InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Compartilhe | 
 

 Bad Girl! 1ª temporada

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Bad Girl! 1ª temporada   Qua Abr 27, 2011 7:46 pm



Capítulo 1: Prólogo.

À muitos e muitos anos atrás, houve um guerreiro, o mais poderoso do mundo, seu nome era Chuck Norris... Exércitos tremiam na base ao ouvir seu nome. Nunca, nenhum homem conseguiu derrubá-lo, ou sequer feri-lo... nem mesmo 300 homens!

Leônidas: Espartanos! Atacar!

299 espartanos: AUH! AUH! AUH! *indo em direção à Chuck Norris com suas lanças e espadas*

Chuck Norris derruba uns 200 homens com seu poderoso RoundHouse Kick, um golpe que saía da sua perna até o seu pé, soltando uma poderosa rajada que destruiria uma cidade inteira. Os outros 100 homens restantes, Norris-sama os dilacerou com seus punhos chamados Lei e Ordem! Fora alguns que ele derrotou só com um golpe de vista.

Leônidas: *todo arrebentado, mas de pé* C-como você sozinho... derrotou o exército de Esparta? Isso é loucura! This is madness!

Chuck Norris: Madness?... THIS... IS... CHUCK NORRIS!!! *da um RoundHouse Kick concentrado em Leônidas que o explode em um décimo de segundo*

Chuck Norris, apenas com seu faro apurado, descobriu o esconderijo de Osama Bin Laden, que estava escondido com seus seguidores homens bomba.

Chuck Norris: *destrói a caverna onde Osama se escondia*

Osama: AAAAHHHHH!!!! É CHUCK NORRIS!!! FUDEU, NEGADAAAA!!!

Uma porrada de homens bomba grudam em Chuck Norris explodindo em seu corpo enquanto Bin Laden fugia em um avião.

Osama: Heh! Porco imperialista! Achou que poderia vencer meus homens bomba?

Chuck Norris: *com roupa de piloto, pilotando o avião* Eu acho! E daí?!

Osama: COMO VOCÊ VEIO PARAR AQUI?!

Chuck Norris explode o avião com a força do pensamento, matando Osama Bin Laden.

Ao longo de sua vida, Chuck Norris fez coisas extraordinárias, ainda mais do que essas, porém, Chuck Norris não poderia defender o mundo para sempre, então resolveu fazer um filho que sucederia a responsabilidade do mundo, Chuck Norris escolheu a mulher mais linda para fazer seu filho... Já que Chuck Norris dormiu com mais mulheres do que qualquer outro no mundo inteiro obviamente não tinha porque escolher uma obesa, cheia de espinhas e peluda. O nome da mulher era Matsuko Ryouma, uma mulher com cabelos castanhos escuros, olhos castanhos claros, linda, corpo escultural, gentil, amável, fala pouco, engraçada, entende de futebol, deixa você sair com seus amigos para tomar cerveja enquanto ela fica cuidando da casa, inocente na rua mas uma safada na cama... o que? Acha que ela não existe? Existe sim, e foi Chuck Norris que a desvirginou colocando uma filha nela, aquela que iria carregar o mundo nas costas, seu nome era Asuka Ryouma!

9 meses depois...

Deixa o vídeo rolando enquanto lê.
Spoiler:
 

O sol começa a nascer (igual no clipe) as pessoas no meio da rua que trabalhavam carpindo terra reparam no sol nascendo e todos saem na mesma direção, os surfistas param de surfar e correm na mesma direção, os casais transando em suas casas saem dali mesmo pelados e antes de terminar o serviço (as vezes até com a camisinha ainda) os velhos corriam o mais rápido possível com seus andadores, bengalas e cadeiras de rodas; os anjos desciam dos céus e os demônios saíam debaixo da terra indo na mesma direção; os vEados vinham pulando, os skin-heads, punks e emos; os evangélicos, espíritas e católicos; nerds, pattys e intelectuais; judeus e mulçumanos; todos correndo na mesma direção, o pico da montanha da cidade de Phallus [nome que eu inventei da cidade, significa “falo” mesmo ^^].

Enfim todos chegam ao seu destino, uma bruxa ruiva [mas era uma bruxa gostosa, não essas que tem verruga no nariz] chamada Taty vem descendo dos céus em sua vassoura, até o pico de uma montanha onde toda essa renca das linhas anteriores estavam olhando, no pico da montanha estava ele, Chuck Norris, com seu peito estufado e com um sorriso no rosto, a bruxa ruiva se curva na frente de Chuck Norris. E no meio daquela multidão, as pessoas abrem alas para uma pessoa portando uma metralhadora AR-15, era Capitão Nascimento que subiu à montanha [obrigou o chão a subir, pra ser mais exato] cumprimenta Chuck Norris com um aperto de mão e um abraço [mas um abraço de mano], Chuck Norris vai até sua esposa Ryouma Matsuko, que estava no chão com as pernas abertas, descabelada, vestido levantado, placenta pra todo lado, sangue escorrendo [passa o vídeo até 2 quando a música fica baixa]ele faz um carinho nela, ela segurava a criança Asuka Ryouma, uma bebezinha bonitinha, uma gracinha cuti-cuti da mamãe, com grandes olhos castanhos claros olha para Capitão Nascimento e se assusta, Nascimento pega uma granada e brinca na frente de Asuka, a pqeuna fica tentando pegar a granada enquanto dava uma risada gostosa, Nascimento pega um pouco do sangue de um Norris [com permissão, claro] e passa na testa de Asuka, depois pega ferro moído e joga no sangue, Asuka da uma tosse fofa seguido de um grito de dor, Nascimento pega ela no colo e leva até a ponta da montanha, onde todos estavam olhando lá de baixo, então ele levanta a criança para todos verem [essa é a parte que a música volta alta aos 3], o mundo inteiro aplaude, as equipes de filmagem narravam o acontecimento histórico, nem o Papa recebia tanta atenção assim quando eleito, todos gritavam como se o Brasil tivesse ganhado a copa, Asuka olhava para todo mundo com aquela cara de “Meu, que porra é essa?”, os céus se abrem e uma luz divina ilumina a criança nas mãos de Capitão Nascimento e todos os povos se curvam na frente dessa criança.

Matsuko: Hey! Por que a minha filha precisa nascer igual o Simba? Ela é um ser humano, não um leão!

Taty: Acho que ela tem razão.

Chuck Norris: Nascimento, refaça essa apresentação.

Nascimento: Fazer o que né?

O cenário muda pra varanda do Michael Jackson [R.I.P], e Nascimento pendura Asuka na varanda com um pano na cara dela enquanto os fotógrafos tiravam fotos.

Matsuko: Piorou! Você quer ser criticado igual o Michael Jackson foi por causa disso?!

Nascimento: Aff, mas como é chata! Então a gente faz isso outro dia quando eu tiver com mais paciência *tenta enfiar Asuka em Matsuko de novo*

Chuck Norris: Nascimento! Você quer matar minha esposa e minha filha?

Nascimento: Se divorcia, porra, isso não dá pra agüentar.

Chuck Norris: Eu vou ter que quebrar sua cara aqui e agora?

Taty: Parem vocês dois! Se vocês dois brigarem sério o planeta pode entrar em colapso então tomem cuidado.

No meio da discussão Asuka começa a rir, aquela risada gostosa de bebê, isso faz os adultos pararem de brigar.

Nascimento: Owwwnn... Ela gosta de brigas...

Taty: Que gracinha. ^^

Matsuko: Gracinha? Desde quando gostar de brigas faz dela uma gracinha?

Nascimento/Norris/Taty: Nós achamos isso uma gracinha ‘-‘

Matsuko: Ai ai, to vendo que cuidar dessa criança com vocês por perto não vai ser fácil.

16 anos se passaram, e aquela coisinha fofa cresceu e, agora com 16 aninhos, ficou conhecida mundialmente como “Bad Girl”.


--------------------------------------------------------

Comente o capítulo aqui! ;D


Última edição por Nekiba em Qui Out 09, 2014 3:42 pm, editado 7 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 2: Desfecho   Qua Abr 27, 2011 7:50 pm

Capítulo 2: Desfecho

Nesse mundo, a pessoa é considerada adulta aos 16 anos, tanto para homens quanto para mulheres, então aos 16 anos já acaba escola e começa a procura de emprego, cartas de motorista ou até casamentos.

E claro, Asuka, filha do imperador do mundo, teve que arranjar um emprego também [acha que ela vai ter moleza só porque é filha do imperador do mundo?] e ela encontrou um emprego que era a cara dela: Caçadora de recompensas.

Asuka, vestindo uma camiseta vermelha sem manga com touca, calça cinza até as canelas, vinha carregando um corpo inconsciente nas costas, e do lado dela vinha um garoto muito alto, pele clara, loiro, olhos verdes e corpo atlético, vestindo uma camiseta sem manga branca com touca, calça jeans preta e tênis de corrida.

Asuka: Ne ne... Iago, já chegamos?

Iago: Pra que a pressa, priminha? Esse criminoso que a gente pegou tem uma recompensa pequena, não tem porque a gente correr.

Asuka: Mas eu to com pressa!

Iago: Precisa cagar?

Asuka: CLARO QUE NÃO!

Iago: Não precisa ter vergonha disso, todo mundo caga!

Asuka abaixa a cabeça olhando para um ponto fixo no chão.

Asuka: É... Eu preciso cagar...

Iago: Sério?

Asuka: *joga o corpo no chão* CLARO QUE NÃO! Por que eu fui ter um primo tão nojento!? *avança e começa a lutar com Iago*

A luta era entre dois parentes de Chuck Norris, os socos de Asuka faziam crateras nas paredes das casas, os chutes de Iago derrubavam árvores, a velocidade dos dois era absurda, isso era por causa do “ki Norriano” que os dois possuíam, Asuka tinha mais ki norriano que Iago por ser filha legítima de Norris-sama. Os pedestres que passavam por perto olhavam pra luta com cara de cú.

Tiozinho: Mas que merda! São aquelas crianças do Norris-sama de novo!

Carinha indo trabalhar: Me pergunto quando eles vão crescer e perceber que já são adultos.

Senhora: Já é a décima quinta casa que eles destroem esse mês, e a conta sempre cai para o Norris-sama.

No meio da luta, Asuka e Iago param de lutar porque sentiram que tinha alguma coisa faltando... o criminoso que eles capturaram.

Iago: Cadê?! Cadê aquele filho da puta!!

Asuka: Ai não! Se o procurado escapar como da ultima vez sabe o que o Pai vai fazer com a gente?

Iago lembra quando o tio enfia a cabeça de Iago e Asuka na privada enquanto pisava no saco de Iago... obviamente Asuka ficava livre dessa parte.

Iago: Asuka, usa seu “Correr pra caralho” pra alcançar esse bosta!

Asuka: Isso! *começa a correr pra caralho*

Iago: MAS VOCÊ NEM SABE PRA QUE LADO ELE FOI! Ah, já ta longe...

Agora a gente explica como funfa a técnica “Correr pra caralho”.
O usuário usa o ki norriano nos seus pés, e a velocidade do usuário triplica, Asuka e Chuck Norris são os únicos que possuem tal técnica. A de Chuck Norris ultrapassa e muito a de Asuka.

O bandido corria olhando pra trás com medo dos primos Ryouma, nisso um jovem de aparentemente 20 anos, cabelo encaracolado loiro, corpo musculoso, sai de uma loja segurando sacolas de compras, o bandido sem ver esbarra no jovem deixando as compras cair.

Jovem: Olha por onde anda!

Bandido: Você sabe com quem você ta falando? Eu sou Miyamura Tanaka! Um dos capitães da gangue do- *é interrompido por um soco na boca do jovem das compras*

Jovem: Eu to cagando pra gangue que você é, você derrubou tudo que eu acabei de comprar

Nisso Asuka passa igual um tiro por ali, depois volta na mesma velocidade porque viu alguma coisa familiar.

Asuka:... ‘-‘

Tanaka: (pensa) Eu vou morrer! Eu vou morrer! Eu vou morrer! >.<

Asuka: Yo, Wagner ^^/

Wagner (o jovem das compras): Yo Asuka-chan, nosso encontro ainda ta de pé né?

Asuka: Que encontro seu animal? Eu não me lembro de ter aceitado sair com você. u.u

Tanaka: (pensa) O que? Ela não me percebeu aqui? Ela é idiota ou o que?

Wagner: Ah linda, você nunca dá uma chance para o amor?

Asuka: Admito que eu tenho uma queda por caras mais velhos, mas a gente só saiu uma vez e... *aponta pra Tanaka* Quem é seu novo amigo? E o que ele está fazendo ouvindo nossa conversa?

Tanaka: V-você ta falando que não se lembra de mim?

Asuka: Vai me dizer que eu prometi sair com você também? Desse jeito os leitores vão pensar que eu sou uma cadela!

Tanaka: Idiota! Como se considera uma caçadora de recompensas, uma filha de Norris quando nem se lembra do bandido que você capturou agora pouco e ainda deixou fugir e... Ai merda, falei demais! T_T

Asuka: Aaahhhh... agora eu me lembrei! ÒwÓ

Não dá nem dois segundos para Asuka imobilizar Tanaka no chão, logo ela já estava na polícia junto com Iago e Wagner [o que o Wagner tava fazendo lá?] entregando Tanaka para o presídio municipal da cidade de Phallus.

Ike: Mais uma vez vocês conseguiram, Iago e Asuka, e esse cara que eu nunca vi na vida...

Wagner: É Wagner! Muito prazer! u.u

Policial: Eu vou falar com Comandante Maximo e entregar o meliante.

Asuka: Ta, falou Seu tira ^^/

Saindo dali eles param para conversar.

Iago: Como será essa Maximo? A gente nunca viu ela pessoalmente.

Wagner: Pra ser chefe de polícia do presídio mais perigoso do país, ela deve ser maior que você, Iago.

Asuka: Ela deve ser cheia de músculos, piercings, tatuagens, ela deve ser monstruosa. *olha no relógio* Vixe! Preciso ir pra casa, o treino da Akane-chan já vai começar, vamos embora Iago-baka, tchau Wagner-baka.

Wagner: Ta me comparando com ele?!

Asuka e Iago chegam finalmente na mansão Norris, uma mansão grande e bonita, em um quartinho tinha um butsudan [aquelas estantes com incenso e a foto de alguém que já morreu, muito comum da cultura japonesa] e nesse butsudan estava a foto de Matsuko Ryouma... sim, Matsuko Ryouma já está morta.
Na cozinha estavam sentados na mesa Chuck Norris, Capitão Nascimento, Taty, e mais quatro indivíduos: um garoto com cabelo castanho claro com franja, olhos grandes e claros, corpo magro e estatura baixa; uma menina kawaii, cabelo laranja com mechas e tranças, lolita, muito fofa; uma garota com cabelo comprido marrom, franja quase cobrindo o olho preso atrás, olhos pretos; e um garoto de estatura alta, cabelo preto e arrepiado, barba por fazer, não se via o rosto dele pois ele dormia com a cara na mesa. Todos estavam sentados com uma cara séria.

Asuka: O que aconteceu, Pai? Por que ta todo mundo sério?

Chuck Norris: Filha, Iago, sentem, a gente precisa discutir uma coisa extremamente importante.

Asuka: O que aconteceu, Pai? Por que ta todo mundo sério?

Chuck Norris: Filha, Iago, sentem, a gente precisa discutir uma coisa extremamente importante.

Iago: Vocês estão me assustando, vão me dizer que fecharam o puteiro na rua 15!?! Ah meu Deeeeus!!! Por queeeee???

Nascimento: Claro que não fechou! Ainda ta lá, eu mesmo fui.

Taty: Capitão... ¬¬

Nascimento: Er... hu-hm... era brincadeira, Taty-chan.

Taty: Seu pai tem uma coisa muito importante pra te contar.

Asuka: Eu já sei disso, Taty-senpai, conta logo Pai.

Iago: É, tio, conta logo!

Wagner: É! Conta logo, Norris-sama!

Asuka: *olha pro Wagner* Da onde você saiu, demônio?!

Chuck Norris: Asuka! Não podemos continuar a fic sem um desfecho!

Asuka: Quer dizer que só vamos ter 2 capítulos?

Taty: Não, é pra isso que estamos aqui, para discutir como vai ser o futuro de “Bad Girl!”, se vai dar certo ou não. Para isso precisamos de uma história, e a nossa é muito... tosca.

Nascimento: E também precisamos de um objetivo, uma meta que o protagonista precisa atingir, seja ele “Eu vou me tornar rei dos piratas!” ou “Eu vou virar Hokage dattebayo!” ou algo assim.

Chuck Norris: E também ainda tem alguns personagens para apresentar.

Nessa hora a garota de cabelo marrom levanta a mão e dá sua palavra, seu nome era Han-li Inathi, uma amiga muito próxima de Asuka, também era uma Bad Girl aprendiz de Asuka.

Han: Mas Capitão, algumas obras consagradas não tem um protagonista com um objetivo, o Ichigo não tem uma meta como “Eu vou me tornar o melhor shinigami!”. Por isso eu acho que a gente só devia ter lutas fodas e já era! ÒwÓ/

-----------idéia da Han----------------

Han estava com uma camiseta laranja de luta [igual as dos guerreiros de Dragon Ball Z] ela estava toda cheia de machucados, bastante cansada.

Vilão estranho com uma cor estranha: Você nunca me derrotará, eu vou me tornar o imperador do universo, já derrotei Chuck Norris e agora vou derrotar você! Mwahahahahaha!

Han: Não tem jeito, eu vou ter que usar aquela técnica que o mestre me passou... KAME... HAME... HAAAAN!!! [pegou o trocadilho?].

Vilão estranho com uma cor estranha: Não! O Kamehamehan não!! *é atingido pelo kamehamehan e esfarela*

Iago: *todo arrebentado* Eu sempre soube que a Han seria capaz, por isso eu vou me casar com ela!

----------fim da idéia da Han-------------

Han: Vai ser tão legal! *-*

Iago: Até parece que eu ia perder meu tempo com você!

Chuck Norris: Isso é plágio! E que história é essa de “já derrotei Chuck Norris”?

Han: M-m-m-mil perdões!! Norris-sama!! Ç.Ç

A garota fofa e lolita também tem a sua palavra. Seu nome era Akane Mai, era a pupila de Asuka para se tornar a sucessora do título de Bad Girl... mas parece que não vai dar muito certo.

Akane: Mas, Han-sama, se tivermos só lutas nessa fic, as pessoas vão sair machucadas, e eu não quero ver as pessoas que eu amo se machucando.

Iago/Wagner/Taty: Kawaii~~~~ *-*

Taty: Não vai dar certo! Isso parece um shoujo! Por isso que eu vou deixar meu aluno mais exemplar Nekiba dar uma opinião.

*Silêncio total*

Asuka: Oi! Nekiba-senpai? Onde estás?

Chuck Norris: Nekiba... acorda!

O garoto narigudo, barba por fazer levanta sua cabeça da mesa com a baba ainda escorrendo na boca, seu nome era Nekiba Kazama, pupilo de Taty, babá e senpai de Asuka, e costuma treinar com Iago... olhando o currículo dele você pode pensar “Uau! Ele é foda!”... Mas não é tudo isso.

Nekiba: *acabando de acordar de um sonho* ...É que de pinto mole eu não posso... ué? Onde eu to?

Chuck Norris: Que tipo de sonho você tava tendo? o.O

Taty: Nekiba, você tem alguma idéia?

Todos:....

Nekiba: PASTAAAAAAAAAAAAA ^^/
[N/A: Famosa frase de Itália no primeiro episódio de Hetalia Axis Powers]

Nascimento: Vocês estão pedindo! Plágio atrás de plágio não vai dar pra continuar!

Nekiba: É que eu to com fome =/

Asuka: Me fala uma hora que você não esteja com fome.

Chegou a hora de o outro garoto ter sua palavra, seu nome era Juh Mai, melhor amigo de Asuka e primo de Akane.

Juh: Asuka no danna... Eu tenho uma idéia o/

Asuka: Se vocês não deixarem o Juh falar eu arrebento os dentes de todo mundo aqui!

Juh: Valew, danna. Então, minha idéia é a seguinte...

-------------idéia do Juh--------------

Iago: *sem camiseta, com uma calça jeans e sem sapato* Por que? Por que eu não consigo acompanhar a Asuka? Ser filho de Chuck Norris faz tanta diferença assim.

Wagner: *só de cueca* Iago, não se preocupe, com treino você consegue.

Iago: Por que diz isso? Não é você que sempre persegue a Asuka?

Wagner: Eu a perseguia quando na verdade meu único objetivo era... você... Iago.

Iago: *cora* W-Wagner...

Antes que Iago pudesse reagir, Wagner joga ele na cama e beija seu pescoço.

Wagner: Só relaxa... *volta a beijar enquanto passa a mão no peitoral de Iago*

Iago: I-Iie... Wagner... Iie... >///<

-------------Iago interrompe----------------

Iago: Hey!!! Até parece que eu vou fazer um yaoi!!

Wagner: Ta querendo manchar minha masculinidade?! Por que não faz um com você mesmo?

Juh: Ah, não tem graça escrever hentais sobre si mesmo, mas se quiserem nós três fazemos de verdade, eu to disponível ^_^

Iago/Wagner: Piorou! Só porque você é viado não quer dizer que a gente também é!

Nekiba: Hahahahaha... O Wagner e o Iago hahaha... fazendo yaoi hahaha XD

Wagner: Ah é? Juh, faz um hentai yaoi do Nekiba também!

Nekiba: Hey! Isso não!

Juh: *olha bem pra Nekiba por um tempo* Naaah =/

Nekiba com um sorriso amarelo vai abaixando a cabeça deixando uma atmosfera deprimente.

Nekiba: Eu... me desculpo por ter nascido assim... Eu não mereço pisar no mesmo chão que as pessoas bonitas...

Iago: Você ta deprimido por causa disso?! Você devia ta feliz seu bastardo!

Han: Quando é que vai ter uma luta nisso aqui? Eu fiquei dois capítulos sem aparecer mesmo eu sendo uma das personagens centrais dessa fic!

Akane: E e-eu só tive uma fala até agora, será que eu poderi- *é interrompida por Asuka que da um pedala em Akane*

Asuka: Isso é pra você aprender u.u

Akane: Ittai! O que eu fiz, Asuka-sama? Ç.Ç *coloca uma mão na cabeça e a outra na mesa*

Asuka: Não fez nada, mas eu já paguei antecipado caso você faça! u.u

Chuck Norris: Não seja tão dura com a criança, Asuka! *Dá um soco na mesa acertando a mão de Akane*

Akane: Ittaaaaaaaaai!!!! T-T

Chuck Norris: Viu só o que você fez?!

Juh: Akane-chan! Minha pura e virgem priminha! Ta tudo bem? *se levanta da mesa, mas quando levanta a toalha da mesa fica presa em seu anel (anel do dedo mesmo) e faz café quente cair no colo de Akane*

Akane: WAAAAAAHHHHHH!!!! T0T

Chuck Norris: JUH! Já basta eu ser piedoso e deixar um bissexual morar na minha casa e você trai minha confiança desse jeito?!

Juh: Foi sem querer Norris-sama T_T

E assim é o dia a dia na Mansão Norris... até hoje ainda não chegaram em um acordo...


----------------------------------------------

Comente o capítulo aqui! ;D


Última edição por Nekiba em Qua Abr 27, 2011 8:03 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 3: O Treino de Uma Bad Girl!   Qua Abr 27, 2011 7:54 pm

Capítulo 3: O Treino de Uma Bad Girl!

Em um dos quartos da mansão Norris, a pequena Akane dormia no mesmo quarto que Juh, tranqüila, tendo sempre bons sonhos com coelhinhos fofos e doces. Mas sempre tem alguém pra acabar com a graça, e quem é esse alguém? Asuka, só pode!

Akane: *dormindo feliz* =¬=

Asuka: *vem chegando de fininho com uma 12 e dá um tiro pro alto* ACORDAAAAAA!!! Ò_Ó

Akane: KYAAAAAAAAAAHHH!!! *acorda com tudo e cai da cama de cabeça no chão* Asuka-sama, por que me acordou tão cedo?

Asuka: Idiota! Você tem treinamento! Então levanta essa bunda branca da cama, tira essas remelas e vai até a sala de treinamento, eu vou te esperar lá.

A pobrezinha da Akane-chan é obrigada a colocar sua roupa de treino e ir até a sala de treinamento dentro da mansão Norris. Lá na sala, Han estava dormindo no chão de pijama... ela roncava.

Akane: O que a Han-sama ta fazendo aqui, Asuka-sama?

Asuka: Ela acordou mais cedo que você, queria eu que você fosse tão interessada no treino quanto ela.

Akane: Mas a Han-sama é bem mais forte que eu, e mais determinada, por que não escolhe ela pra te suceder?

Asuka: Porque eu apostei tudo em você Akane-chan, e quando eu aposto é pra vencer! Primeiro você vai ter que mudar essa coisa de chamar todo mundo de “-sama” além do meu pai. O respeito só é dado à quem merece.

Akane: Mas, todo ser vivo tem alma e sentimentos e merece respeito.

Han: kawaii~~~ *-*

Asuka: Quando foi que você acordou, sua débil?

Han: Sei lá... Acho que eu já acordei falando “kawaii~~~”.

Asuka: Ok, você só assiste o treino Han, você também vai dar uma ótima Bad Girl então presta atenção.

-------------------------

Han: *sentadinha no canto dela tomando cerveja* *-*

Asuka: Ok, a primeira coisa que uma verdadeira Bad Girl tem que ter é a intimidação. Ela tem que pôr medo nas pessoas. Han, vem cá!

Han: Fala, senpai.

Asuka: Mostra como você bota medo nas pessoas.

Han: *atmosfera demoníaca com uma cara mais demoníaca ainda* Escuta aqui seu bastardo! Quem te deu permissão pra você passar a mão na minha coxa? HEIN?!

Akane: J-j-já entendi... H-H-Han-sama! ç.ç

Asuka: Agora tenta você, Akane-chan.

Akane: *força uma cara demoníaca mas fica com cara de princesinha brava* E-eu to aqui... para proteger meus amigos! Ò_Ó

Asuka: *bate na testa* Isso vai ser duro!

Han: Kawaii~~ *-*

Asuka: *desce a porrada na Han* Não incentiva!!

-------------------------

Asuka: Vamos continuar, uma Bad Girl tem que ter seu poder sedutor, mesmo sendo brutas também sabemos ser sexy para conseguir o que queremos.

As três (era pra ir só Asuka e Akane, a Han foi de penetra) foram para a cozinha onde Chuck Norris estava preparando seu café da manhã, um pão caseiro de 50cm, cinco copos de leite, um crocodilo e um alce.

Asuka: *cochichando* Presta bastante atenção, porque eu só vou fazer isso uma vez.

Asuka vai chegando perto de Chuck Norris com sua feminilidade (que nem era tanta) e fala com ele com uma voz sexy.

Asuka: Ne ne, Papaizinho~ Euzinha to muito cansadinha *levanta o pescoço mostrando o decote e se abanando* será que o papaizinho não podia deixar a Asuka-chan faltar no trabalho hoje? *faz beicinho e fica corada*

Chuck Norris: *pensa um pouco* Ta... Avisa o Iago u.u

Asuka: Yaaay! Arigatou *abraça ele e volta pra Akane* Sua vez.

Akane: *vai caminhando corada até Chuck Norris* Er... N-Norris-samAAAA! *tropeça e cai de cara no chão*

Asuka: *bate na testa* Retardada! >.<

Chuck Norris: *acode ela* Ta tudo bem, Akane-chan?

Akane: Hm... Acho que eu machuquei minha mão >.O#

Chuck Norris: Não se preocupe, pode ficar sem trabalho doméstico hoje, deixa que a Asuka faz tudo, ela não vai trabalhar mesmo.

Asuka: OAO’’

-----------

Asuka: Você me paga por essa! Mas deixando isso de lado, uma Bad Girl, além de sexy e cheia de atitude tem que ser forte! Por que você pode se garantir caso alguém não goste das suas maldades e avance em você.

Akane: Asuka-sama, esse negócio de Bad Girl é muito perigoso, eu não sou tão forte quanto você pra me defender.

Asuka: É por isso que eu estou aqui! Pra te ajudar a se defender! Pensa rápido *dá um soco em Akane que faz ela voar uns 7 metros*

Akane: X.X

Nisso, Iago entra na sala arrombando a porta com um chute e gritando feito um maníaco.

Iago: Asuka!! *pega Asuka pela gola* Eu não vou aceitar você maltratando a pobre Akane-chan!!

Asuka: Tira essas mãos pervertidas de mim *chuta ele no estômago, depois da uma cotovelada na nuca dele*

Iago sai cambaleando até a parede, quando ele bate na parede as espadas que estavam penduradas caem e cima dele fazendo cortes pelo corpo de Iago.

Iago: Waaghh!! Asuka, desgraçada!

Akane mesmo machucada levanta e vai em direção a Iago, tira de debaixo do vestido umas plantas medicinais e algumas ataduras, a menina começa a cuidar dos ferimentos de Iago.

Iago: Akane-chan...

Akane: Não se mexa, Iago-sama, eu vou cuidar dos seus machucados, porque você tem bastante trabalho hoje e não pode ficar dodói, né? ^w^

Han: KAWAIIIII~~~~ KAWAII DEMAIS! CHEGA A SER MOE!!! *0*

Asuka: *vai chegando perto de Akane* Akane...-chan...

Akane: Hai, Asuka-sama ^w^

Asuka: *desce um murro em Akane que afunda ela no chão* TA REPROVADA!! VOCÊ SÓ SE MOSTROU QUE É COMPLETAMENTE SUBMISSA À QUALQUER UM, MAS SER SUBMISSA AO IAGO JÁ UMA VERGONHA!!!

Iago: O que você fez?! E o que você quer dizer com isso?! Eu já fiz muitas garotas serem submissas à mim!

Han: Por que tão se preocupando com isso?! A Akane-chan parece que ta perdendo muito sangue!!

No fundo do buraco, Akane estava com os olhos virados cuspindo sangue.

Juh: *entra com tudo* O que?? O que aconteceu?? Akane-chan??

Asuka: Foi sem querer! Foi sem querer! Foi sem querer!

Iago: Você matou a Akane-chan!! Sua... sua... sua feia!!

Chuck Norris: ASUKAAAAAA!!!

A bagunça pára, silêncio total, todos começam a suar de medo.

Chuck Norris: *aparece do nada e tira a Akane do buraco* Além de trabalhar sozinha, você vai fazer todas as tarefas do Juh, do Iago e da Akane... e pra já! E você Han, vai pra casa!

Han: D-d-d-d-d-desculpa!! *sai fora*

Chuck Norris: A propósito *tira a cinta* Asuka... sua punição *bate a cinta no chão com tanta força que o chão racha*

Asuka:T~~T

Akane passa bem, só ta meio quebrada, era para ela aprender lições nesse capítulo, mas parece que quem aprendeu foi Asuka...

Asuka: *com roupa de empregada limpando a casa* ù.u’

Iago/Wagner/Nekiba/Juh: KAWAIIIII~~~~ KAWAII DEMAIS! CHEGA A SER MOE!!! *0*


--------------------------------------------------------

Comente o capítulo aqui! ;D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 4: Seja o que você quiser ser!   Qua Abr 27, 2011 9:04 pm

Capítulo 4: Seja o que você quiser ser!

Estava Asuka sentada ao lado de Wagner no cinema.

Wagner: -.-‘

Asuka: O que foi? Eu aceitei sair com você. Por que essa cara?

Wagner: Eu to realmente feliz que você tenha saído comigo Asuka-chan, mas... ele tinha que vir junto? *aponta pra Juh que estava bem do lado de Asuka*

Asuka: E qual o problema? Ele é meu gay de bolso, onde eu levo pra todo lado.

Juh: ^w^

Wagner: Mas... era pra ser uma noite só minha e sua.

Juh: Hentaaaaai *0* Vocês vão ser safadinhos essa noite né? ¬w¬

Wagner: Viu porque eu não queria que ele viesse?

Asuka: Juh, controle-se, e a gente não vai fazer nenhuma safadeza.

Wagner(pensando): Ah droga! Meu plano foi pro saco ç.ç

Na saída do cinema...

Wagner: Deixa que eu te levo pra casa, Asuka-chan... e Juh.

Asuka: Nah, pode ir na frente, eu e o Juh vamos passar no boliche.

Wagner: Mas... mas...

Juh: Ahh, eu não quero impedir que uma safadeza aconteça hoje, as safadezas tem que acontecer não importa como ou com quem!

Asuka: Não ia ter safadeza mesmo Juh.

Wagner vai pra casa decepcionado... Mas Juh e Asuka foram para o boliche.

Asuka: *joga e marca um strike* Yaaay! Strike!

Asuka começa a pular de alegria, mas Asuka tinha os peitos bem salientes, e isso chamou a atenção de alguns marmanjos.

Marmanjo 1: Cara, olha aquela gostosa ali.

Marmanjo 2: Que peitos! Vamo lá falar com ela!

Quando os marmanjos levantam, Asuka corre pra abraçar Juh, que também desperta a atenção dos marmanjos.

Marmanjo 1: Ela ta com aquele cara?

Marmanjo 2: O cara ta dando uns pulinhos e batendo palmas... acho que ele é viado.

Marmanjo 3: Mas ele é um gatinho...

Marmanjo1/2: o.O

Marmanjo 3: E-eu disse isso porque... e-ele é magro e tem um cabelo liso... faz ele parecer um gato... um gato que dá pra gente bater e esmagar.

Marmanjo 1: Mario... Você é estranho...Vamos falar com aquela gostosa mesmo com o viadinho lá.

Os marmanjos esperam Juh ir jogar para falar com Asuka, quando chegam, um deles reconhece Asuka.

Marmanjo 1: Espera aí... Asuka? Ryouma Asuka? Da sala B?

Asuka: Você é... Neil? Kuran Neil, certo? Estudou comigo no colégio.

Neil: Isso! Nossa, você já era gata no colégio e agora você é ainda mais!

Asuka: Dizem que mulheres pegam corpo aos 15 anos né? ^^

Juh: Danna, eu só acertei um pino... Uaaau, quem é seu amigo, danna?

Asuka: Ninguém da sua conta, seu arrombado!

Neil: Desculpa, você ta acompanhada?

Asuka: N-Não... Pra falar a verdade não.

Juh: Como assim “Não ta”?

Mario: E você garoto? Ta acompanhado? ¬w¬

Neil/Marmanjo 2: ¬¬

Mario: P-Porque... a gente pode te quebrar a qualquer hora u///u

Juh: Isso não faz sentido -.-

Asuka continuou conversando com Neil até a hora de ir embora, Neil não perdeu a oportunidade de pedir o telefone de Asuka, ela meio que se esqueceu de Juh, e na saída ele tira satisfação.

Juh: Hey, danna, quem era aquele?

Asuka: Neil, lembra dele? Da sala A? Eu tinha uma queda por ele na época de escola. E ele continua bonito.

Juh: Mas e o Wagner?

Asuka: Quem é Wagner? ‘-‘

No dia seguinte, Neil marcou um encontro com Asuka, no mesmo cinema, Asuka de novo levou Juh com ela, mas não deu muita atenção pra ele. Até que o filme acaba.

Neil: Escuta, por que ele tem que vir junto?

Asuka: Ah, não liga pra ele não, é só um amigo.

Juh: D-Danna... Por que?

Neil: Mas qual a sua relação com ele? Ele vai em todos os seus encontros?

Asuka: É que ele é meu gay de bolso, aonde eu vou eu levo ele... pelo menos a maioria das vezes.

Neil: Peraí... Ele é gay?

Juh: Nossa... descobriu o Brasil! E pra sua informação eu sou bissexual só que eu sou mais gay do que bi u.u

Neil: Hahahaha! Não acredito que você carrega um viadinho pra onde você vai! Achei que você tinha uma relação aberta, assim eu também podia transar com quem eu quisesse mas continuaria namorando Ryouma Asuka!

Asuka: O que?

Neil: Desculpa mas... ter um homossexual acompanhando a gente não vai ser legal... Até, Asuka.

Neil vai saindo do cinema deixando Asuka e Juh pra trás.

Asuka: Não liga pra ele, Juh, eu achei que ele era o cara certo mas... é só um idiota.

Juh: Não, tudo bem, danna, eu já to acostumado com o preconceito... Se quiser sair com ele pode sair, eu não ligo ^_^

Esse sorriso não convenceu Asuka, ele sorriu um sorriso amarelo e com olhos lacrimejando. Lá na frente dava pra se ouvir Neil rindo com Mario e Oah [Oah = Marmanjo 2] e sempre caçoando da opção de Juh. Asuka e os amigos sempre alopravam Juh por ser gay mas era sempre uma brincadeira saudável, Neil fazia com maldade.
Ao perceber a tristeza de Juh, Asuka vai indo até Neil, no meio do caminho aperta o passo.

Neil: Ah, Asuka, resolveu deixar o viado pra continuar comigo?

Asuka usa uma técnica que, usando o ki Norriano, ela consegue se mover em centésimos de segundo, ela aparece na frente de Neil e dá-lhe um murro com tanta força que os dentes de Neil foram parar dentro do cinema, o nariz de Neil deu um 360° e ele voou até a esquina com o soco. Asuka volta até onde estava Juh.

Juh: Danna...

Asuka: Não fala nada Juh... Só saiba que a sua amizade pra mim é mais importante que o cara mais gato e popular do colégio.

Juh: D-d-d... DANNAAAA! *começa a chorar e agarra Asuka* Você é a melhor, danna!! T_T

Asuka: Pára com isso seu arrombado! Ta chamando atenção! Me larga!

Juh: EU TE AMO, DANNAAAAA!! T_T

Esse é o laço que une as amizades da nossa heroína... E Juh ainda não saiu de mãos abanando...

???: *atrás do armário* Jujuzinhooo~ Adivinha onde eu to?

Juh: *procurando* Cadê você, cadê você, coração? *olha atrás do armário* Ah, você ta aí... Mario! ^_^

Mario: *puxa Juh pra trás do armário* Vem pra cá, coisa linda!

Viu só... As safadezas aconteceram realmente...


--------------------------------------------------------------------


Comente o capítulo aqui! =DDDDDDD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 5: Um Babá Quase Perfeito   Qua Abr 27, 2011 10:40 pm

Capítulo 5: Um babá quase perfeito.

Nekiba vinha de sua casa com uma mochila nas costas, com um sorriso no rosto e postura ereta.

Nekiba: Ahh~ Que dia feliz! Hoje eu vou pro meu trabalho favorito, cuidar da Asuka...

--------flashback on--------------

Chuck Norris: Nekiba, hoje eu vou sair com o Iago pra treinar fora, eu não confio no Juh pra proteger a Akane das maldades da Asuka, então, estou contando com você... E se você me decepcionar... *pega duas bolinhas de gude e esfarela com os dedos* Entendeu né?

----------flashback off--------------

Nekiba: Eu não entendi o que o Norris-sama quis dizer com aquilo de decepcionar, mas eu vou receber dinheiro pra ficar na mansão Norris, isso é um trabalho e tanto ^_^

Chegando lá, Chuck Norris esperava na porta com Iago.

Iago: E ae Nekiba!

Chuck Norris: Olá, Nekiba.

Nekiba: Yo, Iago, Norris-sama... Onde ta a Asuka-chan?

Chuck Norris: Por que? O que você pretende com a minha filha? Só porque eu estou fora não quer dizer que pode fazer o que quiser!

Nekiba: *quase cagando nas calças* E-e-e-eu só queria saber... N-Norris-sama ç.ç’

Asuka: NEKIBA-SENPAAAAAAAAAIIIIIII =D

Nekiba: ASUKA-CHAAAAAAAAAAAAN~~ =D

Chuck Norris: *saindo* Tome muito cuidado, Nekiba, não toque onde não deve.

Nekiba: Sei, em taturanas, certo? Já me queimei uma vez e já aprendi a lição! ^^7

Iago: *saindo depois, cochicha para Nekiba* Não esquece a camisinha, irmão ;]

Nekiba: Como assim? Eu to de camisa, só que é meio grande.

Iago: Como você pode ser tão inocente? *da uma camisinha pra ele*

Nekiba: Chiclete!! Valew =D

Iago: Ta zuando!? O.O

Chuck Norris: IAGOOOOOO!!

Iago: Já vou, Tio! >.<

Asuka: Ne ne, Nekiba-senpai, o que você trouxe nessa mochila? ^w^

Nekiba: Ah nada, só umas coisinhas básicas *tira uma gaiola de dentro da mochila*

Asuka: Pra que essa gaiola?

Nekiba: Pra guardar o passarinho.

Asuka: Mas não tem nenhum passarinho.

Nekiba: Eu gastei todo meu dinheiro na gaiola e não guardei dinheiro pra comprar o passarinho =/

Asuka: *tira um remédio de dor de cabeça da mochila* Pra que isso?

Nekiba: Caso você fique doente, seu pai me mandou cuidar bem de você se não ele vai amassar duas bolinhas de gude na minha frente, e isso incomoda um pouco.

Asuka: *tira uma bandeira do FC Kuban Krasnodar* Que raios de time é esse?

Nekiba: É meu time do coração! ‘-‘

Asuka: Mas ninguém nem conhece esse time!

Nekiba: Como não? Um dos grandes do futebol Russo! ‘-‘

Juh: *chegando* Neki-bofeeee! =]

Akane: *idem* O-ohayo, Nekiba-sama.

Nekiba: Juh, Akane-chan, ohayo ^^/

Asuka: Nekiba-senpai, a gente alugou um filme de terror, “Jogos Mortais 79: O jogo só está começando”, quer ver?

Nekiba: Claro ^^

----------------

Akane: *se escondendo debaixo das cobertas* Esse filme é muito violento, Asuka-sama ç.ç

Juh: *suando frio* A Akane-chan tem razão, danna O.O

Asuka: Vocês dois são frescos mesmo, o Nekiba-senpai não falou nada até agora, não é mesmo senpai?... Senpai?

Nekiba: *no 3° sono* RRRROOOOONCCC =¬=

Asuka: Como ele consegue dormir em um filme sangrento como esse?

Nekiba: Nham, nham, eu quero aquele pedaço de bife, Jigsaw-san =¬=

Juh: Não sei dizer se ele é um morto de fome ou um canibal O.O

Nekiba: Nham... Me dá logo esse pedaço de carne, Jigsaw, seu desgraçado! *ainda dormindo, morde a cabeça de Akane*

Akane: kyaaaaaaa!!

Juh: Solta ela, Neki-bofe! Controle-se!

Asuka: Coloca sal pelo menos, senpai!

---------------

Nekiba: Então, quem está com fome?

Asuka/Juh/Akane: Eeeeu! ^^/

Nekiba: Então, aonde o Norris-sama guarda as panelas?

Asuka: Na quinta portinha.

Nekiba abre a quinta porta do armário e as panelas caem em cima dele... ele recolhe as panelas uma por uma e põe dentro do armário e fecha a porta... Ele abre a porta de novo e as panelas caem de novo.

Asuka: Se sabia que iam cair por que pôs de novo?!

--------------

Assistam esse vídeo antes de continuar a ler
Spoiler:
 

Nekiba: *segurando a panela e cozinhando* “Tsukurimashou~ tsukurimashou~ sate sate nani ga dekiru kana~”

Asuka: Fica bem mais kawaii com a Chiyo-chan ¬¬ (personagem do vídeo)

Nekiba: Hai! Está pronto! *acaba de fazer uma gororoba verde, pastosa, fedendo, parecia vômito*

Asuka: O que está pronto?! Veneno?! Ò_Ó

Nekiba: Eh? Mas isso aqui não é comida né... ^_^’

Asuka: Comida? Isso é uma ameaça a sociedade!

Nekiba: *segurando a panela e cozinhando* “Tsukurimashou~ tsukurimashou~ sate sate nani ga dekiru kana~” Hai! Está pronto! *fez a mesma gororoba*

Asuka/Juh/Akane: Não mudou em nada!! Ò^Ó

Nekiba: Bom... *põe os pratos na mesa* ITADAKIMASU!! ^_^

Asuka: Você vai comer isso? Por que a gente não vai!

???: Não se desesperem! O melhor cozinheiro da cidade de Phallus está aqui!!

De debaixo da mesa, sai Wagner com chapéu de cozinheiro, avental de cozinha e duas facas de cortar peixe, ele sai pulando e cai certinho em cima da mesa.

Juh: Você vai cozinhar pra gente bofe? ^^

Wagner: Shhh... A hora de cozinhar é a hora mais importante e não deve ser interrompida. * joga três peixes e bolinhos de arroz pro alto e faz alguns movimentos com as facas enquanto canta em ritmo bem acelerado* “TSUKURIMASHOU!! TSUKURIMASHOU!! SATE SATE NANI GA DEKIRU KANAAAAAAAA!!” Ò_Ó

Os peixes caem picadinhos certinhos e o bolinho de arroz caem em uma frigideira que Wagner segurava no pé. Antes que pudessem perceber Wagner coloca sal, açúcar e vinagre, e numa velocidade incrível termina um prato de sushi.

Wagner: *entrega o prato pra Asuka* Experimente, princesa.

Asuka: *come* Hm! Isso ficou bom!

Nekiba: *come também* Uaaau! Wagner é incrível mesmo na cozinha ^_^

Wagner: *vê o prato de Nekiba* Que raios de gororoba verde é essa? *experimenta*...

Asuka: Ai merda! Juh, chama a ambulância, o Wagner vai morrer!

Wagner: Não precisa... E-eu já morri... E agora eu estou no paraíso porque essa é a coisa mais deliciosa que eu já comi em toda a minha vida!! *-*

Asuka/Juh/Akane: O QUEEEEEEEEEEEEE?????

--------

Nekiba: *com roupas de basquete e segurando uma bola de basquete* Asuka! Vamos jogar um pouco?

Asuka: Ok, a Akane ta no meu time e o Juh ta no seu.

Nekiba: Ok!

Assim os quatro jogam basquete por um tempo, Asuka e Akane estavam ganhado de 17 à 14 do time de Nekiba e Juh. Asuka esquematiza a jogada com Akane.

Asuka: Certo, Akane-chan, agora é sua vez de marcar o Nekiba-senpai, não quero ver moleza que o senpai é pesado!

Akane: Hai! Asuka-sama!

(agora é uma paródia do filme “Quero ficar com Polly”).
Quando Asuka e Akane voltam para o campo, Nekiba resolve tirar a camiseta, mostrando o corpo peludo e molhado de suor.

Akane: Er... N-Nekiba-sama, acho melhor você colocar sua camiseta. OxO

Nekiba: Ta suada, vamos jogar logo.

No jogo Akane ficava se afastando de Nekiba enquanto era para marcá-lo, Asuka dá uma bronca em Akane e ela resolve ir pra cima de Nekiba que estava com a bola, Nekiba pula pra encestar e na jogada esfrega a barriga e o peito peludo e suado na cara de Akane, em slow motion, depois Akane cospe o suor que estava na cara dela e da o mesmo gemido do Ben Stiller no filme.
Spoiler:
 

--------

Fim do dia, depois de Akane tomar um banho e vomitar um pouco, todos os quatro estavam sentadinhos no sofá conversando esperando a volta de Chuck Norris e Iago. Quando Chuck Norris chega com Iago.

Chuck Norris: Ta aqui seu salário, Nekiba *tira 75 cunt do bolso e da pra Nekiba*

Cunt é a moeda desse país, significa “boceta” em inglês ;D

Nekiba sai da mansão feliz, quando Chuck Norris senta na mesa e come a gororoba de Nekiba, cospe a comida na hora.

Asuka: P-p-p-pai?? O.O

Chuck Norris: NEEEEEKIIIIIBAAAAAAAAAAAA!!!!

Cuidar da Asuka não é um trabalho fácil... mas compensa o esforço ^_^

-------------------------------------------

Comente essa bosta aqui!! ;D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 6: A História dos Inathi pt.1   Qua Abr 27, 2011 10:47 pm

Capitulo 6: A História dos Inathi parte 1.

Pode parecer que não, mas Han-li Inathi é uma Bad Girl e das fortes, além de um clã forte ela tem uma história triste e dura que seriam poucos os que agüentariam...
Voltando alguns anos na história, 10 anos atrás, quando Han tinha cinco aninhos, ainda uma garotinha fofa e catarrenta, foi submetida à pior das missões do clã... a eliminação dos Norris/Ryouma...

Estava a pequena Han-chan treinando nas ruas da cidade de Phallus com sua irmã mais velha, Hani-shi Inathi.
Hani lutava com um chicote [hmmm...] ela chicoteava tão rápido que Han não conseguia esquivar mesmo sendo bem ligeirinha. Han lutava com fios de aço tão finos que eram quase invisíveis, sendo bem usados pela pessoa certa com bastante treino, esses fiozinhos poderiam decepar membros... ou os dedos do usuário.

Han: *com marcas de chicotadas pelo corpo, senta e quase chora* Isso dói, Hani-nee-chan.

Hani: Ta reclamando de que? Você não disse que queria acompanhar sua amiguinha Asuka? Pra isso você precisa de treino. *vai chegando perto*

Han: Te peguei! *puxa os fios que estavam amarrados nas pernas de Hani, fazendo a irmã cair, Han sobe em cima dela* Eu já tinha colocado esses fios bem antes, nee-san.

Hani: Ta, você me pegou, você é muito boa em atuação, Han, mas o que você faz agora?

Han: Ora eu vou... eu iria... se fosse numa luta pra valer eu iria... Boa pergunta. =/

Hani: Você ainda tem muito que aprender, irmãzinha. As habilidades do clã Inathi foram feitas para os próprios usarem a cabeça.

Han: *imaginando Hani dando cabeçadas em um oponente* É um clã difícil =/

Asuka: *vem correndo junto com Juh e Akane* Haaaaaaaan! =D

Han: Asuka-senpai! Juh-kun! Akane-chan!

Hani: Bom, chega por hoje, eu vou trabalhar agora e você pode... *procura a Han que tinha sumido*...ué? já foi?

???: A Han está mesmo crescendo.

Hani: Ah, oi pai... Ou devo dizer, novo vice-líder do clã Inathi, Hotaru Inathi.

Hotaru Inathi, pai de Han e Hani, um homem de aparentemente 30 anos, cabelos pretos, corpo bem musculoso, usando um yukata masculino [acho que não tem diferença] e sandálias.

Hotaru: Isso, e não se esqueça que você e a Han vão ser peças importantes no clã, já que o clã Inathi assinou um acordo de aliança com o clã Norris/Ryouma.

Hani: É... desde então aquelas duas tem se dado muito bem *vê Han e Asuka treinando e Juh e Akane torcendo a poucos metros dali*

Hotaru: E você já tem 10 anos, Hani, daqui a pouco, com mais treino você pode entrar no esquadrão de combate direto do clã... você verá como é lutar ao lado dos Ryouma.

Hani: Eh? Acho que a Han já está treinando isso então.

???: Vocês não pensam em outra coisa a não ser treinar?

Hani: Mãe?

Hotaru: Haruka?

Haruka, mãe de Han e Hani e esposa de Hotaru, uma mulher de aparentemente 26 anos, cabelos castanhos claros, olhos amarelados, muito parecida com Han, também vestindo um yukata. A mulher estava grávida.

Haruka: Desse jeito o Hai-ni vai nascer só pensando em lutas ^_^

Hotaru: *põe a mão na barriga de Haruka* Tenho certeza que nosso filho vai nascer forte e saudável assim como as irmãs.

Assim eram os dias na vida dos Inathi, cheios de alegria e paz, claro que as vezes eles brigavam, saíam na porrada... Se xingavam, mandavam os outros irem tomar no cú... Mas eram felizes... Mas não por muito tempo.
Cinco anos se passaram, a aliança entre os Inathi e os Norris/Ryouma ainda estava firme até então. Hotaru ainda era o vice-líder dos Inathi; Hani, agora com 15 anos, estava no esquadrão de combate direto, e Han, agora com 10, ficava mais forte, assim como a amizade entre ela e Asuka.

Han estava sentada na grama com Asuka em frente à praia, era por volta de três da tarde com bastante sol.

Asuka: Ah que saco! Hoje eu vou conhecer meu primo, um tal de Iago.

Han: Iago? Que nome tosco (me desculpem os Iagos que estão lendo >.<) ele deve ser um baixinho, magrelo, sem pescoço. XD

Asuka: Hahahaha! Mesmo sendo meu primo, acho que eu vou ter vergonha de andar com ele XD

Han: Como encontraram ele?

Asuka: Sei lá. Meu pai ficou sabendo que tinha um sobrinho abandonado e foi atrás. Me parece que os meus tios não tinham condições de cuidar dele então abandonaram.

Chuck Norris vêm chegando com seu Porsche conversível, junto com ele a até então viva Matsuko, e no banco de trás um garoto tamanho médio [nessa época ele não era tão alto] com uma cara emburrada, franzindo as sobrancelhas, esse era o Iago Ryouma com 10 anos.

Matsuko: Asuka, esse é o seu primo, Iago, você e a Han se dêem bem com ele, ta? ^_^

Asuka: Yo ¬¬

Iago: Yo ¬¬

Han: Y-y-yo... Iago-san *^*

Asuka: Que cara é essa, Han? Parece que você viu o Héctor Bonilha sem camisa [Aquele do Chaves]

Han: Seu primo... é alguém que faz o Héctor Bonilha parecer o Tião Macalé *-*

Iago: Uh? Por que ta me olhando com essa cara? Não gosto que olhem assim pra mim! E tira esse sorriso bobo do rosto!

Han: *cochichando pra Asuka* Seu primo é bonito, será que ele tem namorada?

Asuka: Ele só tem 10 anos, e você também!

Iago: O que vocês duas tão cochichando?! Tão querendo arrumar briga comigo é?

Asuka: E se eu tiver? Vai encarar?

Iago: *avança em Asuka* Demorô!! *acerta um soco que faz o nariz de Asuka sangrar*

Asuka: Wagh! Cretino filho da puta! *acerta um soco no estômago de Iago que o faz cuspir sangue*

Han: Não machuca ele, Asuka-senpai! Mas... A Asuka-senpai também não pode se machucar... Aaaaaiiigh!!

Chuck Norris: *separa os dois* Parem vocês dois! Vocês vão ser os imperadores do mundo, é melhor se darem bem!

Asuka: O que? Eu queria ser a imperadora do mundo sozinha, por que agora eu tenho que dividir!?

Han: Alguém... como o Iago governando o universo... eu vou adorar viver nesse mundo!

No meio dessa bagunça, Hotaru vai passando por ali junto com Hani-shi, Hani usava uma roupa de militar que era usada pelo esquadrão de combate dos Inathi.

Hani: Yo Haaaaaan! o/

Han: *babando em Iago, nem dá atenção pra Hani* *¬*

Chuck Norris: Hotaru-san? Indo trabalhar com a filha?

Hotaru: É, o líder Hokuto Inathi chamou o vice-líder e o comandante do esquadrão de combate para uma reunião.

Hani: E como eu sou a vice-comandante do esquadrão eu tenho que ir também ^^’

Chuck Norris: Ta bom... boa sorte então. Manda lembranças pra Haruka e pro pequeno Hai-ni pra mim.

Hotaru: Claro, te vejo depois, Norris-sama. *vai embora com Hani*

Asuka: Caramba, Han, deve ser legal ser do esquadrão da sua irmã, por que você não tenta?

Han: *babando em Iago, nem da atenção pra Asuka* Ah? Disse alguma coisa?

Hotaru e Hani já chegavam no quartel general do clã Inathi, na sala onde os líderes e comandantes estavam, estava sentado o líder na maior cadeira, o líder Hokuto Inathi, um homem velho, careca, rugas pelo rosto, corpo mais musculoso que o de Hotaru [Tipo o do Nappa do Dragon Ball Z].
Do lado esquerdo dele estava o comandante do esquadrão de combate, o nome dele era Hustler Inathi, um jovem de apenas 19 anos, cabelo preto arrepiado com luzes nas pontas. [Porra! Eu procurei “Hustler” no Google imagens pra ver o que significava e... OH MY GAH! NÃO PROCUREM POR HUSTLER NO GOOGLE IMAGENS!!]
Do lado direito de Hokuto estava Isabella Uggham [não tem Inathi no nome, mas pertence ao clã] a comandante do esquadrão de inteligência do clã, loira, olhos azuis, lábios grossos.
Do lado de Hustler estava Youma Inathi, um velho barbudo de cabelos brancos e longos, do esquadrão de assassinato silencioso.

Hokuto: Sentem-se, Hotaru e Hani-shi, temos um anúncio importante.

Hotaru: *sentando* E qual seria esse anúncio, Hokuto-san?

Hokuto: Nós, do clã Inathi, iremos... eliminar o clã Ryouma/Norris!

Hotaru/Hani: O.O

Hotaru: Mas por que?

Hani: Hustler-san? V-você concordou com isso?!

Hustler: Escute o líder primeiro, Hani-shi.

Hokuto: Prestem atenção, desde quando fizemos o tratado de aliança com os Ryouma/Norris eles têm sugado parte do nosso lucro, o lucro era para ser dividido, mas só porque eles são mais poderosos eles têm benefícios, e esses benefícios não são divididos...

Hotaru: Não podia simplesmente negociar?

Hokuto: Já tentamos isso, mas não chegamos em um acordo, Chuck Norris é um cara difícil de fazer a cabeça.

Hani: Mas Norris-sama nunca faria uma coisa dessas para benefício próprio... Norris-sama não é desse tipo!

Hokuto: Mas e quanto ao benefício do clã?! Estamos em dias conturbados e em guerras! E pra que essa guerra?! Dinheiro! Quem tem mais dinheiro, mais chances de vencer a guerra!!

Hotaru: Não nascemos ontem! Sabemos que os Norris e os Ryouma conquistaram suas riquezas com o próprio suor!

Youma: Não levante sua voz para o líder, Hotaru-san, ou seremos obrigados a te matar.

Isabella: Não acho que precise disso mesmo ¬¬

Hustler: A questão é que estão roubando e isso não podemos aceitar. Hani, junte todos os capitães dos 29 esquadrões, iremos armar o plano de investida.

Hani: Mas já? Não podemos nem opinar?

Isabella: O esquadrão de inteligência já armou o esquema de investida. O esquadrão de combate direto irá lutar com tudo contra Chuck Norris, como vocês farão isso é com vocês, mas a ordem já foi dada.

Youma: O esquadrão de assassinato silencioso será a peça mais importante... o assassinato de Matsuko Ryouma.

Hani: A... Esposa do Norris-sama?! Mãe da Asuka?!

Hokuto: Era sobre essa menina que iríamos conversar, Hotaru, uma de suas filhas é uma amiga muito próxima de Asuka Ryouma, ela será essencial no nosso plano.

Hotaru: E que plano? Dependendo da sua resposta, senhor, temo não poder seguir suas ordens.

Hokuto: Han-li Inathi trará Asuka Ryouma até nós, para que possamos matar ela sem problemas com Chuck Norris ou Matsuko Ryouma.

Hani-shi já estava com as veias da testa pulsando, ela mordia o lábio inferior até sangrar para tentar aliviar a raiva.

Isabella: Traduzindo: Han-li não será nada além de uma isca!

Hani não se agüenta e pula de sua cadeira pra cima de Isabella, sacando seu chicote, mas Hustler e Youma seguram Hani antes que ela atacasse Isabella.

Hani: Sua... vadia! Não ouse falar da minha irmã desse jeito!

Hokuto: Hotaru, dê um jeito na sua filha ou seremos obrigados à matá-la!

Hotaru: H-Hani... Senta, por favor!

Hani-shi senta e tudo se acalma, quando Hokuto dá sua ultima palavra.

Hokuto: Certo! Atacaremos imediatamente!

Youma: Mas eu tenho que tomar meu remédio para pressão e trocar minha fralda geriátrica.

Hokuto: OK! Atacaremos às 00:00! Esse, meus amigos, será o dia em que os Norris/Ryouma serão esmagados por tentar passar por cima dos Inathi!

Depois daquilo, Hotaru e Hani foram para a casa. Han estava brincando com o pequeno Hai, Haruka estava arrumando a casa.

Haruka: Você demorou... Por que essa cara, querido?

Hotaru: Ah, nada não... Haruka, posso falar com você um minuto?

Hotaru contava tudo para Haruka enquanto Hani ficava olhando Han brincar com Hai (nossa, quanto H!) Hani imaginava a difícil missão de ter que trair a amiga, para Han isso seria impossível.

Hani: (pensa) Eu não posso deixar a Han ver a Asuka morrer na frente dela, eu mesma vou ter que levar a Asuka para o quartel general do esquadrão de combate... a Han, o Hustler-san e o pai não podem saber, eu assumo a responsabilidade depois... me matando.

Han: Nee-chan? Você ta com uma cara triste, por que?

Hani: N-não é nada, Han... ^_^

Han: *entrega um origami pra ela* Eu fiz isso pra você, nee-chan, dizem que se você juntar mil dessas você tem um desejo realizado, agora é só juntar mais 999 origamis ^_^ [Roubei isso de Kobato]

Hani não diz nada, só sorri e abraça Han, fica ainda mais difícil mandar Han pro QG mas também está mais difícil saber que Han vai sofrer muito depois de Hani tirar a própria vida.

Aquele dia passou e já eram 00:00, seria a hora em que os Inathi iriam agir.
Hustler já estava com as 29 divisões de combate do esquadrão, ele olha pro relógio e bufa se perguntando o porquê do atraso de Hani-shi.
Youma e seu time de ataque já planejavam invadir a Mansão Norris, só esperavam o esquadrão de combate atacar Chuck Norris.
Hokuto e Isabella esperavam Han chegar com Asuka para o QG.

Hokuto: Hustler! Faça já sua investida! O esquadrão de assassinato silencioso precisa matar logo Matsuko Ryouma, deixa que eu mesmo cuido de Hani-shi.

Hustler: Ok, lembrem-se, primeiro atacar as divisões de 1 à 10, as divisões de 11 à 20 atacam por trás, as 9 divisões restantes atacam por cima! Eu e a Hani entramos depois.

Os capitães das divisões já saem do QG e vão em direção à casa de Chuck Norris. Na contra-mão, Hani-shi vinha por um caminho diferente para não se encontrar com o esquadrão de combate, junto com ela estava Asuka Ryouma, que estava junto com Iago Ryouma.

Hani: (pensa) Agora eu vou ter que tirar a vida de duas crianças inocentes, eu sou realmente o pior tipo de pessoa!... Eu vou com certeza pro inferno depois que tudo isso acabar...

Assim, Hani, Asuka e Iago vão indo até o QG que Asuka sempre quis conhecer. Eles já tinham chegado na porta do QG quando Han vem correndo até eles.

Han: Neeeeee-chaaaaaaan!! o/

Hani: H-Han!! O que você ta fazendo aqui?!

Asuka: Ah, eu chamei ela, foi só eu falar que eu ia trazer o Iago comigo que ela aceitou na hora ^_^

Hani: *pensando* N-não pode ser! Todo meu plano foi arruinado!!

Antes que ela pudesse terminar de pensar, duas kunais vêm em direção à Han e Asuka. Hani percebendo o ataque chicoteia as kunais longe.

Hokuto: Acho que eu calculei errado, eu tinha planejado matar duas crianças, não quatro.


Hani: Duas?... Desgraçado! Você ia matar a Han também!

Han: Nee-chan! Quem é esse moço careca!? Nee-chan!?

Iago: Nossa! A careca do cara brilha, parece um espelho! O.O

Hokuto: Engraçado, você teve a mesma reação que Hotaru quando eu contei a verdade pra ele, e você vai ter o mesmo destino que o dele por tentar reagir!

Hani: Filho da puta! O que você fez com ele?!

Hokuto: Não se preocupe, ele descansa em paz sete palmos abaixo da terra. Mas logo vocês quatro se juntarão à ele, e não podemos nos esquecer de Matsuko Ryouma também!

Asuka: Minha mãe?

A fúria e o ódio começam a tomar o corpo e a mente de Hani-shi, as veias da testa dela pulsavam mais do que quando tentou atacar Isabella, Hani puxa seu chicote e avança em Hokuto, pronta para arriscar sua vida nessa luta para salvar Han, Iago e Asuka.



Continua...

------------------------------------------------------------

Comente o capítulo aqui, ó *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 7: A História dos Inathi pt.2   Sab Abr 30, 2011 10:16 am

Capítulo 7: A história dos Inathi parte 2.

Hokuto: Não se preocupe, Hotaru descansa em paz sete palmos abaixo da terra. Mas logo vocês quatro se juntarão à ele, e não podemos nos esquecer de Matsuko Ryouma também!

Asuka: Minha mãe?

A fúria e o ódio começam a tomar o corpo e a mente de Hani-shi, as veias da testa dela pulsavam mais do que quando tentou atacar Isabella, Hani puxa seu chicote e avança em Hokuto, pronta para arriscar sua vida nessa luta para salvar Han, Iago e Asuka.
Hani dá uma chicotada no peito de Hokuto, mas Hokuto tinha um corpo duro e o chicote de Han não fez efeito, Hokuto segura o chicote e puxa Hani para si, assim que ela chega, ele dá uma cabeçada nela, fazendo a testa dela sangrar e ela cai no chão de bruços.

Han: Nee-chan!!

Hani: Han! Pega a Asuka e o garoto, saiam já daqui!

Han: Mas... nee-chan...

Hani: Vai agora!!

Hokuto pisa nas costas de Hani, ela cospe sangue com a força que foi pisada.

Hokuto: Não adianta elas fugirem, agora mesmo o esquadrão de assassinato silencioso foi dividido em dois, uma parte mata Matsuko Ryouma e a outra mata Haruka!

Hani: Você... pretendia matar minha família inteira desde o começo!

Hokuto: Sacrifícios precisam ser feitos para o bem do clã.

Han volta correndo e puxa Asuka pelo braço, Asuka resiste o puxão e não vai com Han.

Hani: Asuka! O que você ta fazendo??

Asuka: A nee-chan da Han não vai conseguir vencer o careca, deixa que nós três te ajudamos ^_^

Asuka e Iago avançam e Hokuto mirando um chute na careca [a careca é sempre o alvo porque brilha e chama atenção] mas o velho defende com os dois braços, jogando os primos longe sem muito esforço, Han é rápida e da uma jolhada bem no meio do rosto de Hokuto.

Han: A-argh!! (pensa) E-esse cara é muito duro!

Hokuto: *pega Han pela perna, a rodopia e joga longe* Vocês não podem me vencer! Eu sou o líder do clã Inathi!

Enquanto Hani, Han, Asuka e Iago lutavam contra Hokuto, o esquadrão de combate alcança Chuck Norris em sua mansão.

Chuck Norris: O que vocês querem aqui? Não tem pão velho pra todos vocês.

Capitão da 1° divisão: Chuck Norris-sama, nos foi dada a ordem de assassinar o senhor.

Chuck Norris: *contando um por um* 1, 2, 3, 4, 5...

Alguns minutos depois...

Chuck Norris: 395, 396... Deve ter uns 400 de vocês não? E vocês pretendem me enfrentar só com 400 homens e mulheres? Isso é uma piada!

Capitão da 1ª divisão: *dá o sinal* ATAQUEM!

Umas vinte pessoas do esquadrão atacam Chuck Norris por cima, montando em cima dele como se estivessem fazendo montinho, mas Norris-sama expurga a todos só carregando um pouco de ki norriano.
Mais uma cambada de Inathi’s cerca Chuck Norris apontando armas para o mesmo, começam a atirar sem dó, Norris-sama só cobre os olhos e deixa ser atingido por todos os tiros, até as balas de todos os revólveres acabarem.

Figurante que só presta pra apanhar1: Armas não funcionam nele?

FQSPPA2: Ele é um monstro!

Chuck Norris: Armas? Ainda revólveres? Vocês são engraçados! Hahahahahaha!

Dessa vez alguns Inathi’s entram na frente jogando umas shurikens gigantes [tipo aquelas de Naruto, usadas na luta contra o Zabuza], Chuck Norris quebra todas as cinco com um soco, sem ao menos encostar nelas, o poder do soco dele ainda deitou alguns Inathi’s.
Um Inathi muito grande e forte, portando uma bola de metal de quase uma tonelada segurada por uma corrente, vem rodando a bola e a lança bem na cara de Chuck Norris.

Chuck Norris: Zidane Head Round Strikes!

O Zidane Head Round Strikes é um golpe em que o usuário concentra seu ki norriano na testa, pegando impulso com as costas e dando uma cabeçada no oponente, no caso o oponente é uma bola de uma tonelada, que foi destruída após receber o golpe.

FQSPPA3: Ele destruiu a bola do Ichiren com uma cabeçada só!

Ichiren: Maldito! Eu gostava daquela bola!

Ichiren avança em Chuck Norris e tenta um soco bem no meio da cara do Imperador, como Ichiren era do mesmo tamanho que Chuck Norris ficava mais fácil, mas Norris-sama segura a mão pesada do truta sem muito esforço, joga o valentão pro ar e manda um Roundhouse Kick enquanto ele estava no ar, esfarelando o infeliz.

FQSPPA4: Ele matou o Ichiren!

Chuck Norris: Roundhouse Kick! *esfarfonhando com todos*

Enquanto os esquadrões atacavam Chuck Norris [e falhavam miseravelmente] Hustler volta correndo deixando o esquadrão sem que ninguém percebesse...
Nisso, Youma mandava seus homens do assassinato silencioso atrás de Matsuko Ryouma.

Matsuko: *procurando em todo canto* Asuka! Iago! Cadê vocês?

Akane: *ainda sonolenta, usando um pijama de sapinho e segurando um ursinho* Matsuko-san... O que aconteceu?

Matsuko: Akane-chan! Você viu a Asuka e o Iago?!

Akane: Ela me disse que ia encontrar uns homens fortes junto com a nee-san da Han-chan.

Matsuko: *desesperada* Não pode ser! Akane-chan, volta pra sua cama e não faça nenhum barulho e não acorde o Juh!

Matsuko sai de casa em disparada enquanto Chuck Norris chutava as bundas dos outros Inathi. Quando Youma aparece por trás dela e, com uma kunai, tenta cortar o pescoço dela, mas Matsuko percebe e segura o braço de Youma antes que ele agisse.

Youma: Impressionante. Você foi a única pessoa que percebeu um ataque de alguém do esquadrão de assassinato silencioso.

Matsuko: Me diga onde está a Asuka e o Iago!

Youma: Agora eles já devem estar mortos junto com as crianças de Hotaru, isso se Hotaru também já não estiver morto, mas já dei um jeito em Haruka.

Na casa de Hotaru, Haruka já estava com o pescoço aberto enquanto Hai-ni dormia, o assassinato foi tão silencioso que nem acordou um bebê.

Matsuko dá um chute no chão fazendo um pedaço enorme do chão se levantar, ela da um soco nesse pedaço fazendo voar pedras em Youma, mas mesmo velho ele esquiva de todas.

Youma: Então o clã Ryouma também é forte... Achei que vocês pegavam rabeira nos traseiros de Norris.

Matsuko avança e luta mano a mano com Youma, sempre batendo quando tinha uma brecha e esquivando da perigosa faca do velho Youma.

A luta entre Hani e as crianças contra Hokuto continuava. Hani já estava esgotada, mas Asuka, Iago e Han ainda tinham pique.

Asuka atacava por trás com um soco carregado de ki norriano, deixando marcas no corpo de Hokuto, Hokuto se vira e segura o pé de Asuka jogando ela contra Iago, que apenas esquiva da prima e tenta uma voadora na cara de Hokuto, quando Hokuto tenta esquivar ele se vê preso nas linhas que Han usava, assim Iago acerta o chute em cheio no nariz de Hokuto. Hokuto força para quebrar as linhas, fazendo cortes profundos no próprio rosto, mas os danos eram maiores nos dedos de Han, fazendo ela soltar as linhas de dor, Hokuto se enfurece e da um soco com toda força em Han, mas Hani entra na frente e é atingida pelo soco que a acertou em cheio no peito.

Han: Nee-chan!!

Hani aguenta o soco e segura o braço grosso [Ui!] de Hokuto, ela tenta um soco bem no meio das juntas com a finalidade de quebra-lo, mas o corpo de Hokuto era tão duro que ele só sente um leve dor e dá uma solada na barriga de Hani, fazendo-a solta-lo.

Hokuto esmaga Iago e Asuka contra a parede, mas eles agüentam e seguram os braços de Hokuto com toda força sem deixar ele escapar, Asuka concentra o ki norriano no joelho e da uma joelhada no cotovelo de Hokuto quebrando o braço dele, Iago concentra o ki norriano no punho, e quebra o outro braço de Hokuto com um soco.

Hokuto: AAAhh!! Suas pestes! *da uma cabeçada em Asuka fazendo ela cair no chão*

Hani: (pensa) Que poder tem esse ki norriano... Essas crianças conseguem quebrar os braços do Hokuto-sama...!

Hokuto pisa em cima de Asuka, deixando ela sem ar, mesmo com a ajuda do ki norriano Asuka não consegue escapar das pernas de Hokuto que tinham o triplo de força que tinha nos braços.

Asuka: *ficando roxa* Uuugh... uuh...

Hokuto: Nunca achei que uma piveta como você me daria tanto trabalho! Mas agora você vai morrer, assim como sua família!

Iago tenta salvar Asuka, mas Isabella aparece com uma espada e faz um corte profundo nas costas de Iago, jorrando sangue pra todo lado.

Iago: WAAAAAAAAAHHHHH!!! *cai no chão rolando de dor*

Hokuto: Achei que você nunca iria aparecer! É vergonhoso que até eu esteja tendo problemas com apenas dois pivetes Ryouma e as filhas de Hotaru! *começa a pisar freneticamente em Asuka fazendo ela cuspir muito sangue*

Isabella: Deixa que eu já cuido desse!

Isabella já ia enfiar a espada na cara de Iago, quando do nada um tiro de uma arma de fogo acerta Isabella na cabeça, matando ela na hora.

Hani: H-Hustler...-san?

Hustler: *parado na entrada do QG, com a arma do tiro que matou Isabella* Me desculpe, Hokuto-san, mas não posso ficar parado enquanto você mata quatro crianças inocentes. E eu sei a verdade, você deixou um espião para cuidar das finanças de ambos os clãs, assim ele poderia roubar em nome dos Ryouma/Norris, pelo menos você teria uma desculpa para aniquilar o clã e ficar com toda a riqueza para os Inathi... Jogar sujo sempre foi o seu forte, Hokuto!

Hani: H-Hustler-san?... Isso é verdade?! *olha para Hokuto* Seu desgraçado! Era tudo planejado desde o começo!
Hokuto: ...E daí? Tudo o que eu fiz foi pelo bem do clã! Nosso clã! Os Norris/Ryouma estavam ficando com toda a fama e o crédito! Estava na hora dos Inathi sairem das sombras e superarem Chuck Norris!

Hustler: *corre e abraça Hokuto*

Iago: Vai ficar de viadagem ou vai salvar a gente de novo?!

Hani: Vamos embora daqui!! Ele tem bombas pelo corpo!!

Hustler: Vamos morrer juntos aqui, Hokuto! *usa os mesmos fios que Han para cortar a perna de Hokuto até os nervos fazendo ele perder os movimentos da perna em que pisava em Asuka*

Han pega Hani no colo, ajuda Iago à levantar e vai embora junto com Asuka, Hani pega a espada de Isabella antes de ir. Hokuto batia as costas na parede tentando tirar Hustler dele, mas Hustler explode junto com Hokuto destruindo o QG e soterrando os corpos dos dois.

Hani: Vamos logo pra casa da Asuka, Youma já deve ter chegado em Matsuko.

Hani, Han, Asuka e Iago correram até a mansão Norris onde Matsuko lutava com tudo contra Youma. Youma usava técnicas ninja de alta periculosidade (gostou do vocábulo ein? “periculosidade”, usa isso na esola), Matsuko era rápida e forte, mais nada, por isso ficava na desvantagem.
Youma foi mais rápido e enfiou uma kunai na mão de Matsuko quando ela tenta se defender, ela abaixa segurando a mão de dor, abrindo uma brecha para Youma dar uma cotovelada tão forte na nuca de Matsuko que a deixou tonta, cambaleando, a visão dela ficou embaçada.

Youma: Ninguém pode contra o assassinato silencioso dos Inathi, nem mesmo um Ryouma/Norris.

Asuka e o resto chegam até onde estava Matsuko, mas era tarde, Youma aproveita que Matsuko estava quase desmaiando e corta a garganta dela com uma kunai.

Matsuko: Ugh... Cogh... *segurando o pescoço totalmente ensanguentado*

Hani: *tapa os olhos de Asuka e Iago* Não olhem isso!

Asuka tira a mão de Hani da frente dos olhos e só o que consegue ver é a sua mãe com uma cachoeira de sangue saindo da garganta e tentando sobreviver, mas deita a cabeça no chão ainda com os olhos abertos e morrendo.

Asuka: M-mãe... Mãe...

Hani: Eu falei pra você não olhar! Droga!

Asuka: Mãe... MÃÃÃÃÃÃÃÃÃEEEEE!!!!

Uma onda enorme de ki norriano envolve Asuka num raio de dois metros, jogando Iago, Han e Hani longe só com o ki, Asuka do nada aparece na frente de Youma, ela morde o nariz dele arrancando um pedaço, antes que Youma gritasse de dor Asuka da um soco com as duas mãos na cabeça de Youma afundando o pescoço dele, mas Asuka não da nem tempo pra Youma morrer e já da uma cotovelada no olho direito arrancando-o fora do rosto seguido de um chute na cabeça já afundada que quebra a espinha de Youma... Hokuto, Hotaru, Haruka, Isabella, Hustler e Youma já estão mortos.
Asuka perdeu toda energia que tinha e caiu inconsciente no chão, Han vai acudir Asuka.

Han: *chorando muito*Asuka-senpai! Asuka-senpai! Me perdoa! Me perdoa! Foi por culpa do meu clã idiota que sua mãe morreu! Por favor me perdoa, SENPAAAAAAAI!

Hani: *pega a espada de Isabela e aponta contra a própria barriga* Eu assumo a culpa pelos Inathi! Agora eu vou acabar com isso!

Quando ela tanta se matar, Iago segura a mão dela impedindo o suicídio.

Iago: Só porque um parente seu fez uma estupidez, não significa que você tenha que levar a culpa de tudo, mesmo que você tenha cometido um erro grande você pode ser perdoada e recomeçar.

Chuck Norris aparece do nada, bufando, com os olhos pegando fogo (simbolicamente, claro) as veias saltando na testa, e a roupa toda suja de sangue dos Inathi.

Chuck Norris: *aponta para Hani* Você!! Por sua culpa... a Matsuko morreu!! Morra! *vai em direção à Hani*

Asuka: *segura o pé do pai* Otou-sama... Não mata a nee-chan da Han... Ela não tem culpa... Elas perderam os pais também... Perdoa elas, otou-sama.

Chuck Norris: *pára e pensa um pouco* Eu tive a oportunidade de matar o pequeno Hai-ni enquanto ele dormia, mas eu não consegui, e senti um forte aperto no peito quando vi a Haruka morta... *vai em direção ao corpo de Matsuko e fecha os olhos dela*...Matsuko... Me perdoe... Eu demorei demais pra chegar aqui... Acho que eu não tenho mais tanta energia quando eu era jovem e demorei pra cuidar dos 400 Inathi... Me perdoe...

Por incrível que pareça, Chuck Norris derramou uma lágrima, a dor de perder a mulher da vida dele foi muito grande, Asuka também chorava bastante, até mesmo Iago chorou com a morte da tia, mesmo que tenha acabado de conhecer.

Hani: *coloca o roso no chão chorando alto* Huuuuuua... *da um soco no chão* Porra!

Alguns dias depois, teve o enterro de Matsuko, e um memorial aos heróis dos Inathi, Hustler e Hotaru. O clã Inathi afundou e perderam tudo, Han-li e Hai-ni vivem sozinhos às custas de Chuck Norris e de alguns bicos que Han faz. Hani-shi foi culpada por tentativa de assassinato, homicídio culposo, crime contra crianças, e como já tem 15 anos que é a maioridade, ela foi para o presídio municipal da cidade de Phallus por ordens de Capitão Nascimento, Chuck Norris tentou pagar a fiança dela, mas ela não aceitou, disse que só desse jeito ela ficaria com a consciência limpa pagando pelos seus atos... Bem melhor que suicídio.

Dias atuais...

Presídio Municipal de Phallus

As presas mulheres estavam fazendo o de costume, jogando basquete, conversando, brincando de pique-esconde (???) e no meio delas estava Hani-shi, sentada sozinha tocando uma gaita, ela estava mais musculosa, cabelo mais curto e com os olhos bem mais tranqüilos, isso despertou a atenção dos guardas.
Um dos guardas, Ike, discutia esse assunto com a chefe de polícia Thaysa Maximo da sala dela, onde pela janela dava pra ver as presas.

Ike: Chefe, aquela presa Hani-shi Inathi está aqui a cinco anos desde o assassinato de Matsuko Ryouma.

Thaysa: Fazer o que né? Mas eu não posso ir contra as ordens do Capitão Nascimento, ou minha cabeça vai rolar... a pesar de que...

Ike: De que?

Thaysa: Eu estou de olho em uma dessas presas e não é Hani-shi.

Ike: A senhora é lésbica?! O.O

Thaysa: Idiota! Estou de olho nas habilidades dela! Você conhece a presa Aya Hirakawa?

Ike: O demônio da espada? O que tem ela?

Thaysa: Tenho algo em mente... Mas isso eu posso deixar pra depois ^_^

------------------------------------------

Comente essa bosta aqui, tendeu? Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 8: Chuck Norris Host Club   Sab Abr 30, 2011 10:18 am

Capítulo 8: Chuck Norris Host Club

Asuka, Iago, Juh, Akane, Wagner, Nekiba e Han estavam no escritório de Chuck Norris, o Imperador aparentava estar meio bravo

Asuka: O que foi, Pai?

Chuck Norris: Me parece que a Agência de Mistérios do Juh não está rendendo muito dinheiro né?

Juh: Ah, é que hoje em dia tem muita despesa né, e a gente não é Scooby Doo pra completar todas as nossas missões.

Chuck Norris: E não é só isso, Asuka e Iago terminam bem seus trabalhos, mas sempre destroem alguma coisa e somos obrigados a cobrir os prejuízos.

Iago: Aonde quer chegar? *tentando mudar de assunto*

Chuck Norris: O que eu estou dizendo é que apenas a Agência de Mistérios e caçar recompensas não vão conseguir manter essa mansão e alimentar nossas bocas.

Asuka: Então vamos falir?

Chuck Norris: Não, já tive uma nova idéia e vou abrir o Chuck Norris Host Club, será o nosso clube de hosts para arrecadar dinheiro.

Iago: Host? Que viadagem!

Juh: Adorei essa idéia!

Wagner: Mas quem vai participar disso?

Chuck Norris: Vocês garotos!

Juh/Wagner/Iago/Nekiba: Nós?

Wagner: Eu não acho que as garotas vão pagar pra serem entretidas pelo Nekiba.

Nekiba: Eu ouvi isso!

Wagner: Mas foi pra você ouvir mesmo ‘-‘

Chuck Norris: Não se preocupem, eu contratei um reforço de peso...

Asuka: Jô Soares? Eu não acho...

Chuck Norris: Claro que não! Eu estava falando de Kyo Fujiwara!

Wagner: O Kyo vai voltar então? =D

Asuka: Que legal! Eu tava sentindo falta de zoar aquele merdinha XD

Nekiba: Quem é Kyo? E ele é gordo?

Han: O Nekiba não chegou a conhecer o Kyo né? E ele não é gordo.

Juh: Kyo é só o bofe mais bonito que eu já conheci *-*

Wagner: Ele saiu da cidade faz um ano pra trabalhar de host, dizem que ele faturou muito dinheiro com isso.

Nekiba: É? Então ele deve ter boa aparência! Vamos buscar ele então!

Já no aeroporto estavam todos esperando Kyo chegar em Phallus, e finalmente ele chega, um garoto com traços de heróis dos mangás shoujo, olhos azuis e grandes cheios de emoção, cabelo vermelho liso, corpo bem magro [vocês tem que admitir, personagens de shoujo tem que ser anoréxico pra ser bonito né? Fujimoto, Tamaki...]e já usava as roupas de um host pretas.

Kyo: *joga o cabelo pro lado em slow motion fazendo charme* Nossa, essa viajem prejudica a minha beleza...

Juh: Kyaaaaaaaa *desmaia*

Wagner: E ae, Kyo o/

Kyo: Wagner! Quanto tempo ^_^/

Wagner: Lembra do pessoal, certo? Asuka, Akane...

Kyo: *segura a mão de Asuka e já faz sua pose host* Como poderia me esquecer desse rosto tão lindo que me fez querer acordar todas as manhãs?

Asuka: Essa foi uma boa cantada, mas já me mandaram melhores.

Kyo: *segura a mão de Akane* Akane-chan, espero que não tenha mudado, porque quando eu te conheci fez meu coração palpitar... E eu estou tendo essa mesma sensação agora.

Akane: *cora muito* K-Kyo-sama! >///<

Kyo: *segura a mão de Han* Han... Saiba que eu pensava em você todos os dias em que eu estive fora, e pensava se você estava pensando em mim.

Han: *cora um pouco* E-Eu... meio que pensei... alguma vezes sim... ù///u’

Asuka: Han, não se deixe ser levada pela laia dele!

Han: *sai do transe* SIM SENPAI!

Kyo cumprimenta Iago e Juh como se fossem qualquer um, e quando ele olha para Nekiba fica encarando ele com cara de espantado.

Nekiba: Yo Kyo-san, Eu sou Nekiba Kazama, muito prazer ^_^/ *vai em direção à Kyo com a mão estendida para cumprimentá-lo*

Kyo: Quem é essa criatura horrenda?

Nekiba: O.O

Iago: É o Nekiba.

Kyo: Nekiba? É o nome desse animal?

Nekiba: OAO’

Asuka: Kyo, olha como você fala do meu senpai!

Kyo: Seu... senpai? Senpai em que? Você deixa essa criatura comer na mesa de vocês? debaixo da mesa né? Ou dentro de uma jaula! Não deixem ele chegar perto que feiúra pega!

Nekiba: Ah, vamos, somos todos iguais aos olhos de Deus! *cumprimenta ele forçado*

Kyo: AAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHH!!! *joga desinfetante na mão* Sai! Sai! Sai! Não acredito que uma pessoa feia tocou em mim! Eu não sou Deus, seu desgraçado!

Nekiba: *cantinho da depressão* Hehe... Me desculpem... talvez... eu deva sumir e poupá-los de olhar pro meu rosto...

Han: Er... Eu te acho bonito, Nekiba!

Nekiba: Sério?? *levanta animado*

Han: O seu branco do olho...

Nekiba: *volta pro cantinho da depressão*

----------

Já na mansão Norris, na sala preparada para servir as damas, Kyo dá as coordenadas de como é um verdadeiro trabalho de um host.

Kyo: Certo, todo host que se preze tem que se vestir bem, vejam o meu modelito, roupas sociais ou casuais, tem que estar na moda.

Iago: Quer dizer que a gente vai ter que usar um boné sujo, uma blusa extravagante e uma bermuda colorida com tênis de marca?

Kyo: Não esse tipo de moda! Vamos ser hosts, não funkeiros!!

Juh: *vestido de emo* Assim ta bom?

Kyo: Não é melhor que funkeiro! Ah cara, ok, as roupas nós vemos depois, a aparência vai contar muito; Wagner, eu estou colocando quase toda minha fé em você que eu sei que você leva jeito, Iago, você tem aparência, só precisa mudar o seu jeito; Juh, sua aparência é boa também e isso não foi uma cantada ouviu? Agora você Nekiba...

Nekiba: *resmungando igual o Mutley, o cachorro do Dick Vigarista*

Kyo: Podemos aceitar se você se vestir bem.

Nekiba arregala os olhos lacrimejando de emoção e esperança, como se visse a luz no fim do túnel, ele se vê num fundo de um poço com uma corda para ele subir e sair do buraco.

Nekiba: *100% determinado* Certo, Kyo-san! Eu vou dar o melhor de mim!

Juh: Sério, bofe?

Nekiba: No bom sentido, claro!

Iago: Ae Nekiba! Não disse que um dia as mina iam se derreter por você, irmão? Essa é a hora!

Kyo: To apostando tudo, não me decepcione. Só que temos mais um problema, temos um número ímpar de hosts, precisamos de mais um homem que seja bonito e que leve jeito.

Juh: Tenho alguém perfeito! =D

-------------

Mario (aquele que era amigo de Neil e agora vive atrás do armário do Juh): Então esse que é o Kyo-bofe?

Juh: Aham, ele é lindo né?

Kyo: Er... T-ta... Acho que tudo bem ter um negro bombado no nosso Host Club... Se já temos o Nekiba já arriscamos tudo.

Nekiba: Você foi duplamente racista agora!!

Juh: Se alguma mocréia tentar alguma coisa com o Mário eu peço pra danna matar a biscate, pode?

Kyo: Era sobre isso mesmo que eu iria falar, temos algumas regras que as nossas clientes não podem quebrar. Regra n°1: Não se deve forçar um host a beber! Regra n°2: Não se deve forçar dois hosts a se beijar...

Juh/Mário: Ahhhh...

Kyo: E Regra n°3: Sexo no fim do serviço vai depender do caráter, da intenção, do dinheiro e da idade da cliente! Essa é a regra mais importante que não pode ser quebrada!

Hosts: Certo, Kyo-san!

Iago: *levanta a mão*

Kyo: Sim, Iago?

Iago: Então nós podemos fazer sexo com as clientes quando a gente quiser?

Kyo: Bom... Tecnicamente...

Iago/Wagner: YEEEEEESS!!! *Hi-5*

----------

Todos os hosts já estavam vestidos com roupas de host. Kyo estava com sua roupa de costume; Wagner usava uma camiseta regata branca com uma jaqueta aberta preta apertada por cima, uma calça preta apertada com detalhes brancos e sapatos sociais pretos; Iago usava uma camisa social azul-bebê com os botões abertos, calça jeans preta rasgada nas coxas e um tênis casual preto com detalhes brancos; Juh usava um smoking preto com uma rosa no bolso da camisa e uma corrente fina de ouro; Nekiba usava um terno branco aberto com uma camisa branca por baixo com uma gravata preta, uma calça social preta e sapato social preto; Mario estava com roupa de jogador de futebol.

Kyo: Certo! Agora que estamos vestidos, vamos treinar a conversa!

Nekiba: Protesto!

Kyo: Protesta o que, infeliz!?

Nekiba: O Mário-san ta usando a camisa da seleção, eu exijo que ele use o uniforme do SV Hamburgo da Alemanha! Meu time do coração!

Juh: Achei que seu time do coração fosse o Kuban Krasnodar.

Nekiba: Mas isso é coisa de muito tempo...

Juh: Foi semana passada ¬¬

Iago: Que time estranho é esse? Tem que torcer pro meu time, o Club Shelbourne da Irlanda!

Wagner: Esqueceu o dia que seu time foi massacrado pelo meu time, o Esbjerg fB da Dinamarca?

Kyo: Agora não é hora de discutir futebol! O Mário vai continuar com a roupa da seleção! Logo o clube vai abrir e precisamos treinar como conversar com as clientes...

Wagner: Pode deixar que eu sou bom nisso, sempre que eu converso com uma garota eu pego ;]

Kyo: Não é disso que eu tava falando...

Chuck Norris: *entra na sala* Já estão prontos? As primeiras clientes já estão chegando.

Kyo: =A= !!!!

Iago: Oba! Vamos receber as meninas ^_^

Kyo: E agora... Eles não entendem nada sobre serem hosts... Minha carreira acabou!

Todos os hosts se preparam e ficam em posição de... “hostar” se é que existe essa palavra. As primeiras clientes chegam e... são Asuka e Han?? WTF??

Hosts: Irasshai masen...

Asuka: Yooo seus perdedores! Resolveram se prostituir pra ganhar dinheiro?

Iago: Você veio aqui pra encher o saco só?

Asuka: Não... vim aqui pra contratar um host pra entreter a Han. Qual você vai querer, Han?

Han: *corando* V-Você sabe quem! u///ú’

Asuka: Claro! Iago, seu bosta! Vem entreter a minha amiga!

Iago: O queeeeee??? Por que eu vou ter que entreter a Han? Eu poderia muito bem entreter você, ou qualquer outra!

Kyo: IAGOOOOO!!! Nós do Chuck Norris Host Club não podemos negar serviços para essa linda moça que está disposta a pagar (mesmo que seja com o dinheiro da Asuka) pelos seus serviços! Um host nunca nega um serviço à não ser que a cliente tenha AIDS!

Iago: *reclamando igual o Mutley* ¬¬ *vai entreter Han*

Asuka: Eu vou ter que filmar isso *pega o celular e filma*

Juh: Você veio aqui só pra filmar, danna?

Asuka: Depois eu pago você, mas só pra gente botar a fofoca em dia mesmo, nem precisa me entreter.

Iago: Gostaria de café, princesa?

Han: O-obrigada... Iago-senpai.

Kyo: Hm... o Iago está indo bem até agora, falando com educação e tratando bem a cliente.

*quatorze segundos depois*

Iago/Han: *destruindo a sala brigando e gritando palavrões*

Kyo: ISSO NÃO É UM TRABALHO DE UM HOST!!

---------

Asuka: eu vou chamar a Akane pra gente conversar juntos, ta Juh?

Juh: Vai lá danna.

Quando Asuka sai, uma senhora magra e com um vestido caro chega na sala.

Senhora: *com um ar arrogante* Eu quero que esse tal de Juh e esse Mário me entretenham. Vamos, eu não tenho o dia todo!

Juh/Mario: Sim senhora! *vão entretê-la*

Wagner: Mas não era a Asuka que ia pagar o Juh?

Kyo: Assim é melhor, a Senhora está pagando dois, e o dinheiro vai pra Chuck Norris, não faz diferença no nosso bolso se a Asuka pagar alguma coisa.

Nekiba: Kyo-san! Eu quero me demitir!

Kyo: Mas por que? Abrimos agora, tenho certeza que alguma garota *cof cof* louca ou cega *cof cof* pague pra conversar com você.

Nekiba: Não é por isso, é por aquilo *aponta pra Juh e Mário*

Juh/Mário: *completo Love entre os dois ignorando a senhora*

Senhora: Escutem, a cliente está aqui.

Juh: Ai, mas que tia chata!

Mário: Quem é essa mocréia?

Juh: Traveca!

Mário: Horrorosa!

Senhora: Ah? Isso é um ultraje! Eu quero meu dinheiro de volta!

Kyo: P-p-p-por favor, poupe-os, eles são novos aqui, senhora er...

Senhora: Bradallione Tarantina Ferreaut Guadalupe Apiolina!

Kyo: Nossa, o impacto que o seu nome dá chega a estremecer meu coração, um nome lindo que combina com seus olhos.

Apiolina: Ohhh... *caindo nos gracejos de Kyo*

Nekiba: *falando com Wagner* Como host mente né, véi, puta que o pariu! XD

Kyo: *olhar assassino para Nekiba*

Por sorte, Apiolina não ouviu esse comentário, a senhora paga Kyo para entretê-la, Kyo olha para Wagner como quem diz “estou confiando tudo em você”.

-----------

Já se passando alguma horas, poucas mulheres apareceram para o Host Club, a renda ainda era baixa. Por casos como...

Iago: *segurando a mão de uma cliente* Pena que o relacionamento entre host e cliente é contra as regras...

Cliente: *-*

Iago: Ah, quer saber, fodam-se as regras *agarra a garota e lasca um beijo de língua nela*

Kyo: IAGOOOOO!!!

Ou casos como...

Cliente sendo entretida por Juh: Você faz o meu tipo, gosto de lolishotas, sabia que as minhas exigências batem com a condição de sexo com os hosts depois do serviço?

Juh: É? Que bom...

Mário: *tira a cliente de lá* Sai de cima do meu Jujuzinho!

Kyo: MÁRIOOOOOOOOO!!!

Ou até mesmo...

Wagner: * ainda entretendo, enchendo a cara de sakê* Aí oz maluco jegaram e *hic* vicaram me jamando de otário... aí eu “nem te cunheço, nem te cunheço, ta maluco? Ta maluco? Eu sou siniiiiiistro!”

Kyo: WAGNEEEEEEER! As clientes não podem forçar o host a beber!

Cliente: Mas eu nem forcei... Ele quis beber por conta própria ‘-‘

Ou casos como...

Nekiba: *cantinho da depressão* Zero... Meu número de clientes foi zero... acho que eu deveria desistir desse emprego... e trabalhar em algum lugar onde ninguém tenha que olhar pra mim...

Kyo: NEKIBAAAAAAAAAAAA!!! Recomponha-se, homem!

Nessa hora Kyo já estava perdendo as esperanças, de todas as clientes, poucas foram atendidas de modo adequado, quase todas pelo próprio Kyo, o Host Club estava sendo um desastre, não bastava apenas ser bonito para ser host, tinha que ter as manhas.

Kyo: Eu desisto, já não tenho mais forças para cuidar das clientes sozinho, esse povo... esse povo... são animais! Selvagens! Sem classe nenhuma! Eu deveria...

Nessa hora uma cliente entra no clube, quem era? Quem era? Ninguém mais ninguém menos que Taty! Aquela dos primeiros capítulos.

Taty: Eu quero que o meu pupilo Nekiba Kazama me entretenha, e eu pago 35 mil cunt pelos serviços dele!

Kyo/Iago/Wagner/Juh/Mário: EEEEEEEEEHHHHH?????

Nekiba: Sensei *-*

O Chuck Norris Host Club atingiu a cota esperada, por incrível que pareça, Nekiba foi o que mais rendeu com o seu serviço único para Tatiane, no fim do dia...

Chuck Norris: Parabéns, vocês conseguiram o dinheiro, mas eu não vou poder deixar o Host Club aberto.

Kyo: Mas por que?

Chuck Norris: Porque a Asuka voltou e viu que o Juh não tinha esperado por ela, então ela destruiu os equipamentos, queimou as roupas, e ainda bateu em algumas clientes, fora que a gente não pode viver só com a Taty-chan como cliente o resto da vida.

Kyo: *cantinho da depressão* Eu sabia... por mais que eu me esforce... minha beleza nunca é compreendida...

Juh: *consolando ele* Não fica assim, Kyo-bofe, o dia que você for um host eu pago bastante dinheiro pelos seus serviços ta? ^w^

Asuka: *entra com tudo* JUUUUUUUHHH!!! Por que você não me esperou, seu arrombadooo!! *olhar demoníaco*

Juh: Isso é, se eu estiver vivo ^~^’ *sai correndo*

Asuka: Acha que pode correr mais que eu?!

Por isso o Host Club foi fechado, Kyo abriu um clube com alguns outros rapazes... mas Asuka destruiu esse também...

---------------------------------------

Já sabe né?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 9: Amigo, Abrigo   Sab Abr 30, 2011 10:21 am

Capítulo 9: Amigo, Abrigo

Como o Clube de Hosts do Kyo foi um fracasso, ele não tinha dinheiro para alugar um apartamento, ele chegou em Phallus com convicção de que o Host Club ia funcionar mas... quando Asuka e os amigos dela estão por perto nada é certo [olha, rimei =D] então Kyo foi pedir ajuda ao velho amigo Wagner para abrigá-lo em sua casa.

Kyo: *carregando duas malas pequenas* Então, já chegamos na casa do Wagner?

Iago: *carregando umas 20 malas do Kyo* Você me perguntou isso à 10 segundos atrás! E por que eu tenho que carregar as suas malas?!

Kyo: Por que a culpa foi sua de acabar com o Host Club! Já chegamos ou não?!

Iago: Chegamos! *joga as malas no chão*

Kyo: Nossa, a casa dele é muito longe, andar muito assim me fez suar e isso atrapalha minha beleza u.u

Iago: Larga a mão de ser fresco! Foram só duas quadras da mansão Norris!

Kyo: Bom, pelo menos a casa é bonita, agora vai embora pra ele não te ver aqui. *dá uns trocados pra Iago*

Iago: (pensa) Nunca mais trabalho por essa mixaria! ¬¬

Iago vai embora e Kyo toca a campainha da casa de Wagner, percebendo que Wagner não aparece depois de três segundos ele toca de novo, e de novo, e de novo. Depois de alguns segundos, Wagner abre a porta, vestindo uma camiseta regata branca, uma calça moletom de meia, e com cara de sono.

Kyo: Meu Deus! Wagner, o que aconteceu com o seu rosto? O.O

Wagner: Um filho da puta ficou tocando a minha campainha repetidas vezes enquanto eu dormia! ¬¬

Kyo: Aff, a vizinhança aqui é assim mesmo? Devem ter sido as crianças, odeio crianças, elas babam >.<

Wagner: O que você quer Kyo? São nove da manhã de um domingo, já achei que era testemunho de Jeová e já ia sair xingando!

Kyo: Tipo... Como eu não arrecadei muito dinheiro no host club, tipo, e não pude alugar um apartamento, será que você não podia, assim, tipo, fazer um favor, tipo, pra um velho amigo? *-*

Wagner: Você... quer morar comigo? É isso?

Kyo: Não falei isso, não quero ser um estorvo, se isso for te incomodar eu...

Wagner: Entra logo vai, mas vê bem ond-

Kyo: *interrompe Wagner entrando com tudo na casa* Ah, obrigado Wagner! Sabia que você ia me ajudar, carrega minhas malas pra mim, valeu! =D

Wagner: Deus... O que eu fiz? T_T

Kyo entra na casa e observa tudo, a casa de Wagner era bem confortável e bonita, era bem espaçosa, só que estava meio bagunçada.

Kyo: Ah não, não vou aceitar essa bagunça na nossa casa! u.u

Wagner: Você acabou de chegar, ta querendo exigir o que?!

Kyo: Ah é? Então eu estou sendo um estorvo mesmo?

Wagner: Você acabou de chegar! Mas realmente tá folgando muito!

Kyo: Shhh! *olhando atentamente pros lados, desconfiado*

Wagner: Shhh? Você ta na minha casa! Não manda eu shhh! Shhh você!

Kyo: Faz silêncio! *começa a andar pela casa devagar, como se estivesse procurando alguma coisa, igual o James Bond* Ahá! Achei você!

Wagner: O que foi?

Kyo: Wagner, isso é fruto da sujeira da sua casa *aponta pra uma aranha pequena perto da parede*

Wagner: Então mata ela =_=

Kyo: O que? E sujar a sola do meu sapato? Nunca!

Wagner: Então eu mato =_= *pega o chinelo*

Kyo: NÃO! Se você matar ela, ela vai espatifar na parede e vai ficar uma mancha preta na sua casa!

Wagner: Então deixa a aranha aí e deixa ela ser feliz!

Kyo: Wagner, se a aranha ficar por aí ela vai encontrar outra aranha, elas vão fazer aranhinhas e sua casa vai ficar infestada de aranhas! Quer que sua casa fique infestada de aranhas?

Wagner: Depende, em que sentido?

Kyo: *esquece completamente de tudo* Ah, estou com fome, Wagner, você é bom na cozinha né? Prepara um prato pra mim que eu vou tomar um banho.

Wagner reclama um pouco sozinho, mas como o amigo está passando por dificuldades ele resolve fazer o prato mesmo assim, Wagner era ótimo na cozinha então fez um prato típico de café da manhã americano, ovos mexidos, bacon e algumas panquecas com pasta de amendoim e suco de laranja. Enquanto isso Kyo saía do banho, que por acaso levou quase vinte minutos.

Kyo: *saindo do banho só de toalha cobrindo a parte de baixo e, para variar, fazendo pose de host* Wahh... Me sinto tão lindo depois de um bom banho quente UwU

Wagner: *furioso, encarando Kyo* Você levou mais de quinze minutos no chuveiro!

Kyo: Wagner... Minha beleza não se mantém tão facilmente, preciso de um longo banho para manter minha pele limpa e saudável.

Wagner: Eu vou pegar uma faca e acabar com a sua pele se demorar assim no banho de novo! Vai comer que o café da manhã tá pronto u.u

Kyo se veste e os dois começam a comer, e, pra variar, Kyo não está satisfeito com alguma coisa.

Kyo: Wagner, não sei se você sabia, mas eu gosto dos meus ovos fritos, não mexidos, pode trocar pra mim?

Wagner: *de raiva, imagina colocando o saco de Kyo na frigideira e fritando* Claro... Kyo! ÒwÓ

Wagner faz exatamente do jeito que Kyo pede e coloca o prato de novo pra ele, mas...

Kyo: Wagner, esse bacon ta meio frio... será que você não podia esquentar pra mim?

Wagner: Ow saco! Ta, da aqui que eu vou esquentar no microondas...

Kyo: Não, no microondas ele esquenta mas continua duro, e esfria rápido, será que você não podia me fritar outro?

Wagner: *resmungando igual o Mutley, o cachorro do Dick Vigarista* Me pergunto quando eu vou poder tomar meu café da manha em paz ù.u *frita outro bacon para Kyo* Toma...

Kyo: Credo! Detesto bacon! Sabia que isso é um pedaço da bunda do porco?

Wagner: ENTÃO POR QUE ME PEDIU PRA TE FRITAR OUTRO BACON??!!!

Kyo: Wagner, minhas panquecas esfriaram!

Wagner: Foi porque você ficou enrolando e reclamando!

Kyo: Nha, perdi a fome, que filmes você tem aí? *saindo*

Wagner: *resmungando palavrões muito cabeludos pro horário*

-------------------------------

Wagner esperava na porta do banheiro segurando uma toalha e uma cueca, ele já estava impaciente com o tempo que Kyo estava no banheiro.

Wagner: Hey, Kyo! Você ta aí a mais de meia-hora! Eu preciso tomar banho que eu vou sair!

Kyo: Calma, minha beleza é difícil de manter... Tem um monte de coisas pra se fazer...

Wagner: *sentindo vontade de cagar* Vai logo! Eu preciso escorregar o moreno! >.<

Kyo: Relaxa, só falta passar meu creme de pele pra deixar a pele macia e limpa... se quiser eu te emprest-

Wagner: Vai logo porque eu to cagando nas calças!!! >.<”

Kyo: *sai do banheiro* Ahhh... Como é boa a sensação de se sentir lind- *é interrompido por Wagner que atropela ele entrando correndo no banheiro que acaba levando Kyo junto*

Wagner: Sai do banheiro! Eu preciso cagar e tomar banho!

Kyo: Mas agora você me derrubou no chão (Não! Derrubou no teto!) e eu preciso me limpar de novo u.u

Wagner: Faz isso depois que eu tomar banho, pelo amor de Deus!!!

Kyo: A beleza não pode esperar, Wagner, tem tanta coisa pra você aprender, você tem sorte de me ter aqui na sua casa ^_^

Wagner: Eu to começando a me arrepender de ter aberto minha porta pra você!! Não... Já me arrependi faz tempo!! Agora pelo... amor... ARGH!!

De repente um silêncio... Wagner começa a ficar envergonhado, o cheiro começa a subir, Kyo fica encarando-o por um tempo... Wagner tinha feito nas calças mesmo...

Wagner: Kyo... Eu te imploro... Sai do banheiro... =^=

Kyo: Er... Acho que agora é necessário não é?

Finalmente, Kyo saiu do banheiro e Wagner tomou seu banho. Enquanto Wagner saía com uma garota, Kyo ficou sozinho em casa.
No encontro foi tudo bem, Wagner não comeu a garota como de costume, mas voltou com seus amigos pra casa pra assistir o jogo, Sepahan Isfahan F.C.(Irã) VS Urawa Red Diamonds (Japão), ele chega em casa com Asuka, Juh, Iago, Akane, Han e Nekiba.

Wagner: *chegando em casa meio bêbado* Hahahahaha! Você é um puto mesmo Iago XD...... O.O

Wagner se depara com sua sala totalmente transformada, sua parede pintada de azul-bebê, com luzes roxas no teto (Não! Luz na cabeça!), e Kyo sentado em um sofá de canto roxo com três mulheres do lado dele, uma mesinha na frente com chá e panquecas.

Kyo: Wagner! Que bom que você chegou, meninas, digam olá para o nosso próximo host, Wagner.

Meninas: Oiiii Wagneeeer ¬w¬

Wagner: O que... você fez... com a minha... casa?!

Kyo: Só deixei ela mais confortável para o meu trabalho... quer chá?

Juh: Ficou bonito assim, bofe. Vamos fazer uma discoteca aqui! =D

Han: Eu trago a cerveja! o/

Asuka: E eu os energéticos! o/

Wagner: Discoteca é o caralho! Host é o caralho! Chá é o caralho!

Juh: Noooossa... quanto caralho! Seu safadhênho ¬w¬

Kyo: Mas Wagner, eu preciso manter meu trabalho, assim que eu exponho a minha beleza, se eu sou lindo eu não posso fazer nada, eu preciso mostrá-la ao mundo u.u

Wagner nessa hora ficava tão puto, mas tão puto que começa a ficar vermelho, soltando fuaça dos ouvidos, com sangue nos olhos, ele fica mudo, paralizado, até que não se agüenta...

Wagner: *indo pra cozinha* Sua beleza é? Espera só...

Kyo: O que você vai fazer? Ligar pra suas ex-namoradas pra vir também, pode ligar, quanto mais, melhor, finalmente você reconheceu como eu sou belo UwU

Wagner: *tira um pedaço de frango gorduroso da geladeira* Hehe... Heheheahahah... AHAHAHAHAHA!!!

Kyo: Wowowow! O que você vai fazer com isso? O.O

Wagner: Olha o que eu faço com a sua beleza!

Wagner avança em Kyo com o pedaço de frango na mão na direção na cara do ruivo, que se esquiva se jogando no chão.

Kyo: Q-q-q-q-que isso?! Cara, não precisa disso! Isso da uma espinha fodida! Pára com isso!

Wagner nem ouve ele e se joga em cima de Kyo no chão, tentando esfregar o pedaço de frango no rosto do host, que segurava o braço de Wagner com muito medo, mas Wagner era bem mais forte que Kyo, então a solução foi passar por baixo de Wagner.

Han: *filmando com o celular*

Juh: Já to tendo várias idéias de hentai WagnerKyo *¬*

Asuka: Finalmente se assumiram? Vão sair do armário hoje? XD

Kyo empurra a bunda de Wagner que ainda estava no chão, o host corre pra cozinha fugindo de do loiro que já estava de pé de novo, Wagner atacava Kyo com o frango como se fosse uma faca, repetidamente balançava o frango tentando acertar o mais novo, jogando toda a gordura daquele pedaço de frango pela casa. Kyo passa por debaixo da mesa e vai até a fruteira e pega uma banana.

Kyo: Ok... Se é guerra que você quer, é guerra que você vai ter! Vamos! Eu e você! Pau a pau!

Juh: KYAAAAAAHHHH!!! IDÉIAS MIIIIIIIIIL!! X¬X

Asuka/Han: GUERRA DE COMIDA!!! \o/

Wagner e Kyo travavam uma batalha incansável com um frango e uma banana, era como em Resident Evil 4, quando Leon encontra o Krauser pela primeira vez, mas ao invés de facas, eram um frago e uma banana. Asuka e Han foram até a geladeira pegas as comidas e começaram a jogar em todos.

Nekiba: T_T

Iago: Que foi, irmãozinho?

Nekiba: Desperdício... Quanto desperdício... Tudo isso poderia ta dentro do meu estômago agora T_T

Wagner ataca Kyo com o frango que se defende com a banana, Kyo empurra o frango pro lado e ataca o rosto de Wagner com a banana, o maior esquiva e passa uma rasteira em no menor que cai no chão, Wagner aproveita a deixa e sobe em cima de Kyo tentando esfregar o frango no rosto dele, o ruivo segura o braço do outro e tenta atacá-lo com a banana que também tem seu braço segurado por Wagner, agora era frango VS banana, como Wagner era mais forte ele consegue esfregar aquele pedaço de frango gorduroso no rosto de Kyo, então Wagner começa a esfregar o rosto de Kyo com as mãos, e aproveita pra comer um pedaço da banana. Logo eles se afastam.

Kyo: Seu... seu... Por que estragou a minha pele?

Wagner pega um pacote de salgadinho que estava voando (Asuka ou Han que atacaram, elas estava fazendo guerra de comida lembram? Salgadinhos não voam) ele abre o pacote e joga os salgadinhos de queijo no rosto de Kyo e aproveita que ele estava com a mão no olho e esfrega o farelo na gordura do frango no rosto de Kyo.

Nekiba: Eu... eu não consigo assistir isso! >.< *vai embora*

Wagner e Kyo se afastam, de repente no rosto de Kyo aparece uma espinha, daquelas amarelas com uma rodela vermelha em volta, não demora muito até o rosto de Kyo ser coberto por várias espinhas iguais a essa.

Kyo: N-n-não... não... NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOOOOOO!!!!!! MINHA VIDA ACABOOOOOOUUUU!!!

Wagner: Hehe, agora esse lindo rosto que você tanto se orgulhava já era! Pode parando com essas frescuras agora, filho da p-

Wagner é interrompido por um soco de Kyo na cara, e assim os dois começam a briga sem nenhuma comida envolvida, e brigam até o sol se pôr. Asuka e o resto do pessoal já tinham até ido pras suas casas, só estava Wagner deitado no chão e Kyo deitado do lado, vez ou outra um dava um soco no outro.

Kyo: Wagner... m-me desculpa... por ter sido um pé no saco na sua própria casa... u.u

Wagner: Kyo... me desculpa... por fazer a sua cara parecer a de um adolescente nerd punheteiro... u.u

Kyo: Você sabe que você estragou minhas chances de trabalho né?

Wagner: Mas por que tudo tem que envolver sua aparência? Se quiser eu te arranjo um emprego temporário lá no restaurante onde eu trabalho até essas espinhas saírem do seu rosto.

Kyo: S-Sério? Wagner... me deu um teto e um emprego... eu nem sei como te agradecer T_T

Wagner: Pode começar deixando de ser tão folgado, né?

Assim, Kyo ficou trabalhando no restaurante onde Wagner trabalhava, por incrível que pareça, o lucro do restaurante subiu muito desde que ele entrou.

Wagner: *na cozinha do restaurante, vestindo roupas de cozinheiro* Kyo, o prato da mesa sete.

Kyo: *vestindo roupas de garçom, pega o prato e leva até a mesa* Aqui está, um lindo prato para lindas donzelas.

Várias meninas na mesa: Obrigaaaaada Kyooooo~* ¬w¬
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 10: Juh no Páis das Maravilhas   Sab Abr 30, 2011 10:24 am

Capítulo 10: Juh no País das Maravilhas.

(N/A: Como faz muito tempo que eu vi o filme da Disney e eu nunca li o livro original, essa fic foi baseada no filme do Tim Burton).

Juh: *no seu quarto, vestindo um dos vestidos formais de Taty, um vestido azul claro com rendas e alguns detalhes brancos* Ah... Será que eu fiquei biito com esse vestido?

Juh olha na janela e vê um cara bombado, loiro, óleo na pele, com orelhas de coelho brancas, um rabinho de coelho branco e só de tanguinha.

Homem coelho: Oh shit! É tarde! *sai correndo*

Juh: Nhaiii! Que bofe lindo *-*! Sempre quis um bofe de coelhinho da playboy pra mim! *sai de casa e corre atrás do cara*

Juh corria com o vestido atrás do cara vestido de coelho, o cara repetia “É tarde! É tarde!” o tempo inteiro e ignorava Juh, até que o cara entra em um buraco, Juh pula atrás dele.
Juh começa a gritar porque caiu num lugar muito fundo, estava tudo bagunçado, enquanto ele caía passava pianos, guitarras, vibradores, bonecas infláveis perto dele quase atingindo ele e podendo machucar. Até que Juh finalmente cai no chão.

Juh: Ai ai ai... Onde eu estou? Cadê o Usagi-bofe? (Usagi = Coelho)

Juh estava em um lugar escuro, pequeno, só com uma mesa e umas cadeiras, tinham quatro portas na sala e mais uma portinha pequena, Juh testa as portas grandes mas estavam todas trancadas, a única aberta era a porta pequena que Juh não passava por ela.

???: Você trouxe o Juh errado! Sua mula! Retardado!

Voz do coelho: M-Me desculpe... Dormidonga-chan...

Juh: É a voz do Usagi-bofe! Mas eu não consigo ver ele ç.ç

Juh vê na mesa um potinho com pílulas azuis dentro e uma etiqueta escrito “crescer”. Juh pega uma das pílulas e toma.

Juh: Será que eu vou crescer agora? *fica de pau duro* Ahh!! Que isso? *olha direito no potinho que estava escrito “viagra”*

Juh no desespero pega uma pílula do encolhimento do Chapolin Colorado (lembram dessa pílula?) e encolhe, e como o vestido não cabia mais nele ele sai só de samba canção mesmo. Mas pequeno ele consegue passar pela portinha, onde entrou em uma floresta colorida, criaturas estranhas, árvores que pareciam as árvores de Namekusei em Dragon Ball Z, até as flores tinham rostos e falavam.

Rosa: Menina, você viu que a Petúnia falou?

Margarida: Não, menina, o que?

Rosa: Que a Tulipa agora ta dando pro Cravo, pode? E a vagabunda num tava dando pra Pinha a uma semana atrás?

Margarida: Ela deve ta é pagando bouquet! [pegou o trocadilho?]

Juh: Que lugar estranho, é tudo tão colorido, tão cheio de vida, tão... gay! Gostei =D

Coelho: Está tarde! Tenho que correr! *sai correndo*

Juh: Espera, Usagi-bofe! *corre atrás quando Han, vestida de Dormidonga (a ratinha branca do filme) entra na frente*

Han: O idiota do Coelho branco trouxe o Juh errado! Mas vamos o que o Absolem tem à dizer u.u

Juh: Quem é Absolem?

Han: Vai ficar me fazendo perguntas? Isso aqui é um questionário? É um jogo de perguntas e respostas? Por que eu não to a fim de jogar hoje! u.u

Juh: Xiii... TPM -.-

Han: O QUE??!

Juh: Nada! Vamos ver o tal Absolem...

Dormidonga leva Juh até Absolem, era Iago vestido de lagarta azul, fumando um narguile, em cima de uma planta enorme e vermelha.

Iago: *da uma tragada* Quem... és... tu? *soltando a fumaça em Juh*

Juh: Cohf! Cohf! Eu me chamo... Juh... cof >.<

Iago:...

Juh: Absolem?

Iago: *viajando* Eu sei quem eu sou... perguntei quem és tu...

Han: Ele perguntou quem é você! Vai ignorar Absolem-sama!?

Iago: Quem é Absolem? @_@

Juh: Ele é só um maconheiro vestindo uma roupa ridícula!

Iago: Você não pode falar nada que você ta só samba canção... Por falar nisso... ele é sim o verdadeiro Juh... O Juh que na verdade não é o Juh, mas sendo o Juh ele pode ser o verdadeiro Juh sendo o falso Juh... Sendo assim o Juh... Corinthians ganhou? @_@

Juh: Ein??? O.o

Han: Você ta duvidando de Absolem-sama?! Absolem é absoluto! Entendeu? Absolem... Absoluto... Absol...

Juh: Você também ta drogada? O.o

Capitão Nascimento: *chegando do nada* Meliantezinhos de merda filhos da puta! Peguei os dois fumando maconha aqui em pleno País das Maravilhas! *enfia um tapa em Iago* O senhor acha justo que em um país como o das Maravilhas vocês podem sair fumando maconha por aí, porra?! *senta a porrada em Han e Iago enquanto Juh foge*

Juh continuava correndo quando a floresta vai ficando mais escura, ele ouve uma voz.

???: Eu sei o que você está procurando...

Juh: Quem ta aí? Sabe onde posso encontrar o Usagi-bofe?

???: *só os olhos e o sorriso aparecem na frente de Juh* Eu posso te levar lá se quiser =)

Juh: Você é engraçado, tem uma camuflagem perfeita XD

Esse ser aparece como uma fumaça no galho de uma árvore, era só o Kyo vestido de Gato de Cheshire.

Kyo: Me chamo Cheshire... Admito que não fui com sua cara porque você não tem elegância ao andar por aí de samba canção... mas pelo menos... *pausa dramática*

Juh: O que foi? Vai me dizer que fumou um narguile com o Absolem também?

Kyo: Não... é que eu estava vendo meu reflexo naquele lago e... cara como eu sou gato! *abre um sorriso de orelha a orelha*

Juh: Você parece bem feliz hoje ein, Neko-bofe.

Kyo: É que eu acabei de tomar meu anti-depressivo... E como eu poderia não sorrir sendo tão gato como sou? UwU *some e aparece atrás de Juh*

Juh: Como você fez esse efeito? *0*

Kyo: É shunpo... usam muito isso em Bleach. Agora você vai em direção até a floresta e...

Juh: O que foi?

Kyo: Eu tava vendo meu reflexo nos seu olho... Eu sou lindo de mais! Como pode isso?! *abre outro sorriso* Deus caprichou quando me fez, eu devo ser o cara mais lindo desse planeta...

Juh: *abandona Kyo que fica falando sozinho* Esse gato... se eu pego ele por trás ele vai abrir um sorriso maior que esse -.-

Juh abandona Kyo e segue seu caminho, até que ele chega em um lugar no meio da floresta bem espaçoso, onde estava uma mesa com xícaras, cadeiras em volta da mesa, e nessas cadeiras estavam Wagner vestido de Chapeleiro Maluco, Nekiba vestido de Lebre de Março, e Han/Dormidonga toda engessada, olho roxo, em uma cadeira de rodas.

Wagner/Nekiba: *dormindo em cima da mesa*

Han: *com o pescoço e os braços engessados, tentando ao máximo tomar um chá, mas nem conseguia se mexer*

Juh: Er...

Wagner: *acorda com tudo* ELE CHEGOU!!

Nekiba: Quem?! Quem chegou?! *pausa dramática* Chá!!! *0*

Wagner: *andando por cima da mesa até Juh* Por favor, Juh, pega uma cadeira, senta aí no chão e tome um chá. Eu me chamo Wagner, o Chapeleiro, aquele é a Lebre de Março e aquela é Dormidonga... Ah, e eu sou o Chapeleiro, me chamo Lebre de Dormidonga...

Juh: Ai meu Deus, outro maconheiro -.-

Nekiba: HAHAHAHAHAHA... Maconheiro... maconha... é engraçado porque tem “ma” e tem “conha” HAHAHAHAHA XD

Han: Cala a boca! Me dá chá logo!

Nekiba: *joga chá na cara dela*

Han: KYAAAAAAAAAAHHHH!!! Ta quente! Eu vou te matar!! *se debatendo na cadeira enquanto Nekiba ria igual uma hiena*

Wagner: Não ligue pra eles, eles são loucos ^^’

Juh: Todos vocês são!

Wagner: Eu? Louco? O que te faz pensar isso? *tomando chá pelo canudinho pelo nariz* Lebre de Março! Dê chá para o nosso convidado.

Nekiba: *joga chá na cara de Juh*

Wagner: Idiota! Você fez errado! *joga açúcar na cara de Juh* Esqueceu do açúcar! u.u

Juh: Chega!! Nenhum de vocês sabe onde eu posso encontrar um bofe vestido de coelho?

Wagner: Ah, o coelho branco! Ele quer saber onde ta o coelho branco! Hahahahaha!

Nekiba: HAHAHAHAHA... Ele quer saber onde encontrar o coelho branco XD *cai no sono* RRRROOOONNNCCC =¬=

Han: Só porque ele é coelho branco você ta indo atrás dele?! Se ele fosse coelho preto você iria deixar? Você é racista!!??

Wagner: O Coelho Branco está indo para o castelo de copas, mas tome cuidado, a Rainha de Copas vive lá, e se você entrar lá sem permissão, e ainda de samba canção, ela vai cortar a sua cabeça!

Juh: Ai que horror! O.O

Nisso, o Exército de Copas, um monte de caras ridículos vestidos de cartas de baralho vêm chegando até o Chapeleiro.

Wagner: Eles estão chegando! Rápido, Lebre de Março! Esconde o Juh em qualquer lugar!

Nekiba: Ok! *tenta enfiar Juh dentro de uma xícara de chá*

Juh: AI PARAAAAAAAA!! LEBRE-BOFEEEEEEEEEE!!

Han: Aí não idiota! Num lugar grande!

Nekiba: *cava um buraco e joga Han e Juh lá dentro*

Han: Por que eu???

O Exército de Copas pára bem na frente do Chapeleiro e da Lebre, os dois abrem um sorrisão sínico em frente à um cara vestido de baralho, ele era bem alto, intimidava, quando o grandão sai da frente e atrás dele estava Akane, vestida de carta de baralho.

Nekiba: Ngaaaaaaahahahahahahahaha!!! Que ridículo! XD

Wagner: *desce um crock na cabeça dele*

Akane: *envergonhada, escondendo o rosto com o escudo* Er... R-recebemos uma denúncia anônima de que vocês estariam... mantendo Juh Mai em cárcere privado -///-

Han: *de dentro do buraco* NÃO É O JUH CERTO!!

Akane: O que foi isso?

Nekiba: É que... eu peidei... perdão u.u

Akane: Não pareceu um peido pra mim.

Wagner: É que o cú dele fala!

Nekiba: Se ele fala? Ele canta! =D

Akane: V-Venham comigo! >///<

Os soldados colocam as lanças na frente do pescoço dos dois e levam eles até o castelo de copas.

Juh: Oh não! Vão cortar a cabeça deles! Temos que ajudar eles!

Han: Você só que ir pro castelo pra pegar o Coelho Branco u.u

Juh: M-mentira! Quero salvar meus amigos u.u

Kyo: *aparece do nada* Eu posso te levar lá *sorriso de orelha a orelha*

Juh: Gato =D

Han: Cheshire!

Kyo: Você vai matar dois coelhos com uma cajadada =D

Juh: O que?! O.O

Kyo: Não... Acho que não foi bom pra falar isso agora -.-

Então, Juh, Kyo e Han seguem em direção ao Castelo de Copas, onde Wagner e Nekiba teriam suas cabeças cortadas. A Rainha de Copas era ninguém mais ninguém menos que Asuka, vestindo coroa, manto, e sentada no trono da Rainha.

Asuka: O que têm a dizer em suas defesas?

Wagner: Eu adoraria fazer um chapéu para a senhora porque me disseram que você tinha a cabeça grande, mas me parece que seus peitos são bem grandes, adoraria fazer um sutiã pra você, eu poderia virar um “sutiãzeiro” ao invés de chapeleiro, se eu pudesse eu mesmo testava em você...

Asuka: *olhar demoníaco*CORTEM-LHES AS CABEÇAS!!

Nekiba: Vão circuncidar a gente!!! Mas eu nem sou judeu!

Asuka: Não seria má idéia...

Akane: Blergh! >.<

Juh/Han/Kyo/Iago/Coelho Branco: *entrando com tudo (ui!)* Não se pudermos impedir!!!

Asuka: Quem são vocês??!! Cortem-lhes as cabeças!!

???: ASUKA!!

Asuka: Pai! *0*

Juh: Pai?

Wagner: O Rei supremo!!! *0*

Chuck Norris: Asuka, ta de castigo por tentar circuncidar eles u.u

Asuka: M-Mas...

Chuck Norris: Nada de “mas”! Vai já pro seu quarto ou vai sofrer o castigo! Iago, tira essa fantasia e guarda meu narguile!

Iago: Is this real life? @_@

Assim, Asuka e Iago ficaram de castigo, Juh e o Coelho Branco fizeram safadezas, e o resto continua sendo o resto... A pesar de que Juh tomou uma bronca por perder o vestido de Taty...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 11: Tsuki Onji   Sab Abr 30, 2011 10:35 am

Capítulo 11: Onji Tsuki!

No quarto de Asuka, com a luz apagada, uma cabana e uma lanterna no rosto, a Bad Girl estava junto com Iago, Akane, Juh, Nekiba, Wagner, Han e Kyo dentro daquela cabana.

Asuka: E então... O homem velho andava pela casa de um lado para o outro, fazendo “toc”... “toc”... “toc”...

Akane: *morrendo de medo no colo do Juh* T_T

Juh/Han: *prestando mega atenção* O.O

Nekiba: *dormindo* =¬=

Iago/Wagner: *cara de sem graça* ¬¬

Kyo: *se olhando no espelho* Hey, bonitão ¬w¬

Asuka: Aff... gente, vocês tem que prestar atenção na história se quiserem saber o que vai acontecer com o fantasma do Toba Sujo! Só a Han e o Juh estão prestando atenção!

Iago: Essa história é um lixo! Não tem nexo nenhum!

Wagner: Fora que ta muito na cara que é mentira, devia ser mais realista.

Asuka: Mas é verdade! Tudo nessa história aconteceu de verdade! O fantasma aterroriza aqueles que estiverem com o toba sujo e ele limpa seu toba com uma mangueira de bombeiro...

Kyo: Deixa disso Asuka... *segura a mão dela apagando a lanterna* Se ficássemos só eu e você no escuro, eu poderia te contar uma história, e você podia colocar as cabeça no meu ombro se ficasse com medo...

Asuka: Tem tanta coisa errada no que você disse que eu nem sei por onde começar ¬¬

Akane: A-A-A-Asuka...-sa-sama... P-pára de contar essa história T_T

Juh: Se é tão ruim assim porque não liga pra sua prima, danna?

Asuka: Verdade! A Tsuki tem histórias cabulosas, um tabuleiro de Ouija, faz a brincadeira do copo, do compasso, lê mãos, consegue enfiar um feijão no nariz... essa ultima não tem nada de sobrenatural, mas é um talento perigoso, concordem.

Akane: Ela mete mais medo que você, Asuka-sama??!

Iago: Não, a Asuka “mete” mais! XD

Asuka: Eu entendi essa piada sem graça Iago ¬¬

Han: Bom, então liga pra essa mina então! Mas espera, se ela é sua prima então ela é tão forte quanto você, Asuka-senpai?

Asuka: Na verdade a Tsuki tem o lado sobrenatural da família, quando os Norris e os Ryouma fizeram uma aliança com os Onji que eram especialistas em coisas macabras.

Juh: *ligando pra ela* Yoooo Tsuki-chan! A gente ta precisando de um pouco de bizarrices nessa noite, será que você não poderia... er... alô? Tsuki-chan? Você ta aí?

*campainha*

Iago abre a porta e lá estava Tsuki Onji, uma garota loira, com cabelos cacheados, olhos verdes, um vestido de gothic lolita, de aparência ela era mais parecida com Iago.

Iago: Nass! Isso foi rápido! Pode entrar, Tsu-

Tsuki: Espera! Estou sentindo... uma vibração negativa! Essa casa está infestada de espíritos demoníacos... o cheiro é forte...

Iago: Na verdade foi a feijoada que eu comi no almoço, não passou até agora. Mas entra aí, vamos lá pro quarto.

Tsuki se acomoda no quarto dentro da cabana que ia ficando apertada com aquele vestido da loira.

Kyo: Minha nossa! *chega mais perto* Se você ler meu futuro... verá que ele é devotado à você...

Tsuki: *pega a mão de Kyo e começa a ler* Oh My Kira! Ai... Nossa!... Que dor!... Seu futuro está repleto de dor e sofrimento...

Kyo: *tira a mão com tudo e pula no colo de Wagner* P-P-Pelo amo de Deus... diga que eu vou manter minha aparência! T_T

Asuka: Então, Tsuki, o que você vai fazer pra botar medo na gente, traumatizar, e deixar a gente com insônia e perturbados pelo resto de nossas vidas?

Tsuki: Você exagerou, Asuka, mas primeiro eu vou ler algumas mãos... *pega a mão de Wagner* Você vai se encontrar com uma pessoa que você não via faz tempo, ela vai perder o emprego aqui, e vai passar a morar com você, te infernizando, sendo chato pra cacete...

Wagner: Na verdade isso já me aconteceu ¬¬ *encara Kyo*

Tsuki: Ok, agora eu vou ler a sua mão *aponta pra Nekiba*

Nekiba: *estende a mão* Ok, vai em frente ^_^

Tsuki: *nem olha pra mão de Nekiba* Você não vai namorar ninguém, nunca! Nenhuma garota vai querer você, nem se você virar gay, nenhum homem vai te querer... Vai morrer virgem e sozinho...

Nekiba: Como você pode prever isso se nem ta olhando pra minha mão?

Tsuki: Eu não preciso olhar sua mão, é só olhar pra sua cara...

Nekiba: *cantinho da depressão* T_T

Iago: Yosh! Leia a minha mão! *coloca a mão na frente de Tsuki* Fala aí, ta vendo meu futuro? To comendo várias minas né? Quantas minas eu já comi?

Tsuki: Bom... Você está fazendo sexo com várias mulheres...

Iago: Isso! =D

Tsuki: Só que... algumas delas você só ACHA que são mulheres... se é que você me entende...

Iago: *cantinho da depressão junto com Nekiba* Travecos... T_T

Asuka: Bem... acho que ler a mão não está dando certo. Vamos pular pra parte de comunicar com os espíritos! =D

Tsuki: Você conhece mesmo a minha, ou melhor, a nossa parte favorita ein, Asuka. OK! *prepara umas velas, uma mesa, e todos sentam em círculo* Espíritos, por favor, se comuniquem...

*silêncio total*

Tsuki: Comuniquem-se como preferirem, cochichando, batendo as coisas, quebrando os vidros...

???: TSUUUUKKIIIIIIIIIIIII!!!!!

Todos menos Tsuki: AAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!

Chuck Norris: TSUUKIIII!!! Se os espíritos quebrarem mesmo as coisas eu vou considerar você como culpada!!

Tsuki: Espíritos, por favor, não quebrem nada! Minha vida depende disso!

Akane: Nossa... Juh-chan, ta sentindo um calafrio? Eu... Não estou me sentindo bem... eu... *desmaia*

Asuka: Akane!

Juh: Akane-chan!?

Tsuki: Não façam nada! Ela acabou de ser possuída por algum espírito! Vamos esperar o espírito se manifestar.

Todos menos Tsuki e Akane: *cagando nas calças de medo*

Akane: *se levanta e diz com uma voz distorcida* Ah... Demorou mas eu cheguei... Me chamo Mori... *olha para os peitos de Asuka* Uau! Parece que eu caí no lugar certo! *agarra Asuka*

Asuka: Ahh!! Sai seu espírito pervertido!

Akane/Mori: Espera! Eu também tenho peitinhos... ah, mas são pequenos... *começa a acariciar os próprios peitos*

Iago/Wagner/Kyo/Nekiba: AEEEEE *¬*

Asuka/Juh/Han: *cobrem Akane* O.O

Tsuki: Falhamos... trouxemos um espírito completamente inútil, por favor, Mori-san, o que aconteceu com você?

Akane/Mori: Eu... estava com uma amiga colorida, na cama do marido dela, e então o marido dela apareceu, eu lembro que ele me empurrou da sacada e eu morri pelado!

Juh: Nunca imaginaria isso saindo da boca da minha pura e virgem prima! T_T

Han: N-nossa... que frio de repente... Oooohhh!! *desmaia e acorda possuída* Uh? O que? Onde eu estou?

Tsuki: Tudo bem, você deve ter morrido de alguma forma... Se lembra como?

Han: Só o que me lembro é... de pegar a minha mulher na cama com o amante... Eu joguei o amante da sacada, alguém chegou por trás de mim e me empurrou e eu morri logo em seguida.
Akane/Mori: *olhando pra cima e assoviando* ^^’’

Han: *olha pra Akane* Mori...? Era você?!

Akane/Mori: Tedd! O-olha... eu posso explicar cara!

Han/Tedd: Seu filho da puta! E eu achava que você era meu melhor amigo!

Wagner: Putz... Também to sentindo um calafrio... Me parece que... *desmaia também e já levanta possuído* Tedd! Mori! O que vocês...?

Akane/Mori: Maya-chan!

Han/Tedd: Sua vagabunda! *da um tapa em Wagner/Maya* Eu te dei amor, carinho, confiança, e é assim que você retribui!

Asuka: HAHSUAHSUAHSUASHUA! Essa cena ta sendo hilária! XD

Wagner/Maya: A culpa é sua! Quem manda brochar toda vez que a gente vai transar?!

Todos – os possuídos: HUSAHSUAHSUASHAUSHAUSHUAHA!

Akane/Mori: Desista, Tedd! Agora ela esta comigo... Mesmo que estejamos mortos... *passando a mão nos próprios peitos* Olha! Eu tenho peitos! São pequenos, mas fazer o que?

Han/Tedd: *idem* Eu também! E esses são bem mais macios que os seus, Maya!

Wagner/Maya: Cadê os meus peitos?! *passando a mão* Uuhh... nenhum de vocês dois tinha um peitoral assim!

Han/Tedd: Olha só quem fala, é a teta no joelho!

Akane/Mori: Porra! Teta no joelho foi foda! Huhauahuahuahau! XD

Tsuki: *estala os dedos*

Wagner, Akane e Han começam a se contorcer e caem no chão desacordados, os espíritos saem deles para eles acordarem de novo.

Wagner: Uh? O que aconteceu? Por que eu to me sentindo meio... sensível?

Akane: E por que eu to sentindo um gosto de cerveja na boca? Eu nem bebo!

Han: Argh... to sentindo chifres saindo da minha cabeça...

Tsuki: Chega de babaquice! *pega o Tabuleiro Ouija* Agora chegou a parte mais perigosa... a comunicação com demônios!

Nekiba: *olha no braço fingindo que ta com relógio* Ih! Olha a hora! Hora de ficar doente, eu to indo, Asuka, beijos, tchau!

Asuka: Ta bom, pode ir senpai, pode ir pelas ruas escuras... sozinho... a mercê da sua própria segurança depois de ter brincado com espíritos...

Nekiba: Pensando melhor, eu tomei meu remédio, to melhor ^_^

Tsuki coloca o tabuleiro no chão junto com o cursor em cima, todos sentam em uma roda, fazem uma oração, e começam a “brincadeira”. (eu não sei se é assim que se usa um tabuleiro de Ouija... e também não estou nem um pouco a fim de saber ‘-‘)

Tsuki: Você é um espírito bom ou um espírito mal?

Cursor: *se move pra qualquer que seja o lugar que diga que ele é bom*

Tsuki: Vai, perguntem qualquer coisa para o espírito.

Kyo: Você me acha muito lindo?

Tsuki: Não pergunte esse tipo de coisa!

Cursor: *se move para qualquer que seja o lugar que diga que não*

Kyo: Mentiroso! Esse espírito está com inveja da minha beleza u.u

Cursor: *se move dizendo que o Kyo é viado*

Juh: Acho que esse espírito ta confundindo ele comigo, hehe XD

Asuka: Espírito-san, qual é o seu nome?

Cursor: *se move dizendo para Asuka ficar de quatro*

Asuka: Outro pervertido!

Tsuki: O que você quer conosco?

Cursor: *se move dizendo para a loirinha safada ficar de quatro*

Tsuki: O que? Que indecente! Pode ir embora por favor?

Cursor: *começa a se mover rapidamente pra cima e pra baixo*

Han: Ih, o espírito está se masturbando!

Cursor: *se move dizendo que quer limpar o cú da Akane, do Nekiba e do Juh com uma mangueira de bombeiro*

Asuka: Há! Não disse? É o fantasma do Toba Sujo! Ele vai limpar o cú de vocês que cagaram nas calças de medo!

Cursor: *“Você também, peituda gostosa!”*

Han: Eu também... acho que melei um pouquinho minha cueca u.u’

Kyo: E-Eu tenho que ir ao banheiro u.u’... W-Wagner... vai comigo? *^*

Wagner: O que? Por que? Ta com medo de ir sozinho?

Cursor: *“Eu te acompanho! Adoraria limpar esse seu tobinha branco”*

Kyo: Que isso? E-Eu não cago nunca! Isso é nojento!

Tsuki: Calem a boca! O espírito parece que está ficando assustado!


Cursor: *“Fudeu! É Chuck Norris!!!”*

Tsuki: O espírito foi embora!

Chuck Norris entra no quarto, acende a luz, desfaz a cabana, quebra o tabuleiro (atenção: A regra diz que você não pode quebrar o tabuleiro ou o espírito pode te assombrar, mas Chuck Norris pode, nenhum espírito é louco de assombrá-lo) e ainda desce um croque na cabeça de Asuka e Tsuki.

Chuck Norris: A brincadeira acabou! Eu já não gosto de vocês vivos entrando na minha casa quanto mais gente morta!

Asuka: Mas Pai! É o Toba Sujo, ele ia enfiar a mangueira no cú da Akane, do Nekiba-senpai e do Juh, você ia perder essa!?

Chuck Norris: Eu pagaria para NÃO ver isso! Agora, todos os que não moram aqui, limpes os cús e vão pra casa.

Nekiba: A-Asuka-chan... Deixa eu dormir aqui hoje? T_T

Han: Eu também tava com preguiça de ir pra casa então...

Wagner: Não é justo só o Nekiba dormir na casa da Asuka-chan, eu também vou dormir aqui!

Kyo: Se o Wagner pode eu também posso, afinal, eu não posso dormir na casa dele já que ele não vai estar lá não é?

Tsuki: *arruma suas coisas e sai cabisbaixa* Vocês são frouxos... Me decepcionei... Asuka, só me chame quando tiver mais preparada u.u

Tsuki se prepara para sair quando trava em frente a porta, ela se vira, tremendo.

Tsuki: Asuka... Eu... também quero dormir aqui... posso?

Asuka: Você ta com medo também!!

É legal quando todo mundo dorme junto como uma família... a única diferença é que tava todo mundo cagado...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 12: Agência de Mistérios do Juh   Sab Abr 30, 2011 10:42 am

Capítulo 12: Agência de Mistérios do Juh


São 12:00, horário de almoço na mansão Norris, os moradores, Chuck Norris, Asuka, Iago, Akane e Juh almoçavam gostoso, quando o telefone toca. Mas não o telefone comum, é o telefone da... AGÊNCIA DE MISTÉRIOS DO JUUUUUHHH!!!

Juh sai da mesa e pega o telefone com tudo. Era aquele telefone das meninas superpoderosas que é um rostinho feliz com um nariz vermelho que pisca.

Juh: Alô!

Pessoa do outro lado da linha *voz feminina*: Por favor, preciso que vocês venham na minha casa imediatamente! Tem coisas estranhas acontecendo aqui!

Juh: *desliga o telefone com tudo* Gente! Chamem o Nekiba, a Han, a Tsuki o Wagner e o Kyo! Temos um trabalho em uma casa!

Asuka: Onde é casa?

Juh: Argh! Desliguei antes de perguntar! >.<

Telefone toca de novo e Juh atende. Dessa vez eles já tem todas as informações que precisam e vão até a casa.

(musiquinha de abertura da agência de mistérios do Juh [não precisa ver inteiro, não perca seu tempo]):
Spoiler:
 

Já estavam Juh, Asuka, Akane, Iago, Han, Wagner, Kyo, Nekiba e Tsuki [nossa! Nove nego!] na casa da senhora que ligou, era praticamente um castelo, a casa era tão grande quanto a mansão Norris, mas era escura, sombria, fria, e com uma atmosfera assustadora. Tsuki estava se sentindo em casa, Nekiba, Kyo e Akane estavam se cagando de medo, o resto não estava ligando muito. Elizabeth era uma senhora de aproximadamente 45 anos, e do lado dela estava seu marido também de 45 anos.

Juh: Então, senhora Elizabeth, pode contar pra gente com mais detalhes o que tem passado aqui na sua casa?

Elizabeth: Sim, ultimamente nosso cachorro tem estado muito nervoso, ele fica latindo na porta daquele quarto. *aponta pra uma porta que estava fechada* Aquele quarto está fechado desde que chegamos aqui, está trancado por dentro, e lá de dentro a gente ouve uns barulhos estranhos.

Kimura (o marido da Elizabeth): Mas nós nunca nos arriscamos a entrar lá, nosso filho entrou lá uma vez e desde então nunca foi o mesmo.

Asuka: Podemos ver como ele está?

Kimura: Sim, claro.

Enquanto eles subiam as escadas, Nekiba sente um cheiro.

Han: Que foi Nekiba?

Nekiba: To sentindo um cheiro vindo daquele quarto... Um cheiro que eu nunca senti antes.

Kyo: Um cheiro que você nunca sentiu antes? Deve ser cheiro de sexo então, seu virgem XD

Nekiba: ù.u

Tsuki: Eu sentiria se fosse alguma presença espiritual... Mas não sinto nada... estranho...

Assim todos os nove (tem muita gente, alguém precisa morrer!) mais Elizabeth e Kimura chegam no quarto do garoto, que tinha por volta de 19 anos, o garoto estava com os olhos arregalados e com um sorriso de orelha a orelha, estava de pé em frente a janela.

Juh: Ele é bem gatinho *-*

Elizabeth: Desde que o Keita saiu daquele quarto ele tem estado assim, duro, como um robô, ele nem senta mais, não dorme, e às vezes de madrugada ele some e só volta na tarde do dia seguinte.

Keita: =DDDD

Iago: Posso falar com ele?

Wagner: Enquanto isso eu vou procurar na vizinhança se eles ouviram ou viram alguma coisa estranha.

Han: Eu vou com você.

Kyo: Eu te ajudo.

Kyo, Wagner e Han saem da casa, o resto fica lá dentro.

Iago: Hey, Keita... Ta me ouvindo?

O garoto não respondia, só ficava olhando pra janela com o mesmo sorriso de orelha a orelha.

Juh: Vamos deixar o Iago sozinho com ele, quem sabe ele tira alguma informação. *sai do quarto com todos e só Iago e Keita ficam no quarto*

Iago: Devia ter alguma coisa bem interessante naquele quarto, pra você estar sorrindo assim...

Na hora em que Iago fala isso Keita vira a cara com tudo olhando pra Iago com aquele sorriso. Ele realmente parecia um robô.

Keita: O quarto... Você precisa... entrar naquele quarto... O glorioso quarto... =DDDD

Iago: WTF!!

----------



Han: Nossa, até a vizinhança é assustadora.

Kyo: Não tem nada de bonito aqui. ù.u

Wagner: Tem um senhor ali, vamos perguntar pra ele. Hey, senhor.

Senhor: Sim?

Wagner: Será que o senhor não viu alguma coisa de estranho acontecendo por aqui?

Han: Viu alguma mutilação?

Kyo: Viu algum demônio?

Senhor: Não... eu não me lembro de ter visto nada disso, por que perguntam?

Wagner: Porque tem alguma coisa estranha acontecendo naquela casa, sabe se tem alguma coisa estranha lá?

Na hora em que Wagner diz isso os olhos do senhor arregalam, ele abre o mesmo sorriso que Keita.

Senhor: O... quarto?

Wagner, Han e Kyo ainda tentaram tirar mais alguma informação do velho, mas ninguém conseguiu.

---------------


Todos os nove se reúnem de novo e Iago e Wagner contam o que aconteceu com eles.

Juh: Hmmm... Isso é tudo muito estranho... Aquele quarto deve ter algum tipo de lavagem cerebral, mas ainda não temos muita informação.

Asuka: Por que a gente não entra no quarto e pronto?

Akane: Não sabemos com o que a gente ta mexendo, Asuka.

Asuka: Seja o que estiver lá dentro é só entrar e sentar a porrada, certo?

Tsuki: E se for uma espécie de espírito maligno que você não pode ver ou ouvir?

Juh: A Tsuki-chan tá certa, danna, a gente não pode se precipitar, mas pelo que eu entendi as pessoas que entraram começaram a idolatrar o quarto, por isso que esse trabalho é perfeito pra você Han!

Han: Pra mim?

--------------



Iago: É exatamente assim que eu vi... incrível!

Wagner: Foi assim mesmo que o velho ficou.

Han estava com um sorriso de orelha a orelha com os olhos arregalados e parecia um robô.

Juh: Isso mesmo, Han! Com a sua atuação perfeita a gente vai conseguir tirar alguma informação! Aqui ta um fone de ouvido que você esconde com o cabelo pra gente se comunicar com você, e a gente vai te assistir lá de dentro da casa, ok? E tem um microfone em baixo da sua camiseta pra gente ouvir o que você ou outra pessoa fala, vai lá Han-chan!

Já eram 3:30 da manhã. Han sai da casa e vai até onde o velho ainda estava parado com o sorriso de orelha a orelha. Antes que Han perguntasse alguma coisa o velho já solta as informações, a atuação de Han convenceu o velho na hora.

Velho: O quarto... agora que começa! O ritual! A glória e a felicidade!! =D

Han: O... quarto...?

Mais um monte de pessoas que mais pareciam uns zumbis começam a cercar Han e repetiam “o quarto...” o tempo inteiro, algumas dessas pessoas agarram Han e ela já estava quase saindo do personagem pra arrebentar aqueles abusados.

Juh: Não Han! Deixa eles te levarem pra onde eles querem!

Han: Nem fodendo! Eu vou arrebentar todos eles!

Asuka: Ela tem razão Juh! E se alguma coisa acontecer com ela?

Han: Asuka-senpai... Ta preocupada comigo? O///O

Asuka: Eh? Por que corou? O.o

Tsuki: Na verdade o Juh está certo. Eles podem mostrar muita coisa importante pra ela, se alguma coisa acontecer a Asuka e o Iago estão aqui.

A população zumbi carregou Han até a casa e arrastaram ela até o quarto.

Wagner: Agora chega! A gente precisa salvar ela!

Juh: Ela sabe se virar sozinha com um bando de idiotas.

Kyo: Você não sabe, e se tiver algum demônio extremamente forte lá dentro?

Tsuki: Não tem! Eu já disse que não sinto nenhuma presença!

Akane: Pode ser que ele tem o poder de esconder a presença.

Nekiba: E eu ainda to sentindo aquele cheiro estranho!

Iago: Não olha pra mim u///u

Asuka: Bom, pelo menos a gente vai descobrir o que tem naquele quarto

Han: *falando pelo microfone* Gente... gente...

Juh: É a Han! Han-chan, ta tudo bem aí? O que você ta vendo?

Han: Ta tudo escuro... Por enquanto ta muito silencioso, e eu não to gostando diss- *a voz de Han é abafada por estrondos e ruídos e alguns grunhidos*

Iago: Que isso?!

Wagner: Argh! Que som horrível! >.<

Akane: Isso é perturbador! >.<

Juh: Ahá! Então era isso! Danna... Danna?

Asuka já não estava mais lá, já estava correndo em direção ao quarto para salvar Han, o resto do pessoal segue ela. Asuka arromba a porta com um chute, mas uma força sobrenatural empurra a porta de volta mas mesmo assim Asuka entra no quarto. O som agora dava pra se ouvir na vizinhança inteira, o cheiro que saía dali era podre, muitas luzes de várias cores podiam ser vistas do lado de fora.

Asuka: Que porra... é essa? =~=

Dentro do quarto estava rolando uma suruba imensa, todo mundo comia todo mundo, a dança era erótica e a música era estrondosa. Han estava pendurada no lustre de esquivando de um bando de pervertidos. Keita, velho, e aqueles outros zumbis estavam na festa.

Juh: Hm... Como eu suspeitava...

Asuka: Como você suspeitava?

Juh: Estava ficando cada vez mais óbvio. Começou quando o Nekiba disse que sentiu um cheiro estranho que nunca tinha sentido antes e o Kyo clareou as minhas idéias, o faro do Nekiba é muito apurado, o único cheiro que ele não conhecia é de sexo já que ele é virgem.

Nekiba: Por que não põe num alto falante e sai espalhando pra vizinhança inteira!? u.ú

Juh: A Tsuki disse que não sentiu nada espiritual, então só podia ser coisas carnais mesmo. Depois que vimos Keita, sabia que tinha acontecido alguma coisa boa. 1°: Ele estava muito sorridente, o único prazer que te deixa feliz daquele jeito por um dia inteiro é o sexo. 2°: Ele não sentava mais, sinal de que comeram ele e doía pra sentar. 3°: Ele estava parado em frente a janela porque ele estava sempre de pau duro e ele escondia em frente a parede.

Keita: *se esfregando no meio de uma suruba master*

Wagner: Mas e o velho? ele não ficou de pau duro quando falamos.

Juh: Justamente por ele ser velho que ele não ficou de pau duro.

Velho: *tomando viagra e dançando com gêmeas bissexuais*

Juh: E por ultimo, o que confirmou minha teoria foi o som que nós ouvimos.

Akane: Esse som de agora?

Juh: Exatamente. Esse som se chama “funk carioca”, é um estilo de música brasileira onde as pessoas ouvem enquanto transam com todos ao mesmo tempo em uma suruba gigante.

Kyo: Então vamos avisar Elizabeth e Kimura.

Juh: Não precisa. Sigam-me os bons! Han. Você sabe o que fazer né?

Han: Claro! *prende o DJ da festa com suas cordinhas*

DJ: O que? Pra que isso?

Juh: O DJ, ou melhor, o dono da festa era na verdade... *tira a máscara e era na verdade Elizabeth* A Senhora Elizabeth!

Todos menos Han e Juh: ELIZABETH!

Juh: Ela queria nos arrastar aqui para que fôssemos arrastados pra essa suruba. Pensa bem, Asuka, Iago, Kyo, Han... tem muita gente bonita aqui e ela queria transar com todos nós.

Kyo: Até com o Nekiba?

Juh: Kyo-bofe, em uma festa onde tem funk pessoas transariam com ele, em uma festa onde tem funk pessoas transam com bonito, feio, velho, jovem, criança, cachorro, papagaio, girafa, cabrita, cavalo, anão, obeso, defunto, caixa de correio, colméia de abelha, garrafa de uísque, tudo!!

Elizabeth: E eu teria conseguido se não fossem essas crianças enxeridas e esse cachorro estúpido! *aponta pra Nekiba*

Nekiba: Scooby-dooby-Dooooo! =D

*cenário igual o fim de meninas superpoderosas*
“E mais uma vez o dia foi salvo! Graças a Agência de Mistérios do Juh!”
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 13: O Demônio da Espada e a Comandante! Thaysa VS Aya!   Sab Abr 30, 2011 12:15 pm

Capítulo 13: O demônio da espada e a Comandante! Thaysa VS Aya!

Presídio da cidade de Phallus, 10 de Agosto de um ano qualquer... Uma prisão fundada por Capitão Nascimento à mais de 300 anos, que já foi chamada de inferno por manter os presos mais perigosos do país, é praticamente impossível escapar daquela prisão... Uma vez um pobre infeliz tentou fugir, mas foi caçado pelo Capitão, seu destino foi a morte...
Não tem leis dentro da prisão, os próprios presos mais perigosos impõem as leis; E no meio desse inferno, Thaysa Maximo, a comandante da força policial dessa prisão, comanda policiais fortes e preparados o suficiente, por isso ela só persegue os bandidos por conta própria quando é realmente necessário... ela nunca falhou.

Dentro do escritório da comandante, uma sala grande, com uma escrivaninha bem arrumada, um uma arma em cima, do lado uma bíblia e uma foto da comandante com uma outra garota loira, na parede um quadro de Jesus Cristo, e perto da foto um telefone.
A Comandante, muito diferente da visão de Asuka e Iago que tinham dela, era uma garota negra, baixinha, cabelos pretos e lisos, aparência de uns 16 anos, vestindo um colete preto com uma regata listrada por baixo com decote, uma calça branca com o distintivo de comandante da polícia em volta do pescoço, chupando um pirulito, ela conversava com um de seus subordinados, o vice-comandante da força policial, Naegino Ike.

Thaysa: Kin-chan, o que você acha desse presídio?

Ike: Meu nome é Ike, Maximo-san. E o que eu acho é que nenhum preso aqui tem chances de melhorar de vida quando sair, sinceramente esse lugar está podre e o Capitão nem liga, alguns deles vão sair até piores. O presídio feminino é a mesma coisa, só Inathi Hani-shi parece melhor.

Thaysa: Uau, você não cala a boca ein, Ike-chan? Só te fiz uma pergunta. Bom, enfim, eu penso a mesma coisa desse lugar, sempre quando eu saio pra passear pelo presídio masculino alguém insiste em comprar briga comigo.

Ike: Esse seu hábito de querer passar pelo presídio para provocar os presos é perigoso.

Thaysa: Hahahaha, verdade né? Deixa eu falar, você disse que no presídio feminino só Hani-chan tinha chances de sair daqui mudada certo?

Ike: Bom, isso é bem óbvio, ela nunca deu problemas.

Thaysa: Nisso eu vou ter que discordar de você, não é só a Hani-chan, que tem chances de melhora, a parceira de cela dela também tem.

Ike: A nova presa, a Hirakawa? Bom, me falaram que ela teve bom comportamento no presídio de menores que ela ficou presa por três anos, mas não sabemos como ela vai ser agora que ela é de maior.

Thaysa: Você ta desinformado, Ike-chan... A Hirakawa fez 16 anos ano passado, ou seja, ela fará 17 esse ano... Ela já passou tempo o suficiente para eu observá-la, e ela é até calma.

Ike: Não sei não, Maximo-san... Nunca se deve subestimar essas presas!

Thaysa: I-chan... Seu besta... Quantas vezes eu vou ter que te dizer? Uma vez manso, sempre manso, uma vez selvagem, sempre selvagem... Uma vez Flamengo, sempre Flamengo, Flamengo até morrer...

Ike: A parte do Flamengo você nunca disse ¬¬

Thaysa: Eu sei, eu achei que cairia bem eu dizer isso agora. Mas é essa mesmo, a Aya-chan, ela está bem comportada desde que chegou aqui, será que o Capitão não libera ela?

Ike: Acho quase que impossível, considerando que a Aya matou muitas pessoas ainda muito nova.

Thaysa: É... pra ser chamada de demônio da espada, ela deve ser muito invocada quando pega numa espada... *desce da cadeira e se retira* Eu quero uma audiência particular com a Aya-chan, vou estar esperando.

Ike: Sim, senhora!

Thaysa esperava sentada em uma sala pequena, só com duas cadeiras e uma mesa, ela abre outro pirulito quando a presa Aya Hirakawa entra na sala algemada, Aya era uma garota asiática, alta, cabelos pretos com franjas cobrindo a testa inteira, cabelo muito liso estilo japonesa, seus olhos eram frios e sem emoção, de cabeça baixa ela senta em frente Thaysa.

Thaysa: Oiiii Aya-chan~~ ^^

Aya:...

Thaysa: *oferece um pirulito* Pirulito?

Aya: Detesto doces u.u

Thaysa: Você sabe por que está aqui, Aya-chan?

Aya: Pare de me chamar pelo nome, não te dei essa intimidade ¬¬

Thaysa: Você não respondeu minha pergunta...

Aya: Foi porque eu matei dezenas de pessoas com uma espada, e tentei resistir à prisão e feri um policial.

Thaysa: Exatamente... Hirakawa-san, e por que você fez isso?

Aya: Eu não sei...

Thaysa: Tem que ter um motivo, ninguém sai cortando a cabeça das pessoas por pura diversão à não ser que não esteja batendo bem da cabeça. Fale!

Aya: Acho que era para me defender, meus pais me abandonaram quando eu ainda era uma criança, e tem muita gente aproveitadora por aí... até que um dia alguém me deu uma espada, eu me sentia segura com aquela espada, quem tentava se aproveitar de mim eu simplesmente decepava a pessoa sem dó, nunca ninguém teve dó de mim, porque eu iria ter dó das outras pessoas... a espada me falava para matar as pessoas, eu podia ouvir a voz dela, eu meio que ficava fora de mim e não conseguia pensar em nada à não ser matar... acho melhor eu parar...

Thaysa: Realmente você não cala a boca, mas se a história é longa então continue...

Aya: Bem... Acho que foi só, eu matava para me sentir melhor, só isso... De resto eu não lembro muita coisa, só...

Thaysa: Só o que?

Aya: Nada... Só matava para me sentir melhor, já disse.

Thaysa: Isso não é motivo.

Aya: Eu sei... Teve uma hora que eu parei com isso, quando eu finalmente conheci alguém que se importava comigo... alguém que não ligava para o que eu passei, mas claro que eu não contei pra ela que eu era uma assassina, mas Nascimento estava atrás de mim então mais cedo ou mais tarde eu seria pega.

Thaysa: Ela? Era uma garota?

Aya: Aham... o nome dela era Asuka Ryouma...

Na hora Thaysa arregala os olhos e arranca o pirulito do cabo.

Thaysa: Hehe... Suspeitei desde o princípio! Você realmente conheceu a filha de Chuck Norris?

Aya: Você sabe quem ela é?

Thaysa: Claro que eu sei, eu não nasci ontem! Ela é quem traz a maioria dos presos até aqui, e a gente dá uma recompensa pra ela. E não é só aqui, ela e o primo já fez serviços ao redor do mundo.

Aya ficou sem saber o que falar, finalmente Thaysa pôde ver um pouco de emoção nos olhos da japonesa.

Aya: *levanta da cadeira e fica bem próxima de Thaysa* P-Por favor... Me leva até ela! Eu quero voltar para o tempo em que a gente brincava juntas! Para o tempo em que eu finalmente soube o que era ter uma amiga!

Thaysa: *dá um tapa na cara de Aya* Relaxa, porra!

Aya: O que você fez?!

Aya avança em Thaysa com tudo, mas a comandante domina ela facilmente e coloca uma das armas na cabeça de Aya. Como Aya estava algemada isso facilita para a comandante.

Thaysa: Você é uma criminosa perigosa... Ninguém vai ligar se eu te matar aqui e agora.

Aya: Tudo bem... pode me matar... Eu também não vou ligar, nunca liguei mesmo...

Thaysa: * tira a arma da cabeça dela e solta a garota* Essa Asuka... Ela é tão importante pra você?

Aya: Ela é como se fosse a luz na minha escuridão... Com ela eu me sentia viva, até mais do que com a espada... Não consegue entender? Ter alguém assim e perder a pessoa? Você nunca teve ninguém assim... Policial?

Thaysa: *fica quieta por um momento de cabeça baixa, depois se levanta* Com licença... já volto...

Thaysa sai da sala enquanto Ike e mais outros dois policiais ficam de olho em Aya. Thaysa volta para seu escritório e usa o telefone enquanto olha a foto dela com a garota loira.

Thaysa: Oi Geh-chan...

Geh: *do outro lado da linha* Nee-san? Nossa, é raro você me ligar... Como ta indo aí em Phallus?

Thaysa: Tudo... perfeitamente bem...

Geh: Ta tudo bem? Você ta meio quieta.

Thaysa: Não, é só muito trabalho... E como ta indo aí na Itália?

Geh: Muito trabalho também...

Thaysa: Eu to com saudades, Geh... muitas saudades...

Geh: É... eu também, pena que é tão longe se não eu dava uma passada aí.

Enquanto Thaysa matava a saudades com sua irmã mais nova, Aya ainda ficava sentada na cadeira e vez ou outra olhava para a cara dos policiais com um olhar frio.

Ike: (pensa) Assustadora... Incrivelmente assustadora! Onde a Maximo-san estava com a cabeça?!

Aya: *encarando Ike*...

Ike: (pensa) Não se intimide Ike! Ela é só uma garota de 16 ano-

Aya ainda estava algemada, mas mesmo algemada ela joga a mesa em cima dos policiais com os pés, os policiais defendem com os braços e sacam a arma, mas Aya já estava logo atrás da mesa e chuta os dois na cara, eles atiram e acertam a parede, Aya desce a testa na cabeça de um de Ike fazendo ele derrubar a arma, o outro policial tenta pegar Aya no ar com um tiro, mas Aya já cai no chão passando uma rasteira no policial fazendo ele cair em cima do parceiro.

Aya desloca o punho para se livrar das algemas, e rapidamente pega uma arma fazendo um policial de refém enquanto Ike, que já se levantou rápido, aponta a arma pra ela.

Aya: *atrás do policial com uma arma na cabeça dele* Tenta alguma coisa que eu estouro os miolos desse cara!

O policial dominado fica suando frio e assustado, enquanto Ike fica sem saber o que fazer, até que Aya da um tiro perto do outro policial para assustá-lo e ao mesmo tempo joga o policial dominado em cima de Ike e sai correndo da sala, mas antes que ela fosse tão longe Thaysa aparece dando uma coronhada bem no queixo de Aya fazendo-a cair no chão, a japonesa era rápida e tentou se levantar mas Thaysa já estava com a arma na cabeça dela.

Thaysa: Vem comigo... E não faça nada! Confesso que eu sempre quis conhecer aquela que ia ser a imperadora do mundo, e você pode me levar até ela, e tudo que eu preciso é te tirar daqui.

Aya: Vai me tirar daqui?

Thaysa: Eu não tenho esse poder, quem tem é o Capitão Nascimento, mas eu posso convencer ele contanto que eu prove que você pode viver em sociedade. Sinceramente se você sair vai fazer tudo igual, mas eu acho que posso forçar você à entrar na linha... *chupa outro pirulito*

Thaysa: Vem comigo... E não faça nada!

Thaysa leva Aya algemada até um elevador e Thaysa escolhe um andar abaixo do solo.

Aya: Pra onde está me levando? ¬¬

Thaysa: Pra minha salinha cabulosa, só pare de fazer perguntas e observe ^_^

As duas descem até esse andar isolado, era uma sala enorme, não tinha nada nela, só as paredes, o teto e o chão (Não brinca! =O) só a espada de Aya encostada na parede perto do elevador.

Aya: Que lugar é esse? E o que essa espada está fazendo aqui? ¬¬

Thaysa: Bom... Eu disse que posso te forçar a viver em sociedade, certo? E você disse que a espada te obriga a matar, certo? Então se você me levar até Asuka Ryouma eu posso te parar toda vez que você enlouquecer, e você estará livre da prisão.

Aya:...

Thaysa: *abre um pirulito e chupa (ui!)* Se você conseguir cortar o pirulito que está na minha boca você está livre sem nenhuma condição e eu te deixo em paz, mas se eu conseguir arrancar a espada da sua mão sem dar nenhum tiro você me diz onde está Asuka Ryouma e volta pra sua cela, caso contrário eu vou te dar a sentença de morte, e eu posso fazer isso se mostrar o vídeo que você arrebenta aqueles policiais.

Aya: Que seja! -.-

Aya corre pra atacar Thaysa numa velocidade incrível, a comandante esquiva às preces, quase não da tempo de esquivar cortando uma ponta do cabelo dela.

Thaysa: Ah, que saco... Vou ter que pedir pro Juanito, meu cabeleireiro, arrumar isso.

Aya: Não brinca comigo!

A japonesa desce a espada com tudo no pescoço da morena, mas Thaysa põe a arma na frente da espada e empurra de volta pra Aya, aproveita e dá um chute no estômago da mais alta seguido de uma coronhada na nuca dela. Aya reage tentando cortar a perna de Thaysa, mas a menor pula dando uma joelhada na cabeça de Aya fazendo elas se afastarem alguns metros.

Thaysa: Você não está tentando tirar meu pirulito? Parece que está tentando me matar.

Aya: Sinceramente... Ia ser um prazer imenso...

Aya ataca Thaysa pela frente tentando enfiar a espada no estômago da rival, a comandante esquiva igual o Neo do Matrix, mas com o apoio da mão e enrola as pernas no braço da japa e a derruba fazendo ela bater com a cabeça no chão. Aya reage esticando a perna e acertando a costela de Thaysa no chão (não dá pra descrever muito bem>.<) que solta os braços de Aya, antes que ela pudesse rolar para trás, Aya desce a espada fazendo um corte raso na perna da comandante, as duas se levantam, Thaysa mancando, Aya passa a espada no rosto de Thaysa, mas a pequena esquiva e bate com a arma com tudo na cabeça da mais alta, Thaysa tira a outra arma do coldre que estava dentro do casaco e da outra coronhada na cabeça de Aya, Thaysa nem dá tempo de Aya pensar e já da uma cotovelada nas costas de Aya fazendo ela cair no chão gemendo de dor.

Thaysa: *se afasta* Acho que essa luta não vai durar muito, eu achei que você ficava completamente impossível de se parar, mas até qu-

Antes de terminar a frase, o pirulito na boca de Thaysa se parte em dois, e Aya se levanta.

Aya: ¬¬

Thaysa: Mas como...?

Aya: Na hora em que eu passei a espada no seu rosto, eu sabia que você ia esquivar, mas eu mirei no pirulito... Não estava tentando te matar. u.u

Thaysa: Bem... fazer o que? Trato é trato, você venceu... Já está livre...

Aya: *chega bem perto de Thaysa* Eu vou embora desse inferno, mas eu preciso que você vá comigo, e quando for tentar me parar, use toda sua força, porque eu não vou hesitar como eu hesitei agora.

Thaysa: Ahh... Então nenhuma de nós estava lutando sério? Achei que era só eu. Bem, espera só até eu usar essas armas, não vejo a hora!

Aya volta para sua cela que, por coincidência, dividia a cela com Hani-shi, a irmã de Han-li. Thaysa vai até seu escritório, onde Ike ainda estava lá lendo uma revista erótica.

Ike: *com a cara grudada na revista* Uuuhhh... Adoraria te receber em minha casa, senhorita Helen Ganzarolli ^o^

Thaysa: É o que? O.o

Ike: Er... M-me desculpe, Thaysa-san! Eu só estava... eu... Por que a senhora está mancando?

Thaysa: Já não te falei pra não me chamar de senhora? *pega o telefone e liga pra alguém*

Ike: Pra quem a senh... Pra quem a comandante vai ligar?

Thaysa: Alô? Capitão? Como vai o senhor, Capitão? ^_^

Nascimento: *do outro lado da linha* Thaysa? Se está desperdiçando meu tempo é porque deve ser uma coisa realmente importante.

Thaysa: E é, você vai gostar! Sabe a presa nova que veio do presídio de menores? Aya Hirakawa?

Nascimento: Sei sim, quê que tem?

Thaysa: Eu percebi que essa garota tem um exímio potencial pra trabalhar pro Norris-sama, você não acha?

Nascimento: Uma criminosa? Trabalhando pro Chuck?! Péssima idéia!

Thaysa: Capitão, ela tem mostrado bom comportamento desde que chegou aqui, e me disseram que ela também foi bem comportada no outro presídio, eu sinto nela a mesma coisa que eu sinto na Hani-shi... E mesmo não conhecendo Asuka Ryouma posso dizer que as duas são parecidas.

Nascimento:...Onde quer chegar?

Thaysa: Liberte Aya Hirakawa... Concertamos ela, e ela trabalha tanto pra gente quanto para o Norris-sama.

Nascimento: Não acho uma boa idéia.

Thaysa: Viu só, de um “péssima idéia” pra um “não boa idéia”. Capitão, eu sempre fui sua melhor aluna, você me ensinou bem e eu aprendi com o mestre! Acho que eu tenho capacidade de parar a Aya se ela sair de controle. Alguma vez eu já dei mancada com o senhor?

Nascimento:...

Thaysa: Nenhuma né?

Nascimento: Não, só estava parando pra contar as vezes que você me deu mancada... Mas eu vou acreditar em você, Thaysa... Mas se você falhar comigo, ou se a Aya matar mais algum inocente, não só ela vai passar o resto da vida dela na cadeia como você perde seu emprego e também vai junto com ela! E eu ainda vou usar o “Broom In Ass Kill Confession” nas duas!

Thaysa: Pode ficar tranquilo, Capitão, não vai se arrepender... Tchau, beijos! *desliga o telefone*

Ike: Desculpa me intrometer mas... você quer libertar a Hirakawa?

Thaysa: Eu tenho meus motivos. *sai dali*

Aya estava deitada na cama da sua cela com os braços cruzados atrás da cabeça, logo ao lado estava Hani-shi sentada na cama limpando sua gaita.

Hani: Aya, hoje você não está com o rosto tão triste, o que aconteceu?

Aya: Não sei, mas acho que eu vou sair daqui.

Hani: Ah é? Que bom pra você ^_^

Aya: E você Hani-shi-san, você poderia ter saído a muito tempo... Por que resolveu ficar?

Hani: Sei lá, eu sinto como se tivesse alguma coisa pra fazer aqui ainda, mas eu não sei o que é.

Na hora um policial vem, e tira Aya da cela algemada, dizendo que ela estava pronta pra ir.

Presa1: Hey? Por que ela vai embora?! Ela acabou de chegar!

Presa2: O que essa putinha fez pra sair tão cedo? Chupou o Capitão?

Presa3: Eu também quero sair! Isso não é justo!

Todas as presas das celas começam a gritar e reclamar, vaiavam o policial e Aya, jogava tudo o que estava no alcance nos dois até irem embora.

Hani: Hey! Parem de reclamar! *dá um soco nas barras da cela fazendo um estrondo*

Presa4254: Oi, oi, A Inathi ficou brava...

Presa252: D-Desculpe, Hani!

Presa871: Não vai acontecer de novo! ^^

Todas as presas começam a fazer silêncio e volta ao normal apenas com aquelas palavras de Hani-shi.


CONTINUA...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 14: A Espada certa   Sab Abr 30, 2011 12:21 pm

Capítulo 14: A Espada Certa


Policial: Pode ir, você está livre.

Finalmente o policial tira as algemas de Aya, a japonesa sai da prisão com a mesma cara de sempre, fria e sem emoções, e pára perto de um latão de lixo.

Aya: Pronto, já saí. Pode sair daí agora u.u

De dentro do latão de lixo sai a comandante Thaysa, como sempre, bem vestida e chupando um pirulito.

Thaysa: Aya-chan!! To pronta pra conhecer a Asuka-chan!! =D

Aya: Mas primeiro...

Thaysa: Ahhh achou que eu ia esquecer? *entrega a espada pra ela* Tó. ^_^

Aya segura a espada, analisa bem a espada que carregava e guarda na cintura.

Aya: Er... Comandante...

Thaysa: Pode me chamar de Thaysa ^_^

Aya: Thaysa, antes eu... preciso resolver algumas coisas que ficaram pendentes quando eu fui presa. u.u

Thaysa: Eh? E o que seria?

Aya: É um assunto meu. Não é da sua conta.

Thaysa: Hm... Mas de qualquer jeito, eu vou ter que te acompanhar, preciso te colocar na linha desde já.

-------------

Enquanto Aya resolvia o que tinha que resolver, Asuka treinava Akane, e Han assistia

Asuka: Muito bem, Akane-chan...

Han: Sim! Ò^Ó/

Asuka: Você se chama Akane? ¬¬

Han: To preparada para o seu treinamento, Asuka-senpai!

Asuka: Mas eu to treinando a Akane ¬¬

Han: Não tem um espaço pra mim no seu treinamento? *^*

Asuka: Não! u.u

Akane: Asuka-sama, acho que com a Han-sama me ajudando no treinamento eu poderia me dar melhor.

Han: Isso! =D

Asuka: Aff... Alguma coisa me diz que eu vou me arrepender disso mas... tudo bem.

Han: Aeeee!!

Han já prepara seus fiozinhos cortantes e suas bombas e se prepara para o treinamento.

Asuka: Mas... A Akane ainda será minha sucessora!

Han: Ahhh... Por que não confia em mim, Asuka-senpai? A Akane nem quer ser sua sucessora, eu tenho vontade! Por que não me escolhe?!

Asuka: Pára de chorar! Eu falei ta falado, e não vou voltar atrás!

Akane: Asuka-sama, você poderia dar uma chance pra Han-sama, não seria justo com ela se você não desse uma oportunidade.

Han: Viu só? Sua sucessora falando. =3

Asuka: *bufa* Bem... Eu posso dar uma chance.

Han: YES!! o/

Asuka: Vamos fazer o seguinte, se você conseguir trazer um sapo-boi-azul pra mim eu deixo você ser minha sucessora!

Han: Sapo-boi-azul, mano?

Asuka: MAS... tem que me trazer vivo! Um sapo-boi-azul é um bichinho de Deus e não pode morrer, é extremamente raro, provavelmente só vai ter um nesse continente, se você achar um sapo-boi-azul e matar ele, você não só não vai ser minha sucessora como nunca vai ser uma bad girl!

Han: Sapo-boi-azul, mano? Vou tentar o máximo, Asuka-senpai! Por você! Ò^Ó7

-----------------

Thaysa e Aya andavam por uma rua escura, pobre, com alguns barracos já caindo aos pedaços.

Thaysa: Aya-chan, o que a gente ta fazendo aqui?

Aya: Sabia que essa espada é falsa?

Thaysa: O que? Como assim?

Aya: Essa espada é como outra espada qualquer, não está amaldiçoada.

Thaysa: Então, quando você disse que a espada te possuía e te mandava matar você estava mentindo?

Aya: Não. Na verdade quando eu fiquei sabendo que o Capitão Nascimento estava atrás de mim eu sabia que ia ser pega mais cedo ou mais tarde, afinal era o Capitão que estava atrás de mim. Então eu troquei a espada possuída por uma espada qualquer.

Thaysa: Então a espada que apreendemos...

Aya: Uma espada qualquer.

Thaysa: E onde é que ta a espada demoníaca?

Aya: Deixei na casa de um amigo, e é pra lá que a gente ta indo agora.

Thaysa: Entendi... eu achei que você fosse bem idiota, Aya-chan, mas parece que não é tanto.

Aya: Vou aceitar isso como um elogio.

Finalmente Aya e Thaysa chegam em um barraco até que grande, ficava meio afastado dos outros barracos o que não era tão comum. Aya entra e logo em seguida entra Thaysa. Por dentro a casa era assim:



Thaysa fica boquiaberta ao ver que o interior não era nem um pouco como ela esperava.

Aya: Keinichi? Ta em casa?

Thaysa: O nome dele é Keinichi?

Aya: Não! É Zé! Se eu chamei por Keinichi então esse é nome dele, óbvio.

Keinichi: Na verdade meu nome é Zé Keinichi.

Zé Keinichi era um homem jovem, aparentemente 25 anos, cabelo loiro comprido com dreads até o ombro, olhos claros e apertados, usava roupas estilo grunge (tá ligado Kurt Cobain?) e ele estava com os olhos vermelhos, aparentemente tinha fumado maconha.

Keinichi: Então você conseguiu sair da prisão, Aya-san?

Aya: Eu te disse que conseguiria, só demorou mais do que eu esperava.

Keinichi: Quem é a sua amiga?

Thaysa: Maximo, Thaysa Maximo.

Aya: Ela é tira.

Keinichi: Wowowowowowowowow!

Depois de tantos wow’s Keinichi saca uma arma, mas quando ele mirou em Thaysa, a policial já estava com a arma dela na cabeça de Keinichi.

Keinichi: Você me entregou pra eles pra se livrar, Aya-san? Isso foi baixo.

Thaysa: Eu não vim prender ninguém, nem sabia sobre você, e também não tenho a intenção de te prender, eu to de folga do serviço.

Os dois lentamente abaixam as armas.

Aya: Eu vim pegar a espada que eu deixei aqui, você ainda tem ela?

Keinichi: Você acha que eu ia trair minha amiga de anos? Eu vou pegar ela. *sai cambaleando*

Thaysa: Ta na cara que ele ta drogado.

Aya: Mas é um bom homem, confiável.

Keinichi vem tropeçando, mas trazendo a espada, e no meio do caminho a campainha toca e ele vai atender.

Keinichi: Papai Noel é você?

???: Papai Noel? Keinichi, ta chapado de novo? Sou eu, o Klóvis.

Keinichi: *abre a porta e abraça o cara* Klóvis, meu querido! Quanto tempo que eu não te vejo?

Klóvis: Desde ontem ¬¬

Klóvis era um cara bem alto, cabelo preto dividido com franja e preso atrás, corpo musculoso, como usava uma regata dava pra se ver as várias tatuagens violentas nos seus braços.

Klóvis: Quem são essas gatinhas?

Keinichi: Aquela é a Aya-san e aquela é a Maximo Thaysa Maximo.

Thaysa: É Thaysa, sobrenome Maximo.

Keinichi: Entendeu? É Thaysa Maximo Maximo.

Klóvis: Maximo Thaysa Thaysa Maximo Maximo?

Thaysa: Não, é Thaysa depois vem Maximo porque o sobrenome é Maximo e nome Thaysa.

Klóvis: Ah, entendi, é Maximo Thaysa e sobrenome Thaysa Maximo, são quatro nomes.

Thaysa: Não só são dois, é Max-

Keinichi: É Thaysa Maximothaysa, aprendeu agora Klóvis-san?

Thaysa: Não tem dois Thaysa’s!

Klóvis: Então são dois Maximo’s?

Thaysa: NÃÃÃOOO!!! >.<

Aya: -.-‘

Klóvis: Enfim, eu vim aqui buscar a espada que eu tinha te comprado.

Keinichi: Nossa, ela ta na minha mão, como ela veio parar aqui?

Aya: Você ia me devolver, lembra?

Keinichi: Ah éééé... vixe... acabei de lembrar que eu vendi pra um cara...

Klóvis: Pra mim!

Keinichi: É, pra esse cara aí... como ele veio parar aqui? Klóvis, meu querido! À quanto tempo! =D

Aya: Vendeu a minha espada?

Keinichi: Desculpa, eu me esqueci que era sua...

Klóvis: Desculpa, mas ta pago, me passa ela Keinichi.

Aya: Keinichi-san, a espada é minha, me devolva.

Na hora a cabeça de Keinichi sai de órbita, ele entra em sua própria mente para procurar uma solução para esse problema.

Keinichi: Já sei, já que a espada está em minha posse, eu proponho o seguinte, a Aya-san e o Klóvis-san vão buscar um sapo-boi-azul, e trazer ele pra mim, vivo, é bichinho de Deus então não o matem! Aquele que trazer o sapo-boi-azul VIVO pra mim vai ficar com a espada. E não se esqueçam que é um animal raro e provavelmente só tem um dele nesse continente.

Klóvis: E se eu resolver quebrar sua cara ao invés disso?

Keinichi: *aponta a arma pra cabeça dele* Aí a Aya vai ficar com a espada porque você vai estar morto.

Aya: Maldito! *se prepara para sacar a espada quando Thaysa põe a arma na cabeça dela* Thaysa!

Thaysa: Eu gostei da idéia dele, pode ser divertido procurar esse sapo-boi-azul.

Aya: Vai me pagar por isso, Thaysa! *guarda a espada*

Thaysa/Han: Então, vamos encontrar esse sapo-boi-azul!!

Assim, Han, Thaysa, Aya e Klóvis saem em busca do lendário sapo-boi-azul, o bichinho de Deus, cada um lutando pelos seus objetivos. Quem irá pegar o bichinho de Deus (VIVO!!)?


CONTINUA...


--------------------------------------------------

Comenta ae, carai!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 15: Sapo-boi-azul, Bichinho de Deus   Sab Abr 30, 2011 12:37 pm

Capítulo 15: Sapo-boi-azul, bichinho de Deus.


Han: *vestindo um chapéu marrom de caça, um colete marrom cheio de objetos não-letais de caça e botas de soldado, e uma mochila* Eu vou pegar esse sapo-boi-azul nem que custe a minha vida!

Han vai até a única floresta da cidade de Phallus, onde tem bastantes animais e o lugar mais provável para ter um sapo-boi-azul. Descendo a ladeira e adentrando a floresta ela coloca uma armadilha, com um bacon, uma linha e uma jaula que é segurada por um graveto, quando o sapo-boi-azul fosse até o bacon ela puxaria a linha amarrada no graveto e a jaula cairia trancando o sapo-boi-azul sem machucá-lo. Ela espera por mais de duas horas e não agüenta o tédio, acaba pegando no sono.
Mais perto dali, Thaysa, Aya e Klóvis já chegavam na floresta.

Aya: Não acredito que você me arrastou até aqui, Thaysa u.u

Thaysa: Esse é o lugar mais provável onde poderia ter um sapo-boi-azul em Phallus.

Klóvis: Não crie esperanças, meninas, eu vou pegar o sapo-boi-azul, mas eu deixo vocês darem uma pegada em outra espada minha hahahahaha- *é interrompido por um soco de Thaysa bem no saco* AAAUUFF!! Auf... auf... menina forte >.O

As duas aproveitam que Klóvis está ajoelhado e correm pra dentro da floresta deixando Klóvis sozinho.

Klóvis: Er... meninas...? Não me deixem aqui sozinho!

As duas andavam no meio da floresta procurando por todo canto o bichinho de Deus.

Aya: Vamos desistir, nem deve ter algum bicho desses nesse país u.u

Thaysa: Você desiste muito fácil, Aya-chan, a gente só tem que procurar mais afundo nessa vasta floresta, Phallus é uma cidade grande.

Enquanto Thaysa falava ela acaba puxando a linha de Han sem querer tirando o graveto e fechando a jaula e acordando Han que pula com tudo pra jaula.

Han: HÁÁÁÁÁÁÁÁ TE PEGUEI!!!

Mas não encontra nada além do bacon dentro da jaula.

Thaysa: Garota, não sei se te falaram mas coelhos comem cenouras, não baconzitos.

Han: Você nem sabe o que eu estou caçando.

Thaysa: Seja lá o que for, não deve comer bacon.

Aya: Não perca seu tempo, Thaysa, vamos logo atrás do sapo-boi-azul u.u

Han: SAPO-BOI-AZUL????

Thaysa: O que foi? Sabe onde tem um?

Han (pensando): Bom, não posso falar pra elas que eu também estou caçando um sapo-boi-azul, elas estão em duas e armadas e iriam me matar pra encontrar primeiro, preciso ser inteligente. (fala) Nah, é que eu achei um nome estranho. Só por curiosidade, vocês já pegaram algum? ^_^

Thaysa: Não, mas ainda estamos na caça, só deve ter um nesse continente então a gente vai fazer de tudo pra achar.

Han: Só por curiosidade, que som um sapo-boi-azul faz? Sabe, muge ou coaxa?

Thaysa: É o que a gente queria saber também... quem sabe é os dois.

Nessa hora, em um canto da floresta as três ouvem uma coaxada.

Aya: Ouviu isso, Thaysa? Deve ter um sapo-boi-azul lá!

No lado oposto elas ouvem um mugido.

Thaysa: Aya-chan, vai pelo mugido que eu vou pela coaxada.

Han: (pensando) Droga, se eu não agir rápido elas vão achar o sapo-boi-azul primeiro que eu! (fala) Ah, acabei de me lembrar, meu tio disse que um sapo-boi-azul não coaxa nem muge, ele rosna!

Aya: Rosna?

Han: Isso, e eu ouvi umas rosnadas por aqui mesmo, então se vocês esperarem por aqui podem trombar com um. Podem confiar, meu tio é especialista em caça e me ensinou tudo.

Aya: Não sei se podemos confiar nela? Ela estava caçando coelhos com um pedaço de bacon.

Han: Não era coelho... era porco!

Aya: Porco? Comendo bacon?

Han: Porcos-canibais.

Aya: Que bizarro.

Han: Então, eu ouço rosnadas por aqui direto... ah, acabei de ouvir um grunhido de porco naquele lado.

Aya: O mesmo lado da coaxada?

Han: Isso, porcos canibais são muito próximos dos sapos e rãs, foi meu tio que me ensinou.

Thaysa: Ta bom, vai lá, boa sorte.

Han: Certo! *corre em direção à coaxada na esperança do sapo-boi-azul coaxar e não mugir*

Aya: Acha que ela está falando a verdade?

Thaysa: É óbvio que ela ta mentindo. Porco na floresta? Porco que come bacon? Amigos de sapos? É mais do que óbvio pela reação dela quando eu mencionei o sapo-boi-azul que ela também está caçando um.

Aya: Então por que deixou ela ir? Por que não matamos ela aqui, não tem leis nessa floresta, a gente não vai presa se matarmos ela aqui.

Thaysa: É parte do meu plano, se realmente o sapo-boi-azul coaxar e ela pegar o bichinho de Deus a gente mata ela e rouba o sapo-boi-azul, se não ela só vai encontrar sapos comuns e a gente vai atrás do mugido.

Aya: Ta, mas como a gente vai saber se ela vai passar por aqui se pegar o sapo-boi-azul?

Thaysa: Ta na cara que ela não sabe uma patavina sobre sobreviver na floresta, não vai achar a saída tão fácil, e outra *aponta pra migalhas de pão no chão*

Aya: Marcou o caminho com migalhas de pão? Que infantil.

Thaysa: Ela vai passar por aqui sim.

Han chega ao canto da floresta onde tinha vindo a coaxada, tinha um lago com umas árvores em volta, um monte de sapos pulando nas plantas que ficavam em cima da água do lago. Han fica olhando os sapos e procurando o bichinho de Deus, procura até de baixo d’água mas tudo que encontra são sapos comuns e as xarás da Han, as rãs. (pegou o trocadilho?)

Han: Merda, será que um sapo-boi-azul é azul mesmo? Eu nunca vi um sapo-boi-azul!

Enquanto isso...

Thaysa: Aya-chan, vai em direção ao mugido, se ela passar por aqui de novo com o sapo-boi-azul eu pego o bicho e te espero aqui.

Aya: Ta certo.

Aya sai em direção ao mugido, anda por mais ou menos um quilometro e não acha nada.

Aya: Não deve ter nada aqui, eu vou voltar, quem sabe aquela garota voltou com o sapo-boi-azul e a Thaysa já matou ela.

Antes que ela saísse dali ela ouve outro mugido, dessa vez era mais alto que o outro. Aya se prepara e fica olhando atentamente à sua volta, até que ela vê um movimento atrás de umas folhas de bananeira, ela segue o movimento, entra no meio do mato e lá estava Klóvis com um sapo-boi-azul em mãos (usando luvas, claro) o sapo-boi-azul mugia.

Esse é o sapo-boi-azul:
Spoiler:
 

Klóvis: O.O

Aya: *olhar demoníaco pra Klóvis* Hehehe... Obrigada por achar o sapo-boi-azul pra mim... *saca a espada*

-----------

Han volta até o centro onde Thaysa ainda estava sentada esperando uma ou outra voltarem com o bichinho de Deus.

Thaysa: Então, encontrou o porco-canibal?

Han: Não, os porcos-canibais são rápidos demais.

Thaysa: E eles vivem dentro da água? Você está muito molhada.

Han: É que... eles também são fortes e me empurraram pra água. Você já encontrou um sapo-boi-azul?

Thaysa: Não, a minha parceira foi procurar mais afundo, eu to cansada.

Han: (pensa) Saco! Ela vai achar! (fala) Já descobriu o som que ele faz?

Thaysa: Você disse que ele rosnava ¬¬

Han: Isso, ele rosna, e-eu... achei que ela tinha ouvido uma rosnada por aí e ela foi atrás.

Thaysa: É foi isso, ouvimos algo do tipo e ela foi atrás.

Han: E ninguém foi atrás daquele mugido de antes?

Thaysa: Você disse que o sapo-boi-azul não muge.

Han: M-m-mas... por precaução né, vai que um sapo-boi-azul se infiltrou no meio de bois pra se esconder?

Thaysa: É, tem razão, eu vou atrás do mugido enquanto minha parceira vai atrás da rosnada.

Han: NÃO!

Thaysa: O que foi?

Han: Erm... o sapo-boi-azul não muge de jeito nenhum, quem muge são os porcos-canibais, eu vou atrás deles!

Thaysa: Certo, e eu vou me precaver, então vamos juntas, eu procuro o sapo-boi-azul e você vai atrás do porco-canibal.

Han: M-Mas... você tem que esperar aqui pela sua parceira, não é?

Thaysa: Não, ela é inteligente, eu deixei essas migalhas de pão no chão pra ela saber o caminho de volta.

Han: (pensa) Droga! Ela percebeu as migalhas! Eu tenho certeza que ela esta mentindo, mas eu não posso falar que eu sei que ela ta mentindo ou eu só vou confessar que fui eu quem deixou as migalhas aí, pensa, Han, pensa! (fala) B-bem... tem muitos pássaros por aqui, você não acha que eles vão comer essas migalhas?

Thaysa: Tem razão, então você pode ficar aqui pra mim e espantar os pássaros enquanto eu vou atrás do mugido?

Han: Não vai dar, eu preciso (de um companheiro!) caçar um porco-canibal, mas tenho certeza que sua parceira vai chegar aqui com o sapo-boi-azul em mãos, afinal ela foi atrás da rosnada.

Thaysa: Rosnada, né? Sabe, pode ser perigoso porque lobos também rosnam, é melhor eu também ir atrás da rosnada pra ver se ela está bem.

Han: (pensa) Beleza, ela caiu! (fala) Isso! Faça isso!

Thaysa: *vai em direção do mugido*

Han: Espera! Aí é o lado de onde saiu o mugido.

Thaysa: Ah, eu não te falei? A rosnada veio do mesmo lado que o mugido, que coincidência não? ^_^

Nisso Aya vem chegando com sangue na espada e o sapo-boi-azul são e salvo em mãos. (ela usava luvas compridas, lembrem-se crianças, sapos dão verrugas, não mexam neles.)

Aya: Achei... o sapo-boi-azul.

Han: (pensa) NÃÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOO!!!! O SAPO-BOI-AZUL!!!



CONTINUA...

---------------------------------

Comente e deixe o titio Nekiba feliz!! =D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 16: Thaysa VS Han   Sab Abr 30, 2011 1:20 pm

Capítulo 16: Thaysa VS Han.

Aya: Achei... o sapo-boi-azul.

Han: (pensa) NÃÃÃÃÃÃÃÃOOOO!!! Ela encontrou primeiro que eu! Agora como eu vou pegar o sapo-boi-azul da mão dela? Se fosse uma só tudo bem, mas eu não consigo dar conta das duas! Fodeu, fodeu! Eu nunca vou ser a sucessora da Asuka!

Thaysa: Isso, Aya-chan! Parabéns, pelo jeito você teve que matar alguém pra pegar o bichinho de Deus.

Aya: O tal do Klóvis.

Han: (pensa) Como eu pensei, elas são violentas e matam sem hesitar, claro, não existem leis nessa floresta, eu preciso de um plano pra fazer elas soltarem esse animal! Pensa, Han, pensa! (fala) Er... Vocês tomaram a vacina contra o veneno do sapo-boi-azul?

Aya: Vacina? Veneno?

Han: Claro, ou vão me dizer que vieram procurar o sapo-boi-azul sem saber que ele é venenoso?

Thaysa: Claro que tomamos a vacina! Acha que somos estúpidas?

Han: (pensa) Realmente existe uma vacina contra veneno do sapo-boi-azul? Ou será que elas sacaram que eu to mentindo? Droga, agora quem ficou confusa fui eu! É difícil jogar com essas duas.

Thaysa: Então, obrigado por sua companhia, menina, eu já vou indo com a minha parceira. Tchau ^_^/ *vai saindo com Aya e o sapo-boi-azul (usando luvas)*

Han: (pensa) Elas tão indo embora! Preciso de um plano, e rápido! (fala) Com licença, eu sei que eu estou exigindo demais, mas eu vi que vocês estão armadas, será que não poderiam me ajudar a caçar porcos-canibais, eles são fortes e rápidos e sozinha eu não consigo pegar nenhum.

Aya: Se vira! A gente não tem temp-

Thaysa: Claro, por que não?

Aya: Claro?

Thaysa: A gente te ajuda e você da uma jaula dessas pra gente pôr o sapo-boi-azul.

Han: Claro, eu tenho uma ótima jaula pro sapo-boi-azul *pega uma jaula do tamanho do sapo-boi-azul*

Thaysa: *tranca o sapo-boi-azul dentro da jaula* Certo, agora, nos mostre esse porco-canibal, adoraria ver um. ^_^

Han: (pensa) Merda! Esse foi um péssimo plano! Agora eu não vou poder mostrar um porco-canibal porque não existe! Mantenha a calma, Han, tudo o que você precisa fazer é separar as duas e ficar junto da que estiver com o sapo-boi-azul, ou seja, a baixinha. Pelo menos de uma eu posso dar conta, depois é só largar a japonesa na floresta. (fala) Certo, venham comigo ^_^

Han vai na frente enquanto Aya e Thaysa vão seguindo ela, Han ficava suando e pensando em um plano pra separar as duas e ficar junto de Thaysa.

Thaysa: Espera um pouco, percebi uma coisa.

Han: (pensa) Fodeu! Me desmascararam! (fala) O-o-oque v-você percebeu? ^_^”

Thaysa: Eu nem sei o seu nome, e você também não sabe os nossos. Eu sou Thaysa Maximo e essa é minha parceira Aya Hirakawa.

Han: Eu me chamo Han... Han... (pensa) putz, falar meu nome verdadeiro pode ser perigoso, quando eu matar a baixinha a japonesa pode vir atrás de mim! (fala) Han... Hanna Montana! (pensa) Aff... Eu realmente falei Hanna Montana?! Agora elas vão achar que eu sou tão fã da Hanna Montana que até mudei de nome!

Thaysa: Hanna Montana eh? Igual a cantora.

Han: Er... é! Mas... Esse é meu nome de verdade, infelizmente, não que eu tenha mudado por ser fã da Hanna Montana.

Thaysa: Nah, tudo bem. O nome da minha parceira é Aya porque ela é fã da Aya Hirano XD

Han: Hahahahaha! Não se deve comparar a Hanna Montana com a Aya Hirano XD (pensa) Certo! Hora de colocar o plano em prática, eu vou separar nós três, vou seguir a Thaysa sorrateiramente e atacar ela e roubar o sapo-boi-azul. (fala) Meninas, vamos nos separar, assim a gente tem mais chances de encontrar um porco-canibal.

Aya: Você mesma não disse que não consegue pegar um porco-canibal sozinha?

Han: (pensa) A japa é tão esperta quanto a baixinha, mas eu posso usar isso ao meu favor. (fala) Ah é, tem razão, então eu acho que eu deveria caçar junto com a Thaysa, já que ela tem armas melhores.

Thaysa: Por esse motivo que eu acho que você deveria caçar junto com a Aya-chan, eu posso me virar com duas pistolas, mas a Aya-chan só tem uma espada, vocês duas seriam mais eficazes com um porco-canibal.

Han: M-Mas... você ta carregando o sapo-boi-azul, não pode simplesmente largar ele por aí pra lutar com um porco-canibal.

Thaysa: Não seja por isso *entrega a jaula pra Aya* Eu posso me virar sozinha ^_^

Han: (pensa) Droga, ela é esperta... espera um pouco! Ela é burra na verdade, entregou o sapo-boi-azul nas mãos da japa que só tem uma espada e está me mandando ir com ela, com certeza a japa deve ser mais fácil de vencer do que a baixinha que tem armas, essa é sua chance Hanna Mont- Digo, Han! (fala) Ah, sabia que você ia achar uma solução, então eu vou com ela.

Thaysa: Ta certo, se dêem bem! ^_^ *vai por outro caminho*

Aya: Vamos, Hanna Montana. *vai por outro caminho com a Han*

Aya e Han andavam em silêncio, Aya era muito calada e não era muito social, isso deixava Han mais apreensiva.

Han: (pensa) Caramba, essa japonesa tem um olhar assustador, será que eu me enganei sobre ela ser mais fraca que a baixinha, não posso pensar nisso, se eu vou ser sucessora da Asuka eu não posso aceitar perder pra uma mera espadachim. (fala) Certo... agora que eu te peguei sozinha eu v-

Aya: Shhh!! Acho que eu ouvi um mugido vindo dali de trás da moita, deve ser um porco-canibal!

Han: Tem certeza? Será que não foi o sapo-boi-azul?

Aya: Você não disse que sapo-boi-azul rosna, não muge?

Han: F-Falei, mas...

Sapo-boi-azul: MUUUUUU!!!

Aya: Meu sapo-boi-azul... acabou de mugir. ¬¬

Han: (pensa) Sapo-boi-azul maldito! Tinha que mugir numa hora dessas!! (grita) Um porco-canibal logo ali!! *aponta pra trás de Aya*

Aya: Chega! Eu sei que você também está atrás do sapo-boi-azul...

Han: Não, sério, um porco-canibal bem atrás e você!! O.O

Aya: Cala a boca e aceite sua morte bem aqui!

Aya ia sacar a espada quando realmente um porco-canibal aparece atrás dela, Aya percebe a presença de alguém e saca a espada atacando o porco-canibal que defende com o casco. Um porco-canibal era um porco que andava de pé, era bem musculoso e tinha uns dois metros de altura, olhos vermelhos, dentes de sabre, esse estava com uma pata de porco comum na boca.

Aya: U-um... PORCO-CANIBAL!!??

Quando Aya tenta se defender ela deixa o sapo-boi-azul cair, Han aproveita que Aya estava ocupada com um porco-canibal e pega a jaula do sapo-boi-azul e sai correndo.

Aya: Maldita, volta aqui!! *Aya consegue cortar um braço do porco-canibal e corre atrás de Han e logo atrás dela vinha o porco-canibal*

Ouve-se um tiro e o porco-canibal cai no chão sangrando, de trás dele sai Thaysa chupando um pirulito e muito feliz que vai ter briga agora.

Thaysa: *entra na frente de Aya* Espera!

Aya: Por que espera? Ela ta fugindo com o sapo-boi-azul!

Thaysa aponta pra entre duas árvores que Han tinha passado e tinha alguns fios afiados, passando por ali depressa poderia abrir um corte bem fundo. Aya desce a espada cortando os fios no meio do caminho enquanto Thaysa atirava em Han, quando Han tromba com Klóvis, que passava por ali todo ensanguentado, Han acaba deixando a jaula cair e quebrar libertando o sapo-boi-azul.

Han: NÃÃÃÃÃÃÃÃOOOO!!!

Thaysa: *dá um tiro que pega de raspão em Han mas pega Klóvis*

O sapo-boi-azul tenta fugir, Han põe suas luvas (não se esqueçam, verrugas) e corre atrás do bichinho de Deus, quando Thaysa entra na frente dando um chute no nariz de Han fazendo sangrar, enquanto isso Aya corre (com luvas) atrás do sapo-boi-azul.

Han: Não!! O sapo-boi-azul!

Thaysa: Eu não sei por que você precisa do sapo-boi-azul, mas a minha parceira precisa dele e a gente não pretende dar o sapo pra você.

Han: *com uma mão cobrindo o nariz sangrando* Ah é? Você não parece ser muito forte, baixinha, pois saiba que eu sou mestre em técnicas de assassinato!

Thaysa: Ela me chamou de baixinha?!!

Com a outra mão Han puxa alguns fios do chão (dessa vez Han usava uns protetores nos dedos pra não cortá-los fora) e esses fios cercam Thaysa e fecham com tudo na policial, mas Thaysa é rápida e escapa pulando, no alto ela saca as duas pistolas e começa a atirar em direção à Han, que se esquiva puxando os fios em direção a Thaysa.

Thaysa consegue escapar no meio das árvores fazendo os fios se enrolarem entre os troncos das árvores.

Thaysa: Usar fiozinhos é tudo o que você sabe fazer?

Han: Eu seria um lixo se fossem só fiozinhos!

Com a outra mão, Han puxa mais fios escondidos no chão que dessa vez carregavam dois explosivos cada, ou seja, cinco fios, dez explosivos (viu? Eu sei matemática =D) Thaysa tenta escapar mas os fios estavam em todo lugar entre as árvores, Thaysa sobe pelas árvores antes que explodisse e no meio do caminho ela passa o braço em um fio que cortou quase até o osso de tão fundo, ela nem teve tempo de sentir dor pois os explosivos explodiram varrendo as árvores do lugar e jogando Thaysa ainda mais pra cima, quase uns vinte metros do chão.

De lá do alto Thaysa vê Han entre duas árvores e começa a atirar, antes de cair no chão ela dá um mortal estilo Daiane dos Santos e cai em pé (caraio!!) Han já aparece do nada descontando o chute que levou no nariz em Thaysa, Thaysa aproveita e segura o pé de Han e dá uma cotovelada na costela dela, passa uma rasteira e da uma coronhada no queixo, saca uma arma e atira, Han consegue se esquivar e entrar no meio do mato.

Thaysa persegue Han no meio do mato, estava escuro e difícil de achar alguém, quando ela esquiva de alguma coisa abaixando. Logo reage apontando a arma.

Thaysa: Aya!?

Aya: Thaysa?! Matou a garota?

Thaysa: Ela é melhor do que eu pensei, a vadia tem explosivos com ela.

Aya: É, eu ouvi o barulho, espantou o sapo-boi-azul que eu estava quase pegando ele!

Thaysa: Onde ta o sapo-boi-azul agora?

Aya: Sei lá, ele entrou no meio do mato.

As duas ouvem de longe um grito que vinha aumentando, logo aparece Han correndo de mais uns cinco porcos-canibais.

Han: FOGEEEEEEEEEEEEEEEEEE!!!! \Ç.Ç/

Han passa igual um vulto entre Aya e Thaysa, que reagiam atirando e decepando os porcos-canibais, mas os bichos eram difíceis de morrer.

Aya: Vai atrás da Hanna Montana!! Eu cuido desses!

Thaysa sai correndo atrás de Han, a visão era difícil por causa das plantas, e Thaysa não tinha muitas balas então resolveu economizar. Quando Thaysa estava quase alcançando Han, ela pisa em alguma coisa gosmenta, ela acha que poderia ser cocô de algum animal então nem liga e continua correndo e pega Han pelo cabelo e puxa dando uma joelhada nas costas, Thaysa não soltava o cabelo de Han.

Thaysa: *aponta a arma na cabeça de Han* Eu vou sentir muuuuuito prazer em estourar seus miolos... Hanna Montana!

Antes que Thaysa puxasse o gatilho, elas ouvem um mugido, bem fraco, como se tivesse morrendo.

Han: Mugido? Sapo-boi-azul?!?

Thaysa não solta o cabelo de Han, mas fica procurando por todo lado da onde vinha o mugido, até que ela encontra o sapo-boi-azul, ele estava esmagado na sola da bota de Thaysa... um ultimo mugido fraco da vida do bichinho de Deus, o sapo-boi-azul...

Thaysa: E-eu... eu matei... um sapo-boi-azul?! Isso é tudo culpa sua!

Thaysa aponta a arma mas Han já nem estava mais lá, Thaysa senta no chão decepcionada, quando Aya vem chegando cansada da luta com os porcos-canibais.

Aya: E aí? Se ta descansando é porque achou o sapo-boi-azul e matou a garota.

Thaysa: Achei, olha ele aqui *mostra a sola do sapato* E a Hanna Montana fugiu.

Aya: E como eu vou recuperar a minha espada?

Thaysa: Eu tenho uma idéia.

Thaysa e Aya já tinham saído da floresta e foram até a casa de Keinichi.

Keinichi: E aí? Trouxeram o sapo-boi-azul?

Thaysa: Claro! Toma. *entrega um sapo pintado de azul com chifres colados com super bonder*

Luíza Mel: T^T

Keinichi: Aew... sapo-boi-azul legítimo! Que maneiro! @_@ *chapado de maconha* Mas peraí, cadê o Klóvis-san?

Thaysa: Ah, a gente só veio entregar o sapo! Passar bem! *pega a espada demoníaca e sai fora com Aya*

--------------

Asuka: E então? Não achou o sapo-boi-azul?

Han: *com uma faixa sangrando no braço e um curativo no queixo* Er... eu... não achei nenhum, acho que não tem nesse continente. u.u

Asuka: Por que você está toda machucada?

Han: Briguei com... porcos...

Asuka: Se machucou lutando com porcos? Como eu posso fazer alguém minha sucessora se não consegue matar um maldito porco?! Ta reprovada!

Han: Me desculpa... Asuka-senpai ç.ç

Akane: Pobres porquinhos...

------------

Thaysa: Agora, sem mais enrolação Aya-chan, me leva até a Asuka!

Aya segura a espada, as memórias de quando ela usou a espada fazem ela hesitar em carregar a espada na cintura, mas Aya sente que ficou mais forte na luta contra Thaysa e deixou de ser dominada pela espada... pelo menos era o que ela achava.


CONTINUA... FUCK YEAH

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 17: A Fundação das Bad Girls!   Sab Abr 30, 2011 1:29 pm

Capítulo 17: A fundação das Bad Girls!

Depois da confusão com o sapo-boi-azul, Thaysa vai finalmente ter a oportunidade de conhecer Asuka Ryouma.
Aya ainda se lembra do caminho até a mansão Norris, e leva Thaysa até lá, no meio do caminho Thaysa não se continha de empolgação, vez ou outra checava se sua arma estava mesmo carregada.

Aya: Por que olha tanto pra sua arma?

Thaysa: Por que olha tanto pra mim olhando pra minha arma?

Aya: Ignorante! u.u

Thaysa: Sem resposta. ^^

Aya: Desprezível! u.u

Thaysa: Endiabrada. ^^

Assim, discutindo, as duas chegam até os portões da mansão Norris, uma mansão enoooorme (Não, não! Uma mansão minúscula!) com jardim, piscina, e várias coisas que geralmente tem em mansões.

Thaysa: Woooow! Que casa bonita! *-*

Aya: É a casa de Chuck Norris, o que mais você queria? u.u

Antes que Aya tocasse a campainha, as duas ouvem um grito, de menina, que estava baixinho e ia aumentando. Elas olham pra cima e lá da janela do ultimo andar da mansão, a pequena Akane vem caindo e gritando.

Akane: WAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHH!!!! >0<

Iago: *vem correndo e salva Akane milagrosamente* ASUKAAA!! CRETINA! Dessa vez você quase mata a Akane-chan!!

Akane: Wahaaaaa ç.ç

Thaysa/Aya: *cara de “whatafuck”* o.O

Iago: Quem são vocês? O que querem aqui? Se pensam que podem assaltar a casa com apenas armas e espadas erraram feio!

Aya: Viemos aqui para...

Thaysa: Pra conhecer Asuka Ryouma!! =D

Iago: Asukaaaa, tem duas gost- *é interrompido pela mão de Asuka bem no meio da fuça dele*

Asuka: A... A... Aya!!!??

Aya: *com os olhos lacrimejando* Asuka!!

Asuka: Nah ah! Ainda é Asuka-senpai! ;D

Aya: Isso... Asuka-senpai!

Aquela foi a primeira vez em muitos anos que Aya sorriu de verdade, um sorriso sincero e inocente.
Asuka corre atropelando Iago e Akane e dá um abraço em Aya, que fica corada por um tempo mas logo responde o abraço.

Thaysa: Ahu-hum! u.u

Aya: Ah é, Asuka, essa é Thaysa Maximo.

Asuka: Thaysa Maximo? A comandante da polícia?

Thaysa: Sou eu mesmo, Bad Girl Asuka. ^_^

Asuka: Nossa! Você é bem mais baixinha do que eu pensava! XD

Thaysa: (pensa) Me chamou de baixinha! Ò^Ó9 (fala) E você também é bem diferente do que eu imaginava, eu imaginava Chuck Norris mas com peitos e cabelo comprido.

Asuka: Hahahaha... *vai indo em direção à Thaysa* Então, você prendeu o ultimo band-

Thaysa interrompe Asuka com um tiro bem no meio do peito, Thaysa sorria de orelha a orelha com um pirulito na boca enquanto Asuka caía sangrando na frente de Aya que assistia a cena sem reação.

Aya: S-sua... desgraçada!! Só porque ela te chamou de baixinha?!

Aya ataca Thaysa com tudo, realmente Aya era muito mais forte com a espada demoníaca, Thaysa desvia a espada com a arma e da uma coronhada na cabeça de Aya, em seguida agarra ela por trás (ui!) e segura a mão de Aya que segurava a espada.

Thaysa: Você devia prestar mais atenção nas coisas!

Thaysa vira Aya pra direção onde Asuka estava, a bad girl estava levantando com cara de dor e a mão no peito atingido.

Asuka: Que merda! Isso doeu sua maldita! Pra que isso?! Argh!! Droga! Dói!

Iago: Hahahahaha! Boa, policial, boa! XD

Aya: C-como...?

Thaysa: E você ainda se dizia próxima de Asuka? Não sabia que é impossível matar alguém do clã Norris/Ryouma com uma simples arma?

Aya: Ou seja, se eu lutasse com a Asuka-senpai eu iria...

Thaysa: Só fazer uns arranhõezinhos, mais nad- *é interrompida por uma voadora de Asuka que joga Thaysa pra dentro da mansão, mais precisamente na cozinha*

Thaysa: *debaixo da pia, sendo molhada pelo cano quebrado* X.X

Juh: o.O

----------------

Asuka: Aaahhhh, então foi assim que você saiu da cadeia, Aya?

Aya: Exatamente, Asuka-senpai.

Iago: Eu tava sentindo falta dessa japa gostosa. XD

Asuka: Uau, você conseguiu fazer a cabeça do Capitão Nascimento? Isso é quase que impossível!

Thaysa: Isso porque eu sou a segunda melhor aluna dele, então ele confia em mim.

Asuka: Segunda? Quem é o primeiro lugar?

Thaysa: Ele não me disse o nome, mas disse que era uma garota.

Asuka: Alguém mais forte que você? Ela deve ser uma verdadeira Bad Girl!

Thaysa: E é! O Capitão disse que teve que parar de treinar ela, porque ela estava usando as habilidades dela para o mal.

Asuka: Mais forte que você? Usando para o mal? Espera aí! Essa sou eu! *0*

Thaysa: Sério? Você treinou com o Capitão?

Asuka: Claro! Aquele filho da puta me largou numa floresta por um ano sem comida sem nada! Mas isso é estranho porque ele nunca parou de me treinar, a gente só concluiu o treinamento... estranho.

Aya: A Thaysa tem uma coisa pra te contar mas até agora ela esqueceu. u.u

Thaysa: Ah é! Como agora a Aya-chan ta liberta, ela poderia ajudar você a caçar criminosos, assim o Capitão ia tirar o olho dela.

Asuka: Hmmm... Não sei não, se só comigo e com o Iago já é tedioso porque os bandidos são muito fracos, com mais uma espadachim isso seria muito fácil.

Aya: *se curva na frente de Asuka* Asuka-senpai! Era meu sonho ajudar você! Eu faria qualquer coisa pra ajudar!

Asuka: Qualquer coisa mesmo? Hmmm... Acho que não seria uma má idéia!

Thaysa: Ah, e eu vou ter que acompanhar ela... prometi pro Capitão, ou seja, você também vai ter que me levar junto, Bad Girl ^_^

Asuka: Visssh! Aí é que vai ficar fácil mesmo! Mas, pode ser útil quando a gente for caçar mais de uma quadrilha.

Aya: Asuka-senpai, serei eternamente grata por sua generosidade!

Asuka: Para de falar assim, tudo certinho! Se você vai ser uma bad girl então aja como uma!

Aya: Sim! Mil perdões!

Nessa hora, adivinha quem entra com tudo na mansão Norris?? Hanna Montana!! (se você não leu o capítulo passado, essa é a Han).

Han: Asuka-senpai, por que a entrada da sua casa ta toda... *vê Thaysa e Aya* quebrada...

Thaysa/Aya: O.O

Han: O.O

Thaysa/Aya: HANNA MONTANAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!

Han: KYAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!

Thaysa persegue Han dando tiros adoidada enquanto Aya corria igual uma louca tentando decepar Han.

Asuka: Hey vocês! Esperem... já foram... -.-

Akane: Parece que a Han-sama já conhece essas duas.

Iago: Mais duas gostosas pro meu hárem, uma japonesa e uma negra, era o que tava faltando! Ah espera! Eu ainda não tenho uma loira! Um hárem não é um hárem sem uma loira! Eu preciso (de um companheiro!) de uma loira!

Asuka: E quem ta no seu hárem?

Iago: Por enquanto você, a Han, a Akane e mais essas duas.

Akane: I-Iago-sama! >///<

Asuka: O que?!? Eu não to no meio dessa putaria!!!

Ainda tem muitas coisas para serem resolvidas... Mas as bad girls aos poucos vão se recuperando...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 18: De San Andreas para Phallus   Sab Abr 30, 2011 1:53 pm

Capítulo 18: De San Andreas para Phallus.

As meninas Asuka, Han, Akane e Juh (que foi? O Juh é incluído nesse grupo, oras) estavam passeando, o Festival da Boa Vizinhança em Phallus iria começar em uma semana, então elas precisariam comprar roupas pra ficarem bonitas. [Inclusive Juh]

Juh: *vê um vestido na vitrine e chacoalha Asuka* Danna! Eu quero aquele vestido! Compra pra mim, ah anda vai compra pra mim, diz que sim, vai, não seja mão de vaca, vai, anda siiiiiiim!?

Asuka: Me chacoalha assim de novo que eu arranco o seu... espera *tapa os ouvidos de Akane* Arranco seu pau e enfio no seu cú até sair pela boca! E você não devia usar vestido!

Juh: Nhaii sua psicopata! Eu só queria vestir o Mário com aquele vestido. E não esquece que a gente precisa escolher um vestido bem bonito pra Akane-chan já que ela vai cantar lá no palco.

Akane: To tão nervosa... não sei se eu vou conseguir >.<

Asuka: Dá pra serem rápidos então? A gente vai perder o jogo da seleção!

Juh: Ai é! Hoje tem jogo!! *0* ....Não gosto de futebol... =/

Han: Asuka-senpai, posso falar com você?

Asuka: Que foi?

Han: Você vai mesmo incluir aquelas duas para serem Bad Girls com você?

Asuka: Ta falando da Thaysa e da Aya? Claro que vou! Não viu como elas são fortes? Aquelas duas tem futuro no mal caminho.

Han: Eu sei mas, eu não gosto delas, ela tentaram me matar!

Asuka: Passado é passado, tudo bem, tudo o que vocês fizeram foi matar um sapo-boi-azul e por isso vocês vão queimar no inferno, nada de mais.

Akane: Vocês mataram um sapo-boi-azul? Um bichinho de Deus? Como vocês conseguem ser tão cruéis a esse ponto?

Han: Falando no diabo... -.-

Thaysa vêm chegando junto com Aya, Thaysa pra variar com um pirulito na boca e armada e Aya com a espada embainhada na cintura.

Thaysa: Yo Asuka-senpai, Juh-chan, Aka-chan... Hanna Montana...
(N/A: Aka-chan é como a Thaysa chama a Akane, que também significa “bebêzinho” em japonês, combina com a Akane)

Han: É Han, mas pra você é Srta. Inathi u.u

Asuka: Fazendo compras, Thaysa, Aya?

Aya: Na verdade nós estamos caçando um criminoso, eu preciso mostrar serviço para o Capitão Nascimento pra ele desgrudar o olho de mim.

Akane: *fica olhando pra Aya* e.e

Asuka: Quem é o criminoso?

Thaysa: O nome dele é Carl Johnson, mais conhecido como CJ, ele cometeu muitos crimes em San Andreas e Liberty City e agora ele está atacando Phallus.

Akane: *encara Aya mais de perto* e.e’

Aya: E ele é muito perigoso, é como se ele se recuperasse de qualquer ferimento, até os mais... graves... Asuka-senpai, porque essa garota está me encarando? Isso me incomoda. -.-

Akane: To tentando encontrar o olho do Capitão grudado nela e.e

Asuka: *desce um crock na cabeça dela* Retardada!!

Akane: T_T#

----------------

No meio das barracas montadas para o Festival da Boa Vizinhança, um rapaz negro, alto e cabeça raspada derruba uma barraca carregando a caixa registradora consigo. Esse era Carl Johnson, o criminoso que Aya e Thaysa caçavam.

Tiozinho da barraca: PEGA LADRÃÃÃÃOOO!! PEGA LADRÃÃÃÃOOO!

*CJ POV’s On*

“O Meu nome é Carl Johnson, não sou nada além de um bandido que não faria falta na sociedade. Por isso eu busco respeito... para ser notado... e busquei da pior forma...
Como muitos pensam, eu não fui influenciado para o crime pelo meu irmão ou os “amigos” dele... Foi pelo que eu sofri na infância... ”

-----------flashback on – CJ-------------

“Sempre convivi com pessoas que queriam ser superiores a mim, por isso abusavam da minha fraqueza...”

Mãe do CJ: Fecha o zíper dessa calça moleque! E vê se toma um banho! *cospe na cara dele*
-
Professora do CJ: Não! Marco Pólo não foi quem inventou a camiseta pólo!! Sua mula! E vê se toma um banho! *cospe na cara dele*
-
Chefe chinês do CJ: Você atlasou nove segundos na ultima entlega!! Pol que demolou com essa bunda pleta!? E vê se toma um banho! *cospe na cara dele*
-
Policial depois de parar CJ num enquadro: E você quer que eu acredite que esse saquinho de folhas verdes é orégano?! Você fuma maconha! E vê se toma um banho! *cospe na cara dele*

CJ: *esquiva do cuspe* Haháááá troxa!

Policial: *da uma escarrada mais verde que a camisa do Palmeiras que acerta CJ em cheio*

“Quem sofre esse tipo de abuso é óbvio que você vai se transformar em um criminoso, à não ser que você seja branco, aí você vira só emo mesmo... mas no meu caso foi por necessidade... eu preciso (de um companheiro!) sustentar o meu filho...
-----
Namorada do CJ (ela era negra também): *carregando um bebê japonês* Você precisa arrumar um emprego! Como eu posso sustentar essa criança? E vê se toma um banho!

CJ: Lá vem a cuspida >.<

Namorada: o.O’

Bebê: *cospe na cara do CJ*

CJ: ¬¬

------
“Mas eu prometi pra mim mesmo de que seria bom em tudo que eu fazer, por isso eu vou me esforçar para ser um ótimo criminoso, assim quem sabe eu mudo de vida (que ótima lógica, não?)”

*CJ POV’s Off*

CJ: Nunca vão me pegar vivo!! Nuncaaaaaaa- *mete a testa no poste enquanto corria*

A população cerca CJ e começa a pisar nele e claro, cuspir nele e mandar ele tomar banho. CJ senta no chão todo arrebentado e fica sem saber o que fazer, quando Asuka vem chegando com aquela turma de antes.

CJ(pensando): Aquela... se eu não me engano é... Asuka Ryouma? A tão famosa Bad Girl, filha de Chuck Norris? Ouvi dizer que ela arrumou uma gangue, deve ser aquelas meninas! Se me pegarem aqui eu to fodido!

CJ tenta levantar de mansinho sem que Asuka perceba e começa a andar como uma pessoa normal (normal e sangrando)

Thaysa: ALIIIIIIIII!!!! *sai correndo*

CJ: Me descobriram!!

CJ corre mas Thaysa alcança ele, quando CJ pensa que tudo estava perdido e que ele iria voltar pra prisão, Thaysa pisa nas costas dele e pára bem em frente a uma barraca de pirulitos e fica fascinada com a variedade de pirulitos, pirulitos de manga, pirulitos de chocolate, pirulitos de brócolis, pirulito de pirulito... E CJ vê a cena de quatro no chão espantado.

CJ: Ela... não me percebeu aqui?

Juh: *vê CJ de quatro* *¬*

Asuka: *levanta CJ* Se você não quiser ser arrombado pelo meu amigo, é melhor você ficar de pé. E vê se toma um banho!

CJ: (pensa) Acho que ela ainda não me conhece... claro, eu só sou conhecido em San Andreas! Cheguei faz pouco tempo em Phallus. (fala) S-Sim... me desculpe.

Juh: Danna, estraga prazeres.

Akane: Espera um pouco *vai chegando perto de CJ*

CJ: (pensa) Ah não! Ela vai me reconhecer!

Aya: Ta vendo algum olho grudado nele?

Akane: Não... Esse moço está fedido e muito machucado... pobrezinho, foi humilhado pela população cruel por ser um sem-teto.

CJ: (pensa) Ela acha que eu sou um mendigo? Bem... não que eu não pareça com um mas... por enquanto eu preciso manter a calma e me amigar com esse grupo, assim eu fico livre. (fala) Isso, estou muito machucado, poderia cuidar dos meus ferimentos?

Akane tira seu kit de primeiros socorros de debaixo do vestido e começa a cuidar dos ferimentos dele.

Han: Espera! Eu conheço esse cara de algum lugar!

CJ: (pensa) Fodeu!

Han: Ele é... Barack Obama, certo?!

CJ: (pensa) BARACK OBAMA?!?!

Juh: Nahh... Acho que não, pra mim ele parece mais com o Denzel Washington.

CJ: (pensa) Denzel Washington? Como mudou tanto assim? Só porque a cor é igual?!

Asuka: Não, ta na cara que ele é o James Brown!

CJ: (pensa) Estão começando a me ofender! O James Brown já morreu! Vai se informar sua maldita!

Thaysa: *volta com uma porrada de pirulito* Nhaaaa finalmente Thaysa vai se acabar no pirulito! ^w^

CJ: (pensa) Thaysa? Thaysa Maximo? A Comandante da polícia de Phallus? A Bad Girl e a comandante da polícia de Phallus no mesmo lugar, eu posso morrer! É melhor eu abandonar o plano e sair fora antes que me descubram! (fala) Ah, já estou melhor garotinha, pode me deixar ir agora. ^_^

Akane: Tem certeza? Eu ainda não terminei de enfaixar.

CJ: *levanta* Não, sério, já estou melhor.

CJ vai saindo fora quando Thaysa pára ele e fica encarando ele bem nos olhos, CJ já imagina como vai ser sua vida na prisão.

Thaysa: Caramba, Ronaldo! Faz tempo que eu não te vejo primo! Onde você esteve esse tempo todo?

CJ: (pensa) Ela acha que eu sou um primo dela só por causa da cor? Até tu... Thaysa? (fala) O-oi Thaysa! Quanto tempo né? Como vai a tia... tia... tia sua mãe, ta bem? ^_^

Thaysa: Ela morreu já faz cinco anos.

CJ: Ah... sinto muito...

Thaysa: Espera aí... O Ronaldo morreu também já faz alguns anos... o.O

CJ: Uh? Eu... eu...

Nisso vem chegando Iago, Nekiba, Wagner e Kyo também com sacolas de compras.

Asuka: Ah, eu esqueci de apresentar vocês pros meninos. Meninos essas são Thaysa e Aya, Thaysa e Aya, esse é meu senpai Nekiba, meu primo idiota Iago, Kyo mala sem alça e Wagner.

Wagner: Não seria “Wagner o amor da minha vida”?

Asuka: Só se for da sua própria!

Juh: Da minha é! =D

CJ aproveita a discussão deles pra sair fora, mas antes que ele pudesse sair, Aya percebe sua fuga e desembainha a espada colocando na frente do pescoço dele.

Aya: Não pense que eu não sei quem é você...

CJ: O__________O’’

----------------------------------

Na mansão Norris, o jogo pela classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo já estava para começar, Champz, que era o país onde ficava Phallus, contra Durchfall, um país vizinho de Champz, já estava para começar. Chuck Norris, Taty, Capitão Nascimento e Hai-ni (o irmãozinho de Han, lembra?) já estavam preparados pra ver o jogo, com a casa com a bandeira de Champz, cornetas, vuvuzelas (infelizmente vuvuzelas) e bastante comida, pois todos os amigos de Asuka iam assistir o jogo lá.

Chuck Norris: *olhando no relógio* Merda! A Asuka ainda ta fazendo compras? Ela vai perder o jogo desse jeito!

Taty: Norris-sama, mulheres compram muito mesmo, não entende?

Chuck Norris: Por que o Festival da Boa Vizinhança tinha que cair justo em época de copa?

Nascimento: Pelo menos na hora do Festival não vai ter nenhum jogo, pode ficar tranquilo. *senta no sofá* VAMO LÁ CHAMPZAAA!!! ACABA COM DURCHFAAAALL!! *assopra vuvuzela*

--------------

Aya: *com a espada apontada para o pescoço de CJ* Não pense que eu não sei quem é você...

CJ: (pensa) Ai meu Deus!! Ela tem uma espada!! Ela vai me matar!

Aya: Me dê um autógrafo... Will Smith! *///*

CJ: (pensa) Will Smith!? Por que a pessoa sempre muda drasticamente mas a cor não? To pensando seriamente em mudar de cor igual o Michael Jackson! (fala) Er... claro, sempre ajudo minhas fã. ^_^

Aya: A Akane é burra, ela achou que você fosse um mendigo, mas eu sei que você só está vestido assim pra fazer um novo filme, certo? Está interpretando um mendigo, certo?

CJ: A-Aham... O filme se chama... “Mendigo”! *dá um autógrafo para Aya*

Enquanto Aya conversava com o suposto Will Smith, Thaysa se apresentava para os meninos.

Kyo: *segura a mão de Thaysa* Na verdade você é a criminosa... pois acabou de roubar o meu coração...

Thaysa: ... Que bom...

Nekiba: Yooo Thaysa, posso te chamar de Tata-chan? ^_^

Thaysa: Claro!

Wagner: Sinto muito, por você ter que aturar a Asuka de TPM.

Thaysa: Ela ta de TPM?

Wagner: Ainda não... mas quando ela ficar... T-T

Juh: Bofe... pára de lembrar disso!! Ç.Ç

Asuka: Eles tão exagerando Thaysa, não ouça eles. u.u

Thaysa: Ah, e esse a minha parceira Aya... Aya?

Thaysa vê Aya recebendo um autógrafo, e nesse autógrafo estava o nome de Will Smith, então cai a ficha de todo mundo.

Thaysa: ELE É O WILL SMITH!!

Todos: WILL SMIIIIITH!!!

CJ: Er... O-Oi... er... (pensa) Eles acham que eu sou o ator Will Smith? Até a Asuka? Bom, pelo menos eu estou livre por enquanto.

Asuka: Will Smith-san, você tem que assistir o jogo da copa na nossa casa! *-*

CJ Na sua... casa? Onde mora o Chuck Norris?

Asuka: Aham! Meu pai vai adorar te conhecer!

Iago: E você tem que comer a gororoba que a Asuka faz, você vai vomitar por duas seman- *é interrompido por um crock de Asuka na jaca*

CJ: Não ia ser uma boa idéia... Eu ainda to sujo para o papel de mendigo no filme...

Asuka: Vamos, não seja modesto, tem comida pra todo mundo lá!

CJ tenta convencer à ficar mas Asuka acaba arrastando CJ pra sua mansão achando que ele era Will Smith. Chegando lá na mansão, ninguém mais ninguém menos que Chuck Norris abre a porta.

Chuck Norris: Asuka! Por que você dem-

CJ: O.O

Chuck Norris: Quem é esse?

Asuka: Esse é o Will Smith, Pai, num ta reconhecendo? Ele veio em Phallus só pra assistir o jogo com a gente *-*

CJ: NÃO MUDA A HISTÓRIA!! Ò_Ó

Chuck Norris: Ah... então tá... *fica encarando ele por um tempo*

CJ: *tentando esconde o rosto* (pensa) Droga, ele vai me reconhecer... Afinal, ele é o imperador Chuck Norris. >.<

Chuck Norris: Entre, senhor Smith.

Quando CJ entra na casa junto com o resto da negada ele vê que no sofá estavam Taty, Nascimento e Hai.

CJ: (pensa) DROGA! O Capitão Nascimento! Aquela é a Bruxa Ruiva Taty!! E uma criança que eu nunca vi na vida!! Se me reconhecerem to ferrado! Eu preciso convencer todo mundo que eu sou o verdadeiro Will Smith.

O jogo começa, assistindo o jogo na sala estavam Chuck Norris, Nascimento, Taty, CJ, Asuka, Iago, Juh, Akane, Wagner, Nekiba, Han, Hai, Kyo, Thaysa e Aya. (EEEITA PORRA!)

Han: Asuka-senpai, por que aquelas duas tinham que vir ver o jogo aqui? ù.u

Asuka: Ahh quanto mais gente melhor! XD

O tempo inteiro durante o jogo, Chuck Norris, Capitão e Taty ficavam olhando para CJ, como se desconfiassem que ele não fosse Will Smith.

CJ: (pensa) Ai merda! Eles vão me descobrir, Champz ta jogando mal pra caralho, assim eles vão desviar a atenção pra mim, eu preciso de alguma coisa que vá desviar a atenção de mim pro jogo.

Thaysa: VAI LÁ CHAMPZ!! \o/

Han: Ainda estamos no começo do jogo, pára de torcer assim. ù.u

Aya: Não fale assim com a Thaysa, Hanna Montana, ou vai perder a sua língua! -.-

Thaysa: Nem precisa se envolver Aya-chan, eu posso acabar com ela facinho.

Han: Então quer terminar o que começamos na floresta?!

CJ: (pensa) Isso! Uma briga! Isso com certeza vai desviar a atenção do Norris-sama de mim!

Thaysa: Você está sendo ridícula! E pior, ta sendo ridícula na frente do Will Smith! *aponta pro CJ*

A atenção vai toda para CJ.

CJ: (pensa) NÃO! Policial! Pára de apontar esse dedo pra mim!! Agora ta todo mundo olhando pra mim!

Nascimento: Thaysa! Senta e cala a boca!

Hai: Nee-chan, não briga não, a gente ta vendo o jogo.

De novo a atenção se volta para o jogo, mas dessa vez Chuck Norris, Taty e Nascimento olhavam ainda mais para CJ.

CJ: (pensa) O que mais pode tirar a atenção de mim? Um gol! Esse jogo ta muito parado, se sair um gol, seja de qual seleção for a atenção vai se voltar totalmente pro jogo, caramba, alguém tem que fazer um gol logo!

A seleção de Durchfall rouba a bola, o atacante sai na disparada e chuta fazendo um gol na seleção de Champz.

CJ: *só da ele* GOOOOOOOOOOOOOLLL!!!! AEEEEEEEEEEEE!!! ISSOOOOOOOOOO!!!

Como ninguém comemorou o gol da seleção adversária só o CJ, toda a atenção vai pra ele, e pior, agora ainda estavam nervosos porque comemorou um gol da outra seleção.

CJ: (pensa) NÃO!! Acabei me empolgando e agora a atenção ta toda em cima de mim, da pra ver na cara de Chuck Norris que ele está com raiva! Ai não! Por favor, muda a atenção, muda! Muda!

Hai: *chora* WAAAAAAAAHHHHH! Ç.Ç

Han: Owwn... Vem cá, não chora, Hai.

Taty: Champz ainda vai fazer um gol em Durchfall, Hai... ^_^

A atenção vai para Hai, e CJ pode relaxar por pelo menos uns segundos.
Final do primeiro tempo, um à zero para Durchfall, assim todo mundo pode conversar.

Chuck Norris: E então, Will Smith, que filme o senhor ta fazendo aqui por Phallus?

CJ: Er... o nome é “Tristeza e rancor”.

Thaysa: Não era “Mendigo”?

CJ: Isso, era “Mendigo: Tristeza e rancor”, mostra a vida difícil que os mendigos passam, o preconceito e etc.

Juh: Ahhh nem me fale em preconceito, você já pensou em fazer um filme sobre gays?

CJ: NUNCA!!

Novamente a atenção se volta para CJ, dessa vez pior porque Juh fechou a cara para ele, se Juh fechou a cara Asuka também fecha, e se Asuka fecha a cara todo mundo fecha, estavam todos putos com CJ.

Taty: Então, Smith-san, como foi fazer o filme “O livro de ELI” que é um filme quase que evangélico.

CJ: Foi bom, eu não sou preconceituoso por ser evangélico, mas eu gostei de fazer o filme, tive que estar preparado para fazer um filme assim, pois mexe com muita coisa que não devia...

Nascimento: “O livro de ELI” não foi com o Denzel Washington?

Taty: Ai é mesmo, acabei de lembrar!

Nessa hora já estava mais do que na cara que CJ não era Will Smith. A sala fica em silêncio por alguns segundos.

Nascimento: Thaysa, você já pegou aquele criminoso, o tal Carl Johnson? Famoso pelo nome CJ?

Thaysa: Ainda não, Capitão, mas estou procurando, dizem que ele está por aqui em Phallus.

Nascimento: Ah então, caso você o encontre você tem a ordem de matá-lo, a cadeia já está muito lotada e ele já cometeu muitos crimes.

Thaysa: Aeeeeeeeeeeee!! Aya-chan, eu deixo você dar o golpe final ta? ^_^

CJ: (pensa) Realmente... me descobriram, tenho que agir rápido! (fala) Bom, o primeiro tempo acabou então eu já to indo, obrigado por me deixarem ver aqui, até mais.

CJ vai saindo quando Iago já estava na frente da porta de braços cruzados, encostado com o pé na parede.

CJ: Er... com licença, garoto, eu preciso ir pra casa.

Iago: Você não vai à lugar algum... Will Smith. u.u

CJ se vira e atrás dele todos estava se preparando com suas armas para caçá-lo.

Asuka: Deixa eu testar meu golpe, Pai?

Chuck Norris: Claro, Asuka, vai em frente.

Asuka: ZIDANE HEAD STRIKES!! *Asuka carrega o ki norriano na testa e dá uma testada no peito de CJ fazendo o ele perder o ar até apagar*

CJ: X_X

------------------------------

Já na cadeia, CJ estava em seu primeiro dia como preso, o guarda do lado de fora de sua cela estava assistindo as notícias sobre o jogo, quando vêm a notícia.

Repórter: Hoje, a Bad Girl Asuka Ryouma e sua gangue caçaram mais um criminoso, dessa vez por incrível que pareça, o criminoso é o ator de cinema Will Smith que estava fazendo um papel de mendigo para o filme “Mendigo: Tristeza e rancor”...

CJ: Uhu... hu... hwaaaaaaaaahhhh ç.ç
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 19: Mais duas Bad Girls! Uma deusa e um demônio!   Sab Abr 30, 2011 2:19 pm

Capítulo 19: Mais duas Bad Girls! Uma deusa e um demônio!


Naquele mesmo dia que teve o jogo e CJ foi preso, era noite (naquele dia era noite? O.o) e Nekiba não conseguia dormir.

Nekiba: Ahhhh... mais uma noite dormindo sozinho... à noite fica tão solitário... mas, não posso pensar nisso porque eu tenho que estar disposto pro Festival da Boa Vizinhança depois de amanhã! \^_^/ *dorme na hora, não sei como*

Ali bem perto da casa dele, dois caras vestindo capuzes que cobriam por inteiro, iam em direção a casa dele com uma cesta.

Ser 1: Sinceramente... Não sei o que deu na cabeça de do Satã-sama pra ele mandar a Karol-sama pra esse muquifo!

Ser 2: Hey, não critique as ações de Satã-sama, e se ele quiser mandar a Karol-sama pra cá então só podemos obedecer, afinal a filha é dele.

Ser 1: Verdade, desobedecer Satã-sama pode ser perigoso, você viu o que aconteceu com o Preston?

Ser 2: Preston Maguines? É, eu ouvi uns boatos... Deixa a cesta aqui? *põe em frente a porta da casa de Nekiba*

Ser 1: E agora? Toca a campainha?

Ser 2: Claro, não quer que a gente grite o nome às três da manhã, quer?

Um deles tocam a campainha e os dois saem correndo deixando a cesta na porta da casa.
Nekiba aparece na porta com o olho cheio de remela, barba crescendo, olheira e vê a cesta com o bebê dentro.

Nekiba: Uh? Que isso? Cesta básica?

Nekiba vê que dentro da cesta tinha um bebê fofo, dormindo e babando tranquilo.

Nekiba: Um... bebezinho??!! *0* Que foooooofo!! Eu vou chamar você de Manolo, e você vai ser jogador de futebol...

Nekiba volta pra casa com a criança em mãos e naquela noite ele não dormiu sozinho em sua casa, dessa vez dormiu como um papai feliz.
Enquanto Nekiba estava tendo a felicidade de ser papai e aqueles seres voltam pro lugar de onde vieram, uma guerra estava prestes a acontecer por causa de uma só garota. No monte Olimpo, onde ficam os deuses gregos, estava tendo uma reunião muito importante que definiria o destino de uma criança. Zeus e Poseidon convocaram os outros dez deuses para discutir, entre eles Hera, Apolo, Atena, Afrodite, Deméter, Ares, Artemis, Dionísio, Hefesto e Hermes (e Renato).

Zeus: Vocês sabem por que estão aqui?

Dionísio (deus do vinho, das festas e do êxtase): *levanta sua mão* Eu! Eu! Eu!

Zeus: Dionísio, tem a sua palavra.

Dionísio se levanta cambaleando, aparentemente bêbado, com os olhos vermelhos e bafo de cachaça com uma garrafa de vinho na mão.

Dionísio: O zenhor jamou nóis aqui... hic... borque... Tava teno nego aí... nego aí... hic... que tava fazeno o que num devia com a Atena... hic! @_@

Atena (deusa da sabedoria, ofícios e estratégia militar): >///<

Zeus: Dionísio! Controle-se e sente-se! Seu bêbado!

Dionísio: Ahhhh vamos começar a festa logo! Liga o som aí DJ!!!

Começa tocar Lady Gaga.

Dionísio: Ta ouvindo? Uhh Lady Gaga!! *começa a dançar*

Ares (deus da guerra, e também meu programa favorito pra baixar música): *destrói o rádio e mata o DJ* POOOOORRA!!! A GENTE TA AQUI PRA BOTAR PRA QUEBRAR! NÃO PRA FICAR COM VIADAGEM!! NÃO É, MAMÃE!!??

Hera (deusa da família e do ciúmes, e esposa e irmã de Zeus): Ares, seja um bom menino e sente-se! Você também, Dionísio!
(N/A: O que? Não, não, peraí que tem coisa errada! Por que diabos Zeus que podia comer qualquer uma vai comer justo a irmã?! E teve uma par de filho com ela! Agora cá entre nós, se um irmão come a irmã e tem filhos com ela, a criança num era pra nascer deficiente? Deuses... pfft... enfim, de volta a fic)

Afrodite (deusa da beleza e da sexualidade): Bota eles de castigo, mãe, eles estão arruinando a minha beleza com esse barulho. u.u (Ih olha, descobrimos a mãe do Kyo =O)

Hera: *vê que Zeus estava olhando pra Afrodite* Você ta querendo comer ela também?! Tava olhando pra ela?

Zeus: O-oque? N-não! Hera, ela é a minha filha!

Hera: Eu sou sua irmã e você casou comigo, seu incestuoso cafajeste.

Afrodite: Uhmmm... Adoro um cafajeste hmm... ¬w¬

Zeus: O///O

Deméter (deusa da fertilidade, agricultura, natureza e estações do ano, carai, não quer mais nada né?): Irmã, não discuta com Hera, quer dormir no sofá como da ultima vez?

Afrodite: Hmmm... Adoro no sofá também... tão selvagem ¬w¬

Ártemis (deusa da vida selvagem e da caça): Selvagem!! Onde?? Vamo botar selvageria nessa porra!! Ò_Ó/

Ares: ÉÉÉÉÉÉÉ!!! o/

Hermes (deus do comércio e dos ladrões): Espera, estamos desviando o foco dessa reunião!

Apolo (deus do sol): >.<

Zeus: Isso, está certo Hermes, fale por favor.

Hermes: A gente ia discutir sobre... o novo aparelho de som do Dionísio!

Dionísio: =D

Hermes: Seu som ta quebrado? Ta precisando de uma musiquinha? Então pare de ficar se lamentando e compre agora o novo som da marca Hermes! Exatamente! Por apenas 299,95! Isso mesmo, 299,95 sem juros e sem entrada!

Dionísio: Uaaaau! =O

Hermes: E se você ligar agora para o número que aparece em sua tela você receberá gratuitamente um megafone para aumentar ainda mais a potência da música! Aproveite essa promoção, é por tempo limitado! Ta esperando o que? Ligue jhá! =D

Zeus: CHEGA! Cadê meu raio?!

Hermes: Cansado de perder suas coisas? Pois agora seus problemas acabaram com o Farejador Clean Line! Ela sente o cheiro das suas coisas e diret-

Poseidon: HERMES!! Devolva o raio de Zeus pra ele, seu ladrão de raios! (pegou o trocadilho?)

Hermes: Desculpa tio Poseidon... ç.ç *entrega o raio*

Zeus: Eu na verdade convoquei vocês aqui porque Apolo e Atena tiveram uma filha!

Todos menos Zeus, Hera, Poseidon, Apolo e Atena: Oooohhhh! =O

Hera: Como todos sabem, quando Atena se apaixona pelo pensamento do homem e isso gera a inspiração e a criação, ou seja, a criança. E no caso esse homem foi Apolo.

Zeus: E como não podemos permitir que alguém interfira na nossa família resolvemos joga essa criança no Tártaro!! (N/A: Peraí, tártaro não é aquela meleca branca que fica no dente se você não escova?)

Atena: Não! Zeus, por favor, reconsidere seus atos, eu te imploro, poupe a vida dela!

Apolo: Ainda não inventaram camisinha pra pensamento, por favor! >.<

Hera: Não tem mais discussão! Não acredito que tentaram esconder a criança de mim e de Zeus! Ainda bem que Nemesis e Hécate denunciaram esse crime grave.

Nemesis e Hécate aparecem no Olimpo, Hécate era uma deusa grega e Nemesis... era aquele monstro do Resident Evil!

Nemesis: STAAAARS! STAAAARS!!

Apolo: Me desculpe Zeus, mas se vai tentar joga a nossa filha no tártaro eu vou ter que interferir!

Apolo prepara seu arco e flecha e aponta para Zeus, quando Zeus rapidamente pega Apolo e Atena e deitam os dois de bruços no colo.

Zeus: Acham que só porque são deuses você não vão levar uma surra? *abaixa as calças de Apolo e Atena e dá palmadinhas no bumbum dos dois*

--------------------------------

Nisso, essa criança que nasceu da cabeça da Atena (???) acabara de acordar, ela olha para os lados sem saber onde está.
Seu nome é Bia Winamoto, uma garota de aproximadamente 17 anos, tinha cabelos pretos, olhos grandes e dourados como o de seu pai Apolo, ela tinha um corpo... como eu posso dizer... bem cavalona... bastante peito e bunda sabe?
(N/A: A partir daqui é uma paródia do filme “Percy Jackson e o ladrão de raios”)

Bia: Ai minha cabeça... onde eu to? @~@

Do lado dela estava um garoto metade humano metade cabrito, o nome dele era Grover.

Grover: Oi! Meu nome é Grover, seja bem-vinda ao Acampamento Meio-Sangue! =D

Bia: Você é metade cabra? O.o

Grover: O nome é Sátiros! ¬¬

Bia: E como eu vim parar aqui?

Grover: Seu pai Apolo e sua mãe Atena te deixaram aos meus cuidados, Zeus disse que queria te jogar no Tártaro por isso Apolo te escondeu aqui antes qu-

Bia: Olha, arco e flecha!! =D *sai da cabana*

Grover: Espera! Bia! *vai atrás*

Bia sai da cabana onde estava repousada e o lado de fora era muito bonito, graminha verdinha, árvores, uma fonte, lugares para treino e uma porrada de gente treinando.
Bia chega no pessoal do arco e flecha tão rápido que despistou Grover.

Bia: Deixa eu atirar uma vez? *-*

Um garoto que treinava entrega o arco e flecha na mão de Bia, o nome do garoto era Yoshimitsu, ou só Yoshi, filho de Hebe (graccccinha!) deusa da juventude (ah ta bom viu? Hebe Camargo, deusa da juventude? Me engana que eu gosto!).

Yoshi: O alvo é aquela árvore ali, à uns 15 metros.

Bia: 15 metros?! Muito pouco, que tal... aquela árvore ali?

Yoshi: Lá no final? Deve ter uns 200 metros daqui até lá!

Bia: Aposto que eu consigo acertar aquele ponto vermelho na árvore *prepara para atirar* É só se concentrar... e mirar...

Não se sabe como e nem por que, mas Yoshi conseguia ver como se tivesse uma luz que envolvia Bia, então Bia dá um tiro, a flecha percorre os quase 200 metros e acerta bem no alvo, bem no meio sem erro nenhum.

Yoshi: Nossa! C-como você fez isso? Você ta usando algum código de mira perfeita, sua cheater!

Bia: Hahahahahaha! Não, eu simplesmente sei como usar isso! ;D

Yoshi: Você é filha de Apolo, não é?

Bia: Como você sabe?

Yoshi: Não sei... Dá pra sentir na pessoa quando ela é filha de Apolo... é tipo... um conforto...

Bia: Er... ta bom...

Yoshi: Me ensina a fazer isso?

Bia: Claaaaro que eu ensino! ^_^

Então a filha de Apolo ficou ensinando o filho de Hebe Camargo a manusear um arco e flecha.

Grover: *encontra Bia* Ali ela!

O que Grover vê é Bia dando a maior atenção ao pequeno Yoshi, que sempre estava sozinho no Acampamento e finalmente tinha alguém para dar atenção ao pequeno.

Grover: *sorri* Hehe... Quíron tem que ver isso...

--------------------------------------


No dia seguinte, Nekiba corre todo sorridente até a mansão Norris carregando o seu bebê, na metade do caminho ele derruba o bebê de cabeça no chão que milagrosamente nem chorou.

Iago: Por que ta tocando a campainha tão cedo, Nekiba, e que bicho é esse no seu colo?

Nekiba: Não é bicho! É meu filho, o Manolo!

Iago: Fi... Fi... Fi... Fi...

Nekiba: Não, repita comigo: M-A-N-O-L-O!

Asuka: *vem chegando* Iago retardado! Por que não convidou o senpai pra entrar?

Iago: Fi... Fi... Fi...

Nekiba: Olha, Asuka-chan, esse é o meu filho, o Manolo ^_^

Nekiba coloca o bebê cara a cara com Asuka, o bebê encara Asuka com um sorriso malicioso e olhos vermelhos, no sorriso da criança dava pra se notar as presas nascendo primeiro.

Asuka: S-s-seu filho? O_____O’ Então você não é mais virgem?

Nekiba: Não quero falar sobre isso... Mas sim, é o Manolo, e eu ainda não dei de mamar pra ele e ele ta com fome.

Asuka: Espera um pouco *olha dentro da calça do bebê* É ela, não ele. É uma menina, senpai!

Nekiba: Putz! E agora, qual vai ser o nome dela? AH! Deixa eu colocar Fergie! Ou Shakira!

Juh e Akane vão chegando junto e vêem a criança nos braços de Nekiba.

Juh: Neki-bofe, você engravidou alguém na sua primeira transa? O.O

Asuka: Ele ainda é virgem...

Nekiba: ç.ç

Asuka: E a gente ta tentado arranjar um nome pra ela.

Akane: Eu acho que ela tem cara de Karol.

Asuka: *desce um crock na cabeça dela* Ninguém pediu sua opinião!

Do nada, um barulho de barriga roncando vindo do bebê que cora um pouco de vergonha.

Juh: Acho que o nome pode ficar pra depois, porque alguém ta com fomeeeee ^_^

Asuka: Você ainda não deu leite pra essa criança, Nekiba-senpai?

Nekiba: Na verdade eu tentei ontem à noite, mas...

----------------flashback on-------------------

Nekiba: Vamos tomá letinhooooo? ^^

Bebê: *fazendo graça como um bebê normal*

Nekiba levanta a camiseta e mostra o peito peludo e a criança se esconde debaixo das cobertas.

Nekiba: Ué... Por que será que ele não quer? *pega um livro de como cuidar crianças pra ler* Ah! Tem que botar o leite pra ferver, como eu sou burro! XD
-----
Nekiba: WAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!

Bebê: O.O

Nekiba: *com o peito vermelho* Aaaaiii! Não sabia que botar o leite pra ferver ardia tanto! ç.ç

--------------flashback off------------------

Nekiba: E acabou que nem saiu leite do meu peito =/

Iago: Bem que você podia poupar a gente dessa imagem perturbadora.

O bebê ficava estendendo os braços e olhando para os peitos de Asuka e quase babando.

Bebê: Dá... dá... *¬*

Asuka: Aaahhhh não! Eu não vou dar de mamar pra uma pirralha que nem é minha!

Juh: Ah vai danna, só você aqui pode amamentar.

Asuka: A Akane é mulher também.

Akane: Mas meus peitos não são crescidos. ç.ç

Iago: Só sobrou você Asuka.

Nekiba: Por favooooor~ *-*

Asuka: Arhg! Ta bom vai! Me dá essa piveta aqui!

Asuka tira o peito pra fora (fazendo de um jeito para Nekiba e Iago não verem, claro) e começa a amamentar a garota que mamava com gosto nos peitos de Asuka. Até que a criança lança um olhar malicioso para Asuka e morde o peito de Asuka com tanta força que até sangra!

Asuka: AAAAAAAAHHHHH!!! PIRRALHA FILHA DA PUTA!! *joga a criança com tudo na parede*

Nekiba: FILHA!! *desmaia* X-X

Juh: ASUKA! VOCÊ MATOU A FILHA DO NEKI-BOFE!!

Asuka: Mas ela mordeu meu peito, olha ta sangrando!

Iago: Deixa eu ver.

Asuka: Nem fodendo!!

Do nada, a criança que foi estatelada na parede levanta com um pulo, um mortal triplo de costas e acerta Asuka com um chute na boca tão forte que afunda ela no sofá e a bebê foge da mansão e sai correndo mais rápido que o Jiraya.

Iago: Nossa! Isso é um bebê mesmo ou é um anão?!

A criança corria pelas ruas de Phallus com um sorriso no rosto e saboreando o sangue de Asuka no canto da boca.

Mans... deixando a Terra por um instante e voltando para o Acampamento meio-sangue, onde Bia Winamoto, filha de Apolo e Atena, conquistava o Acampamento com seu carisma.

Grover: Aí está ela, Quirón.

Quirón: Então você é a filha proibida de Apolo e Atena?

Quirón era aquele mano meio homem meio cavalo do filme do Percy Jackson.

Bia: Ah, você é um Paródio só que evoluído né? =D

Quirón: É Sátiros!

Bia: Paródia, sátira, plágio, dá tudo na mesma.

Quirón: Enfim, eu não sou um sátiros, sou um centauro, estava ansioso para conhecê-la, por favor, siga-me, vou te levar à sua nova cabana.

No caminho até a cabana, todos que passavam por ali cumprimentavam Bia com um sorriso, naquele meio tempo em que ela se perdeu de Grover ela já fez amizade com quase todos conquistando eles com o seu carisma de Apolo, assim como conquistou Yoshi.
Os três, Bia, Quirón e Grover chegam até a cabana de Bia, uma cabana que tinha uma ótima visão do sol, um lugar realmente quente e agradável de se ficar.

Bia: Adorei aqui, é como se eu tivesse mais perto do papai.

Quirón: Apolo confiou você à mim, então não posso deixar que você saia daqui ou algum deus fofoqueiro pode te descobrir e te entregar para Zeus... aí já viu né? A casa caiu, fodeu, todo mundo aqui em cana. =/

Bia: Nah, tudo bem, eu vou ser encontrada de qualquer jeito.

Quirón: Como pode dizer isso?

Bia: Olha Pangaré-san...

Quirón: É Centauro!

Bia: Aqui é um acampamento meio-sangue, onde todos os filhos de deuses ficam, certo? Qual seria o primeiro lugar onde Zeus pensaria em procurar?

Quirón:...

Bia: Vocês poderiam me deixar nos Campos Elísios no mundo inferior, Hades odeia Zeus e Poseidon, provavelmente me esconderia lá sem problemas, ou melhor ainda, não precisava nem avisar Hades, assim seria melhor porque Hades não ia fazer nada. Assim se Zeus descobrisse de alguma forma que eu estou no mundo inferior e tentasse me tirar de lá uma guerra com Hades podia estourar, e seria burrice porque ele teria que me tirar do mundo inferior para jogar de novo lá pois o Tártaro e os Campos Elísios ficam no mundo inferior.

Quirón: Hehe... Você é mesmo filha de Atena... Mas por que não falou isso pro Apolo?

Bia: Eu falei, mas ele disse “Pode confiar em mim”... E eu não sei por que, mas eu senti que podia confiar no papai.

Quirón: Me admira sua confiança, Bia Winamoto, tenho certeza que terá um grande futuro como uma deusa.

Bia: Obrigada ^_^

Quirón: Está com sede, Bia?

Bia: Ah eu to!

Quirón: Percy! Traga água pra garota!

Vem chegando o melhor amigo de Grover e o personagem principal do filme que ta me inspirando a escrever essa parte, Percy Jackson, aqui ele ta meio como escravo, mas beleza.

Percy: Bia Winamoto? Sou seu fã! Meu nome é Percy Jackson, filho de Poseidon e Michael Jackson!

Bia: Nhai que legal, Percy! *0*

Quirón: Ta esperando o que?! Traga água para a garota!

Percy, como é filho de Poseidon, ele tem controle sobre a água, então puxou a água de um lago que fica do lado de fora da cabana, mas Percy ainda não controla muito bem e acabou ensopando Bia por inteiro.

Percy: Wah!! Desculpa, Bia! >.<

Quirón: Percy! Olha o que você fez com a... Bia...

Quirón vê Bia com a roupa grudada no corpo, toda molhada, Bia levanta a camiseta em torce para tirar a água mostrando parte do seu corpo molhado.

Percy: Ah, foi mal! >.< Acho que é meu déficit de atenção!

Quirón: N-não precisa se desculpar pelos seus atos, garoto! Orgulhe-se *¬*

Grover: QUIRÓN!

Quirón, que era metade cavalo, ficou de bauduco. Ele relinchava balançando o badalhoco de quase 40 cm pra lá e pra cá, espantando todo mundo da cabana.

Bia/Grover/Percy: *sai correndo* AAAAAAAAHHHHH!! FUJAM PRAS MONTANHAS!! /o/


CONTINUA...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 20: Ninguém Segura Este Bebê!   Sab Abr 30, 2011 2:31 pm

Capítulo 20: Ninguém Segura Este Bebê!

Nekiba, Iago, Asuka, Juh e Akane continuavam andando pelas ruas de Phallus procurando a filha de Nekiba que tinha sumido depois de morder o peito de Asuka e derrotar ela facilmente.

Asuka: Me derrotou o caralho, narrador de merda! Ela só... me pegou desprevenida! Até parece que eu ia perder para um bebê! u.u

Calma, ow, shiu, ficou nervosa? Então, eles continuavam perguntando pras pessoas na rua se elas viram um bebê correndo com a boca sangrando e com os olhos vermelhos, mas todo mundo achou que eles tinham cheirado pra ver alguma coisa assim.
Mas a criança estava indo para um lugar onde eles podiam muito bem procurar... na casa da Han.

Hai: Nee-chan! Tem um bebê aqui na campainha!

Han: *no quarto, fazendo um desenho* Eu to ocupada! Fala que eu chamo depois.

Hai: Bebê, minha irmã ta ocupada, ela falou que depois te cham-

Hai é interrompido porque a criança chutou Hai até a parede fazendo ele bater a cabeça e desmaiar.

Han: Hai! Que barulho foi esse?!

A bebê sozinha invade a casa, abre a geladeira, pega uma cerveja e abre com as presas que já estavam maiores, não só as presas como todos os dentes e o bebê em si, era como se o bebê estivesse crescendo em ritmo acelerado.

Han: Hai! Pára de fazer bagunça e toma seu Muppy quieto!!

A bebê, agora sabendo onde Han estava, pega uma faca na gaveta, uma faca bem afiada e segue em direção ao quarto.

Agora acontece isso

Spoiler:
 

-----------

Asuka, Nekiba, Iago, Juh e Akane ainda procuravam pela neném, eles já estavam bem perto da casa de Han, então Nekiba, com seu faro apurado ele conseguiu sentir o cheiro da própria filha.

Nekiba: To sentindo o cheiro dela! Mas junto dela tem cheiro de cerveja, e sangue, e banheiro.

Juh: Hmmm... Isso está me cheirando a um trabalho para a Agência de Mistérios do Juh! Deduzindo por agora, a neném ainda está com o sangue de Asuka na boca, parou no bar para tomar uma cerveja, sentiu vontade de fazer xixi e foi no banheiro do bar.

Asuka: Larga a mão de ser idiota! Você é um estúpido! Que tipo de criança toma cerveja?! Suas teorias são sempre furadas! Você não presta pra nada! Você é um inútil!

Juh: Se a minha teoria tiver certa eu posso esfregar na sua cara?

Asuka: Pode!

Juh: Então beleza, não vai reclamar depois.

Nekiba: Gente, e se ela foi seqüestrada por um bêbado? Ç.Ç

Akane: Aqui fica perto da casa da Han-sama, vamos perguntar pra ela se ela viu.

Juh: Para a casa da Han!





Asuka e o pessoal entram na casa de Han que estava com a porta aberta.

Akane: O Hani-chan... Ta desmaiado no chão! Ó~Ò

Nekiba: O cheiro de sangue ta ficando mais forte!

Todos seguem Nekiba que seguia o cheiro de sangue, que leva-os até o banheiro onde Han estava jogada no chão como um cadáver de um defunto morto que já se foi.

Akane: HAN-SAMA!!

Akane ajoelha do lado do corpo virando Han de frente pra ela, ela segura por trás da nuca e envolve Han nos seus braços, Akane começa a chorar e acariciando o cabelo molhado de Han, como naqueles filmes de drama tipo “E o vento levou” ta ligado?

Akane: Han! Por favor, minha irmã! Fale comigo!

Asuka: Ela não é sua irmã. -.-

Han: A... Akane... –chan...

Akane: Aguente firme! Você é forte e pode sobreviver! Você não pode partir e me deixar sozinha! O que será de mim sem ti, ó amor da minha alma?

Han: Breve... partirei... cuide bem... da Asuka-senpai...

Akane: Não! *fazendo o maior drama do mundo* Não deixarei que vá... ó razão do meu viver... Não morra!

Han: Seja boaaaa.... *morrendo aos poucos* x-x

Akane: NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃAAAOOOOO!!!

Asuka: Chega dessa palhaçada! *pisa na cabeça de Akane que dobra em cima de Han que começa a cuspir sangue* Ela só está com alguns arranhões no corpo, vai sobreviver!

Juh: Han-chan, quem fez isso com você?

Han: Vocês não vão acreditar... mas foi um bebê!

Juh/Asuka/Iago/Nekiba/Akane: UM BEBÊ???

---------------

Kyo: É! Um bebê! *carregando um bebê*

Wagner: Cara, você deve ta chapado se acha que eu vou deixar você ficar com um bebê aqui na minha casa!

Kyo: Mas ela já deve ter passado da fase de amamentação pelo tamanho dela, olha essa carinha e vê se tem como dizer não.

Kyo mostra a mesma neném que mordeu Asuka e esfaqueou Han para Wagner, a bebê já estava maior que antes e estava dando um sorriso tão kawaii que foi difícil Wagner rejeitar... Mas rejeitou!

Wagner: Não! Cara, você não consegue cuidar nem de você mesmo, como vai cuidar de um bebê?

Kyo: Eu consigo, eu tive um cachorro que eu cuidei muito bem uma vez, mas ele morreu porque eu deixei o veneno de rato perto sem querer, e eu também assisto Supernany, SOS babá, Dr. Phill e essas coisas!

Wagner: Deixou veneno de rato ao alcance de um cachorro? E se você fizer o mesmo com essa criança?

Kyo: Eu estava com sérios problemas com ratos em casa e eu odeio ratos... são sujos. u.u

Wagner: Minha palavra é não e ponto final! *pega a bebê da mão de Kyo* Agora vamos encontrar os verdadeiros pais dessa criança e devolver.

A neném sabendo que a polícia poderia encontrar ela e acusá-la da tentativa de assassinato de Han, chuta Wagner no estômago com tanta força que faz ele cuspir sangue, antes dela cair no chão ela vira uma voadora na cabeça dele jogando ele na parede, a cabeça dele entra dentro da parede!

Kyo: O... o que?... Que porra foi essa?!

Kyo cai no chão de bunda e vai se afastando de medo da criança que ia em direção a ele estalando os dedos e com um sorriso malicioso no rosto.

Kyo: Não... não... NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOOO!!!! =O

Só Deus sabe o que a bebê fez com ele...

---------------

Nekiba: *mostrando um desenho completamente mal feito da bebê para Thaysa* E então, você viu? *^*

Thaysa: Eu não, Aya-chan, você viu?

Aya: O dia que eu ver essa coisa horrenda eu decepo! u.u

Nekiba: Não fala assim do meu desenho! ç.ç

Juh: Aya-chan, o Neki-bofe ta passando por um momento difícil, você não sabe como é perder um filho.

Thaysa: Fica tranquilo, Neki-chan, a gente vai te ajudar a encontrar essa criança. ^_^

Aya: A gente?

Asuka: Isso! Você vai, não vai Aya? ^_^

Aya: Se a Asuka-senpai está me pedindo então eu vou. u///u

Nekiba: Acabei de sentir outro cheiro de sangue... e um cheiro de... colônia francesa?

Iago: O Kyo é o único que usa essa colônia!

Juh: Para a casa do Wagner e do Kyo!




CONTINUA...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 21: O Poder Quente da Filha do Sol!   Sab Abr 30, 2011 2:50 pm

Capítulo 21: O Poder Quente da Filha do Sol!

Agora no Olimpo, aquele lugar onde ficam os doze deuses, Apolo e Atena ficavam em um cantinho da sala virados pra parede com aqueles chapéus de burro.

Zeus: Viram, é isso que acontece com quem desobedece as ordens do papai, da mamãe e do titio Poseidon.

Todos os outros deuses:

Zeus: Bom, agora eu quero que todos os deuses, com exceção de Apolo e Atena que estão de castigo, se dirijam para fora do Olimpo, onde iremos começar a caçar Bi-

Artemis: CAÇAR!! *joga uma flecha nele*

Zeus: Porra, Artemis! Por que você fez isso? Ficou louca?!

Artemis: Achei que já era para começar a caçar. ‘-‘

Poseidon: Meu irmão, acho que era melhor irmos caç-

Artemis: *o*

Poseidon: Procurar por Bia Winamoto e juntar os outros deuses para ajudar na busca, trancaremos o Olimpo e levaremos a chave para Apolo e Atena não escaparem.

Assim feito, Zeus, Poseidon, Hera, Demeter, Artemis, Ares, Hefesto, Afrodite, Hermes e Dionísio iam saindo do Olimpo, Hefesto saía por ultimo.

Atena: psiu... Hefesto!

Hefesto consegue ouvir Atena chamando e espera o resto dos deuses se distanciarem um pouco e vai ver o que Atena quer. Ele vem mancando como é todo deformado (ah, viu só! Pelo menos um nasceu deformado! Vai comendo sua prima e sua irmã pra você ver o ciclope que vai nascer!)

Hefesto: Fala logo o que você quer, Atena, eu tenho que me juntar ao grupo!

Atena: Por favor, quando estiver lá fora, faça uma chave pra ir para o mundo inferior, fale com Hades sobre a situação e fala que eu e Apolo precisamos da ajuda dele.

Hefesto: Errrr... não sei não, não sei se devo trair o papai e a mamãe...

Atena: Ah faça-me o favor! Não se lembra de todas as vezes que esses ingratos te machucaram e te humilharam? Lembra quando o papai te jogou no Tártaro só porque você foi à favor da mamãe quando eles estavam discutindo sobre Heracles? E a mamãe ao invés de te agradecer ela te ignorou pelos seus defeitos físicos?

Hefesto: Bem...

Apolo: Lembra de quando você foi se vingar justamente da mamãe acorrentando ela e o puto do Dionísio te embebedou pra você libertar ela de novo?

Hefesto:...

Zeus: HEFESTO! ANDA LOGO!

Ares: TA CAGANDO AÍ É!? SEU DEFORMADO! ABERRAÇÃO!

Hefesto: Ares...

Atena: E tudo o que o Ares fez pra você? Tentou libertar a mamãe da sua vingança, transou com a Afrodite quando você era casado com ela! Fora todos os amantes que Afrodite teve nessa época!

Hera: ANDA LOGO SEU ALEIJADINHO DO CARALHO!! NÃO CONSEGUE ANDAR COM ESSE TUMOR NA TETA!?!?

Hefesto: Sabem de uma coisa, Apolo, Atena, vocês foram os únicos que me apoiaram (Na verdade foram os únicos que não fizeram nenhuma sacanagem com ele, tadinho) Eu vou ajudar vocês a irem até Hades.

Hefesto volta para o grupo, os portões daquela sala de reunião é fechado, trancado, algemado, grudado, trancafiado, fixado, não se saía nem se entrava mas nem fodendo! Mas Apolo e Atena conseguiram convencer Hefesto a ajudá-los e isso já bastava.

A filha deles, Bia Winamoto estava em sua cabana sozinha e pensativa, todos queriam estar perto dela por ela ser quentinha e agradável, mas ela pediu pra ficar sozinha, até que ela dorme. Enquanto dormia ela teve um sonho, sonhou que logo teria que partir e ia se encontrar com um Titã muito mais forte que Zeus, isso preocupou Bia um pouco, se ela estava tendo problemas com Zeus imagina com alguém mais forte que ele.

Grover: BIA-HIMEEEEEEEEEEEEEE!!!!! =D

Bia: *acorda com tudo* WAAAAAAAAAAAHHHH *mete um murro na cara de Grover no susto*

Grover: X.X#

Bia: Grover! Ai meu Deus, desculpa, eu não sabia que era você!

Bia ajuda Grover, que estava junto com Percy e Yoshi.

Grover: Eu to bem, Bia-hime.

Percy: E você, está bem, Bia-hime? =D

Yoshi: Bia-hime, lembra de mim? Do arco e flecha?

Bia: Lembro sim, mas que história é essa de “Bia-hime”? Eu sou alguma princesa por acaso?

Percy: Nós te consideramos uma princesa, aliás, todos no Acampamento te consideram uma princesa!

Grover: Um dia você vai ser a deusa das deusas! Estamos cansado de Zeus mandando em tudo e transando com todas as ninfas só pra ele. u.u

Bia: Hahahaha... Também não gosto do Suze! XD

Yoshi: Suze?

Bia: Ah, é um jogo de palavra, Zeus ao contrário é Suez, se concertar fica Suze XD

Grover/Percy/Yoshi: AHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!

Grover: Essa foi boa, Suze! XD

Yoshi: Eu queria te dar essa pulseira de metal que eu pedi pra um filho de Hefesto fazer, eu gravei “Bia-hime” nela! ^_^

Bia: Ah que fofo! Obrigada mesmo Yoshi!!

Percy: Bia-hime, vem treinar com a gente, por favor? *-*

Bia: Claro, não to fazendo nada mesmo. ^_^

Bia foi treinar com Percy, Grover e Yoshi, mas foi com a cabeça apreensiva pensando naquele sonho, como é filha de Apolo que também é o deus das profecias, ela as vezes também tem profecias nos seus sonhos.
Já no treinamento, Bia teria que lutar com o exército vermelho, que era um exército que treinava por ali, não era nada sério, era só treinamento, mas você podia matar o oponente sem problemas ^_^ Tinha mais ou menos uns 100 meio-sangue no exército, com a líder deles Annabeth (ainda to parodiando Percy Jackson =/)

Bia: Então, vai ser eu sozinha contra todos eles?

Grover: Claro que não! Eu, o Percy e o Yoshi vamos te ajudar! o/

Annabeth: O que essa princesa tem de mais? Vamos ver se ela merece mesmo ser a princesa do Olimpo.

Bia: Tsundere?

Grover: Aham, e ainda por cima bipolar >.<

Bia: Deixa comigo!

Bia sai correndo numa velocidade fenomenal, já derruba uns quinze soldados só com o calor do corpo, ela tentou derrubar Annabeth, mas a tsundere se defendeu com o escudo bem na hora. Quando Annabeth tira o escudo da frente dela para ver, o que foi bem rápido, Bia já tinha derrubado mais uns vinte soldados. Bia dá uma cotovelada no estômago de um soldado que sai voando acertando mais uns quatro que estava atrás dele, outro soldado tenta uma espadada na cabeça de Bia que sente que a espada ia cortar e já defende com uma pulseira de metal que Yoshi deu de presente pra ela, logo Bia dá um soco no meio da cara onde o capacete não protege, nem foi tanto pela força, foi mais porque Bia aqueceu a mão com o calor e queimou o rosto do soldado, logo ela percebe outro soldado e já dá um chute no estômago dele que queima a armadura facilitando um ataque na barriga. Nessa hora todos já tinham percebido que o calor no lugar era muito grande, alguns soldados desmaiavam só de chegar perto.

Soldado: Annabeth...-sama... Eu... não agüento...! >.< *desmaia de calor*

Annabeth: Que... calor da desgraça é esse? @_@

Bia: Incrível! Você conseguiu ficar de pé com o meu aumento de temperatura, eu dou o nome pra isso de “Inferno” porque eu faço todo o ambiente ficar tão quente a ponto de desmaiar você. Mas você é bem forte Annabeth ^_~

Annabeth: Hehe... achou que eu não ia vir prevenida? Sabendo que você é filha do deus do sol eu tomei uma rodada de Brahma antes de vir.

Bia: Ah, refresca até pensamento né? Isso foi inteligente.

Annabeth: É claro que eu sou inteligente! Eu sou filha de Atena!

Bia: Você também?! *abraça ela*

Annabeth: *quase morrendo de calor* X.X

Bia: Ah, desculpa! *faz o ambiente voltar ao normal*

Annabeth: Você também tem o raciocínio foda de um filho de Atena?

Bia: Aham! Não é legal? Somos irmãs! *-*

Annabeth: É... até que legal sim... u///u

Grover: Tsundere, esqueceu?

Percy: Mas isso foi incrível! Nem precisou da nossa ajuda, por isso que você é a nossa Bia-himeeeeee! *-*

Nisso Quirón vem correndo, ou cavalgando, desesperado e suado.

Quirón: Bia-hime! Preciso falar com você! É urgente!



CONTINUA... TADADÃÃÃÃÃ! *o*


Última edição por Nekiba em Sab Abr 30, 2011 3:47 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 22: Elas Crescem Tão Rápido!   Sab Abr 30, 2011 3:09 pm

Capítulo 22: Elas crescem tão rápido!

Juh: Para a casa do Wagner!




Asuka, Nekiba, Iago, Juh, Akane, Thaysa e Aya fora até a casa de Wagner e Kyo, chegando lá eles encontram os dois jogados no chão, cheios de machucados e marcas de mordidas pelo corpo.

Juh: Bofes mais lindos do mundo! O que aconteceu com vocês?

Wagner: Argh... o... bebê!

Thaysa: Parece que esse bebê é mais perigoso do que a gente achava.

Aya: Espera... estão ouvindo?

Juh: Uh! Lady Gaga!!

Aya: Não! Parece barulho de algum animal comendo.

Nekiba: Ah, foi mal *guarda o salgadinho que estava comendo*

Aya: Não é isso!

Aya corre até a cozinha e os que podem seguem ela, lá na cozinha estava a bebê comendo tudo na geladeira do Wagner, bem maior do que antes, já aparentava uns seis anos de idade, comparado com ontem que ainda aparentava uma recém-nascida.

Asuka: Essa não é a criança, era bem menor.

Nekiba: Não, é a Manola sim!

Iago: Manola?!

Akane: Claro, o Nekiba-sama tem o faro apurado e reconheceu o cheiro da filha dele, certo?

Nekiba: Não, ela está coberta com cheiro de sangue e cerveja, mas eu não poderia me considerar um bom pai se não reconhecesse a minha própria filha só de olhar pra ela.

Manola: Hmmm... Acertou... “papai”! Pena que eu ainda vou ter que te matar um dia! *sorri maliciosamente*

Asuka: El... Ela falou!

Nekiba: Ela falou “papai”!! Fala de novo Manola! Fala: P-A-P-A-I. *-*

Iago: Você só entendeu o “papai”? ¬¬

Manola: Qual de vocês é Asuka Ryouma?

Antes que Asuka pudesse levantar a mão, Aya sem motivo algum fica enfurecida e ataca Manola freneticamente, a bebê se esquiva com um pulo e gruda no teto, igual o Homem-Aranha, mas dava pra se ver um sorriso de malícia no rosto de Aya enquanto ela ataca, Aya começa a rir, uma risada do mal, nunca ninguém viu Aya rir daquele jeito.
Aya anda pela parede igual o mano do Matrix e tenta cortar Manola que estava no teto, Manola desce e se refugia na pia.

Manola: Eu vou voltar quando meu poder estiver completo! I’ll be back!



Manola destrói a parede e foge numa velocidade ainda maior do que quando fugiu de Asuka.

Asuka: Ela estava me procurando?

Nekiba: Ela disse “papai”! *-*

Iago: Mas agora ela já foi.

Mas ainda não tinha acabado, Aya agora estava louca, com um sorriso enorme no rosto, rindo igual o Raito, de Death Note, Aya ataca Asuka com a espada, Asuka se defende segurando a parte de trás da espada, quando Asuka tenta dar uma joelhada para desmaiar Aya, a japonesa pára o joelho de Asuka com o próprio joelho e tenta morder Asuka, mas é interrompida por um tiro de Thaysa que acerta a espada arrancando a espada da mão dela.
Aya cai no chão sem a espada e do nada volta ao normal.

Akane: O que ta acontecendo? Por que a Aya-sama fez isso?!

Aya: Eu... eu...

Thaysa: Hmm... então é assim que fica a Aya-chan quando possuída pela espada? Mais forte do que eu esperava...

Aya: Droga... Essa espada me fez atacar a Asuka-senpai!! Me perdoe Asuka-senpai! *se curva na frente da Asuka*

Asuka: Levanta, Bad Girls não se curvam na frente de ninguém, só do Capitão e do meu Pai.

Iago: Eu to confuso! Aquela porra loka é um bebê mesmo?!

Nekiba: Mal-criada, chegando em casa ela vai levar uma cintada!

Thaysa: Sinceramente, Neki-chan, uma cintada não vai fazer nem cócegas naquilo.

Juh: O que você quer dizer?

Thaysa: Por que você acha que a Aya reagiu desse jeito?

Aya: Ela é um demônio! Minha espada ganhou mais potência com a presença de um demônio legítimo.

Nekiba: Aya-chan! É feio falar assim do filho dos outros! E se fosse com o seu filho?!

Thaysa: Ela tem razão Neki-chan, e talvez não seja um demônio qualquer.

Já longe dali, pessoas corriam desesperadas e gritando.

Criança: Mamãe! O que ta acontecendo?! Ç.Ç

Mamãe: Cuidado filho! Corre!

Aquela família começa a correr no meio da mais um monte de gente que também fugia, pareciam desesperados, quando uma explosão derruba aquela mãe.

Mamãe: Waaahh!! Corre filho!!

Do nada vêm Manola com um pulo igual daquele do Hulk no filme, ta ligado? Parando bem em cima da mamãe, Manola, que já estava um pouco maior, aparentava uns doze anos, puxa a mãe pelos cabelos, morde o pescoço dela arrancando bastante sangue.

Filho: MAMÃÃÃÃÃÃEEEE!!

Manola joga a mamãe semi-morta no chão, começa a andar em direção à criança que chorava igual aquele seu priminho chato que não pode raspar o dedo na parede que já abre o berreiro.

Manola: Tsc... crianças não me satisfazem!

Manola dá um tapa no garoto que faz ele capotar uns vinte metros, até que a criança cai nos pés de quem? De quem? De ninguém mais ninguém menos que a minha senseeeeeeeei!! A Taty!

Taty: O que você PENSA que ta fazendo com o povo da MINHA querida cidade?!

Manola não sabe por que mas sentiu receio de enfrentar Taty, Manola começa a correr numa velocidade ainda mais impressionante, Taty vai correndo atrás de Manola. Por incrível que pareça, Manola dá um salto gigante e paira por alguns segundos no ar, quando desce, com Taty ainda na cola, dá outro pulo enorme e dessa vez ela começa a voar.

Taty: Pensa que pode fugir de mim no ar?!

Taty sobe em sua vassoura e sai voando atrás de Manola. Na fuga a nem tão bebê mais assim arranja tempo pra pensar.

Manola: (pensa) Por que? Por que eu senti medo dessa mulher? Eu sabia voar? Bom, sinal de que meus poderes estão se recuperando... Mas por que eu ainda não sinto que consigo derrotar essa mulher?

Taty aponta o dedo para Manola, da ponta do dedo dela se forma uma pequena esfera de luz roxa do tamanho de um testículo, aquela bolinha sai em disparada do dedo de Taty, perfurando Manola no coração. Manola solta um grito de dor e cai no meio de uma pequena floresta (não era a mesma do sapo-boi-azul, essa era bem menor).

Taty: Essa era durona... Deixa eu ver se ela morreu mesmo.

Taty desce até a floresta e procura um pouco, mas não encontra Manola em lugar nenhum.

Taty: Bom, já deve ter sido devorada pelos animais.

Mas Taty não sabia que Manola tinha fugido dali, Manola rasga a camiseta e tira o seio perfurado pra fora, aquele buraco vai se fechando e a ferida vai se curando aos poucos até que volta como era antes.

Manola: Ah, entendi... minhas memórias estão voltando junto com meus poderes... O que você quer de mim... Pai?

Um bando de animais selvagens cerca Manola, todos deviam estar famintos, e Manola já estava suja de sangue e isso atiçava ainda mais os animais.

Manola: Bom... Isso significa que Karol Yagami está de volta!

Manola, agora descobriu-se que se chama Karol (Ohhh que surpresa!!) usa a mesma técnica de Taty, mas a luz dela era preta, destruindo aqueles animais como se fossem nada.

-----------

Nekiba: *sentado no banco da praça chorando*

Asuka: Fica calmo, senpai, a gente vai encontrar a Manola... E quando a gente fizer isso eu vou quebrar os dentes de leite daquela pirralha!!

Juh: Danna! Não ta ajudando!

Thaysa: O que a gente pode fazer por enquanto é voltar pras nossas casas e esperar, ela provavelmente vai causar nessa cidade então vamos ter notícias dela logo.

Nekiba: Assim espero... ç.ç

Todos que estavam envolvidos na busca voltam para suas casas inclusive Nekiba, que fica em casa triste e abatido olhando para todas as duas fotos que tirou de Manola enquanto ela estava com ele todas essas sete horas.

Nekiba: Ahh... Por que justo agora que eu tenho alguém pra me preocupar, pra não me deixar dormir sozinho, ela some! Deus... faça ela aparecer! Ó por que? POR QUE?? POR QUE ME ODEIA!!?? TT__TT

A noite chega e Nekiba não consegue dormir de novo, já pensa em não ir para o Festival da Boa Vizinhança no dia seguinte, quando a campainha toca. Nekiba vai até a porta atender e lá estava uma garota de aproximadamente dezesseis anos, cabelos pretos e lisos com franja, olhos vermelhos, corpo perfeito e peitos razoavelmente grandes, ela vestia um casaco preto com alguns detalhes brancos, uma camiseta vermelha e branca por baixo, uma saia xadrez preta e vermelha, meias roxa e um all-star preto e branco de cano longo.

Karol: Posso entrar... pai? ^w^

Nekiba: Ma... Ma... MANOLA??!!

Nekiba abraça ela com tudo e começa a chorar.

Nekiba: Que bom... Deus ouviu minha oração!! Ç.Ç

Karol: Meu nome não é Manola pai, é Karol, Karol Yagami.

Karol mostra o RG dela mostrando o nome Karol Yagami, o nome do pai que era Nekiba Kazama e tudo aquilo que tem em um RG.

Nekiba: Entra, entra, o pai vai fazer alguma coisa pra você comer! =D

Naquela noite Nekiba estava muito feliz, ele comeu bem junto com a sua filha que agora estava grande e tinha voltado pra casa.
(N/A: Agora é uma paródia do um dos finais do filme “Atividade paranormal”, aham, eu vo contar o final mesmo, foda-se!)
Até que chega a hora de dormir, Karol tinha deitado na cama de Nekiba.

Nekiba: Ah filha, essa é a minha cama, eu já preparei o seu quarto na esperança de você voltar.

Karol: Não, tudo bem *cara de psicopata* Está tuuuudo beeem... Pode deitar comigo... Tuuuudo vai ficar bem... °w°

Nekiba: Er... Ta bom! ^_^

(Agora imagina a cena como se você estivesse vendo em uma câmera de vídeo, quem assistiu o filme já sabe como imaginar)
Nekiba deita do lado de Karol e os dois dormem. O relógio vai passando até que chega às 01:27 da manhã, Nekiba ainda dormia igual um bebê, babando e coçando o saco, e do nada, como se estivesse sonâmbula, Karol levanta primeiro o corpo, depois tira as pernas da cama e levanta, pára olhando para a cama por alguns minutos e o cobertor do lado de Nekiba vai saído sozinho, depois ela vai até o lado de Nekiba na cama e fica olhando pra ele por mais ou menos duas horas, de pé, na mesma posição, até as 03:14 da manhã, depois ela sai andando do quarto até Deus sabe lá onde sem acender nenhuma luz, no escuro.
.
.
.
.
.
Karol: PAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII!!!!!!!!!!!!

Nekiba: *acorda com tudo* KAROL?! FILHAAAAA!!

Nekiba sai no desespero atrás da filha, vai até a cozinha, mas não dava mais pra se ver o que estava acontecendo fora do quarto. Só se ouvia o barulho de luta, panelas, carne dilacerando etc.

Nekiba: AAAHHH!!! SOLTA ELA!! AAAAHH NÃO!!!

Silêncio por alguns segundos, quando se ouve barulhos de passos correndo até a porta do quarto e Nekiba é jogado na frente da tela e cai no chão todo ensanguentado, Karol aparece na porta e vai andando até o corpo de Nekiba e morde seu pescoço chupando seu sangue e o que restava da vida de Nekiba.

Quem não viu o filme e estiver com um pouco de paciência pode ver como aconteceu

Spoiler:
 




CNUTIOAN...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 23: A decisão de Bia! Bia VS Kratos!   Sab Abr 30, 2011 3:25 pm

Capítulo 23: A Decisão de Bia! Bia VS Kratos!

Nisso Quíron vem correndo, ou cavalgando, desesperado e suado.

Quíron: Bia-hime! Preciso falar com você! É urgente!
Bia entra no escritório de Quíron, era um estábulo de madeira, cheio de palha e merda de cavalo no chão, cerca para prender cavalos, uns cabos para pendurar selas e arreios. Quíron ainda preocupado pega um punhado de palha e começa a comer.

Quíron: *oferece para ela* Vai um teco?

Bia: Er... n-não obrigada... já almocei.

Quíron: Vou dizer a verdade à você, se Zeus vir até aqui trazendo os outros deuses não temos como enfrentá-los.

Bia: Mas eu estou bem protegida aqui.

Quíron: Esse não é o problema, eu temo que Zeus já suspeita desse lugar!

Bia: Então... o que vamos fazer?

Quíron: Não sabe como me dói dizer isso, dói mesmo, mas... eu preciso que você vá embora! >.<

Bia fica por alguns segundos sem reação, mas depois sorri e abraça Quíron.

Bia: Pangaré-san... Eu vou embora, não se preocupe, mas eu vou sempre guardar vocês e todos do Acampamento no fundo do meu coração e nunca vou esquecer vocês. ^_^

Quíron começa a chorar a abraça a garota, do lado de fora, Grover, Percy, Annabeth e Yoshi que estavam espionando junto com o resto do Acampamento também começam a chorar, todos invadem o estábulo e todos dão um abraço grupal em Bia.

Annabeth: Mas espera! E se Zeus persistir e resolver fazer o acampamento de refém até a Bia aparecer? Zeus faria isso.

Quíron: Realmente isso é bem a cara dele.

???: Então a gente luta nessa, porra! É só sair metendo porrada nesse filho da puta até ele tirar aquele cuzinho olimpiano daqui!!

No meio daquela muvuca sai o membro mais forte do acampamento, ele era Kratos, aquele careca do jogo God of War, ta ligado?

Spoiler:
 

Kratos: Eu sei que Zeus é o meu pai, mas eu adoraria arregaçar ele agora mesmo!!

Quíron: Kratos, fique calmo, precisamos armar uma tática ou os deuses podem esmagar a gente, e na pior das hipóteses matar Apolo e Atena também.

Bia, junto com todos os filhos de Apolo e os de Atena, fica apreensivos, não queriam perder o pai ou a mãe, ou no caso de Bia, os dois.

Kratos: Tsc! Nunca passamos por isso! Só por causa dessa menina aí tudo tem que ir pra merda?!

Bia: Não se preocupe, Kratos, eu vou embora, e digam a Zeus que eu morri, diga que um Quimera me matou.

Grover: Isso seria terrível, Bia-hime!

Percy: Só de pensar que você vai morrer eu entro em depressão!

Kratos: Ah mas que bosta é essa?! Só chuta essa piveta pra fora daqui que tudo vai se ajeitar.

Bia se entristece na hora por ter ouvido aquilo de Kratos, mas não se deixa abater pois é uma garota forte.

Annabeth: Como ousa falar assim da Bia-hime?!

Yoshi: Você se acha o rei, mas eu duvido que você venceria a Bia-hime em uma luta!

Percy: Isso! Lute com a Bia, você vai ver que ela vai chutar a sua bunda pra fora do acampamento!!

Bia: Não gente, sério...

Kratos: Firmeza! Demorou então!

Kratos ataca Bia com a sua Blade of Chaos (Lâminas do Caos: São as lâminas amarradas a Kratos por correntes), Bia defende com a pulseira que recebeu de Yoshi, mas Kratos era realmente forte e quebra a pulseira com a força da Blade of Chaos, quase decepa a mão de Bia, mas ela reage segurando a corrente e puxando ele pra si dando uma cabeçada nele, a testa dos dois sangra e eles se afastam.

Yoshi: Incrível! A Bia-hime conseguiu reagir contra a Blade of Chaos!

Quíron: Afastem-se todos que essa luta vai ser das boas. Façam suas apostas! É bem melhor que apostar em corridas de cavalo, falo por mim mesmo!

Kratos: Vou te mostrar o poder do deus da guerra por ter me desafiado!

Bia: Eu não tenho medo dessa sua cara de mau!

Todos se afastam, Kratos e Bia se posicionam e a luta começa.
Bem longe dali, os dez deuses saem à procura de Bia Winamoto, deixando o monte Olimpo trancado com Apolo e Atena lá dentro.

Zeus: Então, onde a gente vai procurar primeiro? Lemnos? Delos?

Poseidon: Ali, aquele é o Morfeu, deus dos bons sonhos, e do lado dele Hebe, a deusa da juventude.

Hera: Vamos perguntar pra eles!

Assim todos os dez vão até os dois ali sentadinhos na deles. Hebe era aquela velha que já ta no SBT desde quando minha vó aprendeu a falar “mamãe”; Morfeu era aquele negão do filme Matrix que tem os oculinhos escuro que não cai mesmo sem o aro.

Hebe: Zeus??? Os outros dez grandes? O que você ta fazendo aqui, graccccinha? *aperta a bochecha de Zeus*

Zeus: Estamos procurando por Bia Winamoto, vocês à viram?

Hebe: Não, eu nem sei como ela é. Você viu, Morfeu?

Morfeu:...

Poseidon: Olha, meu caro Morfeu, precisamos saber onde Bia Winamoto está, então por favor coopere conosco.

Morfeu:...

Hebe: Ai ele é tão quietinho né? Ele é tímido hahahahaha... uhh cof cof!

Hefesto aproveita que todos estavam distraídos tentando tirar alguma informação de Morfeu e sai de fininho, quando já está longe pega um pouco de ferro para fazer uma chave para abrir um portal até o reino de Hades mesmo sem morrer, e aproveita um pouco mais de ferro para fazer uma moeda chamada óbolo para pagar um tiozinho chamado Caronte que te dava uma carona até o Hades (Hades é o nome do reino também, o cara era tão convencido que batizou o reino com o nome dele).
Já quase dentro de Hades (isso soou gay o.O) Hefesto encontra esse Caronte, que era um tiozinho de barba, tapa-olho, e mão de gancho.

Caronte: O que você deseja?

Hefesto: Er... Eu queria me encontrar com Hades, por favor.

Caronte: Mas primeiro... *levanta a mão*

Hefesto: Primeiro o que?

Caronte: Eu estava pedindo dinheiro, é que com esse gancho eu não tenho dedos pra esfregar pra sinalizar que eu quero dinheiro.

Hefesto: Ah, claro, aqui está. *entrega óbolos pro mano*

Caronte: Aaaahh! Maravilha! Sobe aí que a viagem é meio longa! .D

Hefesto sobe no barco de Caronte o levaria pelo rio Aqueronte que é o rio que o leva até o castelo de Hades.

Caronte: Que tal ouvir uma das minhas histórias de pirata no caminho?

Hefesto: Er... não, obrigado, o autor dessa fic já enjoou de histórias de tanto pesquisar sobre mitologia grega então...

Caronte: Estava eu, navegando no Rio Cócito, o rio das lamentações, quando eu encontrei Hércules que tinha se perdido e parou para pedir informação...

Hefesto: Mereço -.-‘

-----------

Ares: *gritando no ouvido de Morfeu* AAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHH!!!!!

Morfeu: Uh? O que?

Ares: FINALMENTE VOCÊ OUVIU, SEU SURDO!

Morfeu: Não eu não sou surdo, eu estava dormindo mesmo.

Hebe: Aahhh... A gente não percebeu por causa dos óculos escuro hahahahaha... dá um selinho?

Morfeu: Claro! *dá um selinho em Hebe*

Zeus: A gente pode voltar para o assunto do qual nós estávamos tratando?

Morfeu: E qual era?

Poseidon: A gente estava perguntando se você viu Bia Winamoto, filha de Apolo com Atena.

Morfeu: Eu não a vi. Mas quem sabe ela pode estar em outro lugar e não aqui.

Zeus: Em Delfos?

Morfeu: Não. No mundo da Matrix. *abre as duas mãos e ele segurava uma jujuba azul e outra vermelha, uma em cada mão* Se escolher a bala azul, volta para o seu mundo e tudo vai voltar ao normal e não vai passar de um mero sonho.

Zeus: Olha, eu to com um pouco de pressa, será que v-

Morfeu: E se escolher a bala vermelha, entrará no mundo da Matrix.

Hera: A gente não tem tempo pra visitar Matrix!

Morfeu: Bia Winamoto pode estar lá.

Deméter: Ah me dá logo uma dessas! Adoro jujubas!

Deméter come a jujuba azul e o corpo dela começa a ficar cinza, como se aço derretido fosse cobrindo o corpo dela, vocês assistiram Matrix, sabem do que eu estou falando. E daqui a pouco Deméter já não está mais lá.

Hera: Cadê a Deméter?

Ares: SUMIU!?

Afrodite: Pára de gritar, Ares!

Ares: MAS VOCÊ GRITAVA BASTANTE ENQUANTO EU TRANSAVA COM VOCÊ! ADMITA, VOCÊ GOSTAVA HAHAHAHAHAHA!!

Afrodite: Oh se gostava... hmmm... ¬w¬

Poseidon: VAMOS TER FOCO!? VAMOS TER FOCO AQUI??!

Hebe: Dá um selinho, Poseidon?

Poseidon: Aff... -.-‘ *dá um selinho em Hebe*

---------------------------

Caronte: E foi assim que eu sozinho derrotei Cérbero, o cachorro de três cabeças guardião de Hades!

Hefesto: E você espera que eu acredite?

Caronte: Mas é verdade! Ah, chegamos, eu só o levarei até aqui.

Hefesto: Você derrotou Cérbero mas está com medo de entrar?

Caronte: Na verdade eu sou só um pescador da redondeza, Hades nem sabe que eu trago as pessoas até aqui se não ele corta minha cabeça! ç.x

Hefesto ignora Caronte e entra no castelo de Hades, onde foi recebido por Perséfone, a esposa forçada de Hades. Perséfone era uma puta duma gostosa!

Hefesto: Por favor... Me leve até Hades, preciso trocar uma idéia com ele.

Perséfone: O que te trás aqui?

Caronte: Eu o/

Hefesto: Você aqui?! Achei que você já tinha ido embora!

Caronte: É que eu sempre fui gamado na Perséfone *-x

Perséfone: ¬///¬

Hefesto deixa Perséfone chifrando Hades com Caronte e se aprofunda no castelo entrando na sala onde Hades estava sentado em seu trono. Hades era um homem alto cabelos pretos, lisos e compridos, olhos pretos e com as pupilas grandes, usando um sobretudo, botas, parecendo um gótico.

Hades: Hefesto? O que você veio fazer aqui? E é bom que seja importante!

Hefesto: Apolo precisa de sua ajuda!

Hades: Apolo? Aquele viadinho? Precisa da minha ajuda? Passo... pode ir embora agora...

Hefesto: Tenho certeza que o senhor vai gostar da idéia...

Hades some e aparece na frente de Hefesto com os dedos na frente do olho dele.

Hades: É bom que eu goste mesmo, ou irá perder esses olhos!

Hefesto: Vai gostar... tenho certeza!
----------------------------

Acampamento Meio sangue inteiro menos Bia e Kratos: PORRADA! PORRADA! PORRADA!

Uma grande parte torcia para Bia, e o resto torcia para Kratos, os dois se encaravam bastante, até que Kratos gira rodando sua Blade of Chaos, Bia fica sem poder atacar então ela pára para pensar um pouco.

Annabeth: Vai, Bia-hime!!

Percy: Você consegue, Bia-hime!!

Uma luz começa a aparecer em Kratos, todos pensam que Kratos irá usar algum poder, mas na verdade era Bia que focalizava os raios de sol em Kratos, juntando com a velocidade em que Kratos girava, Kratos começa a pegar fogo.

Kratos: WAAAAAAHHHHGH! Maldita!!

Kratos se joga no chão e começa a se debater.

Bia: Desista enquanto pode, Kratos, se não eu não vou ter piedad-

Kratos joga sua Athena’s Blade no rosto de Bia, cortando profundamente seu rosto até aparecer o osso do rosto de Bia.

Grover: NÃO! O LINDO ROSTO DA BIA-HIME NÃO!!

Athena’s Blade é a mesma coisa que a Blade of Chaos só que no nível máximo. Kratos usa isso atacando Bia no pescoço, Bia esquiva em cima da hora, quando Annabeth joga uma espada para Bia.

Annabeth: Usa isso, Bia-hime!

Bia: Mas eu não sei usar uma espada, só um arco e flecha!

Kratos dessa vez começa a atacar simultaneamente (gostou do vocábulo?) com a Athena’s Blade, Bia se defendia com a espada, mas não dá mais do que cinco golpes e a espada já se quebra.

Kratos: *balançando as correntes da Athena’s Blade* Você é forte, garota! Esse golpe que eu te dei no rosto era pra ter arrancado sua cabeça, eu derrotei Ares com a Athena’s Blade, agora, depois que você morrer, volte pra me contar como é morrer por uma arma da sua própria mãe!!

Kratos quase atira a Athena’s Blade em Bia, mas ela dá uma chave de pernas na canela de Kratos (tipo essas que estão dando nos carrinhos na copa) que só não quebrou por causa da resistência de Kratos, ela aproveita que Kratos sente dor e mesmo no chão dá um chute na costela dele, outra brecha e Bia levanta com tudo com alguns socos de boxe na cara de Kratos, uma cotovelada no pescoço e empurra ele fazendo ele cair no chão, Bia pisa no saco dele queimando o saco dele com o sol focalizado na sola do pé.

Kratos: ¬w¬

Bia sente que alguma coisa dura na sola do pé, ela tira imediatamente.

Kratos: *se levantando* Hahahahahaha! *pega no saco* Isso aqui ninguém consegue quebrar!

Várias mulheres no Acampamento jogam suas calcinhas para Kratos, provavelmente ele já comeu a maioria delas.

Kratos pega a sua Blade of Artemis (Espada de Artemis: É uma poderosa espada com que Kratos pode ceifar vários inimigos com um só movimento) e começa a balançar de um lado para o outro numa velocidade incrível, Bia conseguia milagrosamente esquivar dos seus ataques, mas a Blade of Artemis atingia os outros membros do Acampamento matando eles na hora.

Yoshi: Bia-hime! Aqui! *joga um arco e flecha pra ela*

Bia pisa na Blade of Artemis e pega o arco e flecha no ar, e ainda no ar atira uma flecha na cabeça de Kratos que perfura aquela careca brilhosa dele, e Bia cai em pé no chão.
Todos ficam perplexos (gostou do vocábulo?) todos acham que logo Kratos irá cair morto.

Quíron: Aaaahhhh! Perdi a aposta!! Merda!

Quando Kratos reage dando uma espadada no chão fazendo uma cratera, a espada fica presa no chão e Bia aproveita para lutar mano a mano com Kratos.

Kratos: Aquela hora você me pegou desprevenido!

Bia dá uma voadora na cara de Kratos que pega em cheio, Kratos mal sai do lugar e segura a perna de Bia, balança ela de um lado para o outro batendo ela no chão como um brinquedinho.
Na hora todos os que assistiam a luta começam a desmaiar aos poucos, o calor naquele lugar era muito grande, Bia estava começando a usar as suas técnicas.

Kratos: Acha que o seu calorzinho tem efeito em mim?! *joga ela pra fora do estábulo*

Bia sai capotando acampamento a fora pela força que foi jogada.

Kratos: E olha que eu nem comecei a lutar pra valer!

Bia: *uns 100 metros longe, saca seu arco e flecha* E nem eu!! *solta uma flecha que brilhava de tão quente, a flecha acerta em cheio na boca grande de Kratos*

Kratos: AAAAAAAAAAAAHHHHHHHH!!!! *arranca com as próprias mãos a flecha de sua cabeça e de sua boca* AAAAGGGHHH!!! TA QUENTE!!!

Bia chega correndo na frente dele, Kratos tenta um golpe com a Athena’s Blade, mas Bia esquiva e acerta outra flecha quente nas costas dele e se afasta.
Kratos nem se preocupa com a dor que sentia nas costas pela flecha, lança a corrente em Bia que enfia no ombro dela.

Bia: WAAAAAAAHHH!!!

Kratos: Morra!

Kratos puxa ela para si enfiando a outra lança no estômago dela, e Bia fica quase morta enquanto segurava Kratos.

Kratos: Hahahaha... Achou que era durona?!

Kratos joga Bia no chão e acaba rasgando sua camiseta deixando escapar os grandes seios de Bia.

Kratos: Uaaaaaau... l-lindos...! O_O

Bia: *acorda com tudo* Pára de ficar olhando!!

Bia usa uma nova técnica, ela focaliza raios solares bem nos olhos de Kratos queimando os olhos dele.

Kratos: *sai de cima dela com as mãos no olhos* AAAAAAAAGGHH!!

O ferimento no rosto, ombro e barriga de Bia vão se curando enquanto Bia passava a mão neles.

Bia: Como filha de Apolo, que também é o deus da cura, eu posso curar qualquer ferimento, seja ele qual for.

Kratos tira as mãos dos olhos, ele não conseguia abrir os olhos que estavam sangrando bastante.

Kratos: Se você pensa que acabou só porque eu estou cego... então você vai se foder!

Kratos avança em Bia, Bia avança em Kratos e luta sanguinária continua.
Já no Monte Olimpo, Atena e Apolo já estavam com o cú na mão.

Atena: Apolo, já não dá mais, à essa altura Zeus já deve ter encontrado a Bia, já deve estar jogando ela no Tártaro agora... *começa a chorar* Apolo... cadê o Hefesto com Hades?

Apolo: *abraça ela* Calma, Atena... Tenho certeza que Hefesto já está a caminho daqui com Hades com a chave do Olimpo nas mãos!

Atena: Não minta pra você mesmo? Eu duvido... Se Hefesto entrar por essa porta com Hades agora eu... eu juro que chupo o seu pau na frente deles!!

Apolo: Não diga isso...

Hefesto: *entra no Olimpo* Apolo! Atena! Eu trouxe Hades!!

Hades vêm entrando com suas roupas estilosas, cheio de marra e com maquiagem no olho. Perséfone vinha logo atrás dele.

Hades: Estavam me procurando... Apolo... Atena...? *sorri maliciosamente*

Atena: ¬¬ *ajoelha e chupa o pau de Apolo*

Apolo: *¬*

Hades: Eeeeiiita!! =D

Hefesto: ATENA?!?!

Apolo: *tira Atena dali e levanta ela* Chega... Atena... a gente faz isso depois! >.<

Hades: Então só me chamaram aqui para assistir uma transa de vocês? Vão em frente, transem, eu quero ver. Perséfone, olhe bem como se faz.

Perséfone: E vê se você aprende também!

Atena: *limpando os cantos da boca* Não, na verdade... precisamos de um favor seu.

Hades: E qual seria?

Apolo: Queremos que você proteja a nossa filha, Bia Winamoto, de Zeus, Zeus quer jogar ela no Tártaro!

Hades: HAHAHAHAHAHAHA... Esse meu irmão é um filho da puta mesmo XD

Atena: *cochichando para Apolo* Ele acabou de xingar a própria mãe!

Hades: Eu recuso!

Apolo/Atena: O que?!

Apolo: Por favor... *vai chegando perto de Hades* Não podemos deixar que ela morr-

Hades estende o braço para Apolo e joga ele na parede só com a força da mente que sai da sua mão.

Hades: Eu disse que EU não iria cuidar da Bia-chan... Mas eu sei alguém que pode...

No Acampamento, Kratos e Bia já estavam bem machucados, cansados e ofegantes, o calor de Bia já tinha feito as flores murcharem.

Kratos: *ainda de olhos fechados* Eu tiro meu chapéu pra você, garota... Foi um oponente à altura...

Bia: Você também é bem forte, Kratos.

Kratos ataca Bia com a Athena’s Blade, mas cego tava osso de acertar ela, Bia não tem tanta dificuldade de esquivar de Kratos, vai por trás dele e dá outras três flechadas quentes com o calor do sol, Kratos gritava de dor mas reagia de todo jeito tentado acertar Bia.
O pessoal do Acampamento acorda pois o calor já foi pra outro lugar.

Percy: Olha, eles ainda tão lutando!

Annabeth: Por que o Kratos tá de olho fechado?

Bia: Desista! Você vai morrer se continuar lutando cego!

Kratos: Ainda não!

Kratos tira uma arma que ganhou de Apolo, chamada Bow of Apollo (Arco de Apolo), soltando várias flechas de fogo de uma vez rapidamente, Bia quase não consegue esquivar, até que a ultima flecha perfura Bia na coxa.

Grover: Não! A Bia vai perder pro Kratos!

Kratos sabe que acertou, pois ouviu um abafado gemido de dor de Bia na hora da flechada, Kratos usa um poder chamado Poseidon’s Rage (Fúria de Poseidon: É uma oferta do deus Poseidon contendo o poder para provocar tempestades) Aqueles raios começam a cobrir o Acampamento destruindo grande parte do cenário, atingindo Bia e mais alguns meio-sangues do Acampamento que não couberam no estábulo de Quíron.
Os raios finalmente param e Bia fica jogada no chão cheio de feridas.

Kratos: Eu não estou vendo, mas pela falta de movimento você já deve estar morta.

Quíron: Aeeeeeee ganhei a aposta! Podem pagando aí! Otários!

Bia: Hehe... Você ainda não venceu... Kratos...

Kratos: O que? *segue a voz dela, pisa em cima da cabeça dela e a chuta pra longe* Você não sabe aceitar a derrota? Agora cala a boc-

Todos acham estranho que Kratos parou do nada, Kratos se joga no chão e começa a gritar, ele esfregava as mãos no corpo como se estivesse agonizando.

Kratos: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHH!!!!! O QUE VOCÊ FEZ???!!

Bia: Quando eu joguei aquelas três flechas nas suas costas, eu concentrei o calor nas pontas, e como eu tenho o controle do calor, eu fiz o calor espalhar por dentro do seu corpo, queimando você por dentro.

Kratos: AAAAAARGH!!! FILHA DA PUTA!!

Annabeth: Não xinga minha mãe!! Ò_Ó9

Saía fumaça da boca e do nariz de Kratos, seus olhos ainda ardiam, buracos de flecha por todo o seu corpo, Kratos é foda, qualquer outra pessoa já teria morrido faz tempo.

Kratos: *tentando se levantar* Ainda... não... acabou...

Kratos tenta se levantar, quando uma luz vêm descendo do céu.

Quíron: Bia, isso é você que ta fazendo?

Bia: Não, eu não sei o que é isso.

Essa luz chega até o Acampamento, fazendo uma cratera enorme no chão, de dentro dessa cratera sai Hades, Hefesto e Perséfone.

Hades: Qual de vocês é Bia Winamoto, filha de Apolo e Atena?



CON-CONT-CONTINUA! HÃ!


Última edição por Nekiba em Sab Abr 30, 2011 3:45 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 24: Apolo e Atena VS Nemesis e Hécate   Sab Abr 30, 2011 3:43 pm

Capítulo 24: Apolo & Atena VS Nemesis & Hécate!

Essa luz chega até o Acampamento, fazendo uma cratera enorme no chão, de dentro dessa cratera sai Hades, Hefesto e Perséfone.

Hades: Qual de vocês é Bia Winamoto, filha de Apolo e Atena?
Bia: Sou eu, por que?

Hades olha bem para Bia e vai chegando mais perto.

Hades: Sua mãe estava certa, você é realmente linda.

Perséfone: Uhu-hm! ù.u

Hades: Quê que é?! Não posso mais elogiar não, caralho?

Bia: Quem é você? E o que quer comigo?

Hades: O seu pai me disse para ajudar você, e pelo jeito que você está machucada você precisa mesmo de ajuda.

Bia: Você não respondeu a minha pergunta. Quem é você?

Kratos: Essa voz... Hades! É você, Hades!

Hades: Ah Kratos-kun, quanto tempo ein?

Bia: Hades?! O deus do mundo dos mortos? Cara, eu sou seu fã, meu!! Você é muito lindo, meu, nossa, cara, meu, tipo, meu, muito lindo, mano!*-*

Hades: O///O

Perséfone: O que foi?

Hades: Ninguém nunca... disse que era meu fã antes! Certo, Bia-chan! Eu vou fazer de tudo para atender ao pedido de Apolo e Atena, e te mandar pra alguém que vai cuidar muito bem de você!

Bia: Por falar nisso, cadê meus pais?

Hades: Apolo e Atena tiveram que ficar no Olimpo, eles queriam muito vir te ver, mas tiveram que ficar pra lutar. Estávamos saindo do Olimpo, mas Nemesis e Hécate apareceram para defender a ordem de Zeus...

Bia: E agora... meu pai e minha mãe estão lutando contra Nemesis e Hécate?

--------------

Apolo segurava o pescoço de Hécate, usa uma técnica que ele tira o calor do corpo do oponente, deixando o corpo do oponente como o de um cadáver e incapacitando ele de lutar.
Atena estava logo atrás de Apolo e Nemesis já estava se preparando para entrar pra luta, mano, realmente era aquele monstro do Resident véi o.O

Nemesis: STAAAAAAARS!!!

Atena: O que iremos fazer com esse monstro?

Apolo: Ele não deve ser lá grande coisa.

Nemesis aponta sua metralhadora para Apolo, começa a atirar em direção à ele, Apolo dá um pulo e segura Atena, os tiros passam por eles e atinge o Olimpo.

Nemesis: STAAAAAAARS!!!

Apolo: Relaxa, Atena, eu vou usar a mesma técnica que eu usei em Hécate!

Apolo corre até Nemesis e segura o pescoço dele com as duas mãos, ele tenta tirar o calor do corpo de Nemesis mas Nemesis não tinha calor no corpo. O monstro segura a cabeça de Apolo e bate com tudo no chão.

Atena: APOLOOOO!!!

Apolo: Não chegue perto, Atena!

Nemesis solta tentáculos de sua mão esquerda que enrola no pescoço de Apolo, o monstro aperta os tentáculos quase esmagando o pescoço de Apolo.

Mãns... vamos voltar para a Terra de Chuck Norris, onde Asuka e seus amigos estavam preparando o palco para o Festival da Boa Vizinhança em Phallus.
Iago estava construindo o palco junto com Wagner e Juh, Asuka na escada estendendo a bandeira do Festival junto com Han do outro lado, Kyo não fazia nada, e Akane estava aquecendo o gogó.

Akane: Lá lá lá lá lááááá... Ah eu vou fazer feio na hora! >.<

Taty: Relaxa, Akane-chan, você tem uma voz bonita, vai tirar de letra.

Nascimento: Mas como você é tímida demais, provavelmente vai se intimidar com todas aquelas pessoas olhando para você... Milhões de pessoas te assistindo pela TV... qualquer erra e isso vai pro Youtube...

Chuck Norris: Pare de assustar a garota, Nascimento!

Nascimento: To sendo realista.

Thaysa vem chegando junto com Aya com as bandeirinhas, aparelhos de som e coisas para deixar o Festival mais interessante.

Iago: Vocês traze todas essas porcarias mas não trazem cerveja?!

Taty: Aí que você se engana Iaguinho! *faz umas cinquenta caixas de cerveja saírem de seu casaco*

Iago: WOOOOOOO!!! Era pra isso que todo mundo devia usar magia!! *-*

Thaysa: Já ta todo mundo aqui?

Juh: Todo mundo, Thaysa-chan!

Thaysa: Ta faltando alguém sim.

Aya: E quanto aquele narigudo? Ele não vai ajudar?

Asuka: Ah é! Cadê o Nekiba-senpai?

Iago: Hoje de manhã eu liguei pra ele e ele não atendeu.

Kyo: Pra que se preocupar? Gente feia não faz falta nesse tipo de evento. u.u

Wagner: É um evento público, o que mais vai ter aqui é gente feia.

Taty: Provavelmente deveria ta dormindo, vocês conhecem o Nekiba, ele dorme muito mesmo.

Asuka: Sei não...

Han: Que foi, senpai?

Asuka: To com um mal pressentimento... O senpai disse que ia acordar cedo por ser Festival...

Iago: Eu conheço o Nekiba mais do que vocês, já morei com ele muito tempo, ele é de dormir até tarde mesmo.

Asuka: Espero que você esteja certo...

-------------

Nemesis estava com um tentáculo esmagando o pescoço de Apolo e o outro tentáculo esmagando o corpo de Atena.

Apolo: Aaaargh!! Larga a gente! *segura o tentáculo de Nemesis e queima o tentáculo*

Nemesis: STAAAAAAAARS!!!

Apolo corre até o outro tentáculo e queima também libertando Atena.
Nemesis ainda estava atordoado com a dor, Apolo e Atena iam aproveitar para fugir, mas Hécate aparece por trás deles, liberando um bando de cachorros fantasmas.

Hécate: Vão meu lindinhos! Devorem eles!

Atena entra na frente de Apolo, dá um salto mortal Daiane dos Santos acertando os cachorros fantasmas com as piruetas.

Hécate: Maldita!

Antes que Atena caísse no chão, Hécate tira uma espada, que, se Apolo não pegasse Atena no ar iria matar Atena na hora.

Hécate: Não pensem que vão se livrar de nós tão facilmente! Nemesis! Lança um míssel na fuça desses dois!

Nemesis: STAAAAAAARS!

Nemesis lança um míssel seguidor em direção à Atena, num golpe de sorte, Apolo usa sua técnica de tirar o calor do corpo em Atena e dá uma bicuda em Hécate, o míssel que estava quase acertando Atena muda o curso e segue Hécate, explodindo a vagabunda.
Atena cai no chão já incapacitada de lutar.

Apolo: Desculpe Atena, eu tive que-

Atena: Eu sei, o míssel segue calor do corpo, você tirou o calor do meu corpo e mandou mais calor pra Hécate, assim o míssel seguiu Hécate ao invés de mim... boa tática... você ta andando muito comigo... XD

Nemesis: STAAAAAAAARS!!

Agora Nemesis lança outro míssel, que segue Apolo, mas Apolo muda o calor do corpo para o teto, assim o míssel vai para o teto.

Apolo: Merda! Já usei demais essa técnica, não vou conseguir lutar por muito mais tempo!

---------------

Hades: Então, vamos Bia, preciso cuidar de você!

Bia: Espera! antes disso...

Bia vai em direção à Kratos que ainda estava jogado no chão sentindo muita dor da luta com Bia. Bia abraça Kratos, curando todas as feridas do seu corpo de uma vez.

Kratos: O que você tá fazendo?!

Bia: Nha... Daria muito trabalho curar suas feridas uma por uma, então eu to curando tudo de uma vez com o calor do meu corpo. ^_^

Yoshi: A Bia-hime é um anjo *-*

Pronto, Kratos está curado, inclusive do olho, agora os dois se levantam e a galera do Acampamento chega junto.

Bia: Até mais pessoal, agora eu tenho que ir...

Percy: NÃO! Bia-hime! Você não pode deixar o acampamento!

Bia: E-Eu preciso ir...

O pessoal do Acampamento começa a chorar, todos adoravam a Bia, não queriam vê-la partir.

Bia: Mas eu prometo que um dia eu vou voltar! E nunca vou me esquecer de vocês, pessoal. *Bia caminha em direção à cada um de seus amigos mais próximos um à um, primeiro Grover, o primeiro que ela conheceu* Grover... Quando eu voltar, eu quero ver você com chifres... e sendo um ótimo Zueiros...

Grover: *chorando* É sátiros... E eu vou estar muito mais forte! Por você, Bia-hime! T-T

Bia caminha em direção à um grande professor e amigo, Quíron.

Bia: Pangaré... Eu nunca vou me esquecer de você e de tudo o que você me ensinou, foi de muita valia...

Quíron: *chorando tanto que nem dava pra se entender* Azughghgh aaghzzmm ugugasghl lheshbgu!! T-T

Bia segue em direção à sua irmã por parte de mãe, Annabeth, a primeira que lutou com ela.

Bia: Maninha... Quando eu estiver fora, seja sempre essa irmã inteligente que eu adorei ter...

Annabeth: Não vou chorar... não vou chorar... ú~ù... WAAAAAAAAAHHHHH! QUALÉ!! TSUNDERES TAMBÉM CHORAM!! TT___TT

Bia segue em direção à Percy Jackson, um amigo que sempre ajudou ela nos momentos mais difíceis.

Bia: Percy...

Percy: *abre o berreiro e segura ela* WAAAAAAAAAHHHH!!! NÃO VAI, HIME!!! FICA COMIGO!!! CASA COMIGO! POR FAVOOOOR!! TT__TT

Bia: C-calma, Percy... Eu vou voltar e depois a gente fala sobre isso tá?

Bia vai até Yoshi, aquele que sempre admirou e respeitou Bia com irmã mais velha.

Bia: Yoshi... continue sempre sendo esse menino fofo e carinhoso... quando eu voltar quero ver você um moço grande e bonito, expert em arco e flecha.

Yoshi: *chorando* T-ta bom, Bia-hime... Eu vou estar no nível de um ultimo chefão! Prometo! T_T/

Bia vai em direção ao cara mais frio, ruim, violento e bruto que ela conheceu, e também que aprendeu muito com ele, Kratos.

Bia: Kratos... quando eu voltar, eu vou estar muito mais forte, daí a gente termina essa luta que começamos... ta?

Kratos: É bom mesmo... Por que eu vou estar muito, muito, muito mais forte, você vai ver só! u.ù

Bia: E pra todos vocês do Acampamento, foi muito bom ficar com vocês, vocês vão sempre morar no coração da Bia-hime! ç.ç/

Perséfone: Vamos logo, antes que alguém ache a gente!

Outra luz aparece no céu, cai no chão, faz cratera, aquela frescura toda, e da cratera sai ela... Deméter! Carai... acho que o Morfeu trocou as balinhas, não manda pra Matrix nada, manda pro Acampamento, olha se Zeus tivesse comido a balinha?!

Demeter: Ué? Onde eu to? WAH!!! Você é Bia Winamoto! A que Zeus tava procurando! Finalmente te encontrei, agora eu vou jogar você no Tártaro e o papai e a mamãe e o titio Poseidon vão me reconhecer!

Kratos: *entra na frente* Você não vai levar ninguém daqui!!

Kratos junto com Percy, Yoshi, Grover, Annabeth, Quíron, Hefesto e mais o resto do Acampamento cercam Demeter e o linxamento começa!
Hades coloca a mão no ombro de Bia, Perséfone coloca a mão no outro lado.

Hades: Pronta pra partir, Bia-chan?

Bia: Pronta!

Hades abraça Bia e Perséfone, uma sombra envolve os três, uma sombra grande que ia até o céu, essa sombra some e nem Hades, nem Bia e nem Perséfone estavam mais lá.




CONTINUATIONS...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 25: O Festival da Boa Vizinhança   Dom Maio 01, 2011 11:16 am

Capítulo 25: O Festival da Boa Vizinhança


Já estava tudo pronto, palco armado, a maioria das bandas tinham chegado, os artistas que apresentariam o evento. Mas já eram 4:30 PM e Nekiba ainda não tinha aparecido. Asuka, Iago, Juh, Akane, Wagner, Kyo, Han, Thaysa e Aya, todos arrumadinhos e bonitinhos (principalmente Akane que iria cantar) já estavam cansados de esperar.

Asuka: Aaaahhhh aquele senpai irresponsável! Ele vai ouvir bastante quando voltar!

Juh: Impossível ele estar dormindo ainda! Acho que ele não apareceu pra não ajudar!

Wagner: Gente, o cara acabou de perder a filha, é normal ele não aparecer, ele pode ta abalado ainda, é normal numa situação dessas.

Kyo: Coisas ruins só acontecem com gente feia! u.u

Thaysa: Alguém vai ter que ir lá buscar ele, quem se habilita?

Todos:...

Iago: Aff... Eu vou, afinal vocês estão ocupadíssimos sentadinhos aí né? -.-

Iago sai do lugar do evento, era difícil porque as pessoas já estavam começando a chegar, a cidade de Phallus ia ficar muito cheia daqui a pouco então Iago achou melhor correr.
Iago chega na casa de Nekiba, toca a campainha e ninguém atende, bate na porta e ninguém aparece.

Iago: Caramba... o Nekiba ta cagando, mano!?

Iago vai pelos fundos da casa de Nekiba, os fundos da casa estava destruído, como se tivesse explodido uma bomba ali.

Iago: Que porra é essa?

Iago entra na casa de Nekiba chamando pelo nome dele e ninguém respondia, Iago chega no quarto e lá estava Nekiba jogado no chão todo ensanguentado, já nem estava mais respirando.

Iago: NEKIBAAAAA!!! O que aconteceu, maninho?!!

Mas Nekiba não respondia. Iago leva Nekiba até o hospital nas costas e o deixa lá e volta correndo para o festival.

Iago: Asukaaaaaaaa!!

Asuka: Que foi?! Pára de gritar!

Iago: O Nekiba... o Nekiba...

Asuka: O que foi?!

Iago: O Nekiba ta no hospital!! Eu encontrei ele desacordado e ensanguentado e a casa dele toda destruída! Deve ter sido aquela neném!

Todos arregalam os olhos e se assustam, Asuka usa seu Correr pra Caralho pra chegar até o hospital, ela sai atropelando todas as pessoas pra chegar o mais rápido possível

-------------------

No Monte Olimpo, Nemesis já estava acabando com Apolo e Atena, os dois já estavam sem forças para lutar, mas Nemesis é como se fosse um robô e não caía de jeito nenhum.

Nemesis: STAAAAAAAAARS!!

Atena: Se você ainda tivesse um pouco de poder... Podia esperar ele lançar o míssel e concentrar seu calor nele mesmo... assim ele ia se explodir.

Apolo: Mas eu to quase sem forças...

Nemesis continuava pisando em Apolo e Atena. Até que Zeus chega com os outros deuses.

Poseidon: Calma, meu irmão, semana que vem a gente procura.

Zeus: Chega! Odeio esconde-esconde, aqueles dois já estavam me dando nos nervos! Sabe quantos selinhos eu tive que dar naquela velha??? O.O

Zeus vê Nemesis pisando em Apolo e Atena, Hécate completamente destruída e o Palácio do Olimpo todo acabado.

Zeus: Apolo... Atena... Nemesis... Hécate... Estão... DE CASTIGO!!! VÃO CONCERTAR O PALÁCIO ATÉ ELE FICAR TININDO!!

Apolo: P-pai... encontrou... a Bia?

Zeus: Infelizmente não, ela não está em nenhum lugar, por falar nisso, cadê o Hefesto?

Artemis: Não vejo ele faz tempo.

Nisso Hefesto vêm entrando no Olimpo carregando Demeter nas costas.

Hefesto: Estou aqui... Pai!

Zeus: O que aconteceu com a Demeter?

Hefesto: Fomos procurar a Bia em outro lugar, mas a gente encontrou algumas Quimeras no meio do caminho e fomos atacados.

Zeus: Ok... Trás ela aqui, vamos cuidar dos ferimentos dela junto com a Hécate. E vocês três... *apontando para Apolo, Atena e Nemesis* Podem começar a limpar essa sujeira... já!

Os três apontados:

Mas quando Atena levanta a cabeça ela lança um olhar de dúvida para Hefesto, Hefesto sorri e pisca para ela, sinal de que tudo deu certo. Pelo menos uma boa notícia para o casal.

Tudo estava se resolvendo, faltava Bia chegar nesse que Hades tanto confiava.
Hades e Perséfone estavam voando em uma dimensão fora do Olimpo e fora do mundo inferior.

Bia: Ne ne, Hades, pra onde você tá me levando?

Hades: Primeiro, posso te fazer uma pergunta?

Bia: Já ta me fazendo uma pergunta com essa pergunta.

Hades: Então posso te fazer outra pergunta?

Bia: Acabou de fazer.

Perséfone: ELE VAI PERGUNTAR E PRONTO!

Hades: Você tem medo de Zeus?

Bia: Do Suze? Claro que não, é que o tadinho do Suze teve que passar por momento muito difíceis, ver os irmãos serem devorados pelo próprio pai, depois ser obrigado a jogar ele no Tártaro... você é irmão dele, você deve entender o que ele passou.

Hades: É... mais ou menos... mas por que Suze?

Bia: Ah, é um jogo de palavras, Zeus ao contrário é Suez, concertando fica Suze.

Hades/Perséfone: HAHAHAHAAHAHAHA!

Hades: Eu iria adorar ver você fazer essa piada na frente do meu irmão!

Bia: Ah?! M-m-mas não vou né?!

Hades: Hahahahaha! Como eu pensava, você ainda teme um pouco o poder de Zeus, mas isso é normal, eu no seu lugar também temeria.

Bia: Ok... Mas você ainda não respondeu pra onde você ta me levando.

Hades: Pra alguém que até Zeus tem medo, que o próprio Diabo sempre teve medo de chegar perto. Seu nome é... Chuck Norris!

--------------

Asuka chega ao hospital onde Nekiba estava, corre até o quarto dele, mas Taty já estava lá.

Asuka: Taty-senpai! Como ele ta?

Taty: Não corre risco de vida, mas ele não vai poder assistir o Festival.

Asuka: Ah que bom...

Taty: Sabe o que mais me chamou a atenção?

Asuka: O que?

Taty puxa um pouco da gola da camiseta de Nekiba, Nekiba tinha umas marcas de mordida pelo pescoço. Asuka coloca a mão no peito e se lembra da mordida que levou de Karol quando ainda era um bebê.

Asuka: Eu sei quem pode ter feito isso!

Taty: Um bebê certo?

Asuka: Como você sabe?

Taty: Eu enfrentei essa criança ontem, eu achei que tinha perfurado o peito dela com uma rajada do meu ki... Mas parece que ela é imortal, assim como o Capitão e o seu pai.

Asuka: E o que a gente vai fazer?

Taty: Vamos... voltar pro Festival da Boa Vizinhança.

Asuka: E não vamos tomar nenhuma providência sobre isso!

Asuka na raiva dá um soco na barriga de Nekiba na maca.

Nekiba: X-X’

Taty: O que você quer que a gente faça? Sai procurando por toda a cidade de Phallus por um bebê que voa e é imortal? *na raiva aperta o rosto de Nekiba enquanto gritava com Asuka*

Nekiba: X_____X

Asuka: Fala como se isso fosse difícil de encontrar! *aperta o ombro de Nekiba, dava pra ouvir o osso rachando*

Nekiba: TTT_______TTT

Asuka: E ela não voava quando eu vi, ela só andava nas paredes!

Taty: É, mas ela voa, então vamos torcer pra ela não aparecer no Festival da Boa Vizinhança e estragar o evento, afinal somos uma boa vizinhança.

Asuka: Uma boa vizinhança com um bebê psicopata a solta!

Taty: Olha, se você ta tão preocupada assim, eu vou caçar essa criança... não, vou eu, o Capitão e o Norris-sama caçar a criança, assim a gente mata ela de vez e protege o Festival.

Asuka: Sabia que ia entender, Taty-senpai, agora eu vou voltar pro evento!

Asuka volta para o evento, Taty chama o Capitão Nascimento e Chuck Norris para caçar Karol, mas Karol já estava bem mais perto do que eles esperavam.
Duas patty’s entram no banheiro feminino do evento, e o banheiro era, tipo, super out e não era, tipo, nada cool!

Barbie: Nhai amiga, tipo, esse banheiro ta, tipo, um nojo... iiiieu! >.<

Susie: Mas esse é, tipo, o único lugar pra se maquiar *começa a se maquiar na frente do espelho*

Barbie: Ai, tipo, eu to com tipo, uma super vontade de, tipo, fazer xixi.

A Barbie entra no banheiro e abaixa sua micro-saia, abaixa sua calcinha fio-dental. Adivinha quem tava no teto assistindo a Barbie fazer xixizinho??? Karol!! Só de quebradinha assistindo a mijada.

Susie: Ai, sabe com quem eu, tipo, transei ontem?

Barbie: Tipo, pro Rod de novo?

Susie: Ai não! Eu descobri que aquele Porsche era do pai dele, não dele, tipo, nunca mais saio com o Rod! Ontem eu dei, tipo, pro Seita! Ou será que foi pro Niizuma? Nhai num lembro!

Nisso Karol desce da parede bem dentro do banheiro que Barbie foi mijar (se não entendeu ainda, entraram no banheiro que tinha os espelhos e lavatórios, e atrás ficava as portas com os banheiros, tipo banheiro de shopping).

Barbie:......... Er..... Desculpa, tem gente ‘-‘

Susie: O que?

Barbie: Não falei com você!

Karol nem dá atenção pra garota, morde o pescoço da Barbie com vontade arrancando quase todo sangue.

Barbie: AAAAAAAAAAAAHHHHHHHHH!!! Um emo encostou em mim! Que nojo!

Karol dá um tapa na garota e já morde o pescoço dela, arrancando todo o seu sangue, sentindo toda a essência dela por dentro. [hmmmm~*]

Barbie: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHH!!!! Pega a senha!! Entra na fila!!!

Susie: Ai, tipo, que foi!?

Susie ia ver o que aconteceu com Barbie, quando a amiga é jogada pra fora do banheiro rachando a cabeça na parede, Barbie ficou jogada no chão sangrando muito na cabeça e no pescoço.

Susie: Er... Barbie... tudo bem? ‘-‘

Karol sai do banheiro com o sangue de Barbie na boca, olha pra Susie e solta uma rajada do seu ki preto jogando Susie pra dentro do espelho. Karol ainda não tinha terminado e segura com força o pescoço de Susie.

Karol: Asuka Ryouma vai estar nesse evento?

Susie: E-Eu não sei! Eu vim porque o meu 19° namorado me chamou pra vir e-

Karol: *segura o rosto de Susie com tanta força que sangra* Responde... a minha... pergunta!

Susie: Vai! Ela vai! Se tiver falando da Bad Girl, filha do Norris-sama então sim! Ela vai!

Karol: Ótimo, era tudo que eu queria saber. *joga a garota pra dentro do banheiro*

-----------------------------

Taty, Capitão Nascimento e Chuck Norris procuravam Phallus à fora por Karol, a pesar de ainda acharem que o nome dela é Manola.
O Festival da Boa Vizinhança já estava começando, com o prefeito de Phallus pra fazer a abertura do show, o prefeito era careca, magro, parecia o Sr. Burns dos Simpsons... peraí... era o José Serra!!! O.O

Serra: Quero agradecer a todos da cidade de Phallus, que fizeram possível esse Festival que eu adoro, como você, como a sua mulher, como a sua filha, o seu filho, como a sua mãe, como a Dona Maria, como todo mundo aqui!

Magras palmas do público que assistia, Serra sai e o apresentador do Festival é o Will Smith, o verdadeiro Will Smith, não o CJ, quando Will Smith começa a fazer seu rap a polícia invade o palco e prende Will Smith.
Aquele mesmo pessoal que eu já to cansado de citar um por um ficam todos desesperados.

Iago: Não! A polícia achou que esse era o CJ!!

Wagner: E agora?! A gente tem que improvisar!!

Kyo: Hahaha... Pra se preocuparem...? Vocês tem um artista bem aqui!

Thaysa: O que você tá pensando em fazer?

Kyo vai abrindo espaço no meio do povo, sobe ao palco, e começa a fazer pose de host, joga o cabelo pro lado, faz um charme, abre os botões da camisa e começa a mostrar o peitoral pro público.

Público: ¬¬

Juh: Bravo! Bravo! Viva! Estupêndulo! *-*

Asuka: Alguém, faz alguma coisa!

Han: T-ta! Deixa comigo!

Han sobe no palco mesmo com Kyo lá, ela fica olhando pro público corada.

Asuka: *cochichando* Han... faz alguma coisa! Usa sua atuação!

Han: Er... Aha-hum... O cão arrependido! *se curva com tudo na frente do público*

Asuka: =A=’’

Han: “Volta o cão arrependido, com suas orelhas tão fartas, com seu osso roído, e com o rabo entre as patas!” *balança a bundinha*

A platéia aplaude um pouco, confusa, sem ter a mínima idéia do que aconteceu.

Kyo: Agora chega, deixa eu voltar a mostrar minha beleza para o públi-

Han: “Volta o cão arrependido, com suas orelhas tão fartas, com seu osso roíd-”

Kyo: Sai daí, Han! Eles precisam da minha beleza!

Han: Espera, o verso é repetido 44 vezes... “Volta o cão arrependid-”

Kyo: Sem chance! O público quer ver a minha beleza sendo exposta, certo pessoal?

*barulhos de grilo*

Asuka: Thaysa! O Festival ta indo pro saco sem o Will Smith! Ajuda!

Thaysa: Se a senpai ta pedindo...

Thaysa vai confiante com um pirulito na boca e seus dois revólveres no meio da platéia, sobe ao palco e começa a fazer igual esse mano nesse vídeo

Spoiler:
 

A platéia aplaude as habilidades sobre humanas de Thaysa com o revólver, Thaysa se empolga com a platéia aplaudindo e começa a brincar ainda mais com os revólveres.

Asuka: Ufa, finalmente alguma coisa salvou esse evento!

Thaysa se empolga demais e acaba dando um tiro no pênis, o mascote do evento, arrancando a glande fora.

Thaysa:... Oops... O.O’

Asuka: (pensa) Paaaaaaai! Taty-senpaaaaaaaai! Capitãããããão! Voltem logo!! T-T

Enquanto o Festival era arruinado, Chuck Norris ainda procurava por Karol na vizinhança junto com Taty e Capitão Nascimento. Eles tinham se separado e quem encontrasse Karol primeiro podia matá-la sem pensar duas vezes.
Mas Karol estava bem longe deles, já tinha chegado no Festival, se infiltrou no meio do povão, Asuka e os outros só conheciam ela como bebê então ninguém ficou prestando muita atenção nela. Agora era hora do show do Restart no Festival.

Iago: Quem foi que chamou o Restart pra tocar?

Akane: Er... fui eu... Iago-sama... eu conheço o guitarrista e eu pedi pra eles virem, me perdoe! >.<

Iago: Ah, então se foi a Akane-chan que chamou então o Iago gostou! ^w^

Asuka: Como você muda assim de repente?! E não ta tudo bem, se fosse pra chamar conhecidos eu conheço o vocalista do Matanza, eu podia ter chamado eles, ou os Mamonas Assassinas.

Restart já tinha tocado a sua primeira música, aquela lá que todo mundo gosta, aquela fala: ♪naaana...♪ né? Essa mesmo, então, o vocalista/guitarrista que é o que eu mais tenho no corpo, Pelu, começa a falar.

Pelu: Agora, a gente vai chamar a próxima atração, a nossa amiguinha Akane-chan! Akane-chan, sobe no palco aqui com a gente!

Akane: O///O

Juh: Vai lá, Aka-chan!

Wagner/Iago/Kyo: *enciumados* ¬¬

Asuka: Sobe lá, Akane, e acaba com essa merda que eu não to agüentando mais!

Akane sobe no palco com os aplausos da platéia, menos de uma pessoa, Karol, que assistia o evento de braços cruzados.

Karol: Hmmmm... *lambe os beiços* Essa parece apetitosa! Deve ter um sangue tão puro... tão delicioso...

Akane se envolve no meio da banda e é abraçada pelos integrantes, ela vai até a frente do palco, segura o microfone com suas duas mãozinhas enquanto olhava com os olhos brilhantes e cheios de emoção para o púbico, ela estava corada, com vergonha de estar lá na frente. Pelu da um incentivo e ela resolve cantar.

Akane: Er... E-eu vou c-começar a cantar... então... espero que gostem! *se curva na frente da platéia*

Pessoa aleatória1: Owwwwwnt... Ela é tão fofa! *-*

Pessoa aleatória2: Da até vontade de morder! *-*

Akane com a aquele rostinho de bebê começa a cantar essa musiquinha.

Spoiler:
 

Todos na platéia sem exceção: O.O’’’’

Han: Isso... ta mesmo acontecendo? O.O

Karol: Hahahahaha! To adorando!

Na parte da música onde diz: “Storm the gates of Hell!” (“Estremeça as portas do Inferno”) Karol acaba se empolgando um pouco, e simplesmente destrói o palco só com o poder do seu ki. Estava tudo destruído, Karol sobe até o palco, segura Akane pelo pescoço e toma o microfone.

Karol: Asuka Ryouma, apareça ou eu vou mandar os meus fofinhos devorarem a sua amiguinha!

Buracos no chão vão se abrindo, e no meio da fumaça do fogo do inferno saem lobos pretos, famintos, andando no meio da platéia; terror, medo, angústia no meio do povão.

Karol: Asuka Ryouma! Vai mesmo sacrificar essa garota pra se esconder?

Asuka vem chegando no meio daquela destruição, sendo cheirada pelos lobos que tinham sede de sangue.

Asuka: Você que é a Manola?

Karol: *solta a Akane, desce do palco e vai até Asuka* Na verdade, meu nome é Karol Yagami.

Antes que Karol chegasse perto de Asuka, Thaysa e Aya entra no meio.

Aya: Asuka-senpai, não precisa se preocupar com lixos como esse.

Thaysa: Deixa que a gente cuida disso, senpai.

Aya ataca Karol com a sua espada, Karol some e aparece atrás de Aya, lambe os dedos, e não se sabe como mas a barriga de Aya abre jorrando muito sangue enquanto Aya caia no chão largando sua espada.

Juh: O-o que ela fez?!

Wagner: Ela sumiu... mas ta ali... mas ela sumiu... como isso?!

Karol: Hmmm... seu sangue é gostoso, adoro um sangue asiático!

Thaysa fica com raiva de ver Aya sendo derrotada daquele jeito, saca seus revólveres e começa a atirar todas as suas balas em cheio em Karol.

Han: Haha! A Thaysa matou! Estamos salvos!

Thaysa continua atirando em Karol até suas balas acabarem. Karol abre um sorriso malicioso para Thaysa e vai indo em direção à ela, Thaysa larga as armas e dá um soco em Karol.

Iago: Pegou em cheio!!

Karol faz que vai cair no chão com o soco, mas volta com um murro na cabeça de Thaysa jogando ela longe dali.

Iago: Desgraçada!

Iago arregaça as mangas e vai indo pra atacar Karol, quando Asuka pára ele.

Asuka: Iago, você e a Akane vai cuidar dos ferimentos da Aya e da Thaysa, deixa essa comigo.

Iago: Você sempre tem que ficar com a parte boa né?

Asuka: Só vai!

Iago: *vai*

Iago vai correndo até Aya que estava agonizando de dor no chão, mas cinco lobos entram na frente de Iago.

Iago: Que merda! Akane-chan, vai cuidando da Aya e da Thaysa!

Akane começa a usar sua medicina para curar Aya que estava em estado mais grave. Han chega junto de Iago.

Han: Você não vai lutar sozinho com esse lobos.

Iago: Que droga, Han! Essa é minha única chance de brilhar nessa fic, já que eu não fiz nada até agora!

Karol: Eu não quero mais nenhuma interrupção entre nós, Asuka. *vai chegando mais perto enquanto fala* Agora somos só eu e você. Eu sempre quis saber o sabor de um sangue norriano.

Karol acaricia o rosto de Asuka com os dedos, vai chegando bem perto do rosto dela, vai lambendo o rosto de Asuka até o pescoço.

Wagner: Carai... fiquei excitado! >.<

Asuka reage como faria de costume, simplesmente dá um murro com toda força em Karol fazendo ela entrar dentro do palco só com a força bruta.

Kyo: Aeee!! A Asuka já acabou com essa luta!

Asuka: Eu tava querendo fazer isso já faz muuuuito tempo!

Do meio dos escombros, Karol se levanta ainda sorrindo, lambendo o sangue que escorria de sua boca.

Karol: Isso vai ser mais interessante do que eu imaginava! Se prepare Asuka Ryouma, vou usar todo o meu poder!

Asuka: Firmeza então! To pronta!




CONTINUAAAAAAA... *eco* Aaaa... aaa.... aa...


Última edição por Nekiba em Qui Out 09, 2014 7:26 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Bad Girl! 1ª temporada
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Água de Mar [Nova temporada]
» Inscrição da Emi/Anne [3ª temporada]
» Inscrição da Miku/Mikaru [2ª temporada]
» [DAREDEVIL] - Terceira temporada confirmada !!!
» Chefs' Academy [2ª Temporada] - AMANHÃ

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
FanFuck :: Bad Girl! :: Bad Girl! [FanFuck]-
Ir para: