InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Compartilhe | 
 

 Bad Girl 3ª temporada

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 86: Piriguetes VS Cheerleaders!   Sab Jun 18, 2011 2:42 pm

Capítulo 86: Piriguetes VS Cheerleaders!


BAKKOOOOOOOOOOOOOOM

Katy: *sai correndo no meio dos escombros da sala* DESCULPAAAAAAAA, PROFESSORA ASUKAAAAAA!!

Asuka: *cara de psicopata* Heheheeee... você vai se arrepender de ter pegado eu como professora!

Asuka e Katy passam correndo na frente da sala da Lix que dava aula pra uma série qualquer que eu já cansei de ficar inventando série.

Lix: Asuka-san?! Katy?!

Katy: SOCOOOOOORRO!!

Asuka: NINGUÉM VAI TE SALVAR! NÃO ADIANTA GRITAR!!

----------------------

Sala 6, aula da 7ª C com a professora Akane.

Mascote: *chuta a porta do armário até quebrar* Morre, porta filha da puta!!

Akane: *dentro do armário* WAH!! Não me machuquem por favor!!

Akane consegue fugir dos vândalos e corre até a porta.

----------------------

Katy: *ainda correndo* Eu não abro mais minha boca! Eu juro!!

Asuka: *correndo atrás* Não vai abrir mesmo! Vai ficar tão banguela que nem vai querer abrir a boca!!

Katy passa pela porta da sala 6, logo quando Asuka passa, Akane sai correndo da porta e tromba com Asuka e as duas vão ao chão.

Asuka: Itte!! Akane-chan! Por que você me atrapalhou?!?!

Akane: *com a cara no meio dos peitos da Asuka* Hmmmfm fhmmh!!

Asuka: Merda! Agora eu perdi aquela líder de torcida de vista!

Lana: *sai da sala* Asuka-san?

Asuka: Ah, oi Lana-chan! Meu Pai ainda ta bravo com a advertência, ta?

------------------------

Katy: *escondida em um armário* Que professora louca da porra! *liga no celular* Vai, atende, atende!

----------------------

Sala 19, onde o 1º C estava tendo aula de artes com a professora Han.

Han: *segurando um crânio e olhando bem nos “olhos” dele* Ser... ou não ser... eis... a questão!

No meio da turma um celular toca [era aquele mesmo toque do celular da Asuka], um garoto de 15 anos, cabelos vermelhos cobertos com um boné da Ecko Red, se levanta pra atender o celular.

Han: Thi, será que não poderia desligar esse celular?

Thi: *ignora Han e atende o celular* Alô?... Katy, oi amor... calma, o que foi?

Han: Se for ligação importante pode atender lá fora.

Thi: ...Professora Asuka?... Tentou te matar?!

Han: O que?! Me dá esse celular! *toma o celular da mão dele* Alô?!

Katy: *do outro lado da linda* Quem é você?

Han: Professora Han, de artes! Qual a sua reclamação quanto a Asuka-senpai? Dependendo da sua resposta eu não vou poder garantir a sua vida!

Katy: O que?! Deixa eu falar com o meu namorado!

Thi: *toma o celular da mão de Han* Me dá isso! Katy?

Katy: Por favor! Vem me ajudar, eu to no armário 103, me protege daquela professora!

Thi: To indo! *sai da sala correndo*

---------------------

Asuka: *andando pela escola, passando pelo armário 103* Ow Katyyyyyy~... Cadê vocêêêêêêê?~ Só quero brincar um pouquinho com você, nada de mais!

Katy: *tremendo, suando, mas sem fazer nenhum som*

Asuka: Eu não vou fazer nada~

Katy: *peida* !!

Asuka: Que foi isso?

Katy: (pensa) Fodeu! Justo nessa hora eu fui peidar! Coisa que eu nunca faço porque é nojento!

Asuka ia até o armário 103, dá uma cheiradinha ali perto e faz uma cara de nojo, ela já estava quase abrindo o armário, quando...

Lix: Asuka-san!! *vindo com Foguinho e Di Poldi*

Asuka: Lix?

Foguinho: Nossa, que professora é essa? Essa escola ta ficando boa mesmo ein?

Di Poldi: Asuka, você não pode ameaçar um aluno de morte! Muito menos tentar matá-lo!

Katy: (pensa) Ufa... salva pelos professores e o Foguinho...

Thi: *acha o armário 103* KATY!!

Katy: (pensa) FODEEEEU!! SAI DAQUI SEU BABACA!! DESSE JEITO NÓS VAMOS MORRER!

Thi abre o armário e Katy cai bem nos braços dele.

Asuka: ACHOOOOU!!

Katy: KYAAAAAAAAAAAAAHH!!

Thi: *entra na frente* Se quiser bater nela, primeiro terá que passar por mim!

Asuka: *enfia uma bicuda no saco de Thi mandando ele pro teto* Agora você!!

Katy: KYAAAAAAAAAAAHHH!!!

Lix/Di Poldi/Foguinho: *seguram Asuka*

Asuka: Alguém ta segurando no meu peito!

Foguinho: *nariz sangrando* Hehehe...

Asuka: *dá um gancho mandando ele pro teto* PERVERTIDO MISERÁVEL!! Alguém ainda vai encarar?!

Di Poldi: *se afasta* Jamais, jamais...

Lix: Di Poldi!!

Di Poldi: Me demito!!

Lix: O QUE?!

Asuka: ÓTIMO!!

Asuka ia atacar Katy quando Akane vem correndo e se esconde atrás de Asuka, logo depois vêm Mascote, Cidoca e Zé Pequeno com tesouras pontudas.

Akane: Me ajuda, Asuka-samaaaaa!!

Cidoca: A gente só quer encurtar suas roupas, professora!

Asuka: Será que vão ser mais três que eu vou ter que enfiar a cabeça no teto?!

Katy aproveita pra correr, mas no corredor ela tromba com Nadja, junto com Geh, Lana, Bruh e as piriguetes.

Katy: Nadja...

Nadja: Katy...

Katy: O que você ta fazendo aqui? Não sabe que essa escola não permite a entrada de animais?

Nadja: Pra que a pressa? O Ibama veio atrás de você?

Piriguetes: *risadas forçadas* Hauhuahauhauhauh!
.
.
.
Nadja: Por que vocês três não riram?

Lana: Não achei graça.

Bruh: Bruh também não...

Geh: Nem eu...

Katy: Hahahahaha! Essas são as suas amigas!

Thi cai do teto, limpa o pó da roupa e da umas tosses.

Thi: *com uma voz fina* Nossa... essa menina é forte mesmo... *vê Lana* V-você que é a Lana?

Lana: *cora* S-sou...

Katy: Thi... que voz de pato!

Thi: *ignora Katy e vai até Lana* Eu me chamo Thiago, mas você pode me chamar de Thi!

Katy: Thi! Hellooo~ Eu to aqui, querido!

Nadja: Aceita sua derrota, Katy! Perdeu seu macho pra uma piriguete!

Lana: Eu não sou piriguete! E não vou ter nada com esse garoto!

Thi: Eu sei que você quer, gracinha! *puxa Lana pelo braço*

Lana: Não quero!

Nadja: Vai, Lana! Aproveita, essa é uma oportunidade única!

Lana: Já disse que não vou!

Thi: Ta bancando a difícil, é? Eu gosto assim! *tenta beijar Lana*

Lana: *afastando ele* N-não! *corando muuuuito*

Nadja: Aff... precisa de um empurrãozinho!

Nadja empurra Thi pra cima de Lana, fazendo os dois darem um beijo, Thi não perde a oportunidade e segura a nuca de Lana sem deixar ela escapar.

Katy: !!

Asuka/Lix/Geh/Bruh: !!

Foguinho/Cidoca/Zé Pequeno/Mascote: *não viram nada porque estão com as cabeças enfiadas no teto*

Katy: *chilique de menina fresca* AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHH!!!!!!

Nadja: Hahahahahaha! Boa Lana!!

Piriguetes: *com inveja*

Thi: *solta ela* Aaahhh... delícia de beijo!

Asuka: *chuta o saco de Thi mandando ele pro teto de novo* Quem deixou você roubar um beijo da minha irmã de consideração, seu maldito!!

Katy: Sua... vadia...!!

Nadja: Perdeu, cadela!

Katy: Isso é culpa sua, Nadja!! *dá um tapa na cara de Nadja*

Nadja: VACA!!

As duas se agarram, começam a brigar no meio da escola, as outras piriguetes iam entrar no meio da briga, mas Lana pára elas com a mão na frente.

Lana: Deixa... isso é uma luta mano a mano, vocês querem ferir o orgulho da Nadja fazendo disso uma luta injusta?

Piriguete 1: P-palavras de lutadora...

Lix: A-Asuka-san! Separa essa briga!

Asuka: Eu não! To adorando ver essas duas se matarem! Eu aposto na piriguete, e você?

Nadja e Katy continuavam se agarrando... se esfregando... roçando as coxas uma na outra... aqueles belos pares de seios sendo esmagados com o impacto...

Juh: HENTAI YURIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII!!!!

Ow Juh, to narrando véi, você só aparece no final!

Juh: Desculpinhaaa~ Tive uma idéia pra um hentai, então tchau! Beijo beijo!

A luta continua sem ninguém separar ou interferir, até que chega o diretor da escola e vê a cena.

Diretor: Que putaria excitante é essa aqui?!

Lix: D-diretor! Essas meninas estão descontroladas! Eu não sei o que fazer!!

Diretor: Cadê o Foguinho numa hora dessas?!

Foguinho: *com a cabeça no teto* Hhhhmmmfmm!!

Diretor: Aff... ta certo! Todo mundo aqui pra diretoria, já!!

---------------------------

Lix, Asuka, Akane, Nadja, Katy, Lana, Geh, Bruh e as piriguetes vão pra diretoria, lá já estavam Iago, Aya, Han, Karol, Bia, Thaysa e Leandro, e obviamente o diretor.

Lix: Gente, o que vocês estão fazendo aqui?!

Diretor: Eu já to com problemas demais desde que vocês chegaram aqui! Lana, você se envolveu em uma briga, e como já levou uma advertência, agora você esta expulsa de PUTA!

Lana: O que?! M-mas... *quase chorando* E-eu não fiz nada... ele que... *chora* Ele que me beijou... Huuuuaaaaaaaa...

Diretor: Sem choros aqui! Suas amigas também estão expulsas!!

Bruh/Geh: O QUEEEEEE?!

Diretor: Nadja, Katy, essa briga de vocês já foram longe demais! As duas vão receber advertências... e...

Katy/Nadja: *abrindo o decote e mostrando parte dos seios* Eiiiin~*?

Diretor: Como eu ia dizendo, Asuka, Lix, você e a sua corja de professores inúteis estão demitidos de PUTA!

Lix: O que?! Mas eu preciso desse emprego, diretor!

Asuka: Hey, a Lix eu entendo, mas por que eu e o resto temos que ser demitidos?

Lix: Entende o que?! Eu trabalhei direito! Vocês que não!

Diretor: Eu vou te dizer o porquê! A Asuka hostilizou, perseguiu e ameaçou de morte uma das alunas e não separou uma briga!

Asuka: Foi divertido pelo menos.

Diretor: A Akane mal consegue dirigir uma sala de quinta série!

Akane: G-gomenasai...

Diretor: A Thaysa contou histórias violentas e ensinou os alunos a usar armas! Agora eles estão brincando de BOPE no intervalo!!

Thaysa: Deviam ensinar esse tipo de coisa na escola.

Diretor: O Iago se exibiu para as alunas e as deixou tocarem todo o seu corpo!

Iago: Hehehe, valeu a pena.

Diretor: A Aya fez vários alunos chorarem, os pais estão dizendo que seus filhos estão com medo da morte!

Aya: Tsc... vermes fracotes...

Diretor: A Bia reprovou um dos melhores alunos porque ele não soube multiplicar a raiz de π pelo equilátero da hipotenusa ao quadrado! Nem eu sei fazer isso!

Bia: Aff, que escola de baixo nível!

Diretor: A Karol teve um caso com uma aluna no banheiro feminino! E se não me engano eu vi sangue na porta!

Karol: *lambendo os beiços* Era tinta, te juro!

Diretor: O Leandro usou os alunos para jogarem na mega-sena por ele, pra assim ele ter mais chances de vencer!

Leandro: Vou ser demitido daqui, mas e se eu ganhar na mega-sena? Eu não preciso desse lixo de salário!

Diretor: A Han não fez nada, mas como ta nesse meio vai ser demitida também!

Han: Puta mundo injusto, meu!

Diretor: E você, Lix Suhanova, foi quem trouxe essa corja pra cá! Foi você que indicou esses professores!

Lix: E-eu... eu...

Diretor: Peguem suas coisas e vão embora!

Lana: HUAAAAAAAAAAAA!! EU FUI EXPULSA DE UMA ESCOLAAAA!!

Lá fora, Lix e os outros já estavam com suas caixas com suas coisas dentro, Lix estava de cabeça baixa e com semblante triste.

Bia: Fica assim não, Lix-chan, você é muito inteligente, vai conseguir outro emprego.

Lix: Olha, tudo bem ta, sério, não preciso que vocês venham me consolar, consolem a Lana-chan que ta muito mais em choque com a situação.

Lana: *deitada no chão em posição fetal chupando o dedo* Huuu... huuu...

Geh/Bruh: *passando a mão no cabelo dela* Yoshi, yoshi, passou...

Asuka: Mas vem aqui no final das aulas, nós vamos colocar nosso plano em prática!

Lix: Plano? Que plano? De afundar essa escola? Se era então conseguiram...

Karol: Pode deixar que mesmo se ela não quiser vir eu arrasto ela! *piscadinha*

Depois disso, passaram-se algumas horas, eram 12:20, horário de saída dessa escola, e na saída, um bando de piriguetes com 20 piriguetes se econtra com um outro bando de 20 líderes de torcida, e obviamente, as chefes dessas gangues eram Nadja pelas piriguetes e Katy pela lideres. Seria um encontro explosivo, uma guerra entre essas duas tribos, a maior briga na história de PUTA! [Mas é verdade né? Parece que só tem puta nessa escola mesmo!]

Nadja: Não cansa de apanhar não, vaca?

Katy: Que eu me lembro você que apanhou, vadia!

Resto dos alunos: PORRADA! PORRADA! PORRADA!

Já nem tinham mais professores pra separar, o diretor sozinho não tinha condições de conter a guerra sozinho e o Foguinho tava gritando “porrada!” no meio dos alunos. [ele era o que mais queria ver a briga! Tava até com um celular pra filmar!]

Do outro lado da rua vinham Iago, Asuka, Akane, Leandro, Thaysa, Aya, Han, Bia e Lix sendo arrastada por Karol.

Lix: Por que vocês me trouxeram pra cá?!

Karol: Você vai ver!

As duas gangues já estavam quase se enfrentando, quando esses ex-professores entram no meio do campo de batalha, enquanto Lix ficava no meio dos espectadores.

Nadja: Professora?

Asuka: É o seguinte, bando de vacas! Como a nossa demissão foi culpa de vocês, nós resolvemos vir quebrar a cara de qualquer piriguete ou cheearleader que a gente ver pela frente!

Katy: (pensa) É aquela professora forte! Vai ser impossível vencer ela, ainda mais com reforços!

Do meio das piriguetes sai Juh, Nekiba [com perucas e algodão no peito pra fazer volume], Mirella e Tsuki, nas camisetas deles estavam escrito “Piriguetes”

Juh: As piriguetes mandam! Vocês não podem contra nós!

Mirella: E-eu to ridícula...

Do meio das cheerleades sai Wagner, Kyo [idem Nekiba e Juh] e Miwa com camisetas escrito “cheerleaders”

Miwa: As cheerleaders que mandam na escola! Nós vamos quebrar tudo!

Bia: Olha o que nós fazemos com piriguetes e cheerleaders!

Todos esses ex-professores atacam os amigos de mentirinha até eles ficarem “derrotados”.

Kyo: K-kuso... as cheerleaders não podem com eles...

Nekiba: As piriguetes... vão morrer assim... argh!

Lix: *cara de “WTF?!”*

Nadja: (pensa) Ai merda! Esses ex-professores são muito fortes! Vai ser impossível lutar contra eles e contra as cheerleaders só com 20 piriguetes!

Katy: (pensa) Ai merda! Esses ex-professores são muito fortes! Vai ser impossível lutar contra eles e contra as piriguetes só com 20 cheerleaders!

Nadja e Katy se aproximam e falam meio que escondidas dos ex-professores.

Nadja: Vamos ser realistas, só com 20 de um grupo não pode contra eles.

Katy: Tem razão, você viu o que aconteceu com as cheerleadres e as piriguetes de agora pouco!

Nadja: Acho que só vai ter uma solução... que é...

Katy: Eca... juntarmos forças contra esses professores... *cara de nojo*

Nadja: Só dessa vez! *segura a mão de Katy*

Katy: *segura a mão de Nadja* Yosh! CHEERLEADERS!

Nadja: PIRIGUETES!

Nadja/Katy: VAMOS ATACAR JUNTAS ESSES PROFESSORES!!

Han: *fingindo* Oh não! Elas se juntaram e agora estão muito mais fortes e em maior número!

Leandro: *idem* Não vamos ter chances contra elas!

As cheerleaders e piriguetes cercam os ex-professores e atacam com tudo, os ex-professores nem reagiam contra as meninas.
Uma piriguete dá um empurrão no ombro de Aya, a japa nem sente, mas se joga no chão pra fingir que foi atacada.
Uma cheerleader chuta a canela de Iago, ele nem sente, mas segura a cenela e fica gritando como se estivesse com dor.
Thaysa foi, propositalmente, lerda e fraca quando ataca uma piriguete, a piriguete reage com um soco muito escroto [tipo aquele do Kiko do Chaves, no episódio que eles aprendem Boxe com o Seu Madruga] Mas Thaysa faz de conta que sentiu dor e cai no chão.
Duas cheerleaders e duas piriguetes avançam em Akane, aí Asuka foi lá e quebrou essas quatro porque aí seria injusto.

Nadja e Katy ficam costa a costa, ofegantes, lutaram com tudo [a pesar de Asuka e o resto não darem nem 1% nessa luta], Nadja olha pra Katy, e vice-versa, uma sorri para outra e elas voltam pra “luta”.
Lix assistia aquela cena de guerra com os olhos arregalados e boquiaberta.

Lix: A... A Asuka-san apanhou? E também o Iago-san, a Thaysa-san, a Aya-san, Karol-san, Han-san, Bia-san...?! C-como isso?!

Lana: *aparece do nada* Esse era o plano desses professores desde o começo.

Lix: Ein?

Bruh: *idem Lana* Tinham guerras, brigas e vandalismo na escola por causa da divisão.

Geh: *idem as duas* Agora que a escola se uniu, e são todas uma só, com um só objetivo, com um inimigo em comum, elas vão ficar muito mais fortes, e essa escola vai mudar pra melhor, tudo por causa da união...

Lix: ... *volta a assistir a luta*

Agora todas as piriguetes e cheerleaders cercam Asuka e o resto contra a parede. Asuka sorri, pois conseguiu o seu objetivo.

Asuka: Que merda, gente!! Fomos encurralados!!

Bia: Vamos recuar!!

Os ex-professores, fingindo uma derrota, vão embora, deixando as cheerleader e piriguetes comemorarem juntas a vitória.

Nadja: Ganhamooooos!!

Katy: Aeeeee! *abraça Katy*

Nadja: !!

Katy: *solta ela* Er... ahu-hum, foi... uma briga legal, vocês piriguetes... lutaram bem até...

Nadja: Aaaaah! Vem cá! *abraça Katy*

----------------------------

*Uma semana depois dessa guerra na PUTA*

Mansão Norris...

Geh/Bruh/Jammal: *sentados no sofá*

Kyara: Lana-chan, vai logo que seus amigos já tão te esperando!

Lana: Já vou mãe! *vai pra sala* Yo Geh-chan, Bruh-chan, Jammal-kun!

*campainha*

Kyara: *abre a porta* Oh, vocês que são as amigas da Lana-chan?

Nadja: Aham! Vamos pra escola juntas de agora em diante!

Katy: Uau! A mãe da Lana-chan é gostosa! [não significa que ela é lésbica, entre cheerleaders é normal chamar a mãe da amiga de gostosa]

Kyara: E-er... obrigada...

Lana: Tchau mãe! *vai embora junto com Geh, Bruh e Jammal*

Asuka: *no telhado, vendo Lana ir com Katy e Nadja* Hehehe, mais uma missão cumprida!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 87: Ela te ama! Retribua, porra!!   Sab Jun 18, 2011 2:46 pm

Capítulo 87: Ela te ama! Retribua, porra!!


Na casa da Comandante da Polícia, Thaysa trabalhava e Geh estava na escola...

Aya: *sentada no sofá assistindo Tv*...

Mirella: *idem*...

Aya:...

Mirella:...

Aya:...

Mirella: *vai puxar um assunto* ... *acha melhor não e desiste*

Aya:...

Mirella:...

Aya: *vira pra falar com Mirella*...

Mirella: *olha de canto de olho pra Aya*...

Aya: *deixa quieto e volta pra Tv*...

Mirella: ...Esse ator é muito engraçado, né?

Aya: É... Jim Carrey né?...

Mirella: É...

Aya:...

Mirella: Mas ele fez uns dramas e uns suspenses...

Aya: É... Tipo “Número 23” né?...

Mirella:...

Aya:...

Mirella: ...Não vi esse filme...

Aya: Ah... É um bom filme...

Mirella: Hm...

Aya:...

Mirella:...

Aya:...

Mirella: ...Acho que vai chover...

Aya: ...Acha? Até que ta sol...

Mirella:...

Aya:...

Mirella: ...O tempo é doido... nunca se sabe...

Aya: É...
.
.
.
[Elas ainda vão se enturmar um dia]

Geh: *entra em casa*...

Mirella: Okaeri, Geh...

Aya: Okaeri...

Geh: Ta.

Mascote: *chuta a porta da casa* AEW CARALHO!

Aya: *saca a espada* Quem é você!?

Mirella: *saca uma AR-15* !!

Mascote: Wow! Wow! Wow! Wow! Relaxa, só vim entregar a Geh, e sua porta era tão bonita e limpinha, dá mó vontade de chutar!

Zé Pequeno: *entra logo depois* Aew Mascote do caraio! Pára de chutar a porta da Geh! Se a Geh mora aqui então deve ser uma casa pura e limpa! CARALHO! AQUELA PROFESSORA QUE APANHOU!!

Aya: *veia saltando na testa*

Mirella: *aponta a arma pra eles* Respondam! Quem são vocês?!

Zé Pequeno: “Quem são vocês” o caralho, meu nome é Zé Pequeno, porra!

Mascote: Eu... não sou ninguém, só vim com o Zé Pequeno entregar a Geh e chutar algumas portas pelo caminho! Falow! *sai*

Aya: Geh, quem é seu amigo?

Zé Pequeno: Amigo o caralho, meu nome é Zé Pequeno, porra!

Aya: Você já disse isso...

Geh: Esse, acho que já ta meio óbvio, é o Zé Pequeno, ele é só um amigo da escola...

Zé Pequeno: *flechada no coração* S-só um amigo?!

Mirella: *guarda a arma* Ah, que legal, vocês vieram fazer trabalhos escolares?

Geh: Não.

Mirella: Então o que ele ta fazendo aqui?

Geh: Não sei. Ele começou a me seguir.

Aya: Stalker!

Bia: *entra na casa* Mirella-chwaaaaan~ Quer ir comigo numa feira de animes?

Mirella: Já disse que odeio sufixos, principalmente esse do Sanji!

Bia: Quem é esse menino afro-descendente baixinho com cara de maconheiro?

Zé Pequeno: Menino afro-descendente baixinho com cara de maconheiro o caralho, meu nom-

Aya: “Meu nome é Zé Pequeno, porra!” A gente já entendeu!

Zé Pequeno: *abraça Geh* Eu amo a Geh! E vou ficar com ela pra sempre!

Bia: Ah, ele é seu namorado, Geh?

Geh: Nem morta.

Zé Pequeno: *flechada no coração* WAGH!

*toca um celular* [o toque era um funk, de quem será que era ein?]

Zé Pequeno: Calma ae, meu celular ta tocando. *atende* Alô? Mãe?... Aham, to na casa de uma amiga... o que? Não quero almoçar! Acha que eu quero essa bosta aí?!... Cala a boca, véia!...

Bia/Geh/Aya/Mirella: !!!

Zé Pequeno: O que?!... Ah, tchau, vai! *desliga na cara* Então, onde estávamos?

Bia: Esse... é o jeito que você fala com a sua mãe?

Zé Pequeno: Ah, mó véia desgraçada, ta vendo que eu to ocupado e fica me chamando pra almoçar!

Aya: Geh, desculpa mas eu vou chutar seu amigo pra fora da nossa casa.

Geh: À vontade.

Zé Pequeno: Demorou, japa! Cai pra cima então!

Aya: *dá uma voadora jogando Zé Pequeno pra fora da janela* Japa é o caralho, meu nome é Aya Hirakawa, porra!

Do lado de fora...

Zé Pequeno: Argh... que mina forte!

Mulher: *joga uma moeda pra Zé Pequeno*

Zé Pequeno: Mendigo é o caralho, meu nome é Zé Pequeno, porra!

Outra mulher: Filho?

Zé Pequeno: Mãe?

Mãe do Zé Pequeno: Eu vim te procurar, por que você não foi pra casa depois da escola, meu filho? [Vamos chamar ela de Gertrudina pra não ficar colocando “mãe do Zé Pequeno” sempre]

Zé Pequeno: Meu filho é o caralho, meu nome é Zé Pequeno, porra! E eu to saindo com uma mina, vê se me deixa em paz, véia!

Han, Asuka, Juh e Akane estavam passando por ali e conversando, até que páram e vêem a briga.

Gertrudina: Mas eu fiz ovo pro almoço! Você adora ovo!

Zé Pequeno: Porra! Quase nunca tem comida, quando tem é ovo!?

Han: Aquele não é o menino da escola da Lana-chan?

Juh: Nossa, que bofe mais sem educação com a própria mãe!

Gertrudina: Olha garoto, você devia agradec-

Zé Pequeno: Ah, foda-se!

Zé Pequeno sai fora [sai dentro é meio difícil] deixando a mãe dele sozinha. Asuka e as outras vão até ela.

Asuka: Senhora, aquele que estava gritando com você era seu filho?

Gertrudina: E-er... é-é... é sim... desculpem o palavreado dele, ele é um bom menino, mas passa dos limites as vezes...

Han: Se fosse meu filho, mas ia apanhar tanto que ele ia esquecer até o próprio nome!

Gertrudina: *snf*... E-eu... t-to começando a ficar preocupada com ele... ele tem guardado coisas estranhas na gaveta! *pega uma mochila e tira uma camisinha dela*

Asuka: Ah, isso eu também guardo!

Gertrudina: *tira uma 38 da mochila*

Han: Eu devia mostrar isso pra Thaysa, ela ia gostar!

Gertrudina: *tira um pacotinho com cocaína dentro*

Asuka: Não... ISSO a Thaysa devia ver... e tomar uma providência!

Gertrudina: *começa a chorar* E-eu... não sei mais o que fazer com ele... isso que vocês viram agora é pouco perto do que ele faz em casa! Talvez seja porque ele nunca conheceu o pai...

Akane: Eu e o Juh-senpai não conhecemos nem o nosso pai nem a nossa mãe e não somos assim!

Gertrudina: Ele sai na sexta feira e só volta no domingo ou na outra segunda! Eu fico muito preocupada! Vocês precisam me ajudar!

Juh: Hmmm... Isso parece um caso para a...

AGÊNCIA DE MISTÉRIOOOOOS DO JUUUUUUUUH!!!

-----------(vinheta do Batman com a cara do Juh)--------------

Estavam na frente de um baile funk todo o time da Agência de Mistério do Juh: Juh, Asuka, Akane, Iago, Han, Wagner, Kyo, Nekiba e Tsuki.

Asuka: Juh, por que estamos de novo em um baile funk?

Juh: Onde mais você poderia encontrar maconheiros bandidos?

Iago: Faz sentido, faz sentido.

Juh: Vamos entrar! Pra isso temos a nossa atriz, Han, que no arco passado aprendeu como ser uma piriguete!

Han: *vestida de piriguete* ♪Relaxa na pica, relaxa na pica, vai sentando, vai sentando♪

Han entra no baile funk, lá ela não encontra Zé Pequeno ou algum conhecido dele, ela vai entrando mais a fundo, um bando de caras suados e meninas bundudas cercam Han e começam a dançar e se esfregarem nela, começa a ficar difícil ver alguma coisa naquela suruba. Mas ela consegue ver uma pequena cabeça preta com um afro no meio da multidão.

Zé Pequeno: Pequena cabeça preta com um afro o caralho, meu nome é Zé Pequeno, porra!!

Han presta bastante atenção, mas com todos aqueles bonés, bundas, peitos, armas, ela só consegue ver o que ela precisava, Zé Pequeno e mais duas garotas armando uma carreirinha e cheirando.

Han: !!

---------------------------

Juh: Então, ele tava cheirando cocaína mesmo!

Han: É... sinto muito Gertrudina-san...

Gertrudina: N-não... t-tudo bem... *chora* Quando que esse menino vai mudar!?

Han, Akane e Juh tentam consolar Gertrudina.

Wagner: Que garoto mal agradecido!

Kyo: Usar drogas e fazer a própria mãe chorar... isso não é nada bonito...

Asuka sem conseguir ficar quieta se levanta, com uma cara muito séria, fala para todos.

Asuka: Nee-nee, chama a Thaysa-chan, a Aya, a Bia, a Karol e o Leandro, você, a Han, a Akane e o Wagner venham também. Precisamos mudar isso...

---------------------

No dia seguinte, Zé Pequeno ia pra escola junto com Geh, Lana, Bruh, Jammal, Nadja e Katy.

Zé Pequeno: Nossa, vocês nunca me deixam ir pra escola junto com vocês meninas! Principalmente com você Geh, eu ia adorar ir pra escola do seu lado todo dia!

Geh: Hm. *deixa cair um lápis no chão*

Zé Pequeno: Não se preocupe! Eu pego!

Zé Pequeno abaixa pra pegar o lápis, mas quando levanta, Geh, Lana, Bruh, Jammal, Nadja e Katy já não estavam mais lá, ao invés disso, ele estava cercado por Asuka, Iago, Karol, Bia, Han, Akane, Aya, Thaysa, Leandro e Wagner.

Zé Pequeno: Eita... os ex-professores? Cadê a Geh?

Thaysa: *estalando os dedos* Tudo bem... Zé Pequeno?

Zé Pequeno: Zé Pequeno é o cara-... ah não, ta certo!

Wagner: *se aproximando dele* O pó tava bom ontem?

Aya: Sabia que enquanto você tava cheirando... *desce um tapa na cara de Zé* ...sua mãe tava chorando magoada com as suas atitudes?!

Zé Pequeno: Cê é loka, mina! Quem é você pra me bat-

Aya: *joelhada na barriga dele* Todos os dias você deixa sua mãe sozinha e triste pra cheirar cocaína!

Zé Pequeno: *vai se afastando com a mão na barriga* M-mina forte da porra! *esbarra em Leandro*

Leandro: Enquanto ela luta com unhas e dentes pra melhorar o seu sustento, você retribui xingando ela de palavrões! *desce um soco em Zé que manda ele pra Thaysa*

Thaysa: E ela faz isso porque não quer que você passe fome como ela passou, você não sabe como é passar fome, não é? *dá um soco no peito dele arrancando o ar*

Zé Pequeno: *tentando respirar* Aaaah... aaah... (pensa) C-como esse povo é tão forte! *esbarra em Wagner*

Bia: Ela te carregou por nove meses, te amamentou e sofreu junto com você, mas ao invés de agradecer, você só quer saber de dançar em baile funk, cheirar e pagar de bandido! *dá um chute no pescoço dele*

Zé Pequeno: AAARGH!! Isso dói! *esbarra em Akane*

Akane: Mas ela te dá amor e nunca desiste de você, por mais coisas ruins que você faça! *dá um tapa na cara dele* Ai, desculpa, moço!

Karol: *puxa Zé* Seus “amigos” podem passar, mas ela é sua mãe, é família, vai estar sempre com você, porque ela te ama e você nem retribui! *dá uma cabeçada nele*

Zé Pequeno: *quase desmaia com a força da cabeçada* Wooowww...

Wagner: Ela se preocupa com você! *chuta ele pra Han*

Han: Acredita que você pode mudar, a pesar de ninguém pensar igual! *chuta ele pra Asuka*

Asuka: Se você for preso, se você se envolver em um tiroteio e for baleado, se você for linxado por pessoas e for parar na UTI, o quanto você acha que vai fazer ela chorar?! *dá uma cotovelada mandando ele pro Iago*

Zé Pequeno: AAAAARGH!!

Iago: Então dê valor a mãe que você tem! *dá um peteleco na testa dele*

Zé Pequeno: (pensa) C-carai... um peteleco e doeu demais!!

Iago: Tem gente que queria ter mãe e não tem! *outro peteleco* Então se desculpa e começe a respeitar e valorizar a sua mãe! *outro peteleco* Antes que ela se vá e seja tarde demais!!

Iago carrega um ki norriano no punho, Zé Pequeno já estava todo machucado e sangrando e agora estava cagando de medo daquela luz saindo do punho de um cara que, com alguns petelecos, quase desmaiou ele. Iago estende o braço pra socar aquela cara de vez, Zé Pequeno fecha os olhos e mela um pouco a cueca... quando ele abre os olhos, o punho de Iago estava na frente dele, mas sem encostar em Zé.

Iago: Eu não vou quebrar a tua cara, porque quando um filho se machuca a mãe se dói também, e eu não quero que você cause mais sofrimento pra ela de agora em diante... *chega bem perto dele ficando cara a cara* Estamos conversados?

Zé Pequeno só balança a cabeça positivamente, enquanto esse povo que deu uma lição nele vai saindo e encarando Zé Pequeno.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 88: É Justén!... Jastién!... Jãnstên! Ah, Foda-se!   Sab Jun 18, 2011 2:59 pm

Capítulo 88: É Justén!... Jastién!... Jãnstên! Ah, Foda-se!


Asuka/Iago/Chuck Norris/Kyara/Bia: *tomando café da manhã com cara de sono*

Juh: *aparece do nada* BOM DIA LUZ DO DIAAAAAA!!

Povo da mesa: Bom dia, Juh...

Juh: Gentém, eu sei que a Lana-chan num ta aqui porque foi pra escola, mas e a Akane-chan? Onde ta a minha pura e virgem prima?

Chuck Norris: Ela saiu cedo hoje, não disse por que era, mas ela é uma adulta então eu não questionei.

Juh: Minha pura e virgem prima saindo cedo? Assim eu fico preocupado!!... Será que ela ta fazendo coisas safadhênhas? *cara de safadhênho*

Asuka: Cala a boca! Já ta na hora de ela sair sozinha pra enfrentar suas próprias dificuldades e formar um caráter digno!

Todos: *olhando torto pra Asuka*

Asuka: Que foi?

Bia: Tenho certeza que a Akane-chan deve ter arranjado um emprego, ou alguma coisa assim.

Kyara: Claro, a Akane-chan é responsável, ela pode sair sozinha...

-------------------------

Na praça de Phallus, tinha um garoto sentado no banco de nariz empinado e cara de soberbo, o garoto era branco, cabelo bem liso e meio “playmobil”, roupas estilosas, ele parecia muito com uma menina, uma menininha. Como se já não fosse óbvio, esse era o garoto sentado no banco.
Spoiler:
 

Exatamente, o fenômeno teen da atualidade, Justin Bieber sentad-

Justin: Jasten!

Foi o que eu disse, Justen Bieb-

Justin: Jãnsten!

Janstien!

Justin: Juanstein!

Ah, se começar com frescura aqui eu te chamo de João mesmo e foda-se!! Então, como eu ia dizendo, Jiaunstuen Bieber estava sentado no banco da Praça de Phallus rodeado de seguranças, uns 5, hora ou outra ele olhava no relógio, parecia que estava esperando alguém.

Justin: Aff... não chega logo, não posso ficar esperando tanto tempo assim, esse sol me encomoda.

Segurança1: *coloca um guarda-sol por cima da cabeça dele* Ta bom assim, Bieber?

Justin: Mais pra esquerda!

Segurança1: *mais pra esquerda* Assim?

Justin: Pra sua esquerda, seu incompetente!

Segurança1: M-mil perdões Bieber! *fazendo o que ele manda*

Segurança2: *traz um refrigerante pra ele* Aqui, Bieber!

Justin: *bebe*... *cospe* Que isso?! Tubaína?! Que marca é essa?! Eu exigo que somente Coca-Cola e Pepsi passem pela minha garganta! Imagina se essa marca de pobre passa pela minha garganta e estraga a minha linda voz?

Segurança2: M-mil perdões, Bieber! Eu vou buscar uma Coca-Cola gelada pro senhor agora mesmo! *sai*

Justin: Humpf... gente incompetente, pobre é um saco!

???: Ano... J-Justin-kun?

Justin: *olha* Akane-chan! *levanta e vai até ela* Tudo bem, amor? *dá um selinho nela*

Akane: Eu vou bem, Justin, tava com muita vont-

Justin: Jãnsten!

Akane: Justien?

Justin: Janstéin!

Akane: Johnstein?

Justin: Jyãstein!

Akane: E-er... eu não sei pronunciar seu nome, me desculpa.

Justin: Tudo bem, ninguém sabe mesmo, vamos no cinema agora?

Akane: Eu adoraria!

Justin: Então vamos, tenho hora marcada no cabelereiro.

---------------------

No cinema...

Justin/Akane: *assistindo filme*

Akane: Justin-kun...

Justin: O que?... A propósto, é Jyanstén!

Akane: Por que esses moços altos e mal-encarados têm que vir pro cinema com a gente?

Seguranças do Jyansten: *sentados em volta do casal*

Justin: É pra nenhum desses pobres no cinema me encomodarem.

Akane: N-nossa... precisa de tudo isso?

Justin: CLARO! ODEIO POBRE!

Pessoa no cinema: Ssssshhh!

Seguranças: *cercam e linxam essa pessoa*

Akane: M-meu Deus! Pra que tudo isso?!

Justin: Ninguém pode mandar Justin Bieber “sshhh”!

------------------------

Já lá pelas 18:00...

Justin: Fico feliz que você vai me levar pra conhecer os seus pais, Akane-chan.

Akane: Mas não são meus pais, são as pessoas que cuidam de mim, mas por que os seus seguranças tem que vir junto?

Seguranças: *seguindo o casal*

Justin: Bom, caso eu ou você, principalmente eu claro, precise de alguma coisa eles fazem pra gente.

Justin e Akane iam passar por uma poça de lama, mas um segurança se joga na poça e os dois passam por cima dele. Um cachorro pittbull ia passando perto do casal, um segurança se joga pra cima do pittbull lutando com o cachorro enquanto Justin e Akane passam tranquilos. Por falta de atenção, o casal atravessa a avenida no farol verde, os seguranças fazem uma barreira e são atropelados pelos carros no lugar dos dois.

Akane: J-Justin-kun, eu-

Justin: Jyansten!

Akane: Er, amor... Você não deveria deixar os seus seguranças fazerem tudo, exatamente tudo por você.

Justin: Claro que deveria, nada pode me ferir, eu sou o maior astro teen da atualidade! Imagina se alguma coisa me acerta e me machuca?

Akane: Mas a minha senpai diz que a gente deve saber nos virar por nós mesmos, não depender dos outros pra sobreviver. Se formos dependentes das pessoas vamos ficar fracos.

Justin: Fraco? Eu? Eu sou rico, se eu ficar fraco eu pago uns três personal trainers pra me deixarem mais forte.

Uma folha cai de uma árvore e passa raspando no rosto de Justin Bieber. Os seguranças arregalam os olhos e levam as mãos a cabeça. Justin cai no chão e Akane fica com cara de wtf!

Justin: M-meu... *chora* MEU ROSTO!! FUI ATINGIDO!!

Seguranças: BIEBER! BIEBER! VOCÊ ESTÁ BEM?! CHAMEM UM MÉDICO!! CHAMEM O MÉDICO PARTICULAR DELE!! *acodem Justin*

Akane: Aff...

Justin: E-eu... estou vendo... a luz...

Segurança1: Não vá pra luz, Bieber! Foge dela! Foge dela!

Segurança2: Você tem que vender álbuns, não morra!

--------------------------

Justin: *sentado no sofá com um curativo no rosto e rodeado de seguranças*...

Povo da Mansão Norris: *encarando ele*...

Kyara: Então, você é o namorado da Akane-chan, Justin-kun, né?

Justin: É Jyasten!

Kyara: Jasten?

Justin: Janstén!

Iago: Justeins!

Justin: Jiástén!

Asuka: Jyannstéimn?

Justin: JÁSTEM!

Chuck Norris: É João e ponto final!

Justin: Isso... ele acertou, é João!

Bia: Então, João-kun, a quanto tempo você e a Akane-chan estão namorando?

Justin: Começamos a namorar a umas duas semanas.

Iago: O que você fez no rosto?

Justin: N-nem me lembre, f-foi horrível!

Seguranças: Calma, Bieber! Já passou, Bieber! Você é forte e aguenta, Bieber!

Justin: Tem razão, eu sou muito forte, outra pessoa teria morrido no hospital!

Asuka: Se fosse o José Serra, talvez sim. O cara fez tomografia por causa de uma bolinha de papel!

Akane: Asuka-sama, será que poderia não implicar com o meu namorado?

Asuka: Claro, Akane-chan! Eu to muito feliz que você tenha finalmente arranjado um namorado! E aí? Quando vocês pretendem transar?

Akane: A-ASUKA-SAMA!! *cora*

Justin: Eu e a Akane-chan só iremos ter relações sexuais depois do casamento, pra isso nós usamos esse *mostra um anel no dedo* anel da pureza!

Iago: Você é o Justin Bieber ou um dos Jonas Brothers?!

Juh: Nhaai que bofe burro! Não sabe o que ta perdendo!

Akane: *olhinhos brilhando para Justin* J-João... –kun...

Justin: *olhinhos brilhando para um espelho na frente de Akane* É... É Justen!

Akane: *tira o espelho da frente* Eu to aqui, Justen!

Chuck Norris: *encara Justin bem de perto de cara feia*...

Justin: Aff... Seguranças, tirem esse velho da minha frente, eu to sentindo a respiração dele!

Seguranças: *quase se borrando* É-é-é... é Chuck Norris-sama véi! A gente num pode com ele não, véi! É perigoso, véi!

Chuck Norris: Tem alguma coisa de estranha em você...

Justin: É, eu sei, eu pareço com uma menina, mas eu não ligo, isso deixa as garotas mais apaixonadas por mim.

Iago: As lésbicas talvez!

Justin: E, Sr. Norris, eu exigo que o senhor saia da minha frente, ou então eu meterei um processo tão grande em você que você vai ter que dar o mundo pra mim pra poder pagar, fora as minhas fãs que vão te perseguir dia e noite querendo me vinga-

Chuck Norris: *da um tapa mandando o moleque pra fora da mansão* Como fala!

Akane: JUSTIN! *vai atrás*

Chuck Norris: Akane-chan! Não vai! Eu sei o que eu to fazendo!

Akane e os seguranças saem da mansão e se separam pra procurar Justin pela cidade [pra você ver como o tapa foi forte!] até que Akane encontra um pé com o mesmo tênis que Justin usava no meio dos escombros de uma casa abandonada.

Akane: *vai socorrer* Justin-kun!

Justin levanta e parte da pele do rosto dele estava rasgada, a pele por baixo dessa era muito branca.

Akane: J-Justin-kun?! S-seu rosto!

Justin: *vê que está numa casa abandonada* Bom, já que estamos sozinhos e ninguém está vendo... *arranca esse pedaço de pele e vai arrancando o resto*

Akane: O-oh não... você é na verdade... Michael Jackson!!

Spoiler:
 

Justin/Michael Jackson: *segura no saco* Wooooooo!! Claro! Já peguei o Justin Bieber e agora pegarei você!

Akane: KYAAAAAAAAAAAAAAAHHHHH!! *foge*

Michael Jackson: *corre atrás* Não tem pra onde fugir! Meu outros amiguinhos estão em todo o canto, prontos pra atacar!! Woooooo!

Antes que Akane pudesse sair, umas cobras caem na frente dela, logo depois uma cobra maior, e dessa cobra sai... ele! Orochimaru!

Spoiler:
 

Orochimaru: Nhaaaaa! É menina?! Não gostei não, darling!

Michael Jackson: Mas Oro... Wooooo! Você não vai se arrepender!

Orochimaru: Nhaaau você devia ter guardado um pouco do Jasten pra mim, néam, bicha!!

Akane aproveita pra fugir pela esquerda, mas outro amiguinho pedófilo aparece, sua pele era peluda [não! Não era eu!] e era coberta de pêlos marrons, ele era... Pedobear!!

Spoiler:
 

Akane: KYAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHH!!! *sai correndo*

Quando Akane ia saindo da casa abandonada, ela vê um homem alto parado, ela não ia quem era, pois o sol atrás dele deixava somente os contornos aparecerem [não, não era Apolo], Akane se vira com medo, mas esse homem segura no ombro de Akane. Quando ela se vira, ela vê que Chuck Norris era quem estava lá.

Chuck Norris: Deixa que agora é com a gente...

Atrás de Chuck Norris, Taty e Nascimento também aparecem... sabe-se lá o que os fodões fizeram com os pedófilos, mas Akane corre pra casa.

----------------------------

Dia seguinte...

Akane: Que bom que tudo acabou bem.

Asuka: Como você é tapada Akane-chan! Justo quando arranja um namorado é o Michael Jackson querendo te violar!

Bia: Cadê a Lana-chan? Não tem como ter ido pra escola, hoje é sábado.

Iago: Disse que ia sair, precisava resolver uns negócios.

Lana: *entra em casa* Tadaimaaa!

Junto com ela entra um garoto, de mãos dadas com ela, e esse também tinha uma aparência muito conhecida!

Spoiler:
 

Asuka: Nee-nee... busca o taco de baseball…

Iago: É pra já!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 89: Não importa se seu pênis é pequeno, contanto que seu coração seja grande   Ter Jun 28, 2011 8:49 am

Capítulo 89: Não importa se seu pênis é pequeno, contanto que seu coração seja grande


Nas ruas de Phallus...

Iago: ...Daí o brasileiro falou: “Duzentos metros? Enche tudo d’água!”

Asuka/Bia/Kyo/Wagner: HAUHAUHAUAHUAHUAHAU!!

Bia: Olha, a Karol saindo da casa do Nekiba. YOOOO KAROOOL!!

Karol: Yo gente! *acena sorrindo*

Bia: Aonde você vai?

Karol: Pra casa do Criss, ele aprendeu uma posição nova no kama-sutra e nós vamos tentar!

Bia: Boa sorte...

Karol: Tchau, gente! *vai embora*

Bia: Isso porque EU sou a deusa grega surubenta...

Asuka: Por falar em Karol, já faz quase um mês que a gente não vê o Nekiba-senpai né?

Iago: É quente, meu manim deve ta ocupado procurando emprego já que o Tio não chama mais ele pra cuidar da Asuka.

Kyo: Melhor assim, quanto menos gente feia no nosso bando, melhor!

Wagner: Larga de frescura, Kyo... *toca a campainha* Heeeey! Nekibaaaaa!
.
.
.
Kyo: Não tem ninguém, vamos embora.

Asuka: Mas a Karol nem fechou a porta, ele deve ta aí. *abre a porta* Nekiba-senpaaaai...

Nekiba: *sentado no sofá assistindo tv*...
[O sofá era de costas pra porta de entrada da casa, a casa não era tão grande mesmo]

Iago: Ah, olha ele lá, ow manow, o que aconteceu, véi?

Todos os cinco se aproximam do sofá pra ver de perto, Nekiba estava com o olho mais cansado do que de costume, barba maior do que de costume, barrigudo, cabelo parecendo de um mendigo e o pior: Assistindo Superpop!

Nekiba: Ah, opa, e aí? Beleza? *não tira os olhos da tv*

Bia: N-Nekiba? Nossa, sua casa ta fedendo!

Kyo: Aff... gente feia... só podia ser...

Nekiba: É que eu não tomo banho à algum tempo, então...

Iago: Cara, ninguém te vê já faz quase um mês, o que aconteceu?

Nekiba: Estive procurando emprego... na primeira semana, arranjei um emprego de telefonista, e eles me demitiram por ser muito depressivo no telefone... A ultima vez que eu ganhei algum dinheiro foi quando um cara pediu pra socar a minha cara por 10 cunt na frente da namorada dele pra impressinar ela... Aí eu desisti...

Asuka: *segurando o nariz* S-senpai... toma um banho pelo menos...

Bia: E cadê a Lix? Ela num tava morando aqui?

Nekiba: Alugou um apartamento, disse que não tava mais podendo me sustentar, a Karol também só vem aqui quando vai pegar algum cd ou armas... já faz um bom tempo que eu não vejo elas...

Asuka: E você nem corre atrás?!

Nekiba: E eu vou fazer o que, porra?! To desempregado, sem nenhum dinheiro, minha geladeira ta vazia! Ninguém vai querer ficar aqui nessa bosta!

Wagner: Meninas, será que vocês não poderiam esperar lá fora? Precisamos de uma conversa de homens pra homem...

Asuka/Bia: Com todo prazer! *saem correndo da casa*

Nekiba: Querem alguma coisa? Tem um iogurte na geladeira, só que venceu a validade já faz alguns meses...

Iago: Vou mandar a real, tudo isso que você ta passando é culpa da sua virgindade!

Nekiba: Começou... quando não se tem ninguém pra zoar, zoa o virgem! Ele é virgem mesmo, é inocente, não vai entender nada... caralho...

Iago: Não cara, sério, olha bem pra você! Tem um ninho de coruja nessa sua juba!

Nekiba: *arranca uma coruja do cabelo* Oi Wanda, tudo bem?

Wagner: Você ta parecendo Noé com essa barba!

Kyo: Dá pra fazer alpinismo na sua barriga!

Iago: Seu cheiro ta matando seres vivos!

Mosquinha: *voando por ali* zzzzzzzz *passa perto de Nekiba e morre* wah! Oh my Gah! Morri!

Nekiba: Me dêem licença agora, quero ouvir as lindas frases da Luciana Gimenez...

Kyo: Você ta achando a Luciana Gimenez inteligente! MEU DEEEEEUS!! A QUE PONTO VOCÊ CHEGOU??

Wagner: A gente sabia que não teria como um homem com dezoito anos nas costas ser virgem a vida inteira e ficar sempre sorrindo e nunca ficar nervoso com nada.

Nekiba: Era a faixa preta...

Iago: Você era faixa preta?

Kyo: Entendi, você aprendeu técnicas de relaxamento com artes marciais budistas!

Nekiba: Não, era meu anti-depressivo de faixa preta, mas eu simplesmente não to mais a fim de tomar isso...

Iago: Ok, já chega! *levanta Nekiba pelo braço* Você vem com a gente e vamos te ajudar a perder a virgindade!

Nekiba: Olha, não é por nada não mas... eu não quero fazer sexo com nenhum de vocês, é que vocês são homens, entende?

Iago: Não é isso, mula! Nós vamos arranjar uma mina pra você e você vai sair dessa fase!

Kyo: Mas primeiro... vamos dar um jeito nele, ta parecendo um mendigo!

Wagner: O mais difícil vai ser perder essa barriga.

Nekiba: Na verdade, eu nem to gordo, eu não como faz mais de uma semana, essa barriga é de verme...

Kyo: ...Eca...

-----------------------------

Estavam Iago, Wagner e Kyo em uma depilação, Nekiba ficou deitado sem camisa em uma espécie de maca e os três ficaram em um canto, igual “O virgem de 40 anos”.

Nekiba: E aí? Não vão me depilar não?

Entra na sala um tio mais bêbado que a Amy Whinehouse com uma peixeira na mão.

Tio: Quem é nóiz vai depilar? *da mais um gole*

Nekiba: *suando* S-s-sou eu... aqui...

Tio: Mênha nassa sanharaaaa!! Que floresta negra você tem aí fi... *balançando a peixeira* Pronto pra ser depilado?

Nekiba: Espera! Você não vai usar gilete? Cêra quente? Laser? Qualquer coisa que não seja esse facão perigos-

Tio: *passa a peixeira bem rente ao corpo de Nekiba arrancando um pouco de pêlo*

Nekiba: Waaaahaaa!

Wagner/Iago/Kyo: UHUAHUAHAUHAUAHUAHAUHAU!

Nekiba: Vocês ficam rindo aí?! Eu vi minha vida passar diante dos meus olhos!

Tio: A cabeça! *passa a peixeira*

Nekiba: *vira a cara antes que a peixeira arranca o nariz dele* OH MY GAAAAH!!

Entra uma assistente na sala [bem gostosinha até] trazendo um pote de cêra quente.

Tio: Já tava na hora ein!

Nekiba: É! Já tava na hora! Deixa esse facão pra lá! Usa cêra!

Tio: *despeja o pote inteiro em cima de Nekiba* Proooonto!

Nekiba: O que? Pra que isso?! Como você vai puxar esse cobertor de cêra de cima de mim?!

Wagner/Iago/Kyo/Assistente gostosinha: HUAHAUHAUHAUAHUAHAU!

Nekiba: *falando pra assistente* Agora você ta rindo também?! Você só trouxe essa cêra pra se divertir às minhas custas?! Sua vaca! Voc-

Tio: *puxa a cêra quente com tudo* Pronto... lisim lisim...

Nekiba: *arregala os olhos*

-------------------------

Juh: Truco!

Lana: Seis!

Juh: Sobe!

Lana: Doze!

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

Aya: *jogando com eles* O que foi isso?

Mirella: *idem* Sei lá, não ouvi nada.

--------------------------

Set: Rie-chin, ouviu isso?

Rie: Me pareceu um grito...

Yuki: Trabalhastes, preguiçosos!!

Set/Rie: S-sim senhor!

------------------------

Iago: Pronto, agora que você ta depiladinho, barba feita, cheiroso, cabelo cortado e barriga reta, hora de colocar a nossa missão em prática!

Nekiba: Fazer o que né?...

Os quatro viram a rua e dão de cara com um puteiro, chamado Vandersexxx [aham, roubei de Eurotrip, tava sem idéias] onde tinham umas moças da vida dançando bem na frente.

Iago: *cumprimentando as moças da vida* Oi Lídia, oi Carla, oi Lylien, oi July...

Wagner: Cola ae Nekiba, tem uma aqui que vai ser boa pra você.

Nekiba: Você é cliente dela?

Wagner: Já faz tempo!

Entrando no puteiro...

Angela: Esse era o cliente que vocês me prometeram? [Angela, lembram da “rockerinha” do NI? Então, é ela =D sinto falta dela...]

Wagner: É, eu sei que ele é meio difícil de encarar, mas é pelo bem social.

Nekiba: Yooo... me chamo Nekiba Kazama, muito prazer. *sorri*

Angela: Prazer? Você não viu nada ainda, querido.

Wagner: É por minha conta, ok, Angie-chan?

Angela: Falou... *puxa Nekiba pelo braço até um quarto*

Iago: Ai ai... meu maninho ta crescendo...

Kyo: Coitada daquela moça da vida... Com o Nekiba? Me dá nojo só de imaginar...

No quarto....

Nekiba: *sentado numa cadeira com aquela cara de “quê que iiiiiisso, mano???”*

Angela: *dançando sem a parte de cima, até que ela começa a dançar no colo de Nekiba*

Nekiba: Espera, eu não quero causar problemas pro Wagner, quanto vai sair?

Angela: 50 cunt o programa, oral é mais 20, anal é mais 20, e o Wag-chan falou que eu posso fazer de tudo.

Nekiba: Nossa... Mas por que tão barato?

Angela: É assim, eu preciso ganhar meu pão de cada dia, querido.

Nekiba: M-mas... isso é muito pouco! Como você sobrevive assim?

Angela: Eu vivo bem, faço mais de sete programas por noite, é bastante grana no fim do mês.

Nekiba: SETE PROGRAMAS?! *levanta da cadeira*

Angela: Qual o problema, querido? Eu não tenho AIDS se é isso que você quer saber.

Nekiba: *quase chorando* N-não é isso, é que... você é tão jovem e bonita, e inteligente, se vendendo por tão pouco assim... não acha horrível ser sempre tratada como objeto sexual?

Angela: É assim que eu ganho a vida, fofo... Bem-vindo à realidade, agora vem cá, eu preciso do meu salário de hoje...

Nekiba: Não devia ser assim...

Angela: Eu sou uma prostituta, eu vivo só pra trazer prazer às pessoas... só isso...

Nekiba: Espera... qual foi a ultima vez que alguém te deu um abraço? Não de uma forma maliciosa, to falando de um abraço mesmo!

Angela: Eu... eu... não me lembro...

Nekiba: Qual foi a ultima vez que alguém te disse: “Você é minha amiga!”

Angela: N-não sei... não quero falar disso... eu...

Nekiba: *chega mais perto dela* E qual foi a ultima vez que alguém te disse: Eu te amo, mas sinceramente.

Angela: Eu... não sei... acho que... nunca...

Nekiba: É por isso, você não se dá valor porque ninguém nunca te deu valor!

Angela: ...*virando a cara* É que eu sou um lixo... olha pra mim... eu não valho nada!

Nekiba: Não diga isso! Você não é um lixo e você tem um valor, e é muito alto! Você é minha amiga! Vem cá. *abraça ela* Upaaaa... eu te amo!

Angela: I-isso é bom... quentinho...

Nekiba: Viu só? E não precisa cobrar nada pra isso, porque receber um abraço, ter um amigo e ouvir um “eu te amo” não tem preço!

Angela: *quase chorando* V-você tem razão...

Nekiba: *solta ela* Agora eu quero que você siga com a sua vida dando mais valor à si mesma! Arranje um namorado inteligente e responsável, um emprego digno e leve uma vida cheia de amor, ok?

Angela: *limpando as lágrimas* Ok... obrigada, Kazama-san...

Nekiba: Ah pra que tanta formalidade? Pode me chamar de Nekiba mesmo! Somos amigos, certo?

Angela: Certo, Nekiba!

Nekiba e Angela saem do quarto, Angela, a ex-moça da vida, ainda estava com a maquiagem borrada do choro.

Iago: Mas já?

Kyo: Claro, acha que ele sendo virgem já vai ficar mais de duas horas?

Wagner: Ele fez ela chorar? Muito bom pra um iniciante!

Angela: Nekiba, obrigada por tudo, devo muito à você.

Wagner: (pensa) Devo muito à você? Ele foi tão bem assim?

Nekiba: Não foi nada, Angela-chan, sempre que precisar pode contar comigo, ok? *sorri*

Angela: Obrigada Nekiba... *abraça ele*

Dono do puteiro: Angela, você não tem um cliente pra daqui a pouco? Vai arrumar essa maquiagem!

Angela: Sabe de uma coisa? *abre a bolsa e despeja 1kg de camisinha no chão* Eu me demito! *põe uma roupa decente e vai embora*

Iago: Mano, o que aconteceu lá? Foi bom? Você gozou?

Nekiba: Eu ainda não perdi a virgindade, mas uma coisa muito melhor aconteceu!

Wagner: Sexo oral?

Nekiba: Não! Convenci essa garota à sair da vida de prostituição, ela me disse que vai procurar um emprego decente e uma vida digna! *sorrisão colgate*

Iago: Aff! Não acredito! *sai*

Kyo: Tinha que ser! É feio! Se ele fosse bonito não faria isso... *sai*

Wagner: Acabou com as minhas diversões na sexta à noite! Valeu, Nekiba! *sai*

Nekiba: Er... de nada... *cara de confuso*

----------------------------

Kyo: Certo, Nekiba. *abre um jornal* A próxima não se vende por tão barato, então não precisa fazer ela mudar de vida porque ela vive muito bem assim, tem três casas, um Porsche e um casaco de pele de mais de 60.000 cunt só com programas...

Nekiba: Uau... Ser prostituta dá tanto dinheiro assim?

Wagner: Aham... to começando achar que você estragou a vida da Angela-chan, isso sim.

Iago: Liga logo!

Kyo: *ligando*...Alô? Britney?... tudo bem? Eu vi seu anúncio no jornal e tem um amigo meu que gostou de você... aham... ele disse que gosta do seu jeito... bonito ele não é muito não, mas aqui diz que você gosta de qualquer tipo de homem... feito?... claro, com camisinha... ok, certo... tchau... *desliga*

Wagner: E aí?

Kyo: Ta tudo pronto, ela disse que é tem que pagar o motel também.

Iago: Pode deixar que eu pago pro meu mano, ele num vai continuar virgem por mais muito tempo!

------------------------------

Em frente o motel...

Britney – Uma mulher muito alta, bem cavalona, loira, lábios grossos, pele bem clara, coxão e bundão de funkeira.

Britney: Quem é o cliente?

Nekiba: *levanta a mão* Sou eu, senhora.

Britney: Ah, você não é feio!

Nekiba: Não?!

Iago/Wagner/Kyo: NÃO?!

Kyo: Ta precisando de óculos? A Lix passou pelo mesmo!

Britney: Vem comigo, gatinho, vamos nos divertir muuuuuto!

Nekiba: Legal! Vamos dar uma festa?

Britney: *puxa ele pro quarto*

Wagner: Vamos ver se dessa vez da certo...

No quarto...

Britney: Você gosta de mulher peituda assim?

Nekiba: Gosto, me dá fome.

Britney: *pega a mão dele e põe no seio esquerdo dela* Hmmm~ Como você aperta forte!

Nekiba: V-você também! *chacoalha a mão como se tivesse com dor na mão*

Britney: Hahahaha! Engraçadinho! *da um tapinha no ombro dele*

Nekiba: Itte! *põe a mão no ombro* Uau... hehe, o que você come? Ferro em pó? Hehe...

Britney: Hahahaha! Gostei de você, gatinho... *deita ele na cama* Só relaxa... sshhhh... *passando o dedo nos lábios dele* Vamos começar... *se esfregando nele*

Nekiba: Você tem bala? Parece que eu to sentindo um pacote de bala no seu bolso...

Britney: Não! Seu bobo!

Britney começa a esfregar o rosto de Nekiba nos próprios seios, mas quando Nekiba está com a cara no meio daquele Pão de Açucar ele dá uma olhadinha pra cima, bem no pescoço dela e vê uma leve protuberância no meio do pescoço... ele olha mais pra baixo, nas pernas de Britney e vê que alguns pêlos estavam nascendo, pêlos grossos, como se raspasse a perna.

Britney: *levanta* Agora, vamos ao que interessa! *tira a calcinha*

Nekiba: *arregala os olhos*

------------------------

Thaysa/Han: *jogando guitar hero*

Thaysa: Haha! To vencendo você!

Han: É o controle que ta ruim!

Thaysa: Aham, e eu sou o bozo!

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

Thaysa: Que foi isso?

Han: Me pareceu um grito...

----------------------

Set: Viu? De novo!

Rie: Agora eu ouvi!

Yuki: Parecestes mesmo... mas, voltais ao trabalho, sim?

---------------------

Nekiba: *sai do quarto arrombando a porta* AAAAAAAAAAAAAHHH!!

Iago: Que foi manim?!

Wagner: O que foi esse grito de agora!?

Nekiba: Essa Britney tem uma anaconda entre as pernas!!

Britney: Que foi? Vai me dizer que você não sabia ô Ronaldo?

Kyo: *lê o jornal de antes* Mas ta aqui no seu anúncio: “Britney, 27 anos, alta, linda, loira, adoro qualquer tipo de homem pegando no meu lindo corpo...” *vira a página* “...de travesti, porque eu adoro uma briga de salsichas.”... Ah... desculpa ae Nekiba.

Wagner: *pega o RG da Britney* Parece que... você se chama Rodolfo no final das contas...

Iago: CORRE! *sai no pinote*

Wagner/Kyo/Nekiba: *idem*

--------------------

Nekiba: *no banco do passageiro* Já falei, chega! Não vai adiantar, eu só quero voltar pra casa!

Iago: *dirigindo* Relaxa, dessa vez eu tenho certeza que vai dar certo, tenho tanta confiança agora que até peguei a Mercedez do Tio Norris, se ele descobre a gente ta fodido!

Nekiba: Pra onde vocês tão me levando?

Iago: Pra um lugar bem legal!

Wagner: Relaxa que dessa vez não vai ser prostituta!

Kyo: Chegamos?

Iago: Chegamos! *estaciona o carro*

Nekiba: *lendo a placa do lugar* “Casa de Repouso Pé na Cova”?! Vocês me trouxeram pra uma porra dum asilo?! O que eu vou fazer nesse asilo?!

Iago: *sai do carro* Chega ae!

Nekiba: Não! Eu vou ficar aqui!

Wagner/Kyo: *tiram Nekiba à força*

-------------------

Iago: Nekiba, meu mano véio, conheça a Dona Lurdes!

http://1.bp.blogspot.com/_0pynAn-Ksz4/TFCic1VJ2_I/AAAAAAAALyQ/rfspU5fPmQU/s1600/3553866189_1435fdc858_b.jpg

Dona Lurdes: Hmmm, que moço jovem e bonitão!

Nekiba: Pra mim chega, tchau! *vai saindo*

Kyo: *puxa ele de volta* Espera! Agora é a sua grande oportunidade!

Nekiba: Não quero! Ela parece a minha vó!

Dona Lurdes: *põe o óculos* Ow... ele não é tão bonito assim... mas ainda sim é supimpa! Vem cá meu brotinho! *agarra Nekiba*

Nekiba: M-me solta véia!

Iago: Vai lá Dona Lurdes, arrebenta!

Dona Lurdes: *põe a língua na orelha de Nekiba*

Nekiba: AAARGH! Me solta!

Dona Lurdes: Não negue seu tesão, meu filho! Vem com a Lurdinha! *passando a mão nas pernas de Nekiba*

Nekiba: Que isso?! Iago, mano, Kyo, Wagner, vocês só podem ta de brincadeir-

Dona Lurdes: *lasca um beijo de língua em Nekiba, lambendo a boca dele e... [pausa pra segurar o vômito] ...esfregando aquele beiço murcho no rosto de Nekiba*

Nekiba: Hmmm!! *afasta ela*

Dona Lurdes: *joga ele na cama* Agora você não tem pra onde ir! É jogo duro que você quer? É jogo duro que você vai ter!

Iago: Eu não quero ver isso! *sai*

Wagner: Eu muito menos! *sai*

Kyo: Credo, gente feia é foda! *sai*

Nekiba: Não! Não me deixem aqui sozinho com a Lurdinha! Volt-

Dona Lurdes: *dá um tapa na cara dele* É assim que você gosta, cachorrão?! Gosta de uma brutalidade?!

Nekiba: WAAAAAAAAAAH!!

Dona Lurdes: *batendo em Nekiba* Vamos seu frouxo! Mostra o que você tem no meio das pernas! Dizem que quem tem nariz grande o resto é proporcional!

Nekiba: *se defendendo* E-e-eu sou exceção! *empurra a Lurdinha e sai pela janela e foge*

Dona Lurdes: Oh, ele fugiu!

Iago: *abre a porta* Ta tudo bem aí?

Dona Lurdes: Eu quero meu dinheiro de volta! Ele fugiu pela janela!

Iago: Fugiu!? Eu vou atrás dele! *sai pela janela*

Wagner: Toma. *dá o dinheiro dela de volta*

Dona Lurdes: Humf... não se fazem mais gigolôs como antigamente...

Nekiba continuava correndo igual louco, até que Iago alcança Nekiba, o que não é muito difícil.

Iago: Espera, mano! Pra onde você ta indo véi?

Nekiba: Embora!

Iago: Olha, eu sei que hoje não foi um dos melhores dias, na verdade foi um fracasso, a gente não chegou a lugar nenhum, desculpa ter feito você perder tempo desse jeito e-

Nekiba: Hahaha... Haahahahahaha...

Iago: Qual é a graça?

Nekiba: Ta brincando? Eu não me divirto assim faz um bom tempo! Eu quase morri na depilação, eu salvei a vida de uma prostituta, fugi de um travesti, quase briguei com uma velha... hahahahah... Talvez eu nunca perca a virgindade, é mais fácil acabar a violência no Rio de Janeiro do que eu perder a virgindade, mas enquanto eu tiver vocês pra me divertirem eu não vou ligar pra isso...

Iago: Então... não ta bravo comigo, com o Wagner e com o Kyo?

Nekiba: Claro que não! Eu só quero voltar pra casa logo pra descansar, amanhã eu vou acordar cedo pra arranjar emprego, aí eu convenço a Lix e a Karol à voltarem.

Iago: Er... ta bom então... falow...

Nekiba: ...Falow, cara...

Já eram umas sete da tarde, o sol estava se pondo, e Nekiba estava sentado na escada da entrada de sua casa, só pensando na vida.

Nekiba: ...Eu posso ser... professor de escola primária... ou motorista de taxi, eu arranjo dinheiro pra comprar um carro e faço dele um taxi... mas aonde eu vou arranjar dinheiro pra comprar um carro?

Thaysa: Neki-chan? *vestindo um vestido azul longo, passando dos joelhos, uma blusa por cima branca e sapatos de salto alto, carrega uma bíblia*

Nekiba: Ah... oi... quem é você?

Thaysa: Como assim quem sou eu? A Thaysa! Comandante? Tata-chan... lembrou?

Nekiba: Tata-chan! Caramba, é quase impossível ver você sem nenhuma roupa curta!

Thaysa: Né? Bom, to indo, Neki-chan.

Nekiba: Ta indo pra onde?

Thaysa: Pra igreja. *mostrando a bíblia* Você... quer ir comigo?

Nekiba: Er... ta bom! Eu vou com você! *sorri*

Thaysa: Ótimo! Vamos então! *sorri*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 90: REC   Ter Jun 28, 2011 8:58 am

Capítulo 90: REC


*liga a câmera*

Aparece Thaysa, Aya e Keinichi [quem lembra do Keinichi?] e os três usavam essas roupas.
Spoiler:
 

E estavam dentro de uma vâ sentados no banco. Keinichi usava uma câmera.

Thaysa: Kyo-chan, ta ligada?

Kyo: *só a voz por trás da câmera* Acho que sim, é quando a luz vermelha ta acesa né?

Thaysa: Aham. Kei-chan, a sua ta ligada?

Keinichi: Acho que ta aew... é quando essa luz vermelha sai da câmera e toma um formato de elefante e começa a dar mortais, certo?

Aya: Pode trabalhar na polícia drogado?

Thaysa: Kei-chan, vê se coopera, a Aya-chan insistiu pra eu dar uma chance pra você e tirar você da cadeia, vê se não fuma nada.

Keinichi: Mas ta tudo preto!

Aya: É porque você não tirou a tampa de proteção, idiota! *tira pra ele*

*câmera do Keinichi*

Aparece Kyo vestindo aquelas roupas e segurando a câmera, do lado dele estava Ike vestindo essas roupas e encolhido em um canto tremendo de medo.

Kyo: Como eu to? To bonito? É claro que eu to!

Thaysa: Tudo bem, Ike-chan?

Ike: O QUE!? Nah, t-t-t-ta tudo bem... tuuuudo beeeem...

Thaysa: Bem... Kei-chan, pode desligar a sua câmera, assim economiza bateria, só deixa a sua ligada, Kyo-chan.

Keinichi:...

Aya: Keinichi! A câmera!

Keinichi: *olha pra câmera* WAAAAAAH!! O que isso ta fazendo aqui!? E por que essa coisa ta falando comigo?!

Aya: Deixa que eu desligo. *desliga a câmera do Keinichi*

*câmera do Kyo*

Thaysa: Bom, vocês lembram a missão né? Só vou repassar. Nós vamos para um prédio onde dizem ter um vírus perigoso afetando as pessoas lá dentro, nós vamos ser guiados por um fiscal da saúde até lá dentro, retiramos os sobreviventes e ajudamos os infectados, entenderam?

Todos menos Thaysa: Sim, Comandante!

Thaysa: Kyo-chan e Kei-chan, vocês estão com armas também, mas a prioridade de vocês é filmar e registrar tudo, ok?

Kyo/Keinichi: Ok!

Thaysa: Bom, pode desligar a câmera agora, quando a gente chegar lá a gente liga.

*desliga*
.
.
.
*liga a câmera bem na cara do Kyo*

Kyo: Quero que o mundo veja o meu lindo rosto! Oi pessoas feias! Nunca viram alguém tão lindo assim né?

Aya: *puxa ele* Vai logo!

Kyo vai filmando Thaysa, Aya, Ike e Keinichi indo na frente, mais à frente estava um prédio bem grande coberto com uma lona transparente pelo prédio inteiro, faixas amarelas em volta do prédio e várias pessoas curiosas e moradores do prédio por trás dessas faixas.

Kyo: *por trás da câmera* Nossa, deve ser um vírus dos bem cabulosos! Pra cercarem o prédio assim!

Ike: Eu quero voltar!! *corre*

Aya: *segura ele* Volta aqui, covarde!!

Nisso vem um senhor de idade, segurando uma foto dele com uma mulher e uma garotinha.

Senhor: POR FAVOR! ME AJUDEM! MINHA ESPOSA E FILHA ESTÃO LÁ DENTRO! ME AJUDEM! ME DEIXEM IR COM VOCÊS!!

Aya já ia bater nele quando um outro homem afasta esse senhor, esse homem estava acompanhado por outro homem, de cabelos grisalhos, pele clara, olhos azuis, alto e magro.

Homem: Me desculpem esse cara, a mulher e filha dele foram isoladas lá dentro, mas não podemos fazer nada. Esse aqui do meu lado é o Rev-... digo... Sr. Ferdinand, ele é o fiscal da saúde e vai acompanhar vocês.

Ferdinand cumprimenta os policiais e Kyo, depois entrega uma máscara de gripe suína pra cada um.

Kyo: O vírus é gripe suína?

Ferdinand: Bom se fosse, mas é bem pior, usem isso para não contraírem o vírus. *coloca a máscara também*

Ike: Eu quero ir embora!

Kyo: Eu também quero ir embora, o que ta acontecendo? E aí, meu? E aí?... Não, e aí, eu sou câmera, não tenho que ta aqui não, mano... Na boa, e aí, e aí, e aí?... Não, e aí, mano, e aí?

Aya: Párem de chorar vocês dois, o Keinichi ta quieto até agora sem reclamar.

Kyo muda a câmera pra Keinichi e tinha uma fumaça saindo da máscara dele.

Ferdinand: Por favor, entrem logo comigo, precisamos completar a missão o mais rápido possível... *fala pra Thaysa* Orra, gostei de você, quantos anos você t-

*desliga a câmera*
.
.
.
*liga a câmera*

Kyo já filmava os policiais e o Fiscal da Saúde Ferdinand dentro do prédio, que estava escuro, só tinham eles seis, e tinha uma escada bem grande do lado.

Thaysa: Olha, tem sangue na beirada da escada.

Aya: É muito sangue!

Ike: *quase chora, quando percebe que ta sendo filmado faz pose de machinho*

Ferdinand: *com luvas de borracha ele examina o sangue* ... *tira a máscara* Ok, podem tirar as máscaras.

Kyo: Ufa, finalmente vou poder deixar minha beleza espairecer!

Ike: Eu prefiro ficar com ela se não se importa.

Thaysa: O que ta acontecendo? Não tem perigo de contrairmos o vírus sem a máscara?

Ferdinand: Não, na verdade não, eu sei o que eu to falando, podem tirar as máscaras... O contágio do vírus só é passado pela saliva do contaminado ou pela injeção de sangue... Vamos subindo agora.

Os seis vão subindo a longa escada, quando uma pessoa gritando cai de lá de cima até o chão.

Kyo: KYAAAAAAH!! O que foi isso?!

Aya: Alguém... pulou de lá de cima?!

Keinichi: Ainda bem que não fui só eu que vi, achei que eu já tava chapado... hehehe...

Do nada, bem em cima deles aparece um garoto andando no teto igual o homem aranha, o garoto estava com a pele pálida, suada, com o rosto coberto de feridas e cicatrizes, olhos totalmente pretos e dentes bem afiados e ele babava.

Garoto: Grrrr...

Kyo: AAAGH! Que isso?! Ele pode andar no teto assim!!

Ferdinand: Oh, droga, já é tarde!

Garoto: YAAAARGH!! *ataca Ike tentando morde-lo*

Kyo/Ike: AAAAAAAAHHHH!!

Thaysa: *segura o garoto pelo pescoço* Caraca!!... Que guri forte!! Aya-chan! Kei-chan! Ajuda!

Aya puxa Ike chutando o garoto e Ferdinand ajudava a segurar.

Ferdinand: *enchochando o moleque* Pronto! *faz uns movimentos de vai e vem*

A criança enrola a perna dele na perna de Aya, Aya tira a espada a arranca a perna dele fora.
O garoto, mesmo sem a perna, continua lutando pra escapar de Thaysa e Ferdinand, os dois conseguem dominar o garoto no chão e Ike pega a metralhadora.

Ferdinand: Atirem nele!

Ike: Mas é só uma criança!

Aya: Atira logo!

Ike atira, mas o garoto continua vivo, ele estava mais fraco, só Thaysa conseguia domina-lo, Aya pega a espada e arranca a cabeça da criança fora.

Kyo: Q-que porra foi essa!?

Ferdinand: São os infectados pelo vírus!

Thaysa: Que tipo de vírus é esse que faz uma criança ter a força de três homens, andar no teto e tentar comer as outras pessoas!

Ike: E-ele... tentou me matar... ele era forte...!!

Aya: *encosta Ferdinand na parede* Tenho certeza que você sabe muito mais do que nós, então desembucha, Fiscal da Saúde!!

Ferdinand: T-ta bom... eu vou contar a verdade... Eu n-

Uma mulher com as mesmas características da criança aparece e chuta Ferdinand pro canto, uma garota ataca Kyo, o narcisista começa a gritar e balançar a câmera, não se via o que acontecia com os outros, só se via os olhos totalmente pretos da garota e aqueles dentes afiados tentando atacar Kyo, a câmera começa a falhar, gritos de Ike e Keinichi, tiros e grunhidos, só se ouvia isso.

Kyo: KYAAAAAAAAAAHHH! Tira essa pessoa feia de mim!!

A cabeça da garota estoura com um tiro de Thaysa, ela volta rápido pra chutar a garota lá pra baixo, mas um homem de meia idade, mais uma garota, e um garoto aparecem, todos do mesmo jeito desses infectados.

Aya: Q-que merda que ta acontecendo?!?!

Thaysa: Kei-chan! Ike-chan! Atirem com tudo!

Thaysa, Ike e Keinichi começam a fuzilar esses três, mas eles não morriam, Kyo deixa cair a câmera e agora só se vê os pés dos policiais mexendo e se ouvia os gritos de desespero.

Kyo: AAAAAAAAAAAH!! É AQUELA MENINA FEIA DE NOVO!! SOCORRO!!

Thaysa: Kyo-chan!!

Aya: Segura a minha mão!

Kyo: AAAAARGH!!

Ike: AAAAAAHH!!

Thaysa: Atira!!

*barulhos de tiros*

Cai a cabeça do homem na frente da câmera, ele ainda piscava e rosnava pra câmera, agora só se ouvia as vozes e os tiros.

Thaysa: Aaargh! Desgraçada!

*tiros*
.
.
.
Ferdinand: Lá embaixo, eles estão voltando, vamos subir! Rápido!

Aya: Kyo, cadê a câmera!!

Kyo: Não sei! Ela caiu da minha mão quando o garoto puxou a minha perna!

Ike: Aqui, achei!

Kyo é filmado com sangue no rosto e cara de desespero, ele pega a câmera e agora fica atrás dela de novo.

Ferdinand: Sobe! Sobe! Vamos! Eles estão subindo!!

Os seis sobem correndo vários degraus, parecia que não acabava, se ouvia os grunhidos e rosnadas dos infectados que corriam atrás deles.

Thaysa: Vocês vão na frente! Ike-chan, vamos atrasar eles atirando!

Thaysa e Ike agora estavam pra trás, agora Ferdinand, Keinichi e Aya eram filmados correndo, Kyo vira a câmera pra trás e filma Thaysa e Ike subindo as escadas e atirando com tudo.

Ferdinand: Entrem aqui!

Ferdinand, Aya e Keinichi entram em uma porta de metal, logo depois entra Kyo com a câmera, ele filma a porta e Aya estava segurando a porta aberta.

Aya: Thaysa! Ike! Vem logo!

Thaysa e Ike entram e Aya fecha a porta com tudo, os infectados ficam batendo na porta, enquanto todos menos Kyo seguram a porta.

Ferdinand: Segurem! Não desistam!

*barulhos de chutes na porta*

Aya: Mascote, é você?!

*os barulhos continuam por um tempo depois páram*
.
.
.
Thaysa: Acabou?

Kyo: O que ta acontecendo aqui? Eu to com medo!

Aya: *coloca Ferdinand contra a parede* Pode falando, Fiscal da Saúde! O que você sabe que a gente não!?

Ferdinand: C-calma... eu vou dizer a verdade... essas pessoas não estão infectadas por um vírus...

Aya: Isso é meio óbvio!

Ferdinand: Estão possuídas!

Kyo: Possuídas?!

Ferdinand: É, possúidas por demônios... e-eu... não sou um fiscal da saúde...

Aya puxa a gola da roupa de Ferdinand e por baixo ele usava um colarinho branco no pescoço.

Aya: Esse cara é padre! Ai invés de um Fiscal da Saúde eles mandaram um padre!! *dá um soco na parede rachando o concreto*

Thaysa: Aya-chan, fica calma, numa hora dessas, calma é essêncial.

Aya: Calma? Esse cara enganou a gente!

Kyo/Ike: *chora* Huuuuaaaaaaaa!

Keinichi: Então quer dizer que agora vamos ter que lutar contra demônios?

Ferdinand: Pessoas possuídas por demônios.

Aya: Manda abrirem lá em baixo pra gente ir embora!

Ferdinand: Não podem, só vão reconhecer a minha voz, e só se eu pedir pra ir embora eles abrem.

Aya: *pega um comunicador ou sei lá que bosta que era aquela e liga*

Comunicador: Reconhecimento de voz.

Aya: Ferdinand! Abre a porra da porta!

Comunicador: Acesso de voz negado.

Aya: Merda! Abre essa merda!

Comunicador: Acesso de voz negado. A voz não condiz com a do Reverendo Ferdinand.

Aya: Escuta aqui sua cadela vagabunda, ou você abr-

Comunicador: Vai se foder! Quem é cadela vagabunda aqui, sua piranha! Cai pra cima!

Aya: Eu vou aí quebrar sua cara, vaca!

Comunicador: Demorou! Demorou! Dem-

Ferdinand: *desliga o comunicador* Chega...

Thaysa: Então por que a gente ta aqui? Por que você ta aqui?

Ferdinand: O único jeito de achar o antídoto para a cura é pegando o sangue da garota que começou tudo isso.

Thaysa: E onde é que ta essa garota?

Ferdinand: Pelo prédio.

Thaysa: Ah vá! Quero saber em que lugar do prédio!

Ferdinand: Não sei, nós viemos aqui pra procurar!

Aya: Eu não acredito!

Thaysa: O jeito agora é sair pra procurar essa tal garota.

Aya: Tsc... Fazer o que né?

Kyo: Eu não vou nem ferrando! Eu posso morrer, ou pior, eles podem machucar meu rosto e estragar a minha beleza!

Thaysa: Mas você precisa filmar, Kyo-chan.

Kyo: Outra pessoa filma! O Ike-san pode filmar!

Ike: Eu não! Vou ficar por aqui mesmo!

Kyo: O Keinichi-san tem uma câmera também! Ele vai filmando com vocês e eu vou filmando por aqui, aqui dentro desse almoxarifado e só!

Thaysa: Bem... já que é assim que vocês querem... eu, a Aya-chan, o Kei-chan e o Ferd-chan vamos indo, fiquem por aqui... *saindo junto com os que vão sair* sozinhos... sem nós pra defendermos vocês... *só com a boca na porta* Tchauziiiinhoooo... *sai e fecha a porta*



CONTINUA...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nekiba
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 2492
Pontos : 3690
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 24
Localização : No pico do Himalaia

MensagemAssunto: Capítulo 91: REC Part.2   Ter Jun 28, 2011 9:03 am

Capítulo 91: REC Part.2


Thaysa: Bem... já que é assim que vocês querem... eu, a Aya-chan, o Kei-chan e o Ferd-chan vamos indo, fiquem por aqui... *saindo junto com os que vão sair* sozinhos... sem nós pra defendermos vocês... *só com a boca na porta* Tchauziiiinhoooo... *sai e fecha a porta*
.
.
.
.
.
Ike: V-você... ta com medo...?

Kyo: ...Um pouco... e você?

Ike: ...Um pouco também...

Kyo: Acho melhor eu desligar a câmera.

Ike: Não vai registrar?

Kyo: Registrar o que? Eu é que não saio daqu-

*câmera do Keinichi*

Keinichi: *só a voz por trás da câmera* Pronto, ta suave agora.

Thaysa: Ótimo. *entrega uma pistola para Ferdinand* Usa isso aqui quando for preciso! E tenta não ficar no nosso caminho.

Aya: Agora a gente ta sem o Ike, e o Keinichi ta ocupado com a câmera, vai ficar mais difícil.

Thaysa: Nada, eu conheço o Ike, daqui a pouco ele vem correndo. E eu falei pra gente chamar a Mirella como reforço, você que não quis.

Aya: Aff... eu sozinha dou conta desses possuídos!

Ferdinand: Vamos parar com a conversa e continuar procurando?

Keinichi continua filmando Thaysa, Aya e Ferdinand entrarem em um dos quartos do prédio, nesse quarto tinham algumas fotos de crianças, dentre elas uma garotinha loira.

Ferdinand: *guardando as fotos no bolso*

Aya: Por que você ta guardando essas fotos?

Ferdinand: B-bem... por causa de provas né? Pra ter certeza de quem é a garota quando a gente ver.

Aya: U-hum...

Ferdinand: *pega a foto da garota loira* Aqui! Tudo começou com ela a uns três anos!

Thaysa: *pega a foto* Ela era bonita... me lembra a Geh...

Pessoa possuída que apareceu do nada: É... realmente era bonita...

Thaysa/Ferdinand/Aya: *encarando esse indivíduo*...
.
.
.
Pessoa possuída: AAAAAARRRGGHH!!

Thaysa: *fuzilando* MORRE!!

Aya: *espera Thaysa parar de atirar e corta a cabeça desse possuído*

Thaysa: Atrás de você, Kei-chan!

???: *por trás da câmera* AAAAARGH!!

*câmera balançando*

Keinichi: AAAAAAAAAAAAHHHH!! ME LARGA!!

Aya passa a espada bem do lado da câmera, de canto se vê o sangue de seja lá quem for que agarrou Keinichi. Thaysa e Ferdinand começam a atirar pra trás de Keinichi, o maconheiro vai pra trás dos três e vê vários possuídos entrando no quarto.

Possuído1: *ataca Aya* AAAARGGHHH!! *é cortado no peito*

Possuído2: *ataca Thaysa* YAAAAAHK!! *é fuzilado na cara até ficar sem cabeça*

Possuído3: *ataca Ferdinand* YAAAAAURR!! *leva vários tiros*

Pessoa normal: Com licença, como eu faço pra chegar em Santo Amaro? *leva um tiro na cabeça*

Mais possuídos entram no quarto, os três já não estavam mais dando conta de todos, Keinichi deixa a câmera no chão de um modo que dê pra filmar pelo menos um pouco, ele saca sua metralhadora e começa a atirar nos possuídos, mas um deles consegue passar e agarra Keinichi, o rosto desesperado de Keinichi fica bem na frente da câmera, ele tentava afastar o cara possuído de cima dele, que rosnava e babava em cima de Keinichi tentando mordê-lo.

Keinichi: Sai de cima de mim, nojento!!

Keinichi enfia um baseado na boca do cara possuído, deixando ele mais fraco e tonto.

Possuído: Wooooow... heheheeee... uhuuuuu...

Keinichi: *joga ele e fuzila*

Só se via os pés de Keinichi, Thaysa, Aya e Ferdinand lutando contra os possuídos, alguns possuídos que ainda não entraram no quarto levam vários tiros vindos de longe, outros pés de policiais aparece entrando no quarto e ajudam o resto. Até que eles conseguem matar todos os possuídos.

Thaysa: *só a voz* Kyo-chan? Ike-chan?

Ike: *idem* Comandante! Nós viemos pra te ajudar!

Aya: *idem* Sei, estavam com medo de ficarem sozinhos!

Ike: É sério!

Thaysa: Deixa pra lá, algum de vocês foi mordido?

Ike: Não, os únicos possuídos que a gente viu foram esses de agora.

Thaysa: Então continua usando sua câmera, Kyo-chan.

*câmera do Kyo*

Agora, Ferdinand, Thaysa, Aya e Keinichi eram vistos de frente.

Ferdinand: Vamos continuar! Sinto que estamos pertos!

Aya: É bom acharmos logo e completarmos a missão! To perdendo Gray’s Anatomy por causa disso!

Todos saem do quarto e voltam para o corredor, Kyo ia atrás de todo mundo filmando, ele aproveita e vira a câmera pra si, filmando de baixo pra cima, igual A Bruxa de Blair.

Kyo: Eu tenho que admitir que estou com medo... sinto que posso morrer a qualquer momento... gente, se vocês estiverem assistindo isso e eu não estiver mais entre vocês, lembrem-se de mim por minha beleza, lembrem-se que de só houve um cara mais belo do mundo, e esse fui eu!

Voz da Aya: Kyo! Filma tudo, não só você!

Kyo: *ainda com a câmera nele* Mas o meu rosto vai dar mais audiência!

Voz da Thaysa: Mas ainda acho que o mais bonito dessa fic é o Rie-san!

Kyo: O que?!

Voz da Aya: Realmente, ele é um anjo e ainda filho de Eros que é um dos deus mais belos, então perdeu Kyo!

Kyo: *olha pra câmera* É tudo mentira! Ele é o segundo mais bonito, e só será o primeiro se eu estiver morto quando vocês estiverem assistindo isso!

Voz do Ike: QUE ISSO?!

Kyo: *olha pra frente e arregala os olhos*

Voz do Ferdinand: Não tem nem como atirar nessa coisa!!

Kyo mostra o que ta na frente deles, e o monstro era esse.
http://telemagia.files.wordpress.com/2009/05/mike_tyson.jpg
E ele estava do mesmo jeito que os possuídos, pupilas pretas e grandes, rosto cheio de feridas e dentes afiados [tirando os dentes de ouro porque não é dele]

Ferdinand: ATIRA!!

Todos começam a atirar, depois Aya passa a espada no peito do monstro, o monstro só se afasta, mas nem cai no chão.
.
.
.
Thaysa: CORRE, NEGADAAAAAAAAA!!!

Todos correm do Mike Tyson possuído, que corria igual uma besta fera atrás de todos, mas não se via o monstro já que Kyo corria na frente de todos sem olhar pra trás [o Kyo é um péssimo cameraman!]

Voz do Ferdinand: AAAAAAAAAHHH!! ELE ME PEGOU!!

Kyo filma Mike Tyson mordendo e arrancando um pedaço da orelha de Ferdinand depois jogando ele pra trás, Tyson possuído começa a avançar nos outros, Thaysa, Ike e Keinichi atiram com tudo que têm no monstro, Aya e Kyo vão por trás, Aya fica cortando Tyson nas costas, mas a espada quase não entrava nele.

Ferdinand: A-Aya! Esqueça o monstro! Vem aqui rápido! Eu sei que isso vai ser muito difícil pra você, mas você tem que ser forte, então corte a minha orelha fora! A saliva de um possuído não pod-

Aya: *corta a orelha dele fora*

Ferdinand: AAAAAHHH! Como você faz isso tão fácil!

Aya: A gente precisa de você pra sair daqui! Do contrário eu deixaria você morrer!

Voz do Keinichi: AAAAAAAAAHHHH!!

Kyo vira a câmera pra luta, Keinichi estava todo arrebentado na parede, como se tivesse levando um soco do monstro, Ike passa entre as pernas do monstro e fuzila ele pelas costas, o monstro vira pra Ike, Thaysa coloca Keinichi nos ombros e passa por cima de Tyson.

Tyson: AAAAAAUUURRGHH!! *tentando pegar Thaysa, mas era lento*

Keinichi: D-deixa comigo! *joga um pepel que começa a pegar fogo, saindo uma fumaça que cobre todo o monstro* Vamos! Vamos! Corram!

Thaysa: Incrível! Kei-chan tem bombas ninjas de gás?

Keinichi: Claro que não! Aquilo era erva queimando na seda!

Do meio da fumaça sai o monstro, mas tava meio grógue, meio capengando, tombando pros lados e com o olho vermelho e um sorriso idiota no rosto.

Tyson: Hehehe... Eu sou o Crash Bandicoot!

Tyson dá um pulo batendo e rachando o teto, cai no chão de barriga, o chão embaixo dele começa a rachar, quase pra quebrar.

Thaysa: Me sigam! Thaysa atira no teto rachado fazendo um buraco, ela pula por cima de Mike Tyson e entra nesse buraco no teto.

Kyo: C-como eu vou fazer isso?!

A câmera balança e Kyo dá um grito de dor e sai voando até o buraco não se sabe como, a câmera cai no chão, mostrando só os pés de Aya chegando e jogando Ike e Ferdinand no chão.

Aya: Sorte sua que eu te chutei, se não, não ia ter como te carregar!

Kyo: Aaaaaaiii... minha bunda!

*tela chiando*

Kyo: Você estragou a câmera! *pega a câmera filmando Aya*

Aya: Eu não to nem aí pra isso! Eu só quero sair daqui!

Keinichi: Toma aqui, bro, usa a minha.

*câmera do Keinichi agora com Kyo*

Kyo: *joga a outra câmera no chão*

Ferdinand: Espera! Kyo, vem filmar isso!

Kyo segue Ferdinand que estava na frente de uma parede, na parede tinham várias fotos da garota loira que começou tudo isso.

Ferdinand: Segundo as coisas que estão escritar aqui, o nome dela é Laura Linn, ela começou a mostrar sinais de possessão demoníaca aos 12 anos, até que os pais tiveram que trancar ela em um porão, mas ela conseguiu escapar, mordeu os pais e o demônio possuiu a eles também. Desde então a possessão vem se alastrando à mais de 100 anos.

Thaysa: Então essa possessão passa pela mordida, diferente da Karol-chan, né?

Ferdinand põe a mão em uma das fotos e pó cai de uma parte de cima da parede, e um pouco em uma linha do lado.

Ferdinand: Uma passagem secreta?

O padre empurra a parede e ela abre como uma porta, lá dentro estava tudo escuro e cheio de pó.

Ferdinand: E aí? Quem tem coragem?

Kyo: Nem olha pra mim!

*tela se afastando*

Aya: Pra isso a gente tem essa lanterna! *liga a lanterna mostrando logo de primeira o rosto de Laura Linn*

Laura: YAAAAAAAAHHKK!! *pula pro teto*

Keinichi/Ike/Thaysa: *metendo bala*

Ferdinand: Não atirem! Eu preciso dela viva! Ou o demônio pode sair dela e possuir um de nós! O sangue dela não vai valer se o demônio não estiver nela!

*silêncio por um tempo*

Laura: YAAAAAAAAAAAHH!! *agarra Ferdinand*

Ferdinand: AAAAAAAHHHH!! *enfia uma seringa nela e pega o sangue* P-PRONTO! GUARDEM ISSO!

Laura segura o braço de Ferdinand, ela pára por um segundo, olha pra baixo e vê um volume na calça de Ferdinand.

Ferdinand: D-desculpe, não me contive...

Thaysa, Aya, Ike, Keinichi pulam em cima da menina, dominando ela no chão.

Ferdinand: *entrega a seringa com o sangue pro Kyo* Guarda isso com você, e tome cuidado! *vai pra cima de Laura mostrando uma corrente com uma cruz* Onde está você, demônio!

Laura: *voz de macho da porra!* Tenta adivinhar, padre! Hahahaha! Eu gosto de joguinhos, vamos jogar um pouco!!

Ferdinand: Eu ordeno que você saia dessa garota, em nome de Jesus Cristo!

Laura: *agoniza um pouco e volta a sorrir* Tenta me pegar padre! Me procura! Eu gosto de esconde-mata!

Thaysa: V-vai logo, Ferd-chan! Ela é muito forte, eu não to mais aguentando!!

Laura: Me come!!

Ferdinand: Chega de bagunça! Sai agora!

*câmera tremendo*

Kyo: Q-q-que doidera, caraaaa...

Laura: *dá uma cabeçada na cara de Thaysa e escapa*

Thaysa: *com a mão na boca* Ah, merda!

Aya: Ela foi lá pra dentro!

Ferdinand: O importante é que conseguimos o sangue pra expulsar esse demônio de uma vez por todas! *coloca um pires em uma mesa* Agora é só colocar esse sangue no pires e colocar a cruz nele.

Kyo: *tira a seringa do bolso* Esse aqui?

Keinichi: *pega a seringa* Hahahaa! Viu só, demônio!? Com isso aqui nós vamos vencer!! Na sua cara!! *ataca a seringa no chão*

Ferdinand: O QUE VOCÊ FEZ???

Keinichi: Desculpa ae, eu me empolguei...

Ferdinand: Agora a gente vai ter que pegar o sangue da garota de novo, a pesar de que eu acho que esse demônio é esperto demais pra deixar a gente pegar ele pela segunda vez.

Thaysa: *já entrando no quarto escuro com uma lanterna na arma* Se esse é o único jeito de completar a missão, fazer o que?

Ike, Keinichi, Aya e Ferdinand vão atrás dela de fininho, olhando pra todos os lados e prestando atenção.

Kyo: E-eu é que não vou!

Agora só se via o quarto escuro, a câmera tremendo e as luzes das lanternas.
.
.
.
Kyo:...

*barulhos de tiros*

Kyo: KYAAAAAH!! O QUE TA ACONTECENDO AÍ?!

Voz do Ferdinand: AAAAAAAAAAHHHHH!!

*barulhos de tiro continuam*

???: *só a voz* THAYSA-CHWAAAAAAAAAAANNN!!~

Voz da Aya: MORRA!!

Voz do Ike: Uau! Bem na garganta!

Voz do Keinichi: Ainda não morreu?!

???: *só a voz* Aaaargh! Pikachu desgraçada!

Voz da Aya: Demônia desgraçada! *barulhos de lâminas cortando*

???: AAAAARGH!!! Maldita! Eu só quero brincar um pouco com a Thaysa-chan!

Voz da Thaysa: T-ta me sufocando!!

Voz da Aya: Solta ela!!

Voz do Ferdinand: Não atirem ou vão acabar acertando a Thaysa!

Kyo: Gente, o que ta acontecendo?!... Espera... eu conheço essa voz!

*tela aproximando no quarto, e acende a luz no escuro*

Kyo: Karol?!

Karol: *agarrando Thaysa e afastando Aya com a perna* Kyo! Firmeza?!

Kyo: Então tudo isso é culpa sua?!

Karol: Culpa minha não! A culpa é da Laura, eu só dei uma força pra uma amiga.

Laura: *chega* E ae, firmeza Karol?

Karol: Suave. *cumprimenta estilo Will Smith*

Ferdinand: Vocês conhecem esse demônio?!

Aya: Infelizmente nós conhecemos!

Karol: São meus amigos!

Ferdinand: São amigos de um demônio?!

Aya: Amigos o caralho!

Karol: Só a Thaysa-chwan que é muito mais do que uma amiga! *aperta ela*

Thaysa: M-me larga... ar...!! Preciso de... ar!!

Kyo: Gente, a bateria da câmera ta acabando.

Aya: Já!? Que câmera vagabunda!

Kyo: Ike-san, onde você comprou essa câmera?!

Ike: Na 25 de Março. *leva um tapa de Aya* Ai!

Aya: Por que não comprou no Polishop como eu te falei?!

Ike: Cê é loka! Aquela Tec Pix é muito cara!

Laura: Comprava no mercadolivre, é mais barato, eu sempre compro por lá.

Karol: Ou pelo eBay.com também da.

Ferdinand: Que clima amigável é esse aqui?!

Karol: Licença, estamos conversando!

Kyo: Podemos ir embora? Minha beleza está sendo gasta aqu-

*acaba a bateria*

----------------------------------------------------------------------

FIM DA TERCEIRA TEMPORADA! =D (aleluia!)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Bad Girl 3ª temporada
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
FanFuck :: Bad Girl! :: Bad Girl! [FanFuck]-
Ir para: