band-aid manchado de Shiki : O padrasto ameaçava bater em Sawa com uma garrafa de cerveja e, na hora, Shiki se lançou no meio e recebeu o corte no lugar da irmã. Quando isso começou a acontecer, Shiki percebeu que, além de sofrer em casa, todos na escola agiam como se ele fosse invisível. Ele chegou à conclusão de que sua vida era uma merda e começou a se cortar, para tentar acabar com a dor. Quando Sawa descobriu, ela começou a deixar de sair com os amigos para ficar com o irmão. Mesmo assim, ele continuava como sempre. Então, Sawa apresentou ao irmão " Ao No Exorcist ", o anime sobre o filho de Satã. Shiki começou a ficar diferente depois de começar a ver, pois ele via que o protagonista, o Rin, a frase que ele tinha dito no começo (" Desde pequeno, eu sempre soube que não era normal ") era exatamente como ele se sentia. Indiferente em relação ao resto, pensava do mesmo jeito que Shiki. Os dois começaram a acompanhar o anime juntos, por isso, três anos depois, eles parecem mais melhores amigos do que irmãos. Enquanto caminhavam pela rua, Shiki olhou para cima e fechou os olhos, deixando uma leve brisa bater em seu rosto. De repente, ele se lembra daquela frase de seu ídolo, Rin. Então, uma pergunta começa a invadir a sua mente...
" Se Rin se achava diferente e acabou descobrindo que era diferente... Será que, um dia, isso ainda vai acontecer comigo? "

Continue --

Notas : Gostaram? ^^
Espero que sim -q

Então, nos veremos na continuação ^^

Kissus <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cherrie-bonbon.blogspot.com
Mimio-chan~

avatar

Mensagens : 73
Pontos : 139
Data de inscrição : 17/01/2012
Idade : 18
Localização : Provavelmente, atrás de um casal yaoi ou revendo meu DVD de the GazettE *o* Aoi, rebola pra mim, piranha u-u

MensagemAssunto: 02 - The Invisible Wall   Qua Jul 11, 2012 7:41 am

Notas : Le Saki passando por aqui e.e
Eu já to catando algumas bases no DA do Shiki e do Shiro (ele deve aparecer em breve e.e) Ah! E da Sawa. Tava esquecendo dela ^^ Mas, enfim... Link da música do capítulo (the invisible wall) Sim, a autora aqui é gazerocker XD (talvez apareçam alguns personagens baseados neles... Talvez u--u) Ah, aviso.
Tem uma cena que nem chega a ser um yaoi, mas pros olhos de fujoshi é ^^
Bem, ao capítulo ^^

Enjoy :3



02 - THE INVISIBLE WALL ( Saki/Ushio )

Shiki revirou os olhos.
Aquela aula estava realmente muito chata. Ele não estava nem aí para as guerras que já aconteceram no mundo. Revisões para prova final geralmente são assim mesmo : Um saco. Ele olhou para a janela. Ainda estava bem nublado do lado de fora. " Esse mundo é mesmo uma merda... " Ele pensou, abaixando a cabeça cada vez mais, até cair na mesa " Quando... Vai... " Ele já estava começando a ficar sonolento " Chegar a minha... Hora...? ". Shiki se esticou na mesa e fechou os olhos lentamente.

--

Quando ele voltou a abrí-los, Shiki estava em outro lugar. Um lugar completamente diferente da sala de aula. Era bem escuro, mas ele se sentia molhado. Como se estivesse debaixo da água. Shiki abriu a boca e soltou um pouco de ar. Várias começaram a subir para a superfície, como se estivessem sem rumo. De repente, uma voz começa a chamá-lo. Uma voz feminina um tanto familiar.
" Shiki... "
Ele se virou. Agora, a voz vinha do outro lado, cada vez mais próxima.
" Shiki... Shiki... "
De repente, a voz estava diferente. Não era mais feminina, mas era masculina. Parecia com seu professor de história...
" Shiki... Shiki... SHIKI! "

--

Shiki abriu os olhos novamente. Ele estava na sala novamente, e seu professor estava na sua frente, parecendo meio bravo meio preocupado.
- Ah... Me desculpe, sensei... - Shiki disse, bem baixinho como sempre - Eu...
- Ei, você está bem? - Disse o sensei, parecendo mais preocupado agora - Se quiser ir para casa mais cedo, eu chamo a sua irmã...
- N-Não, eu estou bem... É...
Ele continuou assistindo à aula como se prestasse atenção (coisa que ele não estaria fazendo nem se tentasse), mas ele pensava apenas naquele sonho estranho. De quem era aquela voz? O que ele estava fazendo submerso? O que essa pessoa queria com ele?
Shiki ficou pensando naquilo até bater a hora da saída, quando ele foi procurar a irmã no 3º ano. De repente, ele se lembrou de que estava dando falta de algo : Um dos cadernos tinha ficado na sala. Ele soltou um longo suspiro e entrou novamente no prédio, indo diretamente até a sala. Ele foi até a sua carteira e começou a mexer na mesa, mas não encontrava nada. Então, uma voz familiar vinda de trás dele ecoou em seus ouvidos.
- Procurando por isso?
Shiki se virou. Ele deu de cara com aqueles três detestáveis : O famoso trio do Pesadelo Ruivo. Os trigêmeos Kashii. Eles eram exatamente iguais, com cabelos bem ruivos caindo sobre os ombros, olhos meio verde-musgo e aquele olhar ameaçador de delinquentes do século passado. A única diferença era o uniforme. Um usava um colete, o outro um blazer e o último, apenas a blusa da escola solta. Esse último era o líder, Masaki o mais detestável dos três. Os outros dois, Misaki e Masashi, eram os capangas, mas eram muito ligados.
- Ah... Se não é o Kurakano da classe D... - Disse o líder.
- É o antissocial, não é Masashi? - Misaki riu.
- É sim, Misaki... Aquele que cortou os pulsos... - Masashi olhou discaradamente para Shiki. E este já estava irritadíssimo, querendo dar um murro na cara dos três.
- Apenas me devolva... - Shiki disse, bem sério. Masaki começou a rir.
- Se quer o seu caderninho de volta, vai ter que vir pegar, seu viadinho...
Shiki avançou em Masaki, que jogou o caderno para Masashi. Ele e Misaki saíram correndo pelo corredor, jogando o caderno um para o outro. Shiki saiu correndo atrás deles, mas, no meio do caminho, sentiu uma mão pesada o jogar em direção à parede. Shiki bateu de costas para a parede dura, e deu de cara com Masaki, que o estava pressionando lá. Shiki era bem baixinho comparado ao ruivo, que lançava um olhar ameaçador à ele. Masaki abaixou um pouco e começou a chegar perto de Shiki, que estava começando a entrar em pânico. " N-Não... Eu não quero beijar esse filho da puta " Ele pensou, fechando os olhos por um segundo. Quando voltou a abrí-los, Masaki estava a poucos centímetros dos lábios de Shiki.
- Se você machucar um deles, eu juro que eu te mato.
Masaki começou a se afastar de Shiki. Logo na primeira oportunidade, ele saiu correndo novamente, na direção deles. Quando Shiki chegou ao térreo, Masashi e Misaki estavam do outro lado da rua, balançando o caderno feito loucos. Shiki simplesmente correu fora do sinal, sem nem ligar para a sinalização nem nada. Quando ele estava quase lá, aqueles dois não estavam mais rindo. Eles estavam sérios. Confuso, Shiki olhou para a sua esquerda. A última coisa que ele viu antes de desacordar foi dois faróis bem fortes vindo em sua direção.

Continue--

Notas : Do you like it?
Nyah? Tomara que sim ^^
Bem, até a próxima ^^
Kissus <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cherrie-bonbon.blogspot.com
Mimio-chan~

avatar

Mensagens : 73
Pontos : 139
Data de inscrição : 17/01/2012
Idade : 18
Localização : Provavelmente, atrás de um casal yaoi ou revendo meu DVD de the GazettE *o* Aoi, rebola pra mim, piranha u-u

MensagemAssunto: ZERO   Qui Ago 30, 2012 1:57 pm

Notas:
Gomen, gomen, gomen, gomen T-T Eu sei q eu sou lerda... Enfim, a música do capítulo é da banda de visual kei formada por vocaloids, a VanaN'Ice, aqui : http://www.youtube.com/watch?v=Ym-Zqv77ilo&feature=channel&list=UL
Foi feito pela Riiko, mas eu (Yokai) editei e postei ^^Enfim... Enjoy ^^


03 - ZERO ( Riiko )

Shiki se sentia como se estivesse morto.

Ele não via nada. Era tudo preto. Ele apenas ouvia um barulhinho de máquinas, como as de hospitais. Aos poucos ele foi abrindo os olhos. Shiki estava em um quarto de hospital, conectado a máquinas, com uma pessoa perto dele. Uma garota de cabelos bem pretos.

– S... Sawa nee? - Shiki disse, levando sua mão direita à testa.

– Shiki!! - Ela correu até o irmão, desesperada - Shiki! Você está bem?

– O que... ?

Sawa abriu um pequeno sorriso.

– Você ficou desacordado por três dias... Eu fiquei preocupada...

– Aquele... Carro...

– Hã?

– O carro... Eu fui atropelado?

– Foi sim... - Sawa olhou para as cortinas - O Kashii–kun e o motorista chamaram a ambulância.

Shiki olhou para a irmã, levemente assustado.

– Kashii? Qual deles?

– O Masashi. Ele parecia muito tenso...

Shiki voltou a olhar para o teto. Aos poucos, ele foi relaxando e começou a fechar os olhos. O barulho das máquinas aumentou e ficou mais rápido. Sawa saiu correndo para chamar os enfermeiros enquanto o garoto foi desacordando lentamente.


–-


" Shi... Ki... "

Shiki abriu os olhos, assustado. Ele se viu novamente naquele lago escuro. Ele estava tão acostumado com aquele lugar que agora respirava pelo nariz sem problemas. Agora, ele não via sua irmã. Era outra pessoa bem na sua frente, um garoto meio borrado. Shiki não conseguia reconhecê-lo mas, de alguma forma, sabia que era importante para ele.

" Chegou... "

– Hã? O que chegou?

De repente, a voz mudou. Parecia ter vindo daquele garoto e agora era masculina de um jeito diferente. Agora era mais fina que a última, como a de um garoto de sua idade. Ele levou sua mão até o rosto de Shiki.

Apenas chegou, Shiki...

– Como...

De repente, a voz de sua irmã começou a ecoar novamente ao fundo. O garoto se virou, parecendo prestar atenção na voz.

" Cuidado... Shiki... Ela... Lua... "

– Lua... ? - Shiki olhou novamente para o garoto, tentando vez seu rosto.

Já está na hora. Só... Tome cuidado com ela...

– Ela quem?

Ela vai tentar fazer coisas más à você... Só tome cuidado...

O garoto começou a se afastar, tirando a mão do rosto de Shiki. Sem nenhum motivo, Shiki tentou agarrar a mão dele a qualquer custo. Bolhas começaram a aparecer na sua frente, atrapalhando a sua visão, que estava começando a ficar mais clara.

Acorde, Shiki... Abra os olhos...

A última coisa que ele viu antes de abrir os olhos completamente foi o sorriso do tal garoto. Mesmo nunca o tendo visto antes, ele sentiu como se eles se conhecessem a muito tempo.

Continue --

Notas :
Uhuu! O Shiro aparece no próximo ( ^ ^ ) ~ Kissus <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cherrie-bonbon.blogspot.com
Mimio-chan~

avatar

Mensagens : 73
Pontos : 139
Data de inscrição : 17/01/2012
Idade : 18
Localização : Provavelmente, atrás de um casal yaoi ou revendo meu DVD de the GazettE *o* Aoi, rebola pra mim, piranha u-u

MensagemAssunto: 04 - Distress and Coma   Qui Set 06, 2012 2:06 pm

Notas : Gomen pela demora again T-T
Agora fudeu negada e.e O povo importante vai começar a aparecer agr.
Hehe
Le link : http://www.youtube.com/watch?v=S-eyxEqwXfw
Hey, dá pra perceber que o Shiki agora vai ficar igual a primeira capa da fic? Eu perdi a imagem e não acho em lugar nenhum T-T Mas tá na capa nova (é o cara das faixinhas aí em cima). Enfim...
Enjoy ^^


04 - DISTRESS AND COMA ( Yokai )

Shiki acordou quase sufocado.

Ele abriu os olhos e viu uma enorme quantidade de fumaça e sua frente. Meio confuso, Shiki se sentou e viu que o quarto estava semi destruído. Toda a fiação elétrica de fora, soltando faíscas. As paredes tinham sido derrubadas como se alguém tivesse entrado pela janela, destruindo o quarto quase inteiro. " Mas o q... ? " Shiki tentou se levantar, com um pouco de dificuldade " Como isso aconteceu?! ". Ele se arrastou até a ponta e tentou ficar de pé. Mesmo com muita dificuldade, ele conseguiu ir, mancando até o corredor. Por todos os cantos, havia sangue. Muito sangue. Enfermeiras, médicos, pacientes... Todos brutalmente assassinados.

Shiki consegiu chegar à uma sala operatória um pouco menos destruída. Ele foi até um espelho meio quebrado, mas com uma boa parte intacta. Seu rosto estava cheio de marcas e machucados. Ele tentou encostar nelas mas doía demais. Shiki olhou para a direita e viu algumas gazes e roupas um pouco sujas pela poeira das paredes. Ele vestiu uma blusa de mangas compridas preta e um pouco detonada e uma calça jeans também detonada. Shiki enrolou algumas faixas no rosto e se olhou no espelho. Ainda estava machucado, mas agora conseguia esconder os piores.

De repente, as paredes do hospital começaram a se mexer e cair. Sem saber o que fazer, Shiki acabou ficando parado. " Eu... Não consigo... Me mexer... " Ele pensou. Shiki viu uma enorme pedra cair em sua direção e apertou os olhos. " Não pense nela, não pense na pedra... Não... Pense... ".

–-

" ... Ei ... "

Shiki tentou se mexer. Tinham tantas pedras em cima dele que não consegiu. " Espera... Essa voz... Eu conheço essa voz... ". Shiki usou toda a sua força para tentar mover as pedras. Ele consegiu algumas poucas, mas foi o suficiente para tirar sua mão.

– Ei... Olha ali... - Uma voz masculina muito fina e infantil disse - Tem alguém ali...

– Hã? C-Como? - Uma feminina meio assustada assumiu - Ah, ali! Achei!

Shiki começou a ouvir barulhos muito altos do lado de fora, como se estivessem quebrando algo. De repente, uma coisa muito pesada bateu perto dele e acabou quebrando um pouco do chão. Ele escorregou um pouco mas consegiu se manter em pé. Shiki forçou um pouco a vista por causa da luz do sol. Ajoelhado em sua frente, estava um garoto de mais ou menos a sua idade.

Ele tinha cabelos pretos bem lisos, que iam até a metade de seu pescoço. Ele era bem branco e tinha olhos amarelados, parecidos com os de um gato. Usava um casaco jeans preto e uma blusa branca, com uma calça cinza-escura. Ele estendia a mão para Shiki com uma cara preocupada. " Por que... Ele me parece familiar? " Shiki pensou " Ele... ".

– Você está bem? - Shiki quase soltou as pedras ao ouvir sua voz. O garoto tinha exatamente a mesma voz de seu sonho! Shiki balançou a cabeça positivamente.

– Eu... - O garoto sorriu para ele.

– Você teve sorte... Venha, pode vir.

Shiki agarrou a mão do garoto, que o ajudou a subir. Apoiado no garoto, ele não conseguia ver direito os outros.

– Ele está vivo! Me ajudem aqui!

Aos poucos, Shiki sentiu seu corpo amolecer. Os outros avançaram em sua direção. " O que... O... Que... " Shiki pensou, desacordando aos poucos.

" O que está acontecendo? "

Continue--

Notas : FUDEEEEU NEGADA! Uhu, Shii-kun apareceu u-u
Uii, mistério O.o
Enfim... Mereço reviews? No? T-T
Bem, talvez eu lançe outro hoje por que eu to inspirada ^^ Mal aí garotas, eu to afim de postar u-u
Kissus ♥
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cherrie-bonbon.blogspot.com
Mimio-chan~

avatar

Mensagens : 73
Pontos : 139
Data de inscrição : 17/01/2012
Idade : 18
Localização : Provavelmente, atrás de um casal yaoi ou revendo meu DVD de the GazettE *o* Aoi, rebola pra mim, piranha u-u

MensagemAssunto: 05 - Still   Sab Set 08, 2012 4:17 pm

Notas : Yo!!! Voltei ^^
Le link : http://www.youtube.com/watch?v=gFqYvM7hcpU
Enfim, agooora sim o povo aparece direito ^^
Hehe... E de novo o capítulo vai começar com Shiki :3 heheh...
Fiiiiinalmente! Um dos meus favoritos vai aparecer u-u A querida bitch do grupo. Contém um pouquinho de yaoi (eu te amo, Chikaaa ^^ Tudo por causa desse garoto divo )

Enjoy u---u



05 - STILL ( Yokai )



Aos poucos, Shiki começou a sentir sua consiência voltar.

Demorou alguns minutos para que ele se acostumasse com a luz e conseguisse ver aonde estava. Parecia ser uma barraca bem espaçosa com algumas coisas penduradas. Ele estava deitado em uma maca, com alguém sentado ao seu lado. Shiki forçou mais um pouco a vista e consegiu ver que era o garoto que o ajudou.

- Você acordou... - Ele sorriu.

- Eu... - Shiki mexeu um pouco nas suas faixas - Fiquei desacordado por muito tempo?

- Não... Não muito... Depois de três dias acho que você já se recuperou...

" Três dias? " Shiki pensou, se sentando na cama com dificuldade.

- Ah, eu esqueci de me apresentar... - O garoto se levantou e ficou em pé na frente dele, estendendo a mão na direção de Shiki - Eu sou Ootsuka Shiro, pode me chamar só de Shiro mesmo. Sou o líder dessa organização...

- K-Kurakano Shiki... Organização? - Shiki apertou a mão de Shiro - Isso é uma organização?

- Hai! Essa aqui é a SET, a organização dos sobreviventes.

- Sobreviventes do que?

- Ah, você não sabe? Deve ser perda de memória por causa das pedras.

- Já faz um tempo que o mundo entrou nesse caos atualmente. Foi do nada, à algumas semanas atrás, que eles apareceram...
- Eles quem?
Shiro levantou a cabeça.
- Os tsukis. Eles são pessoas com olhos vermelhos e dentes enormes. Os tsukis são muito rápidos e conseguiram dizimar praticamente o mundo inteiro...
- Tsukis... Eles só saem à noite?
- É. Por isso o nome.
Shiki olhou para baixo, meio apreensivo.
- Então... Todos que eu conheço podem estar mortos?
- Infelizmente sim... Mas às vezes eles não matam os humanos. Raramente eles os levam pra " rainha ".
- Rainha? Como as abelhas?
- Mais ou menos. Ela é conhecida como Tsukihana, a líder deles todos.
- Mas... O que eles exatamente fazem com esses humanos levados?
- Depende. Alguns morrem lá, outros vivem como servos... Você sabe se tinha uma garota naquele hospital?
- Por que?
- Eu vi uma sendo levada...
Shiki se ajeitou na maca.
- G-Garota? Como ela era?
- Bem... - Shiro aproximou sua mão fechada da boca e olhou para a direita por cima de Shiki - Ela tinha cabelo preto... Cachinhos... Franja...
- C-Curto? Até a metade do pescoço?
- É... Você conhecia?
Shiki bateu a testa na palma de sua mão esquerda.
- Ela... Ela era a minha irmã... A minha irmã mais velha...
- Sério?
Shiro segurou o pulso de Shiki e o abaixou. Shiki olhou para a frente e viu Shiro, sorrindo novamente. Shiki olhou rapidamente para a esquerda, corado.
- Ela vai ficar bem... Do jeito que ela foi levada, parecia que a Tsukihana queria ela segura. Acho que ela precisa da sua irmã...
- Sawa - Shiki interrompeu - O nome dela é Sawa...
- Ela precisa da Sawa-san viva. Várias pessoas daqui tiveram parentes ou amigos levados e não conseguiram resgatá-los. É aí que entra a SET
Shiki fez uma cara confusa para o garoto. Rapidamente, Shiro se levantou e levou sua mão esquerda para o topo da cabeça, como se estivesse fazendo o sinal de L, mas com três dedos levantados.
- O grupo de Sobrevivêcia e Eliminação de Tsukis, SET! Nós andamos por aí até encontrarmos o número máximo de sobreviventes possível, para podermos entrar na " casinha " da Tsukihana e resgatar todo mundo ♥️ E eu, como líder do grupo, estou te chamado pra entrar também!
Shiki corou novamente.
- Quanto mais sobreviventes melhor ♥️ O que acha?
- Bem... - Shiki olhou rapidamente para a parede e depois voltou a olhar para Shiro - Eu não tenho outra opção mesmo...
- Huhu... Você não vai se arrepeder, pode ter certeza ♥️ Consegue se levantar?
Shiki se apoiou nos ombros de Shiro, que o puxou com o mínimo de força possível para fora da maca. Ele consegiu ficar de pé, mas apenas apoiado em Shiro, que começou a levá-lo para fora da barraca. Eles estavam acampados em cima de um enorme prédio semi-destruído, com várias outras barracas espalhadas por lá. As barracas pareciam estar meio camufladas e colocadas como se estivessem se escondendo de algo. Bem no meio, havia uma barraca gigante, com se fosse a sede da SET. Shiro o levou até uma barraca um pouco menor ao lado da suposta sede. Ela estava cheia de penduricalhos como penas coloridas (?) e relógios de bolso antigos falsificados servindo de decoração.
- Eu tenho que avisar a sua entrada aqui antes, Kurakano-kun. Senão vamos ter que presenciar um piripaque e ninguém vai conseguir dormir à noite.
- Pode me chamar só de Shiki mesmo.
Eles se entreolharam. Shiro deu mais uma risada antes de entrar. Do nada, um garoto saiu de lá. Ele parecia ter 17 ou 18 anos e ser bem alto. Ele tinha cabelos preto-azulados bem lisos, caindo um pouco sobre seus olhos ímpares. O esquerdo era verde e o direito era azul, ambos claríssimos e um puxados, mas não tanto quanto os de Shiki. Ele usava um casaco preto de capuz, uma calça jeans preta e all-stars. Ao ver Shiro, ele virou um pouco a cabeça para a esquerda, mostrando uma tatuagem do lado direito do pescoço : O kanji de zero, rei.
- Shiro-kun? - O garoto olhou para Shiki meio de lado - E... O cara resgatado?
- É, ele vai entrar pro grupo. Posso falar com o Chika?
- Tá - Ele olhou para trás por alguns segundos - Podem entrar
Shiki e Shiro entraram na barraca. Ela tinha lençóis pendurados em todos os cantos, das paredes ao chão, espalhados pela barraca inteira. No centro, tinha uma cadeira branca com outro garoto sentado nela, com o mais velho ajoelhado no chão ao lado desse. Ele aparentava ter bem menos de 10 anos. Ele tinha cabelos brancos um pouco ondulados e bem finos. Seus olhos eram azul-claros e bem redondinhos. Ele usava uma blusa de mangas compridas cinza-escura, um short preto com suspensórios também pretos, meias brancas e sapatos como as de lolitas masculinas pretos. Shiro se virou para Shiki.
- Esse é o Ryougo Yasuchika. Ele criou a SET comigo. Por incrível que pareça, ele tem 13 anos - Em seguida, Shiro apontou para o tal garoto que os recebera - E aquele é o Urahata Kai, ele serve o fedelho. Uma dica : Tenta ficar o mais longe possível do Chika.
- Por que?
- Caham - Yasuchika interrompeu - Shiro, pode explicar que invasão é essa?
- Bem... Lembra dele? Aquele cara que você encontrou?
Yasuchika fixou Shiki por alguns segundos, com um sorriso no rosto.
- Claro.
- Bem, eu só vim avisar que eu estou incluindo ele no grupo.
- Maravilha! - O garoto sorriu, ficando de pé e aplaudindo - Eu estava doido para ter mais um brinque...
- Não! Nada de brinquedinhos! - Shiro levou Shiki um pouco para trás - Você já tem o Kai e uns outros do grupo que você prendeu contra a vontade deles. Nada mais além disso.
Yasuchika se virou para a direita e cruzou os braços, inchando um pouco as bochechas.
- Aiii... Como você é chato, Shiro. Eu só queria brincar...
- Bem... E-Era só isso que eu queria dizer, nada mais... Estamos indo!
Shiro e Shiki saíram rapidamente da barraca, com Shiki quase caindo algumas vezes.
- O que foi isso? - Shiki disse, voltando a se apoiar normalmente nos ombros de Shiro - Que história era aquela de brinquedinho?!
- Eu esqueci de avisar um detalher : Por mais novo que ele seja, o Chika é sadomasoquista - Shiki travou ao ouvir a última frase - E ele se interessou em você. Vai por mim, eu já servi de brinquedinho pra ele e não é nada legal.
Shiki engoliu em seco e voltou a olhar para a frente. " Brinquedinho... Provavelmente o Kai é um dos brinquedinhos dele, certo? " Ele pensou " Agora que eles ficaram sozinhos... O que será que o Ryougo-san está fazendo agora? "

-- * Enquanto isso *

Yasuchika apertou os olhos, com um pouco de raiva no olhar.
Ele se virou e sentou na cadeira novamente. Kai apoiou o queixo no braço da cadeira.
- Affe... O Shiro é muito sem graça. Ele sabe que eu gosto de ter vários brinquedinhos! - Ele disse, apoiando o braço na cabeça de Kai - Agora eu fiquei nervoso...
- Nervoso? - Kai retirou o braço de Yasuchika da cabeça - Não precisa ficar nervoso...
- É... Tem razão. Melhor ter um brinquedinho do que nenhum... - Chika deu uma risadinha. Kai segurou de leve o rosto de Chika e selou seus lábios. O garoto riu mais um pouco e avançou no maior em um beijo mais demorado, derrubando a cadeira no chão. Kai abraçou Chika, fixando com o canto de seu olho esquerdo a cadeira derrubada, enquanto o menor destribuía beijos no pescoço dele.
- Olha só essa bagunça... - Kai suspirou. Chika começou a mordiscá-lo e a levantar o casaco - Que feio bocchan... Que feio...

Continue--

Notas : TARAN! Sim, eu sou chata e parei no comecinho. É que eu não escrevo lemon à muitos séculos e perdi a prática Sad
Mas enfim, a Ushio-san terminou as bases dos personagens ^^ Por enquanto só tem o 3 (ou 6 por causa do trio).
Le links : Chika, Kai e Trio.
Hehehe divos.
Enfim, até mais ^^ Kissus <3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://cherrie-bonbon.blogspot.com
 
[Yaoi Warning] Tsukihana +18
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
FanFuck :: Fanfictions :: Fanfucks-
Ir para: